15 de março de 2008

Política

O jornalista Carlos Santos escreveu, e o blog reproduz:"Decisões isoladas do deputado estadual Gustavo Rosado (PSB), que colidem com aspirações diretas da governadora Wilma de Faria (PSB), têm produzido desgaste de sua influência. São casos pontuais, mas contínuos.Os mais recentes, que tratam da política sucessória paroquial em Apodi e Pau dos Ferros, por exemplo, são mostras do quadro.Em Apodi, Gustavo vem insistindo em fazer da médica Solange Freire (PR) a candidata do wilmismo à sucessão do prefeito José Pinheiro (PR). Parece que não entendeu o elementar: Pinheiro mudou de lado, saindo do PMDB, para ter a primazia da indicar seu candidato.O ungido por Pinheiro deverá ser o secretário de Obras do município, Célio Martins. E ponto final.Em Pau dos Ferros, outra teima de Gustavo é com a candidatura à reeleição do prefeito Leonardo Rêgo (DEM). Tentou intermediar audiência do prefeito com a própria governadora e com o secretário da Infra-estrutura do estado, Adalberto Pessoa.Saiu desapontado com o não em ambos. Em Pau dos Ferros, Wilma investe no ex-prefeito Nilton Figueiredo (PP). E ponto final."
O juiz Eleitoral do Rio Grande do Norte, Magnus Delgado, realizou na última quinta-feira (13), na sede do TRE, audiência sobre processo de perda de mandato eletivo referente ao município de Alexandria (41ª Zona Eleitoral).Na representação Nº 2770/2007, o suplente de vereador Osivan Barreto Nobre, requer a vaga do titular do mandato, Francisco Edilberto de Oliveira (PSC) por infidelidade partidária.Na audiência, estiveram presentes, além do o relator Magnus Delgado e do procurador regional eleitoral, Fábio Vezon, as partes, além das testemunhas.Concluindo, o Juiz Relator declarou encerrada a instrução, ficando as partes intimadas para apresentação das razões finais, no prazo comum de 48 horas, com a posterior remessa, independente de novo despacho, para o Ministério Público Estadual.Até o fim do mês, o TER deverá julgar o caso de infidelidade partidária em Alexandria. Fonte: TRE/RN Postado por Jean Carlos às 11:35 0 comentários Dickson assume a Prefeitura do Natal
A Capital do Estado tem novo prefeito. O vereador Dickson Nasser, presidente da Câmara Municipal assumiu o comando do Executivo Municipal na noite de ontem.O fato se deu pelo afastamento do titular, Carlos Eduardo Alves (PSB) que tira férias de dez dias para viajar com a família.O prefeito natalense ficará em Buenos Aires durante a semana santa.
A Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte) prevê um fim de semana com chuva em todo o Rio Grande do Norte.Nos próximos dois dias, as maiores chuvas são esperadas para o domingo, nas regiões do Vale do Assu, Central e Alto Oeste. Na última, existe a possibilidade da ocorrência de fortes descargas elétricas.No interior do estado, a Emparn considera que o período chuvoso já começou e fortes precipitações vêm sendo registradas durante as últimas semanas.Entretanto, as chuvas ainda não foram suficientes para elevar muito o nível dos açudes e a maior parte deles continua bem abaixo de sua capacidade máxima, como é o caso da barragem pública de Pau dos Ferros.
Os auditores fiscais da Receita Federal decidiram manter a greve programada para começar na terça-feira. O reajuste para a categoria não está previsto na medida provisória anunciada anteontem pelo Ministério do Planejamento.Segundo o sindicato da categoria, só serão liberados, nos portos e aeroportos, cargas perecíveis, explosivas e inflamáveis, além de medicamentos. A nova proposta de reajuste apresentada pelo governo é de 17%, anteriormente o aumento estava previsto em 42%, conforme o sindicato.
O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito da cidade de Rafael Fernandes, José de Nicodemo Ferreira, a devolver R$ 96.642,90 ao erário público, por não prestar contas dos recursos recebidos do convênio firmado entre a prefeitura e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a aquisição de veículos de transporte para estudantes.Entre as irregularidades encontradas pelo TCU está a intempestiva prestação de contas, que se deu mais de sete anos após a determinação do contrato, as divergências entre as datas e os valores das despesas relacionadas na relação de pagamentos efetuados e a ausência de cópia autenticada do Certificado de Registro de Veículo (CRV) dos carros comprados em nome da prefeitura.Nicodemo deve comprovar em 15 dias o pagamento junto ao Tesouro Nacional da multa de R$ 5 mil imposta pelo TCU. O tribunal também autorizou a cobrança judicial das dívidas e encaminhou cópia dos documentos à Procuradoria da República no Rio Grande do Norte para as ações cabíveis. O relator do processo foi o ministro Augusto Nardes. Cabe recurso da decisão.
O deputado federal Betinho Rosado (DEM-RN) protocolou petição (Pet 2812) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em que pede a declaração de “justa causa” para que ele possa deixar o Democratas (DEM) e se filiar a outro partido.O parlamentar argumenta que as mudanças nas regras e estatutos partidários, com a transição do extinto Partido da Frente Liberal (PFL) para o DEM já justificam a sua desfiliação.Betinho alega que, desde antes da sua posse, a convivência com a direção do partido já vinha sendo conflituosa, devido ao isolamento que lhe foi imposto. Além das questões políticas, o deputado potiguar sustenta que não possui nenhum vínculo formal com o DEM, porque não houve assinatura da ficha de filiação ao partido.Outra alegação do parlamentar é a de que ele teria ficado quase um mês sem estar vinculado a qualquer Comissão Parlamentar, por falta de interesse do partido em integrá-lo aos trabalhos da Câmara dos Deputados.Com esses argumentos, o deputado, que tomou posse no dia 02 de agosto de 2007, em vaga aberta após o falecimento do Deputado Federal Nélio Dias (PP-RN), pede que o TSE lhe garanta o direito de mudar de sigla partidária, sem prejuízo do mandato. Para ele, o TSE estaria assim“reconhecendo explicitamente uma situação que já ocorre faticamente, qual seja, o isolamento partidário e falta de identidade com o novo ideário do Partido Democratas”.A Petição está sob relatoria do ministro Marcelo Ribeiro.

Polícia

Sejuc transfere 24 presos condenados
Tribuna do Norte - Vinte e quatro presos condenados que eram custodiados no Presídio Provisório da Zona Norte de Natal (concebido para presos que aguardam a conclusão do processo criminal) foram transferidos para as Penitenciárias de Alcaçuz e Parnamirim. A transferência é fruto do provimento assinado esta semana pelo corregedor do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Cristóvam Praxedes, que definiu normas para uniformizar os procedimentos administrativos relativos a execução penal. Segundo o secretário de Justiça e Cidadania, Leonardo Arruda, depois da transferência, ocorrida na quinta-feira, foram abertas 32 vagas para que presos provisórios de delegacias sejam encaminhados para a cadeia pública. A presença de presos condenados em delegacias e na cadeia provisória de Natal foi denunciada no dia 7 pela TN. O coordenador de Administração Penitenciária, José Deques, atribuiu a superlotação a burocracia da justiça. Ele disse que tinha 100 vagas para presos condenados em Alcaçuz, mas não podia transferir 86 condenados que ocupavam vagas no Presídio Provisório, porque não tinha autorização judicial. O problema, segundo Deques, era que o juiz de Alcaçuz não recebia os presos condenados na Comarca de Natal pela falta do documento da guia de execução.Em resposta, o corregedor de Justiça, Cristóvam Praxedes, disse que “não existem mais do que 20 vagas em Alcaçuz, de acordo com as informações que obtive, e não vejo onde o Poder Judiciário tenha responsabilidade na falta de presídios”. Praxedes reconheceu que a tramitação de guias de expedição (necessárias para a transferência dos presos e que segundo Deques demoravam a serem expedidas), embora deixe a desejar, é um trabalho que deve, sim, ser conduzido com cuidado, pois envolve todos os dados do recluso, como progressão de pena. O desembargador ainda fez uma provocação a Deques questionando se o sistema teria condições de absorver a demanda de presos. O desembargador foi o autor de um provimento que acelera o trâmite da guia de execução e rebateu veementemente a culpa do judiciário no problema. “Por acaso é o Judiciário o responsável pela construção de presídios e cadeias públicas no Rio Grande do Norte?”. Segundo Leonardo Arruda, o provimento “nos deu abertura para transferência entre as comarcas”.Dos 24 presos transferidos, 18 foram para Alcaçuz e seis para Parnamirim. “Estávamos com mais de 250 presos condenados no sistema penitenciário sem guia de execução e que não podiam ser transferidos. Agora, com o provimento, as transferência ocorreram com mais agilidade”, disse Leonardo Arruda. O secretário explicou ainda que o governo estuda a construção de três unidades penais do estado.

Líder do DEM afirma que ficou surpreso com pedido de Betinho Rosado

O pedido do deputado federal Betinho Rosado ao Tribunal Superior Eleitoral para uma "declaração de justa causa", com o objetivo de deixar o DEM, surpreendeu o líder maior da legenda no Rio Grande do Norte, senador José Agripino Maia. "Eu fiquei sabendo (desse pedido) pela imprensa. Não conversei com Betinho Rosado, não fui procurado por ele e não sabia disso", comentou o senador, que passa o final de semana em Natal.

Política

Para Henrique circunstâncias nacionais e locais colocam PMDB mais próximo do PT
O deputado Henrique Eduardo, líder do PMDB na Câmara Federal, disse na manhã de hoje que pelas circunstâncias nacionais e locais o PT está mais próximo do PMDB do que do PSB, partido presidido no Estado pela governadora Wilma de Faria adversário político do sistema oposicionista. Entretanto, o parlamentar peemedebista afirma que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva gostaria que PMDB e PSB efetivassem um entendimento político objetivando fortalecer a candidatura presidencial no Estado em 2010. "Lula quer muito essa união", disse ele, lembrando que primeiramente os partidos devem discutir as eleições municipais. Henrique Eduardo prefere não comentar a posição do senador Garibaldi Filho que tem se mostrado mais favorável a um entendimento com o PT no Estado em vez do PSB. "Garibaldi tem razão quando não que discutir 2010 agora", disse ele, acrescentando que mesmo não tendo recebido nenhum convite da governadora para discutir sucessão municipal ou estadual está disposto a conversar. "Se isso for proposto ouvirei a governadora educadamente", disse Henrique, ressalta que qualquer proposta feita ao PMDB será discutida e decidida na convenção do partido no meio do ano. "A convenção é soberana", disse ele. CANDIDATURA PRÓPRIA"A candidatura de Hermano Morais para prefeito de Natal existe e é pra valer", disse o deputado Henrique Eduardo afastando qualquer especulação de que o vereador do PMDB poderia retirar sua pré-candidatura para ceder o lugar a um nome de partido aliado ou dentro de uma composição política com possíveis novos aliados a exemplo do PT. O próprio Hermano Morais confirma que sua candidatura é irreversível e está cada dia mais fortalecida. "Existia uma resistência isolada, mas conversamos com o deputado José Dias e ele entendeu", observa, acrescentando que o seu companheiro de chapa ainda não foi definido. "O nome do candidato a vice-prefeito de Natal sairá no momento oportuno e deverá sair de partidos que venham somar com a nossa chapa", concluiu o vereador peemedebista.Concluindo, Henrique Eduardo, admite que a militância do PMDB enfraqueceu em Natal durante várias eleições sem apresentar candidatura própria, daí a decisão de apresentar o vereador Hermano Morais ao eleitorado natalense. "Hermano é a cara de Natal, um político ético preparado e sem rejeição", disse ele.

14 de março de 2008

Presidente Lula responde solicitação da Aman

Presidente Lula responde solicitação da Aman
O presidente Luiz Inacio Lula da Silva respondeu na manha de ontem a Professora Rosineide Nascimento as
solicitações encaminhadas Pela Aman. O conteudo da mesma será publicado amanhã aqui no blog. vale a pena conferir.

Sem esforço, Vasco goleia o Macaé

Sem esforço, Vasco goleia o Macaé por 4x0
Mesmo sem fazer uma grande exibição, o Vasco não teve muitos problemas para vencer o Macaé por 4 a 0, nesta quinta-feira, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos seguem 100% na Taça Rio, na primeira colocação do Grupo B, mas seguidos de perto pelo Botafogo, que tem os mesmos nove pontos, mas saldo de gols menor (10 a 7). Os visitantes seguem com apenas um ponto. Os gols do triunfo vascaíno foram marcados por Morais (duas vezes), Edmundo e Alan Kardec. A equipe segue sem levar gols no segundo turno (confira os melhores momentos do duelo). Na próxima rodada, domingo, às 16h, os vascaínos terão pela frente o Cardoso Moreira, em São Januário. O Macaé, por sua vez, recebe o Mesquita. O Vasco iniciou a partida tentando pressionar o Macaé no campo de defesa. A tática deu certo e, logo aos 13 minutos, o Gigante da Colina abriu o placar. Após bola levantada na área por Edmundo, Alan Kardec ajeitou de cabeça para Alex Teixeira, que chutou de primeira. A bola bateu na zaga e sobrou para Morais, que encheu o pé da entrada da área e venceu o ex-vascaíno Cássio: 1 a 0. O gol parece ter deixado a equipe relaxada. Após a saída de bola, Bill penetrou na área pela esquerda e chutou cruzado, Tiago se esticou e fez boa defesa. Aos 20, novo susto para os cruzmaltinos. Jones ganhou na velocidade da zaga, entrou na área, driblou Tiago, mas, na hora de empurrar a bola para dentro, chutou por cima da meta e perdeu uma chance incrível. Refeito do susto, o Vasco colocou a bola no chão e se impôs novamente. Aos 25, Alan Kardec recebeu lançamento nas costas da zaga, entrou na área e chutou de perna esquerda, mas a bola passou ao lado do gol. Mais envolventes no ataque, os cruzmaltinos conseguiram ampliar aos 32 minutos. Edmundo deu ótimo passe para Jorge Luiz dentro da área, o zagueiro foi derrubado por Souza e o árbitro marcou o pênalti. Edmundo bateu com força no meio. A bola tocou em Cássio, mas entrou. 2 a 0.

Galisteu e Fábio Faria terminam relacionamento

Galisteu e Fábio Faria terminam relacionamento A apresentadora Adriane Galisteu não está mais namorando o deputado federal Fábio Faria (PMN-RN). A relação dos dois já vinha esfriando há algum tempo. Hoje de manhã, ela teve uma conversa definitiva com o parlamentar."Não tem muita explicação para esse final", diz Adriane. "Ele é um cara bacana. Foi uma questão meramente profissional: eu trabalho muito, ele também. Ele mora no Rio Grande do Norte, trabalha em Brasília, vinha para São Paulo me ver. Eu agora vou trabalhar de madrugada. Isso não é desculpa. Mas não era para ser."Ela diz ainda: "Sabe a pessoa que faz muito por você e você não faz por ela? E eu sou assim: ou estou 100% ou eu fico solteira. Não sei ser 90%".A apresentadora disse que "continua amiga e admira muito Faria. "Nunca brigamos, nem para desmanchar". Ela afirma que ainda tem "um projeto de vida, vontade de construir uma família", mas ainda não foi dessa vez

Abel ou Jorge???

José da Penha: Abel ou Jorge Dólar, quem será o candidato? Na cidade de José da Penha o clima ainda é de indefinições. A essas alturas do campeonato, faltando pouco mais de seis meses para as eleições, ainda não foi oficializado quem será o candidato da situação.Dizem por lá que o atual prefeito, Abel Dólar, disputará a reeleição, porém, uma fonte segura afirmou ao blog que o ex-prefeito e tio de Abel, Jorge Dólar será o candidato.A conclusão que chegamos é que de certa forma o nome escolhido não fará muita diferença, uma vez que a cidade já é administrada, de fato, por Jorge Dólar.Abel é o Prefeito, mas é Jorge quem dá as ordens.
Os boateiros de plantão dão conta de que a deputada federal, Sandra Rosado (PSB) não teria gostado nadica de nada de um encontro entre a médica Andréa Maia (PV) e o deputado federal João Maia (PR).Os dois andaram conversando por bastante tempo. Na ocasião, a médica teria pedido a dr. João apoio político para as suas pretensões de chegar ao comando da Prefeitura de Pau dos FerrosPois não é que a conversa chegou aos ouvidos da deputada Sandra Rosado...E você sabe como é, o fuxico nunca chega certinho, o fato é sempre destorcido.Sabe o que foram dizer a Sandra?Que Andréa teria pedido apoio a João Maia, garantindo que estaria com ele na próxima eleição.A deputada ficou uma Arara. Pirou de raiva.
A Companhia de águas e esgotos do Rio Grande do Norte vai abrir concurso público para oferta de 54 vagas sendo distribuídas para níveis fundamental, médio e superior. As inscrições serão abertas a partir do dia 24 de março e irão até 13 de abril. A previsão é de que o edital do concurso seja publicado até o início da próxima semana.Para as funções de nível médio - operador de sistema de água e esgoto -, o salário será de R$ 584,44. Já para as de nível médio, compreendendo as funções de programador de computador, técnico de contabilidade, técnico de engenharia, técnico de geologia, técnico de manutenção de computadores e técnico de segurança do trabalho os vencimentos serão de R$ 1.564,01.Por fim, os no nível superior estão sendo oferecidas vagas para administrador, advogado, analista ambiental, analista de sistemas, analista de suporte, arquiteto, arquivista, assistente social, biólogo, engenheiro, jornalista e químico, todos estes cargos com salários de R$ 3.258,36.

13 de março de 2008

politica

Quem danado foi? Nos últimos dias, para não dizer semanas, o senador Garibaldi Filho vem repetindo que não aceita aliança com a governadora Wilma de Faria nas eleições deste ano. E tomou atitudes: lançou Hermano Morais e anunciou que na hipótese do seu candidato não chegar ao segundo turno optaria por Micarla de Sousa. Aceitou a parceria administrativa na defesa das reivindicações do Estado, a exemplo do senador José Agripino, mas vem repetindo com insistência que não aceita uma aliança.Posto que até hoje a governadora não falou em aliança com ele, limitando a sua relação a uma parceria administrativa que vem funcionando, e apesar do deputado Henrique Alves ter admitido várias vezes, a que se deve, afinal, tanta insistência de Garibaldi Filho? É a veemência de quem quer expressar o veto inamovível e pessoal por ter sido Wilma quem o derrotou nas urnas? Ou quer significar, pela relevância da repetição, que é a Wilma quem cabe propor essa aliança, se a deseja?Garibaldi estaria ouvindo vozes pedindo a aliança antes que José Agripino faça e com a mesma liberdade que ele, Garibaldi, ao aliar-se a Lula para presidir o Senado? O Lula que veio a Natal e Mossoró, durante a campanha, e disse que Wilma era o avanço contra o atraso para por um fim ao jogo Maia-Alves? Ou acredita que poderá manter a aliança com Agripino, atrair Carlos Eduardo e, unindo forças, impor a Wilma uma derrota em Natal como o preâmbulo de uma derrota em 2010? Ninguém sabe. Como Garibaldi sabe que Wilma deseja fazer uma aliança com ele? Quem disse ou quem garantiu? Como não foi o povo, pois não houve pesquisa nesse sentido, e o povo ainda não votou, teria sido o senador José Agripino? Não se soube. O deputado José Dias, seu tio? É pouco provável. O outro tio, o prefeito Agnelo Alves? Nunca disse. Do prefeito Carlos Eduardo, hoje eleitor importante em Natal? Nunca se ouviu. Quem danado disse isso ao senador Garibaldi Filho? A resposta parece fácil, mas não é. Reparem que toda semana Garibaldi, de algum modo, diz em entrevistas que não aceita aliança com Wilma. Que não vai ao seu lado em 2008, não apoiaria seu candidato, não tem compromisso com Wilma. Ao antecipar-se no lançamento de Hermano Morais, mesmo deixando seu correligionário exposto a desgastes, realmente impediu qualquer movimento de Henrique buscando a aliança. Mas insiste. Teme o gesto ou deseja, desde que por suas mãos?Wilma não depende de Garibaldi. Vejamos. Em 1988, elegeu-se prefeita contra Henrique Alves, candidato de Garibaldi. Em 1992, elegeu Aldo Tinoco e outra vez contra Henrique com apoio de Garibaldi. Em 1996 derrotou João Faustino, candidato do então governador Garibaldi Filho. Em 2000, é candidata de novo a prefeita e, desta vez, com apoio de Garibaldi Filho. Em 2002, se elege governadora e derrota Fernando Freire, no governo, com o apoio de Garibaldi. Em 2004 derrota Luiz Almir, candidato de Garibaldi; em 2006 derrota Garibaldi nos dois turnos na sua reeleição para governadora. Afinal, quem danado foi que disse a Garibaldi que Wilma quer uma aliança com ele? RAZÕESRogério Marinho luta pelo apoio de Carlos Eduardo. Ele sabe que só o apoio do prefeito amarra de fato o apoio da governadora Wilma de Faria. Afinal preside o PSB de Rogério, mas não irá sozinha.ELEIÇÃOO deputado Fernando Mineiro sabe que não tem chance de sair eleito prefeito de Natal. Mas sabe, também, que se não disputar essa luta de 2008 numa posição majoritária não renovará seu mandato. REFLETORESO deputado terá os refletores ao longo do primeiro turno a iluminar as suas idéias e sem prejuízo de poder fazer a aliança no segundo turno. Nas duas pontas: governo e oposição, pois tudo é de Lula. TENDÊNCIAO PC do B deverá manter a aliança com o prefeito Carlos Eduardo Alves e apoiar o candidato que tiver seu apoio para prefeito de Natal, embora a diretriz partidária recomende a candidatura própria.NOMENa hipótese de prevalecer a candidatura, o nome mais cotado é o ex-vereador George Câmara que já dispõe de uma tradicional militância política. Resta saber se George aceitaria o terceiro sacrifício.MEMÓRIAO escritor Jurandyr Navarro falou ontem na reunião do Conselho Estadual de Cultura lembrando os cem anos do Monsenhor e ex-governador Walfredo Gurgel. No seu governo foi criado o conselho. CIÊNCIAA governadora quer inaugurar ainda este ano o planetário da cidade da ciência e tecnologia que vai ser instalada na área do Centro Administrativo, com entrada aberta para garantir a visitação pública.DIREITONatal vai sediar o Fórum Nacional de Gestores de Direitos Humanos, dia 21 de junho, durante o III Congresso Brasileiro de Direitos Humanos, Sociedade e Estado. Virão brilhar as estrelas nacionais.AINDADurante o Congresso, também será realizado aqui o Encontro Regional da Rede de Advogados e Advogadas Populares. Na agenda, a discussão do acesso à justiça através das assessorias populares. AVISOPode ser outra, e politicamente diferente, a missão do secretário Marcelo Rosado. Com a vantagem de ficar livre de um fracasso do qual vem sendo sutilmente acusado nessa área do desenvolvimento. OBJETIVONinguém sabe é se o afastamento de Rosado seria em razão de baixo desempenho articulando a área empresarial, ou se teria alguém, sutilmente, desejando o domínio dessa importante porta de entrada.GRANAConfirmado: a governadora Wilma de Faria deve assinar até final deste mês a autorização para uma renúncia fiscal de R$ 4 milhões para a cultura e mais R$ 1 milhão para o fundo estadual de cultura.HÍBRIDAA rigor é hibridismo. Se a renúncia crescesse a 5 milhões de reais a Fundação não teria uma grana para realizar. Concorrerá com os criadores e produtores, isto sim, com o nome de Fundo de Cultura. NORDESTEA edição de fevereiro/março da revista Engenho, de Recife, mostra como anda o afrancesamento da cozinha nordestina segundo as novas experiências desenvolvidas pelos maiores chefs de São Paulo.ALIÁSNa mesma edição, sai a geografia dos mais bem cotados restaurantes das capitais nordestinas. O RN figura com o Camomo, em Tibau do Sul, ao lado de Pipa; Camarões e a Tábua de Carne, em Natal.

POLÍTICA

Senadores aprovam a criação da TV pública
Líderes do PSDB, Arthur Virgílio e do Partido dos Democratas, José Agripino prometem dificultar votações a partir de hoje; líder do governo diz que oposição "não dobrará a base" Brasília/ABr - Uma sessão marcada por tumultos e que durou mais de oito horas viabilizou a desobstrução da pauta do Senado, com a votação de três medidas provisórias, entre elas a que cria a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em votação simbólica, o Senado Federal aprovou a criação da TV pública.O processo de votação só não varou a madrugada por conta de uma manobra do líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), que recomendou à base aliada que rejeitasse a Medida Provisória (MP) 397, que estende ao trabalhador rural autônomo enquadrado como contribuinte individual o prazo de dois anos para requerer aposentadoria por idade no valor de um salário mínimo, por já existir, na Câmara, proposta semelhante.Os parlamentares do PSDB e do Democratas, em reação à iniciativa do líder do governo, se retiraram do plenário.Os líderes Arthur Virgílio Neto e José Agripino Maia, do PSDB e DEM respectivamente, prometem dificultar as próximas votações na Casa obstruindo, a partir de hoje (12), a votação do orçamento e pedindo vistas de todos os projetos de iniciativa do Executivo que estão nas comissões temáticas, inclusive indicações de diplomatas para servir no exterior e diretores de agências reguladoras."Nunca mais haverá um acordo nesta Casa. Amanhã não passa nada nas comissões, vamos pedir vistas de tudo. O comportamento será assim, inclusive no orçamento. A partir de amanhã o Senado vai viver uma situação de confronto entre governo e oposição", anunciou o líder tucano.A queda de braço entre governistas e oposição no processo de discussão e votação das medidas provisórias foi marcada pela iniciativa dos governistas de tentar acelerar o processo de apreciação das matérias. Por outro lado, a oposição fez uso de discursos seguidos, apartes e questões de ordem, além da obstrução, para protelar as votações.A estratégia dos oposicionistas acarretou em mais de seis horas de discussões para que se concluísse o processo de votação da Medida Provisória 396/07 que autoriza a União a troca antecipada de certificados financeiros do Tesouro Nacional por recursos dos fundos de previdência estaduais. Ela também autoriza a ampliação das atividades de mercado para a Eletrobrás.Em seguida, Romero Jucá, relator da MP 397, informou que a medida em análise era fruto da revogação da MP 385/07. Segundo ele, proposta idêntica foi aprovada pela Câmara o que retira o preceito constitucional de urgência e que justificaria a sua derrubada.Ainda durante as discussões em torno da MP 396, o líder do governo avisou a oposição que a base governista não "abaixaria a cabeça" à oposição. "A oposição não dobrará a base do governo. Não é intenção baixar a cabeça para a oposição", afirmou o Romero Jucá.Com a decisão do DEM e do PSDB de abandonar o plenário, as votações transcorreram de forma rápida viabilizando a apreciação das matérias. "Isso foi o troco da CPMF [Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira]", afirmou o líder do PTB, Epitácio Cafeteira (MA), comentando a iniciativa do líder Romero Jucá que derrubou a estratégia da oposição em protelar ao máximo a votação.(Marcos Chagas)Repórter

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 17 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite de ontem em São Paulo.O prêmio acumulou novamente e pode chegar a R$ 17 milhões para próximo concurso, no sábado (15).Os números sorteados foram 14 - 24 - 34 - 39 - 49 - 55.Na quina, 41 bilhetes acertaram os números e cada um ficará com o prêmio de R$ 33.969,92.Outros 3.894 bilhetes fizeram a quadra e cada um ficará com o prêmio de R$ 357,67.

12 de março de 2008

SÃO PAULO Avião da TAM com Micarla de Sousa a bordo dá pane em sistema de freios
A deputada-candidata Micarla de Sousa tomou um grande susto agora há pouco, ao chegar a São Paulo. Ela fez uma conexão em Brasília e começou a estranhar que a hora do pouso em Congonhas já se aproximava, mas o avião – da TAM - sequer perdia altura. Depois de um bom tempo vem a voz suave da comandante Lebourg... “Senhores passageiros...infelizmente tivemos uma pane no nosso sistema de freios...” Depois ela explicou que havia um sistema reserva, que os passageiros não se alarmassem...e que...em vez de Congonhas, teria que pousar em Guarulhos.
PALÁCIO DO PLANALTO Lula convoca Wilma para falar de política e pedir união dos governistas Foi para falar de sucessão em Natal que o presidente Lula chamou a governadora Wilma de Faria ao Planalto hoje de manhã. Mas o assunto, claro... Não foi passado à imprensa. Primeiro um auxiliar da governadora disse que os dois haviam conversado cobre o apoio da governadora à reforma Tributária... Tá... Depois, em contato com o Blog, a própria governadora tentou despistar... E disse que tinha tratado com Lula sobre Pólo Petroquímico...sobre energia eólica...sobre Saúde e sobre Educação..... Thaisa Galvão – E sobre política, governadora? Wilma de Faria – É claro que quando dois políticos se encontram terminan falando de política...mas só um toque. TG – E falaram sobre sucesão? WF – Não, ele só disse que o grupo governista tem que estar unido. Disse que é muito importante a união de todos”. TG – Essa união significa que a senhora tem que estar mais próxima do PT e do PMDB? WF – risos...não... TG – Conversaram especificamente sobre candidaturas? WF – Não...
Fla terá trio ofensivo contra o Mesquita
O empenho e a atuação de Maxi contra o Americano convenceram o técnico Joel Santana a testar uma nova formação no Flamengo nesta quarta-feira, pela terceira rodada da Taça Rio. Contra o Mesquita, o treinador resolveu premiar o argentino e escalá-lo na equipe titular pela primeira vez no ano. Ele jogará ao lado de Souza e Diego Tardelli. E Renato Augusto vai jogar o segundo tempo, pela estratégia de Joel.- Alguns jogadores ganharam um prêmio pelo desempenho no domingo. Veremos a resposta deles a esta mudança. Temos um esquema vencedor desde o ano passado e que será quebrado - diz Joel.Na verdade, o treinador faz uma espécie de vestibular para o jogo contra o Nacional, no dia 19, pela Libertadores. Com Toró suspenso, Maxi ou Tardelli prepararão o terreno para a entrada de Renato Augusto.- O Renato saiu da equipe por lesão (fratura na face) e quando estiver pronto voltará à posição de titular. Ele deve jogar 45 minutos na quarta - diz o treinador.O Flamengo entra em campo nesta quarta, às 19h30m, com a seguinte formação: Bruno; Luizinho, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Cristian, Ibson e Kleberson; Maxi, Diego Tardelli e Souza.
Uern abre concurso público com quase 50 vagas ofertadas
A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), através da Comissão de Concurso para Docentes, Agente Administrativo e Técnico Especializado (CCDT) iniciou o período de inscrições para o XIV Concurso Público de Provas e Títulos, para o ingresso de professor na carreira do magistério público do ensino superior, agente administrativo e técnicos especializados, sob o regime jurídico único dos servidores públicos civis do Estado do Rio Grande do Norte. Através do concurso são disponibilizadas 39 vagas para professor do ensino superior, três vagas para agente administrativo e sete vagas para técnicos especializados.O período de inscrições segue até o dia 4 de abril e elas podem ser efetuadas pelo candidato ou pelo seu procurador legalmente constituído, na Assessoria para Assuntos Pedagógicos e Científicos (ASSPEC) - localizada no prédio da Reitoria da Uern, na Rua Almino Afonso, 478, Centro, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h, de segunda à sexta-feira. Caso o candidato queira efetuar inscrição via Sedex, deverá enviar a documentação para o endereço acima, observando que a data máxima de postagem deverá ser 31 de março.De acordo com o edital do concurso, no ato da inscrição, o candidato deve comprovar recolhimento da taxa de R$ 150,00, para os candidatos à docente, e R$ 80,00 para os candidatos à agente administrativo e técnicos especializados, na forma de depósito bancário, no Banco do Brasil, conta-corrente nº 20.457-9, Agência nº 0036-1, Mossoró/RN, em favor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A comissão de concurso alerta que não será aceito comprovante de entrega de envelope bancário.O concurso público de provas e títulos para docentes da Uern terá início em 20 de abril, às 8h, nas salas do campus universitário central, situado no Km 46 da Rodovia BR-110, bairro Costa e Silva, Mossoró-RN. Para o cargo de professor de ensino superior, a seleção contará de: prova escrita, com caráter eliminatório, simultânea para todos os candidatos nas áreas, objeto do concurso a ser aplicada no dia 20 de abril, às 8h; prova didática, de caráter eliminatório, será realizada no mínimo 24 horas após o sorteio do tema seguindo a ordem do mesmo; e prova de títulos, com caráter classificatório.Para o cargo de agente administrativo, a seleção constará de: prova escrita com caráter eliminatório, simultânea para todos os candidatos nas áreas, objeto do concurso, a ser aplicada no dia 20 de abril, às 8h; prova de títulos, com caráter classificatório. E para o cargo de técnico especializado: prova escrita com caráter eliminatório, simultânea para todos os candidatos nas áreas, objeto do concurso, e a ser aplicada no dia 20 de abril, às 8h; prova prática, com caráter eliminatório, será realizada no mínimo 24 horas após o sorteio do tema seguindo a ordem do mesmo e prova de títulos, com caráter classificatório.Com informações da Gazeta do Oeste
Obras do Centro Cultural serão retomadas
As obras do Centro Cultural Joaquim Correia finalmente serão retomadas e concluídas. Já era tempo!No Diário Oficial do Estado do dia 05 de fevereiro já foi publicado o nome da empresa responsável pela finalização da obra...Trata-se da RCC REDE DE CONSTRUÇÕES LTDA que apresentou uma proposta de R$ 130.421,00.A previsão é que ainda nesse mês a referida empresa recomece os trabalhos no Centro Cultural.Abaixo, cópia da publicação, na íntegra, no Diário Oficial do Estado:GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTEFUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTOCOMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃOCARTA CONVITE Nº 31/2006PROCESSO Nº 180472/2006-9OBJETO: CONCLUSÃO DAS OBRAS DA CASAS DE CULTURA DE PAU DOS FERROS.RESULTADO DE LICITAÇÃO:A Comissão Permanente de Licitação da Fundação José Augusto - CPL/FJA, torna público, para fins de intimação, o resultado do julgamento da habilitação e das propostas de preços do presente certame, sendo considerada vencedora a empresa RCC REDE DE CONSTRUÇÕES LTDA, cuja proposta apresentada corresponde a um desembolso total para a FJA, no valor de R$ 130.421,00 (cento e trinta mil, quatrocentos e vinte e um reais), e, com os ajustes determinados pela SIN juntamente com a redução de BDI de 32% para 29% passou para R$ 129.626,19 (cento e vinte e nove mil, seiscentos e vinte e seis reais e dezenove centavos).Natal/RN, 05 de fevereiro de 2008.BENJAMIN SEVERO DE SOUZA NETOPresidente da CPL/FJA
A exemplo de outros municípios da região, a política na cidade de Rafael Fernandes está fervilhando.Tanto aliados quanto adversários do prefeito Mario Oliveira (PSB) criticam a escolha do nome para a sua sucessão.Trata-se do advogado Vandilson Oliveira, primo do prefeito Mario...O descontentamento de parte dos aliados é com relação à forma da escolha do pré-candidato governista.Segundo algumas pessoas, o prefeito usou de influencia para emplacar o primo e escantear outros pretendentes.O atual descontentamento tem características de racha político.Os nomes mais comentados para aderir a oposição (comandada pelo ex-prefeito Nicodemus Ferreira - PMDB) é o do ex-vice prefeito Sergio e o do vereador Airton Lopes.É esperar pra ver!
Agua Nova vive mais um crime ambiental
Administração municipal de Água Nova causa mais um crime ambiental
Segundo , a lei que rege as políticas públicas de proteção Ambiental ecologicamente correta, o municipio de Água foge totalmente a essa realidade. um dos casos mais grave que chocou parte da população , foi a derrubada de uma árvore quase centenária um "PEREIRO",
para a construção de um calçamento, que não justifava a sua derrubada, pois o mesmo não atrapalhava a obra. Foi nada mais do que falta de planejamento urbano ambiental. E mais uma vez , entre outras , que não vou citar agora, foi a derrubada de tres arvores já com quase cinco anos, no centro da cidade para construção e reforma da praça Central. O que chamo atenção, é para a falta de um critério que parece passar desapercebido por parte da Prefeitura, de buscar a opinião publica nessas situações para uma tomada de decisão legal. O que me chama atenção é falta de esclarecimento sobre a decleração universal da defesa do meio ambiente, das leis que regem e norteiam os rumos da questão ambiental junto as prefeituras, A Falta de uma secretária de meio ambiente no municipio, A falta de preservação ambiental e o descaso para com uma cidade que é vocacionada ao turismo ecólogico.

Pão deverá ter um novo aumento de 14% até abril O pãozinho de cada dia sofrerá um novo reajuste. De acordo com o presidente da Indústria de Panificação de Mossoró e Região Oeste e Salina do RN (Sindipan), Gerson Nóbrega, até o dia primeiro de abril o produto básico da mesa dos consumidores aumentará em torno de 10% a 14%. O preço do pão, que em fevereiro sofreu um reajuste de 15%, é vendido hoje, em média, segundo Gerson Nóbrega, entre R$ 4,99 a R$ 6,80 o quilo, conforme a estrutura de cada estabelecimento e passará a ser vendido na casa dos R$ 7,00. Conforme o presidente do Sindipan, este novo reajuste se dá novamente devido ao aumento no preço da saca de farinha de trigo e provavelmente estes aumentos devem continuar. A previsão é que até julho o preço da farinha dobre e conseqüentemente, o preço do pão deverá seguir estes reajustes. O reajuste do trigo tem duas razões: primeiro, a quebra na produção mundial no ano passado por causa do clima e aumento do consumo. Mesmo com a redução na taxa de exportação do produto, o preço do principal ingrediente do pão vem aumentando sem parar nos últimos 12 meses. Em fevereiro do ano passado, a tonelada do trigo custava US$ 208, e no mês passado, passou a custar US$ 455, apresentando um aumento de 119%. Estes constantes reajustes estão preocupando os consumidores que não querem abrir mão do produto, uma vez que o aumento no pãozinho irá pesar no orçamento. Só para ter uma idéia, atualmente para comprar cinco pães o consumidor gasta em média R$ 1,20. Assim, uma família de quatro pessoas com renda de um salário mínimo, por exemplo, que compra esta quantidade de pães diariamente gasta em torno de R$ 36,00 por mês, valor correspondente a 8,5% do salário mínimo. Com o novo aumento a tendência é que algumas pessoas deixem de consumir o produto diariamente. De acordo com Gerson Nóbrega, esses constantes aumentos no preço dos pães preocupam não só os consumidores como também os comerciantes. "Temos receio que em face destes reajustes haja uma retração nos consumidores e estes passem a substituir o pão por outro produto mais acessível, principalmente aqueles que possuem menor poder aquisitivo", afirma. O gerente de uma panificadora na cidade, Cesário Melo, destaca que o setor passa por uma crise muito grande e como sempre o consumidor irá sentir no bolso as conseqüências. No entanto, neste caso, não é só o consumidor que está sentindo o prejuízo. "Nós panificadores estamos numa situação muito delicada, com os constantes aumentos estamos perdendo freguesia e conseqüentemente os lucros estão diminuindo", afirma. Cesário Melo informa ainda que a previsão é que até julho as coisas só piorem. "Com a redução dos lucros e o aumento no preço do produto, estamos trabalhando com a redução ao máximo de custos para não perder ainda mais a clientela", diz. Para driblar a crise os panificadores estão comprando estoques maiores de farinha de trigo para segurar ao máximo o reajuste dos preços. "Antes a gente comprava saca para 15 dias, agora estamos comprando para 30 a 40 dias, a fim de segurar ao máximo o preço. Além disso, estamos repassando para o consumidor apenas uma parte do aumento da farinha", salienta. O gerente afirma que a crise que a panificação está passando é muito forte e as conseqüências ainda podem ser mais agravantes. Segundo ele, com o aumento do preço da farinha e a perda da clientela devido aos preços altos, a panificadora corre o risco de até demitir funcionários para poder superar a crise. Os consumidores reclamam de mais um reajuste. "O pão já está muito caro e é um produto que consumimos diariamente. Com mais um aumento ou vamos gastar muito para poder continuar consumindo ou se não tiver jeito vamos ter que abrir mão do Pão deverá ter um novo aumento de 14% até abril ADRIANA MORAISadriana.morais20@hotmail.com O pãozinho de cada dia sofrerá um novo reajuste. De acordo com o presidente da Indústria de Panificação de Mossoró e Região Oeste e Salina do RN (Sindipan), Gerson Nóbrega, até o dia primeiro de abril o produto básico da mesa dos consumidores aumentará em torno de 10% a 14%. O preço do pão, que em fevereiro sofreu um reajuste de 15%, é vendido hoje, em média, segundo Gerson Nóbrega, entre R$ 4,99 a R$ 6,80 o quilo, conforme a estrutura de cada estabelecimento e passará a ser vendido na casa dos R$ 7,00. Conforme o presidente do Sindipan, este novo reajuste se dá novamente devido ao aumento no preço da saca de farinha de trigo e provavelmente estes aumentos devem continuar. A previsão é que até julho o preço da farinha dobre e conseqüentemente, o preço do pão deverá seguir estes reajustes. O reajuste do trigo tem duas razões: primeiro, a quebra na produção mundial no ano passado por causa do clima e aumento do consumo. Mesmo com a redução na taxa de exportação do produto, o preço do principal ingrediente do pão vem aumentando sem parar nos últimos 12 meses. Em fevereiro do ano passado, a tonelada do trigo custava US$ 208, e no mês passado, passou a custar US$ 455, apresentando um aumento de 119%. Estes constantes reajustes estão preocupando os consumidores que não querem abrir mão do produto, uma vez que o aumento no pãozinho irá pesar no orçamento. Só para ter uma idéia, atualmente para comprar cinco pães o consumidor gasta em média R$ 1,20. Assim, uma família de quatro pessoas com renda de um salário mínimo, por exemplo, que compra esta quantidade de pães diariamente gasta em torno de R$ 36,00 por mês, valor correspondente a 8,5% do salário mínimo. Com o novo aumento a tendência é que algumas pessoas deixem de consumir o produto diariamente. De acordo com Gerson Nóbrega, esses constantes aumentos no preço dos pães preocupam não só os consumidores como também os comerciantes. "Temos receio que em face destes reajustes haja uma retração nos consumidores e estes passem a substituir o pão por outro produto mais acessível, principalmente aqueles que possuem menor poder aquisitivo", afirma. O gerente de uma panificadora na cidade, Cesário Melo, destaca que o setor passa por uma crise muito grande e como sempre o consumidor irá sentir no bolso as conseqüências. No entanto, neste caso, não é só o consumidor que está sentindo o prejuízo. "Nós panificadores estamos numa situação muito delicada, com os constantes aumentos estamos perdendo freguesia e conseqüentemente os lucros estão diminuindo", afirma. Cesário Melo informa ainda que a previsão é que até julho as coisas só piorem. "Com a redução dos lucros e o aumento no preço do produto, estamos trabalhando com a redução ao máximo de custos para não perder ainda mais a clientela", diz. Para driblar a crise os panificadores estão comprando estoques maiores de farinha de trigo para segurar ao máximo o reajuste dos preços. "Antes a gente comprava saca para 15 dias, agora estamos comprando para 30 a 40 dias, a fim de segurar ao máximo o preço. Além disso, estamos repassando para o consumidor apenas uma parte do aumento da farinha", salienta. O gerente afirma que a crise que a panificação está passando é muito forte e as conseqüências ainda podem ser mais agravantes. Segundo ele, com o aumento do preço da farinha e a perda da clientela devido aos preços altos, a panificadora corre o risco de até demitir funcionários para poder superar a crise. Os consumidores reclamam de mais um reajuste. "O pão já está muito caro e é um produto que consumimos diariamente. Com mais um aumento ou vamos gastar muito para poder continuar consumindo ou se não tiver jeito vamos ter que abrir mão do

Após terem assaltado uma van que transportava professores da Uern de Pau dos Ferros, no ano passado, os bandido mais uma vez agiram contra funcionários da mesma universidade, na noite de ontem.Dessa vez, as vítimas foram de Assu. Dois professores e o motorista de uma van foram interceptados por delinqüentes por volta das 23h em um trecho entre as cidades de Paraú e Assu.Os professores retornavam da cidade de Alexandria, onde lecionam no núcleo avançado daquela cidade.De acordo com informações, a van foi interceptada por três elementos armados com fuzis em um carro tipo pálio de cor verde e placas não anotadas.Os funcionários da Uern foram levados para uma estrada carroçável e tiveram todos os seus pertences roubados. Além de celulares, carteiras e jóias, os homens levaram o aparelho de som do veículo

11 de março de 2008

CPI dos Cartões escolhe Marisa Serrano para presidir comissão

CPI mista (com deputados e senadores) dos Cartões Corporativos realizou hoje sua primeira reunião de trabalho. Como previsto, a comissão elegeu a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS) para presidir a CPI. A escolha dela como presidente faz parte de um acordo fechado entre integrantes da base aliada e da oposição. Pelo acordo, a presidência da comissão ficará com a oposição e a relatoria com a base aliada. Serrano indicará o deputado federal Luiz Sérgio (RJ) para a relatoria. A comissão será integrada por 24 parlamentares --12 titulares da Câmara e 12 do Senado-- que vão investigar irregularidades no uso dos cartões corporativos do governo federal. Surpresas Depois de ser indicado presidente e ter o nome retirado das negociações, o senador Neuto de Conto (PMDB-SC) decidiu não fazer parte da CPI --nem mesmo como suplente da comissão. Outra mudança que deve ocorrer nos próximos dias é a saída de Serys Slhessarenko (PT-MT) da lista de titulares da base governista. Em decorrência de problemas pessoais, a petista estuda abrir mão da sua indicação. No entanto, o governo deverá contar na sua tropa de choque com pelo menos dois integrantes incansáveis na disputa de forças como a oposição. Os senadores Wellington Salgado (PMDB-MG) e Almeida Lima (PMDB-SE) se destacaram no Conselho de Ética --na época do julgamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL)-- como principais articuladores do governo. No grupo dos governistas também está o senador Gim Argello (PTB-DF), que chegou ao Senado em substituição ao ex-senador Joaquim Roriz (PMDB-DF) e sob denúncias de irregularidades. Confira abaixo os integrantes da CPI mista dos Cartões Corporativos: Senadores titulares Demóstenes Torres (DEM-GO) Antônio Carlos Magalhães Júnior (DEM-BA) Marconi Perillo (PSDB-GO) Marisa Serrano (PSDB-MS) - indicada para presidir a CPI Fátima Cleide (PT-RO) Serys Slhessarenko (PT-MT) Wellington Salgado (PMDB-MG) Almeida Lima (PMDB-SE) Gim Argello (PTB-DF) José Nery (PSOL-PA) 1 vago - bloco governista (PT/PR/PB/PC do B/PP/PRB) 1 vago - PDT Deputados titulares Carlos Willian (PTC-MG) Luiz Sérgio (PT-RJ) - indicado para a relatoria da CPI Marcelo Melo (PMDB-GO) Maurício Quintella Lessa (PR-AL) Nelson Meurer (PP-PR) Paulo Teixeira (PT-SP) Carlos Sampaio (PSDB-SP) - autor do pedido de criação da CPI Moreira Mendes (PPS-RO) Vic Pires Franco (DEM-PA) Antônio Roberto (PV-MG) vago - bloco PSB/PDT/PC do B/PMN vago - bloco PSB/PDT/PC do B/PMN Senadores suplentes Efraim Morais (DEM-PB) José Agripino Maia (DEM-RN) Álvaro Dias (PSDB-PR) Flexa Ribeiro (PSDB-PA) João Pedro (PT-AM) João Ribeiro (PR-TO) Valter Pereira (PMDB-MS) Valdir Raupp (PMDB-RO) João Vicente Claudino (PTB-PI) 1 vago - bloco governista (PT/PR/PB/PC do B/PP/PRB) 1 vago - PSOL 1 vago - PDT Deputados suplentes: João Magalhães (PMDB-MG) Marcelo Guimarães Filho (PMDB-BA) Marcelo Teixeira (PR-CE) Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG) Nilson Mourão (PT-AC) Vignatti (PT-SC) Affonso Camargo (PSDB-PR) Augusto Carvalho (PPS-DF) Índio da Costa (DEM-RJ) Edson Duarte (PV-BA) vago - bloco PSB/PDT/PC do B/PMN vago - bloco PSB/PDT/PC do B/PMN Com informações da Folha Online

A vereadora Odete Lopes, do PPS de Macau, foi agredida fisicamente no sábado à noite, em pleno Dia Internacional das Mulheres. De acordo com o pai da vereadora, o jornalista Luis Gonzaga, ela estava jantando com a família e um grupo de amigos numa pizzaria da cidade, comemorando o Dia da Mulher, quando o petroleiro Cosme Marcelino, que atende pelo apelido de "Mimi", passou pela praça e percebeu a presença dela e do marido.Segundo testemunhas, o agressor e um sobrinho já chegaram batendo em todos. Nem os amigos do casal, que também estavam na mesa, escaparam das agressões ao tentar defender a vereadora. Ainda segundo testemunhas, as agressões teriam sido uma "revanche", a um desentendimento que acontecera entre pessoas de dois blocos carnavalescos durante o carnaval.De acordo com o relato de Luiz Gonzaga, na ação, o acusado de agressão teria partido para cima do casal sem dar chances de defesa. A vereadora e o marido Mário Sérgio, ainda segundo o relato de Luiz, teria sido atingida com cadeiradas.Após o incidente, Odete e Mário foram atendidos no Hospital Antônio Ferraz, realizaram exame de corpo delito e registraram o Boletim de Ocorrência. A cadeira foi quebrada em Odete, que sofreu luxação no braço direito. O marido dela foi atingido com um soco no rosto e sofreu cortes nas mãos.

10 de março de 2008

Líder do PMDB mostra que projeto de Robinson vai além do projeto de Wilma

A declaração do deputado-líder do PMDB Henrique Alves em favor de Robinson Faria... Deixou a governadora Wilma de Faria com um olhar meio atravessado... Com cara de quem gostou... Com cara de quem...pensou que se engana quem acha que o projeto de Robinson depende única e exclusivamente do apoio da Guerreira... Ixe... E em duas semanas, esta já é a segunda demonstração que Henrique dá de prestígio a Robinson.
Num jogo eletrizante, onde as duas torcidas compareceram em grande número e foi necessário a polícia aumentar o espaço destinado a torcida alvinegra, América e ABC fizeram um jogo digno da tradição do maior clássico do Rio Grande do Norte e empataram por 2 a 2 na tarde deste domingo, no estádio Machadão, em jogo válido pela Taça Cidade do Natal, o segundo turno do estadual.No primeiro tempo, o ABC largou em vantagem, abrindo 2 a 0 com Waldir Papel e Audálio. No segundo, o América reagiu e empatou com gols de Raí e Paulinho Marília, que começou no banco de reservas.Com o resultado, o América garantiu a primeira colocação do grupo B com oito pontos, enquanto o ABC, campeão do primeiro turno e já com vaga assegurada na final do campeonato, caiu para a quinta colocação da chave A com quatro pontos.Na próxima rodada, o América vai até Santa Cruz enfrentar o time da casa e o ABC recebe o Assu no Frasqueirão. As duas partidas estão previstas para acontecer na quarta-feira.

9 de março de 2008

viva 08 de Março !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Salve 08 de março

Salve o 08 de março!!! Esse era o grito de guerra na caminhada realizada hoje pelas Escolas, Manoel Raimundo e Pedro Raimundo, com a participação também do Sindicato dos funcionários Público Municipais de Água Nova - Sindesepran. A caminhada teve inicio na rua 31 de março, em frente a capela de S. Francisco, percorrendo várias ruas da cidade e terminando na quadra de esporte. O evento teve ainda homenagens as mulheres que foram pioneiras em areas distinta, como educação, saúde e política.

O clássico-rei da tensão e das caras novas

O clássico-rei da tensão e das caras novas

O clássico-rei de hoje à tarde no Machadão vai estar marcado pela tensão e da responsabilidade de vencer das duas equipes. De um lado o América querendo a recuperação no segundo turno do estadual e o título da Taça Cidade Natal para disputar a grande final e do outro o ABC tentando apagar a má impressão deixada com a eliminação precoce na Copa do Brasil.A busca pela recuperação a qualquer custo dos dois times aumentou a responsabilidade das duplas de ataque. Apesar da pressão exercida pela torcida, o atacante Paulo Matos está confiante e ciente da importância da vitória para a equipe rubra. Acostumado a grandes clássicos, o jogador garante que está pronto para mais uma decisão na carreira.‘‘A expectativa é a melhor possível, o grupo está muito animado para este clássico, e com certeza esse é muito especial para mim. Já joguei os maiores clássicos do Brasil e América e ABC, um dos maiores do Nordeste, vai entrar para o meu currículo agora’’, disse Paulo Matos, que jogando pelo São Paulo já enfrentou o Corinthians e o Santos, pelo Juventude já jogou o Ca-Ju, o Ba-Vi, quando estava no Vitória e recentemente enfrentou o Brasiliense quando estava no Gama.Como companheiro de ataque, Matos terá o estreante Jordan. Ao contrário do experiente atacante, Jordan, de apenas 22 anos, irá jogar pela primeira vez na equipe de Roberto Cavalo e estrear em clássicos. Apesar da responsabilidade, o jovem atleta encara o desafio como gente grande: ‘‘estrear em clássico não vai afetar em nada o meu futebol. Muito pelo contrário, quero agarrar esta chance, ajudar o América a vencer e empurrar a crise para o ABC’’, falou.Na gangorra dos ataques, o ABC equilibra as ações com a presença de Waldir Papel. O experiente atacante traz no currículo vários clássicos cariocas pela equipe do Vasco, mais dois pelo pernambucano, quando defendeu o Sport, além do cearense, quando jogou pelo Ceará. Mas para o calejado atacante, o que vale mais num duelo de grandes equipes é a determinação.‘‘Já joguei muitos clássicos e sei o quanto é importante a determinação num jogo desses. Clássico é superação e quem estiver mais determinado em campo vencerá’’, deu o recado. Bastante confiante, Papel garantiu que a derrota para o Madureira foi esquecida e que o foco do time é o estadual. ‘‘Ficamos tristes com a eliminação na Copa do Brasil, mas o Madureira já é passado para nós e nossa meta agora é lutar pelo título do estadual’’, garantiu....e das caras novasO primeiro clássico-rei de 2008 também ficará marcado pelas caras novas. No América, Emerson, Saulo, Raí, Fábio Recife e Yan encabeçam a lista dos estreantes, enquanto que pelo lado alvinegro Bosco, Rodriguinho e Waldir Papel participarão pela primeirza do maior duelo potiguar. Para Emerson e Fábio Recife, o gosto de estréia será duplo.Os dois jogadores vestirão pela primeira vez a camisa alvirrubra e não escondem a ansiedade da estréia. ‘‘Confesso que estrear diante da torcida num clássico não é tarefa fácil. A responsabilidade é dobrada, pois umm erro pode queimar o jogador. Mas estou bem preparado para este jogo e pretendo dar o máximo dentro de campo e conquistar esta vitória de que o América tanta precisa’’, comentou o zagueiro Emerson.Com condição de jogo desde a terça-feira, Fábio Recife também sabe da responsabilidade de estréias em clássicos. ‘‘Estrear num jogo desta envergadura é sempre mais complicado que uma partida normal. Mas isto faz parte da carreira de jogador, o que importa é que estou tranqüilo e muito bem preparado’’, afirmou.Para o meia Rodriguinho, a estrela do time alvinegro, o jogo contra o América terá outro sentido. É que o garoto jogará o seu primeiro clássico como profissional. Em 2007, Rodriguinho participou do duelo pela Copa RN, mas segundo ele não vale, pois ainda era Sub-20. ‘‘Naquela partida em que marquei, inclusive um gol, ainda era dos juniores, mas neste domingo vou ter a chance de jogar o meu primeiro clássico como profissional’’, lembrou.Sobre a responsabilidade diante da exigente Frasqueira, Rodriguinho demonstra total tranqüilidade. ‘‘É normal a pressão, mas estou confiante e pronto para ajudar o ABC a conquistar um importante resultado, pois o nosso foco é vencer o segundo turno e matar o campeonato’’, revelou o artilheiro da equipe, com quatro gols no estadual.
Istoé traz matéria sobre escândalo envolvendo família Rosado
A revista Istoé desta semana trouxe uma reportagem envolvendo a deputada federal do Rio Grande do Norte, Sandra Rosado. Assinada pelo jornalista Rudolfo Lago, a matéria diz que ONGs ligadas à deputada potiguar e ao seu marido, o ex-deputado Laíre Rosado, receberam R$ 12 milhões em sete anos e traça uma relação de parentesco entre a família Rosado e as duas ONGs. Segundo a reportagem, as ONGs em questão são a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (Apamim) e a Fundação Vingt Rosado. "Ambas as fundações receberam emendas ao Orçamento apresentadas tanto por Sandra como por Laíre. E ambas estão sendo investigadas pelo Ministério Público e pelo Tribunal de Contas da União por irregularidades na prestação de contas e envolvimento com o esquema dos sanguessugas", diz um trecho da matéria.Em outro trecho, a Istoé traça um paralelo entre parantesco e diz que a história das ONGs chegam a lembrar um poema. "A deputada Sandra Rosado (PSB-RN) é casada com o ex-deputado Laíre Rosado Filho. São pais de Larissa Rosado. Que foi casada com Francisco de Andrade Silva Filho. Que é presidente da Fundação Vingt Rosado. Que também preside a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (Apamim). As duas instituições foram criadas por Laíre Rosado. A história da Fundação Vingt Rosado e da Apamim, pela relação de parentesco entre os envolvidos, lembra o poema Quadrilha, de Carlos Drummond de Andrade (“João amava Teresa, que amava Raimundo, que amava Maria...”), resume a revista. Ainda de acordo com a Istoé, a Fundação Vingt Rosado e a Apamim fazem parte de um rol de instituições cujos indícios de irregularidades já foram detectados pela CPI e serão investigados. "O ex-deputado Vingt Rosado integrou uma família de políticos do Rio Grande do Norte que tinha como característica curiosa o fato de seus nomes serem todos algarismos em francês. Morto, virou nome da fundação criada por Laíre Rosado Filho, ex-deputado, hoje secretário de Agricultura do governo do Rio Grande do Norte. Há ainda uma assessora de Sandra Rosado que também é ligada às ONGs: Maria José Bezerra da Costa. De 2000 a 2007, as duas ONGs receberam R$ 12,08 milhões do Ministério da Saúde", afirma o jornalista Rudolfo Lago na matéria.Além das relações pessoais e de parentesco, outro dado comum levantado pela revista semanal com grande circulação nacional entre os envolvidos é que eles são alvo de investigação do Ministério Público ou do Tribunal de Contas. "Há até uma determinação de bloqueio de bens de Laíre, Francisco e outros envolvidos. As ONGs envolveram-se no escândalo dos sanguessugas. O bloqueio de bens foi determinado pelo juiz Tercius Gondim Maia, da 8ª Vara Federal em Mossoró. A decisão tem como base a Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa movida pelos procuradores Fernando Braga Damasceno e Marina Romero de Vasconcelos. De acordo com os procuradores, verbas destinadas às duas ONGs foram desviadas pelo esquema comandado pelo empresário Luiz Antônio Vedoin, tido como o chefe da máfia dos sanguessugas. Licitações para a compra de medicamentos eram dirigidas para que o vencedor fosse uma empresa de Mato Grosso chamada Frontal Ltda. Segundo os procuradores, ou os medicamentos não eram enviados ou a compra era superfaturada", cita.Em outro trecho, a revista diz que procurada, a deputada Sandra Rosado confirmou, por meio de sua assessoria, que ela e seu marido de fato destinaram emendas às duas instituições. Mas rejeitou as denúncias de desvios. “Eu não falo sobre eventuais problemas, que têm de ser respondidos pelas direções, embora eu tenha total confiança na honestidade das duas instituições”, disse a deputada. “É legal destinar recursos de emendas, e eu destinei para organizações que sei que prestam serviços relevantes à minha cidade. Espero que a investigação esclareça as coisas, porque não tenho nada a temer.”Com informações da www.istoe.com.br
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 15 milhões na próxima quarta
Nenhuma aposta acertou as seis dezenas sorteadas neste sábado (8) pela Caixa Econômica Federal para o concurso 950 da Mega-Sena buscar. O sorteio foi realizado em São Lourenço do Sul (RS).A estimativa de prêmio para o próximo concurso é de R$ 15 milhões.Os numeros sorteados neste sábado foram: 23 - 41 - 42 - 48 - 49 - 59Segundo a Caixa, 43 apostas acertaram cinco números e cada uma vai receber R$ 30.111,09. Outras 3.953 apostas acertaram quatro números e cada uma vai receber R$ 327,54.Maior premiaçãoO maior prêmio da história foi pago para um apostador de Salvador (BA), em outubro de 1999. Ele ganhou R$ 64,9 milhões.

Ônibus com mais de 50 passageiros é assaltado na BR-304

Um ônibus de passageiros que trafegava pela BR-304, no sentido Mossoró/Natal, foi atacado nas imediações do Posto Zé da Volta, por volta das 5h da manhã do sábado (08). Mais de cinqüenta passageiros, todos residentes na cidade de Fortaleza, foram assaltados. Perderam objetos de valor e dinheiro para a quadrilha formada por cerca de seis pessoas, parte dela fortemente armada. Após serem assaltados e liberados, o veículo seguiu viagem até a cidade de Assu, onde as vítimas procuraram a Delegacia de Polícia (DP) daquele município para prestar queixa, mas não conseguiram porque faltava formulário para registrar as reclamações em Boletim de Ocorrência (BO). "Além do mais, o nosso computador estava trancado. Orientamos todos eles a irem até Mossoró e procurar a delegacia de plantão", disse um policial de plantão. Pressupõe-se que os viajantes tenham decidido por continuar a sua viagem até a Capital do Estado, onde iriam passar o fim de semana e conhecer as praias. As informações sobre o assalto são poucas. Sabe-se, porém, que os desconhecidos usavam uma camionete tipo Ranger de cor branca. Em contato com a equipe da Gazeta do Oeste, o delegado Luís Fernando Sávio de Eliezer Pinto, titular da Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró, enfatizou não haver reclamação alguma de que um carro com as características do usado pela quadrilha tenha sido tomado de assalto na região. "Adotamos como primeiras providências a mobilização da 'Operação Oeste' e todas as delegacias de polícia da região. Abrimos as portas da Defur e disponibilizamos dois escrivãos para atender às vítimas, mas até o meio-dia ninguém apareceu", disse a autoridade policial.

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !