29 de janeiro de 2023

Palmeiras conquista a Supercopa contra o Flamengo

 

O fã do esporte foi presenteado com uma espetacular partida de futebol na tarde deste sábado (28/1), na Arena BRB Mané Garrincha. Cerca de 56 mil torcedores tiveram o privilégio de acompanhar um duelo inesquecível, entre Palmeiras e Flamengo, válido pela Supercopa do Brasil.As duas principais equipes do Brasil contaram com grandes exibições de seus principais craques, que fizeram golaços e competiram até o fim. Ao fim dos 90 minutos, melhor para os comandados de Abel Ferreira, que conquistaram um dos poucos títulos que faltavam ao clube e a essa vitoriosa geração palmeirense, após um triunfo de 4 x 3 sobre o adversário carioca.

Metrópoles

28 de janeiro de 2023

Moraes pede a PGR que barre posse de deputados suspeitos de atos golpistas



 Parlamentares acusados de terem ligações ou mesmo participado de atos golpistas e antidemocráticos em Brasília podem estar perto de terem suas posses suspensas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Isso porque o ministro Alexandre de Moraes, nesta sexta-feira (27), deu um prazo de 24 horas - como é de praxe - para que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre uma ação protocolada pelo Grupo Prerrogativas, que reúne renomados juristas e advogados de todo o país. 

Na ação, o Prerrogativas solicita que alguns deputados e deputadas bolsonaristas sejam investigados e tenham suas posses como parlamentares suspensas por conta de eventuais ações que podem estar relacionadas à tentativa de golpe de Estado observada em atos de radicais na capital federal. 

Para os advogados que assinam a ação, esses parlamentares podem ter praticado "atos criminosos e contrários ao Estado Democrático de Direito". Além da provocação ao STF, o grupo acionou o Ministério Público Eleitoral (MPE) para que esses deputados e deputadas sofram consequências pelo suposto golpismo também na esfera eleitoral. 

A posse de congressistas está marcada para a próxima quarta-feira (1º). 

Confira a lista de deputados e deputadas que serão suspensos:

  • Luiz Ovando (PP-MS)
  • Marcos Pollon (PL-MS)
  • Rodolfo Nogueira (PL-MS)
  • João Henrique Catan (PL-MS)
  • Rafael Tavares (PRTB-MS)
  • Carlos Jordy (PL-RJ)
  • Silvia Waiãpi (PL-AP)
  • André Fernandes (PL-CE)
  • Nikolas Ferreira (PL-MG)
  • Sargento Rodrigues (PL-MG)
  • Walber Virgolino (PL-PB)

Brasil de Fato

27 de janeiro de 2023

Jean Paul Prates: o suplente vencedor de um senador derrotado

 

Presidente da Petrobras empossado ontem, quinta-feira (26), o ex-senador Jean Paul Prates é o modelo que deu certo, mas que tinha tudo para dar errado.

Senador por 4 anos, trabalhou para ser candidato à reeleição, mas teve o nome preterido pelo seu partido, o PT, que escolheu o adversário Carlos Eduardo Alves, do PDT de Ciro Gomes, para ser o senador do PT de Lula.

Sem apoio do partido para tentar se reeleger, Jean Paul terminou abrigado na chapa que queria estar, mas no papel de suplente.

Carlos Eduardo não ganhou, e o suplente então...

Porém, Jean Paul foi o suplente vencedor de um senador derrotado.

Focou a campanha muito mais na disputa nacional, colaborou com o plano de governo do candidato Lula na área de energia e petróleo, e se credenciou para presidir a Petrobras.

Um exemplo do suplente que passou do titular, provando que o titular deveria ter sido ele.

Jean Paul - o suplente - ocupa a partir de agora à presidência da Petrobras.

Carlos Eduardo - o titular - não foi escalado para assumir cargo no primeiro escalão do governo Fátima Bezerra (PT), e até agora nem foi escalado nem indicou para o governo Lula, mesmo tendo o presidente do PDT Carlos Lupi, como ministro.

Enquanto Jean Paul fez um gol de placa, Carlos chutou pra fora.

FONTE: thaisagalvao.com.br

26 de janeiro de 2023

Lula denuncia golpe acontecido em 2016 e pede auditoria na Lava Jato



O historiador Jones Manoel celebrou a fala do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em que ele denuncia o golpe de estado de 2016 contra a ex-presidente Dilma Rousseff, e defendeu que ele abra uma auditoria sobre as irregularidades da Lava Jato, que tiveram como objetivo prejudicar a Petrobrás. O presidente Lula responsabilizou o 'golpista' Michel Temer, bem como Jair Bolsonaro, pela destruição dos avanços econômicos e sociais dos governos petistas. A declaração foi dada durante a coletiva de imprensa do mandatário brasileiro e seu homólogo uruguaio, Luis Lacalle Pou, em Montevidéu, nesta quarta-feira (25). 

"Herdei um país semi-destruído. Quando deixamos a Presidência, o Brasil era a 6ª economia do mundo. Voltamos agora e o Brasil é a 13ª economia do mundo. Esse é um desafio que não me deixa triste, mas me dá otimismo e coragem e me obriga a estabelecer metas. O Brasil não tinha mais fome quando eu deixei a Presidência da República e hoje tem 33 milhões de pessoas passando fome. Significa que quase tudo que nós fizemos de benefício social no meu país em 13 anos de governo foi destruído em 7 anos, 3 do golpista Michel Temer e 4 do governo Bolsonaro", disse Lula

247

25 de janeiro de 2023

O preço dos combustíveis subiram nessa quarta-feira

 

O preço dos combustível sofreram reajuste de 7,46%, nessa quarta feira(25). O  economista Eric Gil Dantas, do Observatório Social do Petróleo,  explica  que ainda é cedo para cobrar de Lula o cumprimento de sua promessa, já que ele ainda não conseguiu colocar seus indicados na gestão da Petrobras. “Não dá pra culpar Lula [pelo aumento], pois a direção da empresa ainda está com os indicados por Bolsonaro [ex-presidente].”

Para Dantas, contudo, o aumento dos combustíveis no início do novo mandato reforça a pressão para que a gestão Lula aja rápido na Petrobras. “O preço da gasolina e do diesel estão em alta no mercado mundial. Ou seja, a margem para adiar a resolução desse problema [dos preços internos] diminui”, concluiu.

24 de janeiro de 2023

Damares é desmascarada com sua vitimização ao negar negligência com Yanomamis

 A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves, que na teoria deveria zelar pelos povos originários, negou o abandono com os yanomamis após a situação de crise humanitária vir à tona e um estado de emergência ser decretado no local, mas foi desmascarada com um vídeo de 2019 que alertava sobre a grave situação de miséria e falta de ítens básicos no local.

o vídeo em questão, uma indígena relata para parlamentares como Ivan Valente e Rodrigo Maia o cenário de desespero enfrentado pelos yanomamis.

“Os madeireiros estão invadindo nossas terras”, alertou em tom de desespero.

Veja a matéria completa no  247 


23 de janeiro de 2023

Água Nova RN uma cidade em ascensão

 

Bem vindo a cidade de "ÁGUA NOVA", cidade que há quatro anos vem em constante desenvolvimento e crescimento em todos os âmbitos.

Como tudo um dia muda,  Água Nova mudou graças a um trabalho de um homem honesto com uma inteligência diferenciada.

Um gestor que ver no impossível a transformação possível, e faz das dificuldades oportunidades.

O gestor Ronaldo Souza e sua equipe, conseguiram com seus esforços, empregarem o crescimento e o desenvolvimento, trazendo alegria e esperança aos aguanovenses, que hoje batem no peito e dizem com orgulho e satisfação: "sou da cidade de Água Nova". 


Esse trabalho incansável do gestor, tem orgulhado muito os seus munícipes, principalmente no quesito trabalho, que é visível o crescimento desta cidade que está sendo referência e modelo para o Rio Grande do Norte.

Não é atoa que o gestor Ronaldo Souza alcançou a marca dos 85% de aprovação.

Como gestor Ronaldo Souza (prefeito)e sua equipe, enfrentam sol e chuvas para ver sua querida cidade em um lugar que deveria sempre está, "EM DESTAQUE".

Hoje Água Nova serve de cartão postal para todo o RN e de exemplo para todo e qualquer gestor que tem o desejo de ver o progresso e o desenvolvimento do seu Município.















21 de janeiro de 2023

Policiais federais prendem homem que ameaçou Lula



 Policiais federais prenderam na noite dessa sexta-feira (20) em Boa Vista, capital de Roraima, um homem suspeito de ameaçar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo

Nas redes sociais, o homem teria comentado a visita do petista ao estado de Roraima, neste sábado (21). 'Seria a hora de colocar a bala na cabeça dele', teria dito o suspeito.

247

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - INDIVIDUALIZAÇÃO ANEXO I - PRIMEIRA REMESSA INDIVIDUALIZAÇÃO FGTS (CHAMAMENTO PÚBLICO N° 001/2023)

 Francisco Ronaldo de Souza, Prefeito Constitucional do Município de Água Nova/RN, no uso de suas atribuições legais, em atenção à necessidade de se identificar todos os titulares de FGTS, em procedimento denominado de INDIVIDUALIZAÇÃO DO FGTS, torna pública a CONVOCAÇÃO de todas as pessoas que já mantiveram Vínculo Celetista com a Prefeitura de Água Nova/RN, que estejam na relação nominal, a procurarem a Secretaria Municipal de Administração do Município, de modo a possibilitar respectivos saques dos créditos havidos dessa relação trabalhista.










20 de janeiro de 2023

Governo Lula troca as cúpulas da PF e PRF nos estados; delegado do caso Marielle assume RJ



 O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mexeu com as cúpulas estaduais da Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) em decisões divulgadas na noite de quarta-feira (18). De uma só vez, 26 dos 27 superintendentes estaduais PRF foram dispensados e outros 18 diretores da PF em estados foram substituídos.

Os nomes dos 26 novos superintendentes da PRF não foram divulgados. Só o superintendente no Piauí, Jairo Lima, segue no cargo, mas é interino.

As dispensas foram um ato do ministro da Justiça, Flávio Dino (PSB).

Já no caso da PF, 18 diretores foram substituídos. Entre os novos diretores estaduais está o delegado Leandro Almada da Costa, que já investigou o assassinato da vereadora Marielle Franco. Ele vai assumir a diretoria da PF no Rio de Janeiro.

As alterações são uma decisão do ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT).

Confira abaixo os nomes dos novos diretores da PF:

. Alagoas: Luciana Paiva Barbosa
. Amazonas: Umberto Ramos Rodrigues
. Goiás: Marcela Rodrigues de Siqueira Vicente
. Maranhão: Sandro Rogério Jansen Castro
. Mato Grosso: Ligia Neves Aziz Lucindo
. Mato Grosso do Sul: Agnaldo Mendonça Alves
. Minas Gerais: Tatiana Alves Torres
. Pará: José Roberto Feres
. Paraíba: Christiane Correa Machado
. Paraná: Rivaldo Venâncio
. Pernambuco: Antonio de Pádua Vieira Cavalcanti
. Rio de Janeiro: Leandro Almada da Costa
. Rio Grande do Norte: Larissa Freitas Carlos Perdigão
. Rondônia: Larissa Magalhães Nascimento
. Santa Catarina: Aletea Vega Marona Kunde
. São Paulo: Rogério Giampaoli
. Sergipe: Aline Marchesini Pinto
. Tocantins: Reginaldo Donizetti Gallan Batista

19 de janeiro de 2023

Centrais sindicais cobram de Lula salário mínimo de R$ 1.343

 

As dez centrais sindicais brasileira entregaram ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta quarta-feira (18), o documento “Prioridades da Pauta da Classe Trabalhadora para 2023”, que lista reivindicações ao novo governo. Em encontro no Palácio do Planalto, as entidades cobraram de Lula pontos como a volta da política de valorização do salário mínimo, o fortalecimento da negociação coletiva e dos sindicatos, além da regulamentação do trabalho por aplicativos.

“Há aqueles que tentam impor um debate ‘responsabilidade fiscal contra responsabilidade social’”, criticou Adilson Araújo, presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil). “A responsabilidade fiscal não pode ser o custo dos maus-tratos ao povo pobre, ao povo indigente, ao povo que padece de insegurança alimentar, ao povo que não tem um prato de comida. O custo fiscal precisa ser um esforço combinado.”

Em nome dos sindicalistas, Adilson defendeu que o salário mínimo chegue, ainda em 2023, a R$ 1.343. No primeiro dia do ano, o piso salarial dos brasileiros passou de R$ 1.212 para R$ 1.302 – um reajuste nominal de 7,42%. Mas, como a inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) foi de 5,93% no ano passado, o aumento real (acima da inflação) se limitou a 1,41%.

Como essa fórmula foi abandonada nos governos de Michel Temer (2016-2018) e Jair Bolsonaro (2019-2022), o salário mínimo viveu, na prática, um processo de desvalorização, acumulando uma grande defasagem. Por isso, os sindicalistas defendem que, excepcionalmente em 2023, a gestão Lula já anuncie um significativo aumento real. O valor de R$ 1.343 proposto pelas centrais corresponde a um reajuste de 10,53%, sendo 5,93% relativos à inflação de 2022 e outros 4,60% equivalentes ao crescimento do PIB em 2021.

“O salário mínimo de R$ 1.342 importa muito para a vida de 60 milhões de brasileiros”, afirmou Adilson, da CTB, referindo-se ao número aproximado de trabalhadores, aposentados e pensionistas que têm renda atrelada ao piso nacional. “O debate do salário mínimo não pode ser pautado pelo ‘deus’ mercado. Quem depende do salário mínimo é quem já não consegue fazer mais o supermercado.”

O líder cetebista propôs que Lula, à semelhança do ex-presidente Getúlio Vargas, aproveitasse a celebração do 1º de Maio, o Dia Internacional do Trabalhador, para elevar o salário mínimo. Como o presidente é corintiano, Adilson brincou que o ato deveria ocorrer na Arena Corinthians, em Itaquera, na zona leste de São Paulo. “Queremos você no Itaquerão anunciando o salário mínimo das centrais sindicais.”

Outras pautas

As centrais também reivindicaram mudanças na legislação do trabalho, com o fim dos retrocessos impostos pela reforma trabalhista de 2017. Para o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, é necessário “atualizar a estrutura sindical brasileira”, para “ampliar sua representatividade”.

Segundo Miguel, o movimento sindical lutará por um novo modelo de financiamento de suas atividades, já que a reforma extinguiu arbitrariamente o imposto sindical. “Nós queremos que a negociação seja valorizada, que os trabalhadores decidam o que pagar e como pagar ao seu sindicato”, sintetizou. Essa contribuição, conforme o documento das centrais, deve ser “aprovada em assembleias representativas e democráticas” de cada base.

Já Ricardo Patah, presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores), defendeu a regulação das relações de trabalho mediadas por plataformas e aplicativos, como Uber, Rappi e iFood. A seu ver, os trabalhadores por aplicativos representam hoje o que eram os personagens do romance Os Miseráveis (1862), do francês Victor Hugo. “Que busquemos alternativas para a vida desse trabalhador”, conclamou Patah.

Na cerimônia, Lula assinou um decreto que instala um grupo de trabalho, composto por representantes do governo (como os ministérios de Trabalho, da Fazenda e da Previdência Social), do empresariado e dos trabalhadores. O grupo terá 45 dias para elaborar uma proposta consensual de valorização do salário mínimo. “Vocês estão com sede de democracia e participação”, afirmou Lula.

Falando em “construir um novo tempo”, o presidente acusou seus antecessores, Temer e Bolsonaro, de “desmontarem um conjunto de direitos que a classe trabalhadora construiu”. Conforme Lula, “a melhor forma de fazer distribuição de renda” é garantir reajustes reais para o salário mínimo. “Não adianta o PIB crescer se ele não for distribuído com o trabalhador brasileiro. O salário mínimo tem que crescer de acordo com o crescimento da economia.”

18 de janeiro de 2023

Apesar das chuvas a Pefeitura de Água Nova avança na pavimentação do Sítio Carnaubal

    Inicio da Obra - UBS do Sítio Carnaubal

A Prefeitura Municipal de Água Nova, através das Secretarias Municipal de Infraestrutura , Obras e Meio Ambiente continua a todo vapor a tão sonhada obra da "Pavimentação do Sítio Carnaubal ” zona Rural do Município. 

O prefeito Ronaldo Souza  está acompanhando  de perto a continuação da pavimentação , na qual está sendo executada com recursos oriundos de Emendas Parlamentar do Deputado Federal Rafael Motta, com um investimento superior a 335 mil reais e contemplará mais de 1 KM de extensão.

A ideia é dar mais vida e mobilidade a todos que trafegam  nesse percurso, beneficiando  dezenas de famílias que residem na quela comunidade.


Prefeito Ronaldo Sousa


                                      Trecho já bem avançado

17 de janeiro de 2023

Camilo Santana anuncia reajuste de quase 15% no piso salarial dos professores

 

247 - O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou nesta segunda-feira (16) um aumento de quase 15% no piso salarial dos professores, que passará de R$ 3.845,63 para R$ 4.420,55.

De acordo com o MEC, a portaria que estabelece o novo piso será publicada nesta semana no "Diário Oficial da União".

"A valorização dos nossos profissionais da educação é fator determinante para o crescimento do nosso país", disse o ministro.

A lei do piso dos professores, aprovada em 2008, no governo Lula, estabelece que o reajuste deve ser feito anualmente, no mês de janeiro.

16 de janeiro de 2023

Governadora Fátima Bezerra anuncia pagamento de terço de férias dos professores do RN

 

A governadora Fátima Bezerra anunciou na sexta-feira (13) o pagamento do terço de férias aos profissionais da educação na folha de janeiro de 2023.

O terço de férias é pago, historicamente, aos trabalhadores da educação no primeiro mês do ano, período de recesso escolar.

Em relação aos professores, o terço de férias será calculado sobre 45 dias, sendo 30 dias pagos no mês de janeiro e 15 dias no mês de julho.
A rede pública estadual de educação do RN é composta por 615 unidades de ensino, 18 mil professores e 215 mil estudantes.

O anuncio foi feito dirante a transmissão de cargo na Secretaria para a nova titular, empossada um dia antes, professora Socorro Batista, que substituiu o professor Getúlio Marques, agora secretário nacional de Educação Tecnológica e Profissional do Ministério da Educação e Cultura, em Brasília. 
"Estamos iniciando novo ciclo à frente dos destinos do povo do RN. Em 2019 encontramos colapso financeiro e fiscal, pandemia e conjuntura nacional hostil. Não foi fácil. Mas, de pé no chão e olhando para a frente, construímos dias melhores. Nunca vamos perder de vista a defesa da democracia que é vital e combustível para o exercício dos direitos civis e humanos", declarou a governadora. 

"Gosto de trabalhar com dedicação, e de quem também faz isso. A educação do RN e do Brasil nos últimos quatro anos enfrentou um processo de dificuldades. A falta de apoio federal reflete nos Estados e municípios. A situação foi agravada pela pandemia, que deixou fortes impactos. O novo Governo Federal vê a Educação como área estratégica para o desenvolvimento. E precisamos ter em mãos projetos e propostas para trazermos recursos e dar um salto de qualidade na educação do RN", afirmou Socorro Batista.


FONTE: thaisagalvao.com.br

15 de janeiro de 2023

A Federação dos Municipio do RN - FEMURN elege novo presidente sai do comando de Rogério Marinho para o vice governador Walter Alves MDB

 


O prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, é o novo presidente da Femurn - Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte.

A Federação, que nos últimos dois anos foi considerada comitê eleitoral do senador eleito Rogério Marinho, do PL, conta agora com um presidente do MDB do vice-governador Walter Alves.

Porém, a candidatura de Santos foi de consenso e contou, inclusive, com o apoio de Rogério.

Resta saber se a composição administrativa seguirá contendo o DNA de Rogério.

A nova mesa diretora conta com prefeitos de várias regiões do estado.

“Tenho a missão de cada vez mais unir os municípios. Apresentamos um planejamento para os dois próximos anos e vamos fortalecer todos os 167 municípios do Rio Grande do Norte”, disse Luciano Santos. 

tha

 A diretoria para o biênio 2023/2024 ficou assim:

Presidente: Luciano Santos (Lagoa Nova)
1º vice-presidente: Marianna Almeida (Pau dos Ferros)
2º vice-presidente: Emídio Júnior (Macaíba)
3º vice-presidente: Marina Marinho (Jandaíra)
4º vice-presidente: Reno Marinho (São Rafael)
5º vice-presidente: João Batista (Brejinho)
1º secretário: Alan Silveira (Apodi)
2º secretário: Shirley Targino (Messias Targino)
1º tesoureiro: Pedro Henrique (Pedra Grande)
2º tesoureiro: Fernando Teixeira (Espírito Santo)


Conselho fiscal:

1º conselho fiscal: Judas Tadeu (Caicó)
2º conselho fiscal: Cleitom Jacome (Venha Ver)
3º conselho fiscal: Flavio de Berói (Nova Cruz)


Suplentes do conselho fiscal:

Conselho fiscal: Rossane Patriota (Ielmo Marinho)
Conselho fiscal: Maria Helena Queiroga (Olho D’Água do Borges)
Conselho fiscal: Luciano Cunha (Lajes Pintadas)

FONTE: thaisagalvao.com.br

14 de janeiro de 2023

Ex Ministro Anderson Torres chega a Brasilia e vai ser preso por ordem de Morais



O Avião da Gool ,  que saiu de Miami, acaba de posar no aeroporto de Brasília trazendo o ex Ministro Anderson Torres, que será preso por ordem de Alexandre de Morais. Será realizado ainda dentro do aeroporto o exame de corpo de delito , em seguida será conduzido pela polícia Federal para prestar depoimento.

13 de janeiro de 2023

Feliz sexta-feira 13

 




Prefeito Ronaldo Souza Conquista para o servidor Público de Água Nova RN.

 

A gestão municipal de Água Nova, através do Prefeito Ronaldo Souza, com  esforços administrativos , conseguiu vencer a burocracia para individualização do FGTS dos servidores municipais das competências: 01/1982 a 06/1982; 01/1989 a 09/1989; e 01/1990 a 06/1990.

Tal conquista, inédita do município, se deu com meses de trabalho das secretarias de Administração e Finanças, sob as orientações do prefeito municipal.

Dezenas de servidores, ou seus familiares e herdeiros serão beneficiados com a conquista conseguida.

Além de preso, Anderson Torres deve ser expulso dos quadros da Polícia Federal

 

O ex-ministro Anderson Torres, que facilitou os ataques terroristas em Brasília e guardava em casa um plano para um golpe de estado, deverá ser preso e expulso da Polícia Federal.

"Delegados da cúpula da Polícia Federal dão como certo que, além de preso, Anderson Torres será expulso da corporação, por conta da omissão diante dos atos golpistas do domingo (8/1) em Brasília. Ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro e ex-secretário da Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres é delegado de carreira da PF desde 2003; ou seja, há 20 anos", informa o jornalista Igor Gadelha, no Metrópoles.
247

12 de janeiro de 2023

Depois de afastar o próprio dono e responder na justiça por disseminar fake news, Jovem Pan tira do ar mais 3 comentaristas extremistas

comentaristas da jovem pan


 Olhe o legado do "presidente" Jair Bolsonaro para os amigos que se rasgaram pelo seu governo...

A Jovem Pan responde a inquérito aberto pelo Ministério Público Federal, por possível prática de disseminação de fake news e por estimular atos antidemocráticos.

Segundo o MPF, após levantamento nos últimos meses, a Jovem Pan vinha veiculando "sistematicamente fake news e discursos que atentam contra a ordem institucional, em um período que coincide com a escalada de movimentos golpistas e violentos em todo o país”.

A emissora quer sobreviver ao legado de Bolsonaro e para isso já anunciou que se desligará do modelo extrema direita que marcou o grupo de comunicação nos 4 anos da gestão Bolsonaro. E para isso o empresário conhecido por Tuta, afastou do comando o grupo o próprio filho, o Tutinha.

Que vergonha.

Tutinha não tinha limites para agradar Bolsonaro. Foi afastado pelo pai diante do que foi apurado pela justiça.

E se até o dono, ou filho do dono, foi afastado, imagina os que eram apenas contratados.

Nesta quarta-feira mais 3 comentaristas extremistas pegaram o beco por ordem do dono da casa: Rodrigo Constantino, Paulo Figueiredo e Zoe Martínez.

Afastamento por tempo indeterminado.
 


Se a moda pega, o que vai ter de veículo de comunicação, que opera em regime de concessão pública pelo Brasil afora, respondendo a inquérito.

A Jovem Pan 'deu cria' pelo país.

FONTE: thaisagalvao.com.br

11 de janeiro de 2023

Bolsonaro volta a cometer crime ao compartilhar vídeo que nega vitória de Lula e ataca TSE e STF



  Jair Bolsonaro compartilhou em sua conta oficial no Facebook, na noite desta terça-feira (10), um vídeo que questiona a vitória eleitoral do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e faz ataques ao Tribunal Superior Eleitoral e ao Supremo Tribunal Federal (STF), informa O Globo.

A postagem que desacredita o sistema eleitoral brasileiro acontece dois dias depois dos atos terroristas praticados por bolsonaristas em Brasília, quando os partidários do ex-ocupante do Palácio do Planalto invadiram e depredaram o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e a sede do próprio STF.

A mensagem ficou disponível no perfil de Bolsonaro por cerca de duas horas, mas acabou excluída já depois da repercussão sobre o post. 

O conteúdo compartilhado trazia uma entrevista em que o procurador bolsonarista do Mato Grosso do Sul Felipe Gimenez afirma que Lula foi "escolhido pelo serviço eleitoral e pelos ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral”. O vídeo era acompanhado de uma legenda onde se lia: "Lula não foi eleito pelo povo, ele foi escolhido e eleito pelo STF e TSE".


10 de janeiro de 2023

"Eles querem golpe, e golpe não vai ter", disse Lula, diante de governadores

 


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, governadores e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) caminharam juntos do Planalto até a sede do Supremo na noite desta segunda-feira para vistoriar os estragos das invasões a prédios públicos em Brasília, num gesto para simbolizar união na defesa da democracia, enquanto as autoridades ampliaram as prisões de acusados pelos ataques.

"Eles querem golpe, e golpe não vai ter", disse Lula, diante de governadores e representantes de 27 Estados e do Distrito Federal, ministros do Supremo, presidentes da Câmara e do Senado em exercício e do procurador-geral da República.

Mais de 1.500 apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro foram detidos na capital federal desde as invasões e depredações do Planalto e dos prédios do Congresso e do STF por grupos de bolsonaristas radicais que pediam um golpe militar contra o presidente.

Lula, que acusou Bolsonaro de incentivar os ataques, prometeu levar os responsáveis pelo episódio à Justiça.

"Não vamos dar tregua até descobrirmos os responsáveis. Mais cedo ou mais tarde nos vamos descobrir quem está financiado. Tem gente que financiou e tem gente que apoiou", afirmou o presidente depois da caminhada até o STF -- o mais danificado dos prédios atacados pelos bolsonaristas.

Durante a reunião, Lula subiu o tom e criticou a falta de resposta das Forças Armadas aos acampamentos de bolsonaristas que por dois meses estiveram nas portas de quartéis pelo país pedindo uma ilegal intervenção dos militares contra a sua eleição, sem um posicionamento contrário da cúpula militar.

"As pessoas estão livremente reivindicando o golpe na frente dos quartéis, e não foi feito nada por nenhum quartel, nenhum general se moveu para dizer que não pode acontecer isso, é proibido pedir isso", afirmou.

Na manhã desta segunda, um acampamento bolsonarista localizado em frente ao quartel-general do Exército em Brasília foi desmontando após determinação emitida na noite de domingo pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, e cerca de 1.200 manifestantes que estavam no local foram levados de ônibus para uma instalação da Polícia Federal, após cerca de 300 prisões no domingo. A Polícia Militar do DF e o Exército participaram da desmontagem.

De acordo com autoridades, apoiadores de Bolsonaro partiram desse acampamento antes de invadir, danificar e saquear os edifícios-sede dos Três Poderes, no pior ataque às instituições democráticas desde o retorno do Brasil à democracia na década de 1980.

No encontro com Lula no fim do dia, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB) informou que todos os Estados tiveram ações contra os acampamentos nesta segunda, desmobilizando em várias cidades estruturas que estavam instaladas com maior ou menor grau de organização desde a derrota eleitoral de Bolsonaro para Lula, em outubro.

Enquanto isso, Bolsonaro, na Flórida desde 30 de dezembro, foi internado em um hospital de Orlando com uma nova obstrução parcial do intestino. Seu médico disse que o problema não era grave e provavelmente não precisaria de cirurgia --ele publicou uma foto no Twitter.

O ex-presidente, de 67 anos tem um histórico de hospitalizações por problemas intestinais desde que levou uma facada no abdome durante a campanha eleitoral de 2018. Ele já passou por seis cirurgias desde então, quatro delas diretamente ligadas à facada.

Em entrevista à CNN Brasil, Bolsonaro disse que pretendia ficar nos EUA até o fim do mês, mas que vai antecipar a volta devido ao problema de saúde.

Além dos percalços na saúde, o dia para Bolsonaro e seus aliados foi de analisar os impactos das invasões em Brasília para seu futuro político. O ex-presidente, que disse que os ataques "fogem à regra", mas que seguiu chamando os atos que pedem golpe de democráticos, enfrenta diversas investigações no STF e o círculo próximo a ele teme que os ataques tenham aumentado a possibilidade de ele ser alvo de uma ordem de prisão temporária.

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) disse à Reuters que pedirá ao ministro do STF Alexandre de Moraes, que comanda os inquéritos contra Bolsonaro, para apurar a eventual participação do ex-presidente nos ataques.

Decano do STF, o ministro Gilmar Mendes disse que Bolsonaro tem responsabilidade política por não ter desestimulado atos de violência que resultaram nas invasões.

Os mercados financeiros mantiveram-se estáveis nesta segunda após uma queda inicial, com o índice de ações de referência da Bovespa com alta discreta de 0,15% e o dólar com alta modesta de 0,4% ante o real. Alguns analistas disseram que a violência de domingo pode fortalecer Lula politicamente.

247

8 de janeiro de 2023

Morreu nesse domingo Roberto Dinamite maior ídolo do Vasco da Gama

 

O atacante Roberto Dinamite, maior ídolo da história do Vasco, faleceu na manhã deste domingo (8), aos 68 anos, no hospital da Unimed, no Rio de Janeiro, em decorrência de complicações provocadas por um câncer de intestino.

 Carlos Roberto Gama de Oliveira, nascido no dia  13 de abril de 1954, em Duque de Caxias, no Rio, recebeu o apelido de Roberto Dinamite em novembro de 1971, após marcar o primeiro gol em uma partida contra o Internacional. O Vasco ganhou a partida por 2 x 0. “Garoto-dinamite explodiu”, estampou o do Jornal dos Sports em sua manchete no dia seguinte ao jogo disputado no Maracanã. Segundo o Globo Esporte, o atacante marcou 708 gols em 1.110 jogos pelo Vasco. “O primeiro dos 190 gols marcados no Campeonato Brasileiro, marca que até hoje ninguém alcançou. Este foi também apenas o primeiro dos muitos capítulos marcantes do ídolo com a camisa cruz-maltina. Com o Vasco, Roberto conquistou um Campeonato Brasileiro (1974) e cinco Campeonatos Cariocas (1977, 1982, 1987, 1988 e 1992)”.

Em outubro de 2021, um programa de financiamento coletivo arrecadou, em menos de seis horas, R$ 190 mil para a construção de uma estátua em São Januário em homenagem ao ídolo. O monumento foi inaugurado em 28 de abril deste ano.