4 de junho de 2011

Veja os comentários feitos por políticos da oposição e governista sobre a entrevista

 
 

ACM Neto, deputado federal (BA) e líder do DEM na Câmara
“A entrevista não fala nada, não acrescenta nenhuma informação, ele é vazio nos pontos que interessa, nas empresas que contrataram os seus serviços e a origem do recurso. Ele falar foi inútil, não deveria ter passado por essas, falou, falou e não disse nada. Ficou no ar numa nebulosa grande. Reforçou a necessidade de ele ir à Câmara, se defrontar com os deputados sobre as coisas graves que a empresa dele fez.”
Cândido Vaccarezza, deputado federal (PT-SP) e líder do governo na Câmara
“Acho importante a entrevista porque ele deixou claro que era um problema dele, que não fez tráfico de influência e nem usou informações privilegiadas. Quero centralizar o debate sobre o ‘Brasil Sem Miséria’ e os projetos importantes para o Brasil. [A entrevista] facilita a discussão [sobre a convocação do ministro para dar explicações no Congresso]”.

Chico Alencar, deputado federal (RJ) e líder do PSOL na Câmara

“Eu acho que ele demorou muito para falar, 18 dias, e falou muito pouco. Não acrescentou nada do essencial que a sociedade quer saber. Por exemplo, não falou que tipo de consultoria prestou e para quem. Dizer que tem nota fiscal é totalmente insuficiente.”
(Portal G1)

Duarte Nogueira, deputado federal (SP) e líder do PSDB na Câmara

“Não disse absolutamente nada. Só piorou a questão. Não elucidou os pontos se houve tráfico de influência e de conquista de benefícios pessoais. Depois dessa entrevista, ele deve pedir afastamento. A posição do ministro ficou insustentável. Agora, a pressão da opinião pública vai aumentar, porque ele disse que só prestou serviços para empresas privadas, mas não disse se elas tinham interesses dentro do governo. E essa história de concentração de recursos no fim do ano, porque os pagamentos estavam represados não existe, eles são pagos a medida que são prestado.”
Henrique Eduardo Alves, deputado (RN) e líder do PMDB na Câmara
“Acho que o que faltava era ele vir a público e fazer o que fez. Ele fez com segurança, as perguntas não foram combinadas. Na minha opinião ele respondeu com tranquilidade, serenidade. Mesmo para aqueles que não querem acreditar na sua palavra, ele fez com seriedade. Eu acho que ele encaminhou a documentação que ele falou, que não se envolveu com nenhum órgão público. Eu dou a ele este crédito. Acho que ele não iria falar ao Brasil o que a documentação não comprovasse. Ele fez com seguridade e cumpriu seu papel de forma esclarecedora.”
José Agripino, senador (RN) e presidente nacional do DEM
“A entrevista não acrescenta nada, porque não esclarece a dúvida da opinião pública, que é se houve ou não tráfico de influência. Qual o problema de expor o negócio se eles são limpos? Ele falou para o público interno do governo e do PT, mas o cidadão comum em casa se pergunta qual o problema de dizer com quem ele tinha contratos, se eles eram limpos? Está longe de encerrar o assunto, as dúvidas pemanecem e ele terá que se defender no foro adequado”

Luiz Sérgio (PT), ministro de Relações Institucionais

“Ele foi claro, objetivo e convincente. Não [precisa dar novas explicações ou falar no Congresso], porque todos estavam cobrando que ele falasse e ele falou para o Brasil, falou de maneira, como disse, clara, objetiva e convincente. As explicações que tinham que ser prestadas foram prestadas e os dados, como são dados que se referem a sigilos de contratos que precisam ser respeitados [não foram expostos]. Vou dar um exemplo: a  WTorre se antecipou dizendo que ele tinha trabalhado para ela e rapidamente, em poucos dias, de forma irresponsável, a oposição disse que ela tinha se beneficiado [de tráfico de influência]. Utilizaram uma empresa, o nome de uma empresa, de forma leviana para fazer disputa política, então é preciso preservar as empresas. Elas fizeram contratos. A crise vai passar. As pessoas queriam ouvi-lo e ele falou.”

Romero Jucá, senador (PMDB-RR), líder do governo no Senado

“Foi uma entrevista tranquila. Ele falou o que poderia falar respeitando a confidencialidade dos contratos e acho que esclarece a posição dele e dá um ponto importante de que não pode haver exploração política nesse caso. Exploração política vai haver sempre, mas a base do governo ganha agora um discurso importante para defendê-lo. [Palocci] Não deu detalhe das empresas porque não queria expor. Está correto. Falou sobre todos os assuntos e que está respeitando informações detalhadas aos órgãos de controle.”
Ronaldo Caiado, deputado federal (DEM-GO)
“Primeiro lugar, nada convincente e nada esclarecedor. Ficou claro que ele foi cem por cento monitorado por advogado de defesa. Ele não teve um comportamento de um homem público. Em resumo, é um político em queda-livre, sem rede de proteção. A Casa Civil caiu. Ficou claro que ele não suporta uma convocação na Câmara. Palocci cada vez mais está com cara de ser o Delúbio Soares do governo Dilma.”
Rui Falcão, deputado estadual (SP) e presidente nacional do PT
“Muito boa, achei a entrevista muito convincente. Desde o início, sempre achei que ele [Palocci] tinha dado as respostas sobre sua consultoria, agora ele detalhou. Ele mesmo afirmou, e sempre achei isso também, que não há nenhuma crise, e com essas informações detalhadas acredito que se encerra o assunto.”
Sérgio Guerra, deputado federal (PE) e presidente nacional do PSDB
“Ele prestou esclarecimentos sobre o que ninguém perguntou a ele. O que todos perguntam e que cabe esclarecer é para quem trabalhou, por quanto trabalhou e qual o trabalho que ele fez. O argumento de que o faturamento se concentra no momento em que ele encerra o trabalho da empresa não resiste a três minutos de exposição. Se ele está disposto a falar ou se apresentar como aconteceu hoje para toda a população, por que ele não vai ao Congresso como bom democrata e presta os esclarecimentos? Não é por falta de convite, é por excesso de proteção.”

3 de junho de 2011

Reunião da oposição acaba sem definição


Ainda não foi dessa vez  que a oposição da cidade de Água Nova, definiu os nomes que vão compor a chapa  para disputar a eleição de  prefeito  em 2012. Vários assuntos foram encaminhados para discussão e não tiveram êxito. Muitas arestas ainda precisam  ser  ponderadas para que haja um consenso. E nesse vai e não vai, somente na próxima reunião,  vamos ter  de fato alguma notícia com relevância

Palocci vai explicar patrimônio em entrevista no Jornal Nacional



 
Ao final de uma manhã de reuniões com a equipe de assessores do gabinete da Casa Civil, o ministro-chefe Antonio Palocci decidiu que dará uma entrevista nesta sexta-feira,  ao Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, para tentar dar ao País as explicações sobre seu enriquecimento súbito nos últimos quatro anos.
Palocci segue orientação da presidente Dilma Rousseff, que pediu que ele desse uma declaração o mais rápido possível, não esperando pelo pronunciamento do procurador-geral da República, Antonio Gurgel.
A entrevista será concedida a um repórter da emissora em Brasília. Os assessores chegaram a discutir com o ministro a possibilidade de ele também conceder entrevista a um ou mais jornais. Até o momento, a decisão é para falar só ao Jornal Nacional.
Dilma disse ontem a Palocci que é “um erro esperar” o parecer da Procuradoria-Geral da República para rebater as denúncias, porque o desgaste já atinge o governo. Fonte: Jornal o Povo.

JADER BARBALHO TEVE RECURSO NEGADO PELO SUPREMO




O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, indeferiu o pedido de Jader Barbalho para exercer juízo de retratação a respeito de decisão do Plenário que aplicou a Lei da Ficha Limpa ao seu caso. Tal julgado ocorreu em um recurso extraordinário, do qual é relator. Durante o julgamento pelo Plenário da Corte Constitucional do recurso em apreço, os ministros decidiram, por maioria, que Jader era inelegível.

Oposição da cidade de Água Nova estão reunidos hoje a noite



As lideranças dos partidos de oposição do Município de Água Nova,  que compreende (PT, PP,PHS,PPS e PSB), estão reunidos para traçarem metas e definirem alguns pontos que vão nortear a caminhada desses partidos as eleições de 2012. O ponto alto da reunião de hoje  é a escolha do nome de Lorraine para encabeçar a chapa da majoritária..

Nota: O blog divulgará ainda hoje o resultado dessa reunião!

Professores da rede municipal de Rafael Fernandes entrarão em greve


2 de junho de 2011

Professores lotam Câmara de vereadores e Piso Salarial é aprovado

A Câmara Municipal de Pau dos Ferros votou o projeto de Lei que garante a implantação do novo piso salarial aos professores da rede municipal de ensino da principal cidade do Alto oeste Potiguar.


O projeto elaborado pelo executivo estava recheado de cláusulas equivocadas e com dúbia interpretação, motivo pelo qual foram apresentadas várias emendas a redação original.

Após as emendas, o Projeto de Lei foi aprovado a unanimidade!!!

Cerca de quatro horas após o seu início, a sessão foi encerrada sob aplausos dos professores que lotaram o auditório da casa legislativa.
Fonte:Blog de Jean Carlos


Vereadora Livia será homenageada na Festa Melhores do ano 2010 que acontece hoje




A Vereadora Lívia Sonale (PT), de Rafael Fernandes será uma das homenageadas hoje a noite na Festa Melhores do Ano de 2010 que  está sendo promovido pelo o Blog Rn Política em dia 2012, que tem na coordenação o Jornalista Mozart Maranhão. As demais categorias escolhida e eleitas já pela população que também serão premiadas NA NOITE DE HOJE , em Rafael Fernandes,  é só acessar  http://rnpoliticaemdia2012.blogspot.com/

Mega Sena acomula

 

RESULTADO MEGA SENA 1288

Dicas para ganhar na Mega Sena.
RESULTADO MEGA SENA 1288 dia 01/06/2011

Prefeitura de Natal cancela concurso público




Walter Fonseca decidiu, então, suspender a realização desse processo seletivo e pediu que fosse feito um estudo sobre a real necessidade de pessoal para a função. "Queremos saber se é necessário mesmo essa quantidade de vagas". Tal estudo será apresentado a ele em relatório amanhã. "Só então vamos decidir sobre quando haverá o processo seletivo". O secretário afirma ainda que outro ponto que pesou para a suspensão do concurso foi a possibilidade de contratação de professores para serviços temporários diretamente, em concordância com um Termo de Ajustamento de Conduta que foi feito, segundo ele, com o Ministério Público Estadual e que tem validade até setembro deste ano. Fonte: DN

Sindicato dos Trabalhadores em Educação e Governo têm nova rodada de negociação nesta quinta-feira



Nesta quinta-feira(2) o Sindicato dos Trabalhadores em Educação(Sinte) terá nova audiência com a secretária de Educação do Estado, Betânia Ramalho, e demais representantes do Governo do Estado. 

Na opinião da coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso, a audiência tem causado boas expectativas à categoria, pois o Governo já iniciou as negociações outros sindicatos.

“Dos serviços paralisados, os trabalhadores da educação são a única categoria que ainda não teve resposta às suas reivindicações. Esperamos que com esse encontro o impasse comece a ser resolvido.”, afirmou Fátima Cardoso.

A greve dos professores estaduais completa 30 dias.
Fonte blog do oliveira.

Servidores cobra posição da governadora com relação a publicação de nomeações

Os Servidores Públicos do estado não entendem como o Governo do Estado diz que está no limite da Lei de Responsabilidade Fiscal para não conceder a aplicação dos Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores , mas não para a onda de nomeações para cargos comissionados na estrutura das secretarias. Na edição de hoje do DOE, Rosalba Ciarlini está nomeando mais 14 servidores. Muitas outras.

.


Internautas solicitam a publicação do Panfleto

Foi grande a repercussão do folheto que Jornal a Tromba soltou na Semana passada com  essa notícia que reprisamos agora. Atendendo a solicitação de vários emails que nos foi enviado pedindo  para que nós publicasse-mos novamente, aí está:




  Jornal a Tromba

                   Passando a notícia a limpo

Ministério Público recomendou que Prefeitura de Água Nova preste contas ao Legislativo

Após denúncias da Câmara Municipal de Água Nova, dando conta de que vereadores do município enfrentavam dificuldades em obter acesso à prestação de contas do município, o Ministério Público recomendou que a prefeita do município apresente aos membros do Legislativo Municipal, as contas, atos e contratos da Prefeitura.
Assinado pelo Promotor de Justiça André Nilton Rodrigues de Oliveira, o documento orienta que o Executivo tome providências para garantir o envio das informações num prazo de 30 dias. Caso a Recomendação seja descumprida, o município poderá ser acionado judicialmente.
Segundo a Constituição Federal, a fiscalização financeira dos municípios deve ser exercida pelo Legislativo Municipal, sendo um dever da administração tornar pública, de forma ampla e ir restrita, os contratos firmados pelo Executivo.
*Da Assessoria de Imprensa do MPRN

1 de junho de 2011

Filme de Chaplin encontrado numa lata amassada pode valer uma fortuna


Um curta-metragem de Charlie Chaplin, encontrado por acaso dentro de uma lata velha e amassada, deve render mais de 100 mil libras (165 mil dólares) quando for a leilão em junho, disse a casa de leilões Bonham's. O filme teria as primeiras animações da história do cinema

Vasco e Coritiba: primeiro passo rumo ao título da Copa do Brasil


 (Editoria de Arte / Globoesporte.com)
  A grande decisão vai começar. De um lado o Vasco que após um início de temporada tenebroso deu a volta por cima sob o comando de Ricardo Gomes e hoje vem jogando um futebol vistoso. Do outro lado o Coritiba, um dos times da moda neste ano, principalmente após o título Estadual conquistado de maneira invicta e também uma goleada por 6 a 0 sobre o Palmeiras nesta Copa do Brasil. O primeiro embate na luta pelo título acontece na noite desta quarta-feira, às 21h50m, em São Januário. Com informações do G1.

Senado aprova plebicito para criação de novo estado


 

O Senado Federal aprovou, ontem terça-feira (31), a realização de um plebiscito que poderá criar um novo estado na região oeste do Pará. Com o nome de Tapajós e com a capital na cidade de Santarém, a possível nova unidade federativa será avaliada nos 27 municípios que podem fazer parte de seu território. A área ocupada seria a de 58% do solo paraense e teria uma população de 1,7 milhão de pessoas.  O pleito deverá acontecer em até seis meses. Outro desmembramento do mesmo Pará, o estado de Carajás, que pode vir a ser criado no sudoeste de seu território, também deverá ter seu plebiscito votado no Senado nos próximos dias. Ambas as propostas já foram aprovadas na Câmara Federal. 

Banco do Brasil ganha licitação e será o Banco Postal que substituirá o Bradesco em todo País


O novo parceiro dos Correios no Banco Postal pelos próximos cinco anos será o Banco do Brasil. O leilão para escolha do novo correspondente bancário foi promovido ontem (31), na sede dos Correios, em Brasília e o banco estatal venceu o certame com a oferta de R$ 2,3 bilhões.

O Banco Postal oferece serviços bancários básicos ao público nas agências dos Correios em todo o país. Desde 2001, o Bradesco atuava como correspondente bancário, mas o contrato acaba no fim deste ano.
Além do Banco do Brasil e do próprio Bradesco, apresentaram propostas no leilão os bancos Itaú e Caixa Econômica Federal. O vencedor terá que pagar, no dia 2 de janeiro de 2012, R$ 500 milhões referentes ao uso das agências.

O Banco do Brasil já poderá assumir os postos de atendimento a partir de janeiro do ano que vem. O contrato é de cinco anos e seis meses, prorrogável por mais cinco anos. Para participar da licitação, o banco deveria ter ativos totais de, no mínimo, R$ 21,6 bilhões e patrimônio líquido de pelo menos R$ 2,16 bilhões.

Segundo os Correios, em dez anos de operação, o Banco Postal tem mais de 10 milhões de contas abertas e está presente em 5.266 municípios (6.192 agências). Uma capilaridade que permite a inclusão bancária em 95% do território brasileiro.

31 de maio de 2011

31 de maio: Dia Mundial sem o tabaco

 
Nesta terça-feira, dia 31 de maio é comemorado o dia mundial sem tabaco. O tabagismo é considerado pela Organização Mundial de Saúde como a principal causa evitável de morte. Todos provavelmente já ouviram falar dos males provocados pelo cigarro, que além de ser um dos fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de pulmão, laringe, boca, faringe, pode causar enfisema pulmonar, infarto do miocárdio, bronquite crônica, sinusite, derrame cerebral e envelhecimento prematuro da pele.

A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde- OMS com o objetivo de sensibilizar e alertar o maior número de pessoas sobre os danos do consumo do tabaco. O uso desses produtos é reconhecido mundialmente como prejudicial à saúde dos usuários e também das pessoas com as quais convivem (fumantes passivos). O consumo de tabaco é responsável por 90% dos cânceres de pulmão no Brasil.

No cigarro estão presentes várias substancias prejudiciais a saúde, entre elas:

• Monóxido de carbono: presente na fumaça do cigarro, que não permite que a qualidade adequada de oxigênio alcance os tecidos e órgãos;
• Nicotina: dificulta a circulação de sangue no organismo. É também um estimulante, causando ansiedade em pessoas predispostas. É a substância responsável pela dependência química do cigarro;
• Alcatrão: pode provocar o aparecimento de câncer;
Além dessas substâncias podem ser encontradas no cigarro os seguintes produtos:
• Formol: utilizado para conservar cadáveres. Provocam câncer no pulmão, problemas respiratórios e gastrointestinais;
• Amônia: usada em limpeza de banheiros. É utilizada para aumentar a absorção de nicotina;
• Naftalina: veneno para baratas. O contato prolongado ataca os rins e olhos;
• Methoprene: inseticida usado como antipulgas. Provoca irritação na pele e problemas respiratórios;
• Acetona: removedor de esmaltes. Causa irritação na pele, na garganta e dor de cabeça;
• Pólvora: Explosivo. Provoca tosse, falta de ar e câncer;
• Xileno: presente em tinta de spray. Causa tontura, dor de cabeça e perda de consciência;
• Fósforo: utilizado para matar ratos.
• Cádmio: presente em pilhas e baterias. Causa danos nos rins e cérebro;
• Acetato de chumbo: cancerígeno.

Impeachment de Fernando Collor será incluído em exposição do Senado

 
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), informou nesta terça-feira que mandou incluir na exposição do chamado ‘”Túnel do Tempo” do Senado – um conjunto de 16 painéis nos quais a instituição se propõe a retratar os principais fatos da história do Congresso Nacional, desde a instalação do Senado em 1822 – o impeachment, de1992, do ex-presidente Fernando Collor de Mello, agora senador pelo PTB de Alagoas.
O fato havia sido suprimido na reinauguração da exposição. Na segunda-feira, Sarney classificou o impeachment como “um acidente” que não deveria ter ocorrido.
- Olha, eu não posso censurar os historiadores encarregados de fazer o painel. Talvez esse episódio seja apenas um acidente que não devia ter acontecido na História do Brasil. Mas não é tão marcante como foram os fatos que aqui estão contados, que foram os que construíram a história e não os que, de certo modo, não deviam ter acontecido. O que vale é que nós temos uma Constituição e sempre nos organizamos em torno da lei – justificou Sarney em entrevista.
Mais tarde, em conversa com o GLOBO, Sarney acrescentou:
- O Golpe de 64 está lá, porque resultou numa ditadura de 20 anos, mas a deposição de Jango (o ex-presidente João Goulart) não está lá. Se fôssemos mencionar tudo, não teríamos espaço suficiente.
Nas versões anteriores da exposição, o impeachment de Collor tinha destaque – o primeiro presidente da República afastado do cargo por determinação do Congresso Nacional.
Eram mostradas imagens das passeatas dos estudantes, os caras pintadas, pelo impeachment, acompanhadas de informações sobre a decisão tomada no segundo semestre de 1992. Com informações politika jagandeiro

Festejos e Grupos Juninos terão R$ 500 mil do Governo do Estado



O Governo do Estado a partir desta terça feira (31) , está disponibilizando através da Fundação  José Augusto, para todo o estado o valor de 500 mil , para patrocinar os festejos juninos que aparecem nesse período do ano. Os interessados é só acessar www.cultura.rn.gov.br/serviços/editais.



UFRN sedia 1º Encontro de (in)Formação em Mídias Alternativas e Educomunicação do NE‏

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte será palco a partir do dia 1º para o I Encontro Nordestino de (in)Formação em Mídias Alternativas e Educomunicação. Haverá oficinas, palestras, conferências, círculos de debates, mesas-redondas, apresentações culturais, Festival (multi)Cultural, apresentação de trabalhos acadêmicos sobre Educomunicação, Mídias Alternativas e Transformações Sociais através da Comunicação, dentre outros, se dividindo em vários espaços do campus central da Universidade até o dia 03 de junho. Confira a programação completa clicando AQUI.

O evento, cujas inscrições são gratuitas (faça AQUI), é uma realização da Articulação Viração Nordeste juntamente com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, o Departamento de Comunicação da UFRN, o Departamento de Educação da UFRN, a Pró-Reitoria de Extensão da UFRN e o Programa de Pós Graduação em Educação da UFRN. Conta, ainda, com os apoios da Ong Viração Educomunicação (SP), da Universidade Federal de Alagoas, do Projeto de Extensão Agência FOTEC (RN), da base de pesquisa PRAGMA/UFRN e do Projeto de Extensão JECA – Juventude, Educação e Comunicação Alternativa (AL).

Mais informações: http://enformae.blogspot.com | enformae@gmail.com | www.twitter.com/enformae
(84) 8882-7360 (Alessandro Muniz, coordenador) | (84) 8837-7029 (Juliana Bulhões, coord assessoria)

ADUERN discutirá greve em assembleia

Hoje (31), a partir das 9h, a Associação dos Docentes da UERN (ADUERN) irá realizar Assembleia Geral Extraordinária para avaliar as negociações com a Reitoria e Governo do Estado acerca da pauta de reivindicação da categoria. O Sindicato se reuniu ontem  (30), às 11h, com representantes do Governo para discutir a campanha por mais verba para a UERN, melhores salários e melhores condições de trabalho.

Além de avaliar as negociações, a assembleia ainda irá deliberar sobre greve por tempo indeterminado e encaminhar sobre propostas de mobilização. No último encontro da categoria, os professores decidiram iniciar greve no dia 31 de maio, caso não houvesse acordo com o Governo do Estado. Para o professor Flaubert Torquato, presidente da ADUERN, é muito importante que todos possam participar da assembleia. “Estamos em um momento decisivo da nossa campanha salarial”, afirma.

Histórico
A campanha “Mobilizar para Valorizar a UERN” foi deflagrada no dia 31 de março. No entanto, desde o dia 15 de março, a ADUERN solicitou à Reitoria da UERN uma audiência com o Governo do Estado. O encontro só veio a acontecer no dia 19 de maio. Na ocasião, o Secretário de Planejamento não sinalizou um acordo imediato e disse que não haveria condições de atender à reivindicação salarial ainda este ano. Entretanto, após a audiência, o Reitor Milton Marques se reuniu com a governadora Rosalba Ciarlini, que pediu até o dia 30 de maio para apresentar proposta à categoria.

Assessoria de Comunicação da ADUERN

Aposentadoria – Idade mínima deve ficar acima de 51 anos para mulheres e 54 para homens

A idade mínima para que os trabalhadores do setor privado possam entrar com pedido de aposentadoria deverá ficar acima de 51 anos no caso das mulheres e de 54 anos no dos homens para que seja derrubado o fator previdenciário, como defendem as centrais sindicais. O fator é uma fórmula de cálculo do benefício, que considera idade, tempo de contribuição e expectativa de vida. Essas são as idades médias atuais dos segurados na hora de requerer o benefício. Caso o limite de idade seja fixado neste patamar ou abaixo, as contas do INSS não suportariam a mudança nas regras.
Já para quem ingressar no mercado de trabalho, a idade mínima teria que ser de 60 anos (mulher) e 65 anos (homem). Atualmente, não existe idade mínima para os trabalhadores do setor privado, incluídos no Regime Geral de Previdência Social (RGPS), apenas para os servidores públicos, que têm regimes próprios.
As projeções são da equipe econômica, que vê na fixação da idade mínima a melhor solução para compensar a perda de receitas, em vez da simples troca pela soma da idade cronológica e do tempo de contribuição (85 anos para elas e 95 anos para eles), com benefício integral.
- A Fazenda não concorda com a soma dessas idades simplesmente, porque isso não cobriria as perdas decorrentes do fim do fator. A não ser que haja um aumento gradativo dessa fórmula para 100, 105 anos – afirmou uma fonte envolvida nas discussões.
Além disso, a fixação de uma idade mínima é um mecanismo mais fácil de ser entendido pela maioria das pessoas, disse a fonte.
O fator previdenciário foi criado em 1999 e passou a vigorar em 2000, como uma forma de estimular os trabalhadores a permanecer mais tempo em atividade e, assim, engordar o valor da aposentadoria. Segundo dados do Ministério da Previdência, o mecanismo ajudou a economizar R$ 31 bilhões (neste ano, serão mais R$ 9 bilhões) – valor nada desprezível para um regime já deficitário, devendo fechar o ano com rombo de R$ 40 bilhões.
O fim do fator chegou a ser aprovado pelo Congresso, mas foi vetado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O atual governo admite acabar com o mecanismo porque ele pune quem começou a trabalhar mais cedo. Mas exige que seja criada uma alternativa para evitar que o déficit da Previdência entre novamente numa trajetória explosiva.
A mudança foi discutida pelo Planalto, que orientou o ministro da Previdência, Garibaldi Alves, a negociar uma solução com as centrais sindicais e depois apresentá-la ao governo. A primeira reunião ocorreu nesta quinta-feira, quando foi criado um grupo de trabalho para discutir o assunto. Um novo encontro está previsto para o próximo dia 2.
Na reunião, foi decidida a criação de um índice para apurar o custo de vida do idoso, em substituição ao INPC – usada na correção dos benefícios. A ideia, segundo um interlocutor, é apurar eventuais perdas nos últimos anos.
Também foi discutida a necessidade de dar mais publicidade às renúncias fiscais concedidas a entidades filantrópicas, aos exportadores rurais e às empresas de tecnologia, além do Simples, e que acabam pesando no déficit da Previdência

30 de maio de 2011

Revista veja diz que Henrique já negocia com a oposição a presidência da Câmara


O colunista Felipe Patury, que escreve o "Holofote" da revista Veja, revelou essa semana que o potiguar Henrique Eduardo Alves já negocia sua candidatura a presidência da Câmara dos Deputados com a oposição. Veja o que Patury escreveu:

"O PT e o PMDB têm um acordo para se revezar na presidência da Câmara dos Deputados. Com os votos do PMDB, o PT elegeu Marco Macia (RS) para o biênio 2011-2012. O PMDB deveria ter o apoio do aliado para emplacar seu líder, Henrique Eduardo Alves (RN) em 2013-2014. Há dez dias, Alves passou a desconfiar da disposição do PT de cumprir o acerto. Sua insegurança aumentou durante a votação do Código Florestal. O Palácio do Planalto o responsabiliza pela derrota que sofreu em plenário e mandou recados de que ele iria para a geladeira. Alves, que se apresentava como candidato da maioria, mudou sua estratégia. Pediu apoio da oposição para se impor como candidato do Congresso, e não só do governo". Com informações do VNT on line

Deputado Federal do PT Vicentinho esteve em Acari e saltou de ponta-cabeça no açude Gargalheiras

Como sempre faz, em época de inverno, o deputado federal Vicentinho(PT) deixou São Paulo e veia matar saudades de sua terra Acari.

Neste domingo(29), Vicentinho esteve em Acari e fez uma visita ao açude Gargalheiras, que está sangrando já há vários dias.

Antes da visita, o deputado federal do PT se reuniu em frente à Igreja de Acari com familiares, amigos e políticos locais. E todos fizeram uma oração em agradecimento às boas chuvas caídas na região, que provocaram mais uma vez a sangria do Gargalheiras.

Em seguida, Vicentinho se deslocou até Gargalheiras. No povoado esperava o deputado a deputada federal Fátima Bezerra(PT), o ex-vereador Hugo Manso(PT), o prefeito de Parelhas Francisco Medeiros(PT), além de outras lideranças políticas.
Como é de praxe, Vicentinho pulou de ponta-cabeça da varanda do Gargalheiras, como mostra a foto de Canindé Soares.

Também imitaram Vicentinho Hugo Manso, o prefeito de Acari Antônio Carlos(PR) e o pré-candidato a prefeito Isaías Cabral(PMDB). Só faltou Fátima Bezerra pular. 

Em seguida, Vicentinho comemorou o momento com os correligionários petistas: Fátima Bezerra, Hugo Manso e prefeito Francisco Medeiros, como mostra a foto do blogueiro Romeu Dantas: Com informações do Blog do Oliveira.

 

Fotógrafa, Publicitária e Designer Francimária Cristina Azevêdo vence o concurso "A cara da corrupção"



O Ministério Público premiou nesta última quinta feira 26.05 através do Concurso Fotográfico “A Cara da Corrupção”; a Fotógrafa, Publicitária e Designer Francimária Cristina Azevêdo.
A mesma teve sua foto premiada como a melhor foto do Concurso, com 3.729 votos, através do site do Ministério Público, além do segundo lugar segundo Jure Técnico.
A premiação foi um netbook e hospedagem para um final de semana em hotel de Ponta Negra, com direito a acompanhante. Muitas Outras

29 de maio de 2011

Vasco vence o America(Mg) 3x0 e assume a liderança do Brasileirão


Expressinho vence outra e o Vasco é líder do Brasileirão (Marcelo Sadio / Site Oficial do Vasco)

Exemplo para o Judiciário: "Juiz afirma que 'corrupção no Brasil é endêmica'


 Foto: Carlos de Souza Ramos

 Ele mandou prender 20 empresários, servidores públicos e políticos de Campinas, até o vice-prefeito da cidade.
 
"A corrupção no Brasil é endêmica", adverte Nelson Augusto Bernardes de Souza(foto), o juiz que desmantelou organização criminosa para fraudes em licitações e desvios de recursos públicos que podem chegar a R$ 615 milhões. 

Aos 40 anos, 15 de toga, três filhos - um menino de 11 anos e gêmeos de dois anos e meio -, casado com juíza, filho de desembargador federal - Nelson Bernardes - ele dirige a 3.ª Vara Criminal de Campinas.

Sua causa é a Justiça, a quem declara paixão e crença. Sua rotina são 6 mil processos e a multidão de réus anônimos e miseráveis - 90% das demandas relativas a roubos e o flagelo das drogas, que atribui a "desajustes, desigualdades sociais".

Seu desafio maior é o poderio do colarinho-branco, enraizado na máquina pública. Não é todo dia que cai em sua mesa uma papelada contra a corrupção. Quando isso se dá, e quando as provas amealhadas pelo Ministério Público o convencem, como agora, inapelavelmente ele manda prender.

No escândalo que assombra Campinas e aponta para nomes próximos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz rompeu costume secular do poder ao qual pertence e deu publicidade à sua decisão, invocando o interesse público. Citou decisão do ministro Otávio de Noronha, do STJ, em caso similar no inquérito 681 da Corte, e sua ordem tornou pública.

Prega um Judiciário forte, bem estruturado. Em meio às vicissitudes do dia a dia de sua missão ele encontra no esporte o prazer. Nelson Augusto Bernardes de Souza concedeu entrevista ao jornal o Estado de S.Paulo. Confira:

A corrupção o assusta?- Como cidadão me choca, revolta. Pagamos impostos elevados e o que vemos é muito dinheiro desviado para o crime, o enriquecimento ilícito. Devemos encarar seriamente o enfrentamento a tantos desvios. A corrupção é problema endêmico no Brasil, tem que ser banida.

Acredita que sanções mais duras podem ser o caminho?- A legislação é suficiente, está razoavelmente adequada. Precisamos mudar a mentalidade dos operadores de Direito. Juízes, promotores, policiais e políticos podem e devem conduzir combate efetivo a esse mal. Não devemos adotar um aparato punitivo e repressivista do tipo vamos cortar pescoços, prender, execrar em praça pública. Cortar por cortar não adianta. É perigoso, beira à ditadura. Já condenei, também absolvi. O fato é que do jeito que está não é certo. Não estamos fazendo como deveria ser feito.

Onde o sr. acha que a corrupção é mais ostensiva?- Ela está espalhada por todos os cantos, desde a cervejinha do guarda até desvios monumentais. É cultural. Desde condutas pequenas até a corrupção de grande monta nos altos escalões dos poderes. A ministra Eliana Calmon (do STJ) a toda hora tem advertido corretamente sobre a necessidade de conter o avanço da corrupção. Ela diz corajosamente o que tem que se dizer.

Sua grande frustração?- Queria mais efetividade no trabalho. Os resultados não dependem só do juiz, mas de uma estrutura, de orçamento, dos outros poderes fortalecidos. A estrutura penal não faz frente ao crime organizado.

A devassa em Campinas provocou reação de políticos do PT. Teme pressões?- Minha atuação é baseada na Constituição, nas leis e nas provas. Razões de natureza política são irrelevantes para mim. Quero provas produzidas constitucionalmente, em obediência aos princípios da legalidade. É a minha preocupação. O resto, partido X, Y ou Z não me importa. Não ligo para partidos, é absolutamente irrelevante na hora de tomar minhas decisões.

Por que o sr. divulgou sua decisão contra os fraudadores?- O sigilo das informações protegidas por lei não pode ser violado. Mas, certas peças dos autos sobre os fatos podem ser conhecidas à vista do interesse público. Não se justifica que permaneçam em segredo. O interesse público exige a publicidade dos atos do Poder Judiciário para que distorções não haja.

Fonte: Jornal O Estado de São Paulo

Banco do Brasil erra na transferência para conta dos servidores

 
Segundo informações da Secretária de Planejamento e das finanças do Estado, diz que o erro ocorreu em virtude do Banco do Brasil não terem processado  para ontem (sábado), as transferência dos valores para a conta dos servidores públicos do executivo que deveriam ter recebido no primeiro dia do pagamento. A SEPLAN informou que as transferências vão ocorrer nesta segunda e terça feira respectivamente.
 

Resultado da Mega-Sena 1287 – acumulou

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !