19 de março de 2011

Lua cheia hoje mais próxima dos terráquios

Se você tiver a impressão que a Lua hoje está um pouco maior e mais brilhante neste fim de semana, existe uma razão para isso. A Lua Cheia deste sábado será uma super "lua perigeu" - a maior em quase 20 anos. Este fenômeno é bem mais raro do que a famosa Lua Azul, que acontece uma vez a cada dois anos e meio. As informações são da CNN.

Obama fala da oportunidade histórica para os dois Países



Em seu primeiro pronunciamento em solo brasileiro, realizado na manhã deste sábado (19), em Brasília, o presidente Barack Obama, ao lado da chefe de Estado do país Dilma Rousseff, tocou em temas atuais referentes à relação Brasil-Estados Unidos. Tratando sua própria visita como “uma oportunidade histórica”, Obama afirmou que trabalhará junto ao Brasil na reforma do Conselho de Segurança da ONU, embora não tenha citado diretamente uma defesa do país como membro permanente do grupo. Ele também elogiou a transição democrática que os brasileiros viveram nos últimos 25 anos e considerou os últimos avanços econômicos como “um crescimento extraordinário”. Sobre a relação comercial das duas nações, o presidente estadunidense considerou a maior potência latino-americana como um dos principais parceiros, mas ressaltou: “há muito o que fazer”. Informações do Canal NBR.

PSTU prepara protestos durante a visita Obama


Engana-se quem acha que a vinda do presidente estadunidense Barack Obama ao Brasil será só de festejos. O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) planeja para o domingo (20), no Rio de Janeiro, uma manifestação contra os interesses imperialistas do país norte-americano em terras tupiniquins. No cartaz preparado para o evento, dizeres como “Não aos acordos de livre comércio. Tire as mãos do nosso petróleo” e "Não à intervenção na Líbia! Fora Kadafi! Todo apoio à revoulução árabe!" O protesto também se dará em outras capitais do país, como Belo Horizonte, Brasília e São Paulo.

Marina e outros militantes podem deixar o PV


O grupo de Marina Silva pode dizer adeus ao PV. Isso porque as relações entre a atual direção do PV e a ex-candidata caminham para o impasse. O atrito foi explicitado na reunião da executiva nacional do partido, realizada nesta quinta-feira(17) em Brasília. Ao ignorar os apelos do grupo de Marina e de militantes históricos, como o deputado federal Alfredo Sirkis (RJ) e o jornalista e ex-deputado Fernando Gabeira (RJ) para que se promovam eleições neste ano para a renovação dos quadros de direção, a executiva decidiu adiar para 2012 a convenção já programada para meados deste ano. De acordo com o deputado Alfredo Sirkis, em declaração ao Estadão, o grupo de Marina ainda tentará mobilizar as bases do partido para que a convenção ainda se realize em 2010. “Não está descartada a hipótese, porém, de Marina e os verdes históricos saírem para criar um novo partido”, declarou o deputado. “Tudo indica que estamos caminhando para uma presidência vitalícia, num partido que é parlamentarista. É desalentador, porque 2012 é ano eleitoral e dificilmente a executiva convocará uma convenção”, desabafou Sirkis. O atual presidente do partido, José Luiz Penna, teve garantida permanência no cargo por mais um ano.

18 de março de 2011

Boa Sexta Feira

Em entrevista Arruda cita nomes a quem ajudou com dinheiro do chamado Mensalão do DEM

     

Essa matéria da Veja  está publicada  em vários sites e blogs do Brasil no dia de hoje, a exemplo do site Click Pb, que transcreve do G1 de Brasília o texto a seguir:

O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, cassado e preso por dois meses em razão do escândalo do chamado "mensalão do DEM", afirma em entrevista publicada no site da revista "Veja" que captou doações em dinheiro de empresários para ajudar campanhas eleitorais de líderes do partido e de políticos de outras legendas.

O esquema do mensalão do DEM, ao qual Arruda era filiado, foi desvendado pela operação Caixa de Pandora, da Polícia Federa no final de 2009. Segundo a investigação, o esquema arrecadava dinheiro e distribuia propina entre políticos.

Na entrevista publicada no site, Arruda não deixa claro se eram ilegais as doações aos políticos que mencionou. Questionado pelo G1, Nélio Machado, advogado de Arruda, afirmou: "Eram absolutamente legais". Segundo Machado, o site da revista omitiu um trecho em que o ex-governador foi indagado se era corrupto. Machado diz que a resposta foi: "Claro que não".

Na reportagem publicada no site da "Veja", a primeira pergunta é "O senhor é corrupto?". A resposta publicada é: "Infelizmente, joguei o jogo da política brasileira. As empresas e os lobistas ajudam nas campanhas para terem retorno, por meio de facilidades na obtenção de contratos com o governo ou outros negócios vantajosos. Ninguém se elege pela força de suas ideias, mas pelo tamanho do bolso. É preciso de muito dinheiro para aparecer bem no programa de TV. E as campanhas se reduziram a isso".

De acordo com o advogado, a entrevista foi concedida em setembro do ano passado e durou quatro horas e meia. Para Machado, o conteúdo condiz com o contexto da época, mas não com o da situação atual. “É como uma padaria vender pão de cinco meses atrás”, comparou.

Segundo ele, a revista “Veja” havia informado que a reportagem seria destinada às páginas amarelas da publicação, o que não aconteceu por motivos que ele desconhece. “Talvez não tenha interessado. Por conta do Inquérito 650 [da Operação Caixa de Pandora], sempre aconselhamos a não dar entrevista para qualquer veículo, mas eles o seduziram a conceder e depois não publicaram”, disse.
saiba mais

De acordo com o advogado, a entrevista não foi veiculada na íntegra. “Está mutilada, são só fragmentos. Sequer podemos afirmar a veracidade do conteúdo, tendo em vista que o entrevistado pode nem lembrar do que foi dito na época.”, declarou.

A assessoria da Editoria Abril, responsável pela publicação de "Veja", informou que a empresa não vai se manifestar sobre as declarações do advogado de Arruda.

Joguei o jogo da política
Na entrevista, José Roberto Arruda afirma que parlamentares do DEM que ele teria ajudado "foram à imprensa dar declarações me enxovalhando" depois de revelado o escândalo pela operação Caixa de Pandora. Na ocasião, Arruda era o único governador do DEM. "Infelizmente, joguei o jogo da política brasileira", disse.

Na entrevista, Arruda diz ter atendido a pedidos de ajuda do atual presidente do DEM, senador José Agripino (RN); do líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO); dos deputados Ronaldo Caiado (DEM-GO), ACM Neto (DEM-BA) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), ex-presidente do partido; do ex-senador Marco Maciel (DEM-PE); e do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), entre outros ("foram muitos, não me lembro de cabeça").

Segundo o site da revista, Arruda afirma ter também colaborado com outros partidos - o PSDB ("sempre que o senador Sérgio Guerra, presidente do partido, me pediu") e o PT, em Goiás ("que me apoiava no entorno de Brasília").


Reações

O senador José Agripino divulgou nota nesta sexta-feira (18) em que negou ter recebido ajuda de Arruda. "São informações totalmente infundadas que repilo à altura. Trata-se, provavelmente, de declarações de alguém profundamente magoado com parlamentares que exigiram sua saída imediata do partido por não tolerarem seu envolvimento com improbidades, algo inadmissível no Democratas", disse Agripino.
                                                      Senador José Agripino

Em nota, ACM Neto afirma que as declarações de Arruda "não passam de mentiras de alguém que, comprovadamente, foi flagrado em ato corrupção. Ele sequer apresentou indícios ou provas. Arruda guarda ódio e rancor por quem ajudou a expulsá-lo do DEM, por não compactuar com o mensalão patrocinado por ele. O ex-governador Arruda nunca contribuiu direta ou indiretamente com a minha campanha".

O deputado Ronaldo Caiado também divulgou nota. No texto, diz que as declarações são "mentirosas" e chama Arruda de "gângster". "Tenho a consciência tranquila porque ajudei a tirar esse bandido da vida pública. Farei um requerimento junto à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal para que divulguem qualquer fato, se houver, com o meu nome. Arruda dá declarações que não merecem crédito", disse Caiado.

Pelo microblog Twitter, o senador Demóstenes Torres chama o ex-governador de "corrupto esquizofrênico, que decidiu compor uma realidade paralela em busca de brechas para a impunidade". Torres afirma que moverá ação contra Arruda. "Vou processá-lo e adicionar mais uma ação penal à folha corrida deste canalha profissional e mitômano de conveniência."


Também por meio do Twitter, o deputado Rodrigo Maia, presidente do DEM na época em que Arruda governava o Distrito Federal, afirmou: "Todas as doações foram feitas de forma legal para o partido. Está tudo registrado na contabilidade do partido e à disposição do TSE."


O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) negou que tenha recebido ajuda do ex-governador Arruda. Ele confirma que saiu endividado da campanha de 2006 . Mas essas dívidas, segundo afirmou, teriam sido perdoadas pelos credores, por isso não aparecem na prestação de contas do TSE.



O senador tucano Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, também negou ter pedido ajuda ao ex-governador, que já integrou o partido. "Nunca pedi e nunca recebi qualquer contribuição do ex-governador para o PSDB", declarou, por intermédio da assessoria do partido.


O G1 tentou contato com o ex-senador Marco Maciel (DEM-PE), também mencionado por Arruda, mas ele não foi localizado.

O assessoria do PT de Goiás foi informada pelo G1 sobre as denúnicias e disse que o diretório do estado desconhece o assunto. Por isso, não iria comentar as declarações de Arruda.

O advogado de Arruda, Nélio Machado, afirmou que a entrevista desagradou ao ex-governador porque está fora de contexto. De acordo com ele, ela foi dada em setembro do ano passado. O advogado acusa a revista de pinçar trechos da entrevista de forma ardilosa num momento em que o partido Democratas passa por uma crise.

Alcimar divulga banda que irá tocar dia 12 de maio


Já está publicado no  site de Água Nova uma matéria divulgando a Banda  Desejo de Menina  como a atração que irá tocar no Pilequinhos Clube no dia 12 de maio. As informações foram do promoter Alcimar Almeida 

Potiguar ganha premio da Lotofácil nesta quinta


Um apostador do Rio Grande do Norte foi um dos seis ganhadores do concurso 618 da Lotofácil, realizado nesta quinta-feira em Aparecida de Goiânia. O sortudo potiguar, segundo a Caixa Econômica Federal, fez a aposta vencedora na cidade de São Rafael e acertou as quinze dezenas sorteadas.

O ganhador ou ganhadora, até o final da noite desta quinta os nomes ainda não havia sido descoberto, irá receber R$ 641.554,45. Os outros ganhadores foram dos estados do Pará, Paraíba, Sergipe e São Paulo (2).

Os números sorteados foram: 01-02-04-05-06-07-09-12-13-17-19-20-21-22-24. O prêmio principal da Lotofácil de hoje estava estimado em 4 milhões de reais. O sortudo potiguar tem agora 90 dias para retirar o dinheiro. É que os prêmios prescrevem após esse período. Depois desse prazo, os valores são repassados ao tesouro nacional para aplicação no FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

A Lotofácil realiza sorteios todas as segundas e quintas. A aposta de 15 números custa R$ 1,25. Ao todo, são 25 números disponíveis no volante. Fatura o prêmio quem acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números.

Do blog revista

DNOCS poderá mudar de nome


Elias Fernandes e o ministro Fernando Bezerra.

O centenário Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) pode passar reestruturação, ganhar novas atribuições e até mudar de nome durante o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Quem falou sobre essa possibilidade foi o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, que visitou ontem a sede do Dnocs, em Fortaleza.
Durante a visita, ao receber uma comissão de servidores da instituição, o ministro disse que o Dnocs “já está em idade de mudar de nome” e que, ao passar por uma reestruturação, o órgão poderá ter novas competências. Entre elas a gestão do projeto de interligação do rio São Francisco às bacias hidrográficas do Nordeste.
As alternativas à ideia de dar Dnocs a competência de gerir a transposição do São Francisco seriam a criação de uma nova estatal específica para esse fim, ou ainda entregar a atribuição à Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).
Ainda durante o encontro, Bezerra afirmou ser contrário à criação de um novo órgão e garantiu defender, dentro do Governo Federal, que o papel caiba ao Dnocs.
Atualmente, segundo admitiu o ministro, as obras da transposição seguem em ritmo lento. Isso está acontecendo, diz Bezerra, em função do período de reavaliação de contrato com as empresas construtoras e assinaturas de termos aditivos. “Após essas tratativas, retornaremos com o ritmo normal das obras”.
Caso o ministro leve a diante a ideia de mudar o nome do Dnocs, seria a quarta troca de nomenclatura em 102 de existência. Em 1909, o órgão foi fundado com o nome de Inspetoria de Obras Contra as Secas (Iocs). Dez anos depois, em 1919, teve o nome alterado para Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas (Ifocs). Somente em 1945 a inspetoria passou a ser departamento, ganhando o atual nome.
Disputa por direção
Sobre a definição do nome que assumirá o comando do Dncos, Fernando Bezerra se limitou a dizer que decisão será tomada pela presidente Dilma Rousseff (PT).
O atual diretor-geral, Elias Fernandes, também reforçou que a decisão é da presidente. Seu cargo é alvo de disputa entre o presidente do PMDB na Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB). O primeiro quer a manutenção sua permanência na chefia do Dnocs, enquanto Cid prefere César Pinheiro, atual secretário de Recursos Hídricos. Elias está em vantagem.
Segundo Bezerra, Dilma deve visitar o Ceará no segundo semestre para inaugurar obras do Dnocs. Mas ainda não há confirmação.Com informações de O POVO.

17 de março de 2011

Shakira visita Dilma, que ganha violão autografado


Foto: EFE

A presidenta Dilma Rousseff recebeu na tarde desta quinta-feira, em Brasília, a cantora Shakira. A colombiana está em turnê pelo Brasil e pediu uma audiência com Dilma.
Durante o encontro no Palácio do Planalto, Shakira se ofereceu para ajudar Dilma a erradicar a pobreza, dando visibilidade às propostas da brasileira, e falou sobre a fundação Alas, uma organização apoiada por ela e por outros artistas da América Latina que tem o objetivo de promover ações para ajudar os moradores dos países da região.
Entre os trabalhos da Alas está o combate à pobreza entre as crianças de zero a seis anos, uma frente que Shakira tem se encarregado de fortalecer. Durante o encontro, ela fez questão de associar Dilma à sua causa. 
“É uma bênção que o Brasil tenha uma mulher encarregada [pela Presidência da República]. Ninguém como uma mulher para entender a necessidade das crianças”, afirmou a cantora, segundo o Palácio do Planalto.
Pela manhã, Dilma visitou Minas Gerais, seu Estado natal, pela primeira vez como presidenta e falou sobre projetos de desenvolvimento.  Já Shakira fez show em Porto Alegre, na terça-feira, e, hoje, a cantora vai tocar em Brasília. No sábado, ela faz sua última parada no Brasil, em São Paulo.

Fonte IG

O Carnaval de Dilma no Rn


Morre Chiquinha Gonzaga irmã do Rei do Baião



Morreu na madrugada desta terça-feira (15) a cantora e compositora Chiquinha Gonzaga, 85 anos. Irmã do também cantor e compositor Luiz Gonzaga, ela lutava contra o Alzheimer e passou mal durante a madrugada na cidade de Santa Cruz da Serra, no Rio de Janeiro. Chiquinha chegou ao hospital com quadro de pneumonia e infecção urinária e morreu por volta das 5h.

É a segunda irmã do Rei do Baião que morre com Alzheimer. Há 21 dias, morreu Raimunda Gonzaga, conhecida como Muniz. Chiquinha era a última dos dez irmãos de Gonzagão que ainda estava viva. A família pretende trazer o corpo para o Recife, onde deve ser enterrado.

O humorista Shaolin completa hoje 50 dias em coma


O comediante Shaolin permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital das Clínicas, em São Paulo, se recuperando dos ferimentos causados por um acidente de carro, que ocorreu no dia 18 de janeiro, em Campina Grande (PB).

Segundo o hospital, a recuperação do humorista é lenta, mas o estado de saúde permanece estável. Shaolin já está em coma há 49 dias.

Ele tem passado por exames de rotina e não há planos de que o humorista seja submetido a novos procedimentos ou cirurgias, conforme informou a equipe médica.

A esposa de Shaolin, Maria Laudicéia, chegou a dizer que o comediante havia reagido a estímulos no braço esquerdo, além de ter apresentado perda auditiva e visual. Porém, os médicos afirmaram que nenhum exame é conclusivo até que o paciente saia do estado de coma.

Ex-prefeito de Jucurutu é condenado a 6 anos e 5 meses de prisão


O ex-prefeito de Jucurutu Luciano Lopes de Araújo e a ex-tesoureira do município Francisca Martins Sobrinha Lopes foram condenados novamente à reclusão em outra ação penal ajuizada pelo Ministério Público Federal em Caicó. Dessa vez, em virtude do uso de documento falso e desvio de recursos de um convênio firmado com o Ministério da Saúde. O Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região confirmou a condenação proferida pela Justiça Federal de 1º grau. Além de reconhecer a decisão, o TRF aumentou a pena-base imposta, passando para 6 anos e 5 meses ao ex-prefeito e 5 anos e 4 meses à ex-tesoureira.

No mês passado, fevereiro, foi noticiada a condenação deles em outra ação penal proposta pelo MPF em Caicó. Naquele processo, a Justiça Federal em Caicó determinou mais de 4 anos de reclusão a cada um por desvio de verba do Programa Agente Jovem em Jucurutu. Já na presente ação penal, a acusação trata de desvio de recursos provenientes de convênio com o Ministério da Saúde, destinados ao desenvolvimento de ações de combate à dengue no município.

A Justiça Federal de 1º grau considerou devidamente demonstradas as condutas de desvio de verba e uso de documento falso, atribuídas aos réus nessa segunda ação penal. Dessa forma, fixou pena de reclusão de 5 anos e 11 meses para Luciano Lopes de Araújo e de 4 anos e 10 meses para Francisca Martins Sobrinha Lopes. O MPF interpôs apelação pedindo ao TRF para aumentar as penas impostas, em razão das circunstâncias em que os crimes foram praticados, consideradas desfavoráveis aos réus. Os argumentos defendidos na apelação foram acatados, por unanimidade, pelo TRF da 5ª região, culminando no aumento das penalidades.

Vale ressaltar que a confirmação, por órgão colegiado, da condenação em virtude de crimes contra a administração pública, como foi o caso, torna-os inelegíveis pelo período de até oito anos após o cumprimento da pena. Essa consequência é prevista na Lei de Ficha Limpa.

Enquanto isso no DEM...

O Rn já contabiliza 3.229 casos de dengue


Todos contra a dengue, faça a sua parte!
O Rio Grande do Norte já contabiliza 3.229 casos notificados de dengue desde o início do ano. O município com maior número e notificações foi Mossoró (360), seguido de Natal (359), Pau dos Ferros (264), Equador (178), Parnamirim (164), Santa Cruz (136), Doutor Severiano (125) e Pedro Avelino (113).
Os dados foram divulgados ontem pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). O quantitativo de casos notificados de dengue no RN até o último dia 12 de março. O boletim contempla os casos cujo início dos sintomas sugestivos do agravo ocorreu até essa data, para que seja realizada a investigação necessária a possíveis confirmações. com informações do blog do Cardoso

Santos perde para o Colo Colo por 3x2

neymar santos jorquera colo colo (Foto: agência Reuters)


 Ainda não foi desta vez que os Meninos da Vila encantaram na Taça Libertadores. Pelo contrário. Apesar de lampejos de Neymar e de alguns bons passes de Paulo Henrique Ganso, o Santos perdeu para o Colo Colo-CHI, por 3 a 2, nesta quarta-feira à noite, no estádio Monumental, em Santiago, no Chile, e se complicou no Grupo 5. Com apenas dois pontos ganhos, o Peixe permanece em terceiro na chave e vê os chilenos, com seis, assumirem a liderança, um ponto à frente do Cerro Porteño-PAR, que tem cinco. 

Mega Sena acomulada

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1266 da Mega-Sena sorteadas na noite desta quarta-feira. O valor do próximo prêmio, que será sorteado no próximo sábado, acumulou em R$ 27 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

Confira os números:

06 - 10 - 33 - 39 - 42 - 60


Suplência de Senador será modificado diz Huberto Costa




O atual modelo de suplência no Senado deverá ser um dos primeiros pontos a terem sua formatação modificada com a Reforma Política, que deverá ser votada ainda este ano no Congresso Nacional. Líder do PT na Casa Alta, o senador Humberto Costa revelou que a ideia de eliminar uma das vagas de suplente (cada parlamentar tem direito a dois) é consenso entre os agentes que estão participando da discussão.
“ Só será um único suplente e ele só poderá ocupar a vaga no Senado no caso de uma ausência do senador eleito. Mas não pode assumir o mandato definitivamente. Ele fica até a próxima eleição, que poderá, inclusive, ser uma eleição municipal”, adiantou  Humberto Costa, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7.
Um outro ponto que parece ter avançado no debate sobre a reforma diz respeito à data para a posse de chefe de poderes executivos. “A ideia é que, no dia 10 de janeiro, tomem posse governadores e prefeitos. Presidente da República assumiriam no dia 15 de janeiro, quando os governadores eleitos já estarão empossados”, contou o petista.
Todavia, Humberto alertou que os temas mais áridos da reforma ainda encontram posições distintas dos parlamentares, o que deve arrastar sua discussão.”Temas polêmicos, como voto proporcional, voto majoritário e financiamento público de campanha serão discutidos mais a frente”, pontuou.
Sobre a aplicação do que possa ser aprovado na reforma, Humberto Costa disse que o sentimento no Senado é de que as modificações, ou a grande parte delas, só deverá ter validade para o pleito de 2014. “A ideia é que elas possam vigorar a partir de 2014. Assim nós não corremos o risco de apresentar ação de inconstitucionalidade que pudesse anular a reforma”, indicou.”

16 de março de 2011

José Alencar recebeu alta nesta terça




O ex-vice-presidente José Alencar recebeu alta nesta terça-feira (15) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O hospital informa que Alencar retornou nesta quarta-feira (16) para se submeter a uma sessão de hemodiálise e, às 18h30, já tinha deixado o local. O ex-vice-presidente estava internado desde o dia 9 de fevereiro por conta de uma peritonite, inflamação na membrana que reveste as paredes do abmônen, causada por uma perfuração no intestino. Alencar havia deixado o hospital no último dia 25 de janeiro, para ser um dos homenageados no aniversário de São Paulo, após 33 dias de internação. Informações do G1.

Professores pressionam por julgamento do piso

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na próxima quinta-feira (17) a ação direta de inconstitucionalidade (ADI 4.167) que contesta pontos da Lei do Piso dos Professores (Lei 11.738/08). O julgamento do mérito é aguardado pelos magistrados desde 2008, quando governadores dos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará ajuizaram a ação questionando a legalidade do piso nacional para os professores de ensino básico das escolas públicas brasileiras.

Nesta quarta-feira (16), às 14h30, um grupo de parlamentares fará o relançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Piso Salarial dos Professores. A intenção é dar início a uma mobilização nacional para pressionar para que o Supremo julgue o mérito da ação e decida pela constitucionalidade da lei do piso. Segundo a presidente da frente, deputada Fátima Bezerra (PT-RN), o julgamento da ação é importante para que os governadores cumpram a lei na integralidade.
“Queremos que eles julguem a ação e resgatem a lei original, aprovada por unanimidade no Congresso. O não julgamento do mérito dessa ação tem provocado toda uma instabilidade de aplicação da lei do piso. Muitos gestores usam o fato da ação não ter sido julgada a ação para não cumprir a lei na sua integralidade. Enquanto isso, mais de 2,5 milhões de profissionais de educação estão sendo prejudicados”, afirmou Fátima Bezerra.

A ação direta de inconstitucionalidade ingressou no Supremo logo após a promulgação da lei do piso, em outubro de 2008. Em dezembro daquele ano, os ministros do STF decidiram pela constitucionalidade da norma, com exceção a dois pontos: o que trata do uso de gratificações para pagamento do piso e outro que se refere à distribuição da carga horária dos professores. Desde então, esses dois pontos aguardam um julgamento da corte.
Em setembro do ano passado, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), entregou aos ministros do Supremo um dossiê com o depoimento de 159 professores denunciando que não estavam recebendo o piso salarial, estipulado pelo Ministério da Educação no valor de R$ 1.597,87. “Os gestores acabam usando desculpas para não cumprir a lei na integralidade. Definitivamente, é importante o julgamento do mérito. É importante darmos esse passo. É a valorização social dos profissionais que estão em jogo neste exato momento”, concluiu Fátima Bezerra.

Fonte: Congresso em Foco

Era uma vez um partido chamado DEMO


Às vésperas de debandada, DEM tenta renovação, mas corre risco de encolher ainda maisPor: Anselmo Massad, Rede Brasil Atual


São Paulo – O Democratas oficializou, na tarde desta terça-feira (15), em Brasília, a nova executiva nacional, com o senador José Agripino Maia (RN) assumindo a presidência. Cabeça da única chapa formada em uma articulação em busca de unidade, ele tem a missão de substituir o deputado federal Rodrigo Maia (RJ) e costurar lideranças internamente. A iminente saída de figuras como o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, porém, torna a perspectiva para o DEM pouco animadora, na visão de cientistas políticos ouvidos pela Rede Brasil Atual.

Após oito anos de oposição ferrenha ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva, a legenda mais à direita entre os partidos de oposição ficou com 43 deputados federais eleitos em 2010, 40% do que chegou a alcançar em 1998, por exemplo. Apesar de ter galgado dois governos de estado – Rio Grande do Norte e Santa Catarina –, abriu mão da maioria das disputas, para se aliar a outras legendas, principalmente o PSDB.

Para Carlos Ranulfo, professor de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o DEM perdeu força ao ter diminuídos os vínculos com a Presidência da República a partir de 2003 e com governos estaduais. "É um partido sem base social nem ancoragem em nenhum setor, por isso sempre dependeu de captar recursos junto ao Estado", avalia.

A decisão de radicalizar a postura de oposição a partir de 2006, com a mudança de nome de PFL para DEM, resultou em perda ainda maior de votos. "O DEM hoje é um partido médio, apesar de o PFL ter sido grande um dia e está sem perspectivas de retomada. Daí as saídas de figuras como Kassab", avalia Ranulfo.

Rumos

Além de dirimir conflitos internos, Agripino Maia tem como missão tentar mudar os rumos do partido. "A tentativa é de parecer menos radical em relação ao governo, mas não me parece que haveria muito sucesso", desconfia. "O DEM dependeria de uma vitória do (candidato do PSDB à Presidência, José) Serra. No Nordeste, antes a principal base, o DEM vem sendo varrido. O partido está sem pé", resume.

A seu favor, o senador potiguar tem o fato de ter mais experiência do que Rodrigo Maia. O filho do ex-prefeito do Rio Cesar Maia assumiu o cargo com 36 anos, em meio a um esforço de renovação após um longo período sob o comando de Jorge Bornhausen, mas isso pode ter produzido aversão dos caciques mais antigos. Ele ainda sofria o estigma de ser demasiadamente influenciado pelo pai. Uma figura com maior trajetória pode até ter mais capacidade de articulação.

Segundo Antônio Augusto de Queiroz, diretor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), a imagem que a sociedade tem de Agripino Maia não é de alguém menos radical em relação ao governo do que foi seu antecessor. Mas internamente, o senador deve ser capaz de buscar mais consensos. "É uma mudança que pode ser melhor para o partido, mas ocorre em um contexto em que se tenta impedir maiores perdas", posiciona.

Debandada
A saída de lideranças como Kassab pode ter consequências sérias para o DEM. Guilherme Afif Domingos, vice-governador de São Paulo, Raimundo Colombo, governador de Santa Catarina, e Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, poderiam acompanhá-lo no chamado Partido da Democracia Brasileira (PDB).

"Em uma hipótese dessas, o DEM teria de buscar algum tipo de fusão para sobreviver politicamente, porque seriam perdidos os nomes que têm poder no partido e que têm potencial de poder", explica Queiroz. O cenário mostra que as pessoas sentem-se desconfortáveis no interior da legenda e não acreditam na possibilidade de um futuro promissor.

"O esvaziamento do ponto de vista programático e as disputas internas podem fazer a sangria não parar. Nesse caso, é até preferível encolher significativamente, para haver unidade maior, e então se reerguer", prevê.

Para Ranulfo, a possibilidade de fusão poderia ser mais funcional para a representação política da direita no Brasil, não fossem algumas "idiossincrasias" de lideranças. "A alternativa que a direita teria seria uma união do DEM, PP e até o PTB, que fica em uma certa centro-direita", sugere.

Gaddafi pagou campanha eleitoral de Sarkozy, diz filho

Saif al-Islam Gaddafi
Tripoli, 16 de março - O filho de Muammar Gaddafi, Saif al Islam, disse em entrevista à Euronews que seu pai financiou a campanha presidencial do presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Quando perguntado sobre a França ter sido o primeiro país a reconhecer o Conselho Nacional de Transição (dos rebeldes, baseado em Benghazi), Saif al-Islam disse: "Em primeiro lugar, Sarkozy deve devolver à Líbia o dinheiro que pegou para financiar sua campanha eleitoral. Fomos nós que financiamos sua campanha, temos todos os detalhes e estamos prontos para revelá-los. "

Ele continua: "Então a primeira coisa que eu peço esse palhaço é que devolva o dinheiro aos líbios. Porque demos esse auxílio para agir a favor do povo líbio, mas ele nos decepcionou. Nós temos todos os detalhes.... , contas bancárias, documentos e os movimentos das transferências. Eu mostrarei a todos muito em breve ".

O Santos enfrenta o Colo Colo nesta quarta pela libertadores





O Santos terá um duelo contra o Colo Colo nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Monumental de Santiago, no Chile, pela terceira rodada da Copa Libertadores da América. A partida desta quarta-feira é considerada decisiva entre jogadores, comissão técnica e diretoria do Santos. Com dois pontos na Libertadores, uma vitória pode colocar a equipe na primeira colocação do grupo 5 ao lado de Cerrro Porteño. Isso porque, os paraguaios somam cinco pontos, e o Colo Colo está na segunda colocação, com três. Já uma derrota deixaria a equipe brasileira em uma situação complicada

Hebe Camargo estreia na Rede TV

Hebe Camargo: audiência maior do que os últimos tempos de SBT

Cercada de expectativa, a estreia do novo programa de Hebe Camargo na Rede TV! deixou a emissora em quarto lugar na audiência. Ainda assim, não se pode dizer que os números foram ruins, já que a atração marcou 4,2 pontos com picos de 6, segundo prévia do Ibope. Enquanto estava no SBT, a loira chegou a amargar apenas 2 pontos em alguns dias. Há que se atribuir também a audiência aquém do esperado à longa duração do programa, que se estendeu por cerca de duas horas. Ainda assim, houve momentos muito divertidos, como a entrevista com a presidenta Dilma Rousseff e o “flerte” com Daniel Boaventura.
No mesmo horário, a Globo marcou 23 pontos. A Record ficou em segundo lugar, com 11 pontos, e o SBT em terceiro, com 6 pontos.Com informações do IG

Ufersa abre inscrições para seleção de estagiários


 
Alunos do curso de Direito da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, podem fazer inscrições de seleção para estágio no escritório de Advogados Associados, localizado em Mossoró. O selecionado estagiará na Araújo, Soares, Barreto e Abreu Advogados Associados e receberá uma bolsa no valor correspondente a um salário mínimo, mais um seguro de saúde pelo tempo de duração do estágio.

Os interessados podem realizar inscrições diretamente no Centro de Integração Empresa Escola – CIEE, gratuitamente. Podem participar da seleção todos os alunos regularmente matriculados a partir do terceiro período. O candidato se sujeitará a uma prova com três questões dissertativas sobre temas de conhecimentos gerais relacionados ao Direito.

A prova acontecerá no dia 25 de março, às 14h, na sede do CIEE em Mossoró. Já o resultado será divulgado no dia 31 do mesmo mês e a convocação do aprovado será feita até o dia 10 de abril.
 
Fonte: dnonline

15 de março de 2011

DEM sob ameaça de defecções

Em meio a crise interna que se arrasta nos últimos meses, o DEM elegeu – na tarde de hoje – como presidente do partido o senador Agripino Maia (RN). O senador assume no lugar do deputado Rodrigo Maia (RJ) que em meio à disputa interna antecipou o fim do mandato – previsto para até o final deste ano -, quando acontecem as convenções nacionais do partido.
Com a eleição do senador, resta agora saber como será a movimentação dos insatisfeitos que podem aderir ao movimento do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, de criar um novo partido. Kassab não participou do encontro.
Nos cálculos de integrantes da Executiva do partido, atualmente cinco deputados federais devem desembarcar caso Kassab crie o Partido da Democracia Brasileira (PDB).
Entre eles três de São Paulo: Guilherme Campos, Eleuses Paiva e Walter Ihoshi. E dois da Bahia: Paulo Magalhães e Fernando Torres. Outros que também pode sair do partido é o candidato derrotado à vice-presidente da República, Indio da Costa.
No caso dele, que não tem mandato parlamentar, a disputa de espaço é com Cesar Maia e Rodrigo Maia no Rio de Janeiro. Entre as pretensões de Indio, segundo pessoas próximas a ele, está a disputa da prefeitura do Rio de Janeiro em 2012.
Questionado sobre a possibilidade de desembarcar, Indio se esquivou: “Hoje só estamos discutindo questões nacionais”. A senadora Kátia Abreu até então uma incógnita disse que vai ficar no partido.
Apesar da possibilidade de debandada de alguns, vários parlamentares comemoraram o fato de que inicialmente era prevista a saída de menos 20 deputados. “O tsunami do Kassab virou marolinha”, comemorou deputado Efraim Filho (PB).”
(Com Blog do Noblat) 

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !