23 de junho de 2023

Bolsonaro já é favas contadas


 “Bolsonaro já é favas contadas”. Assim o comentarista do podcast Três por Quatro, João Pedro Stedile, liderança do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), define qual deve ser o resultado do julgamento do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para Stedile, a burguesia já não tem mais interesse em Bolsonaro e pode rifá-lo, restando saber se após perder os direitos políticos, ele será preso ou não. 

“Quem criou a criatura foi a burguesia brasileira. Que ganhou muito dinheiro no governo dele. Mas a burguesia não tem compromissos pessoais. O compromisso dela é com a taxa de lucro. Ela já rifou Bolsonaro. E isso vai repercutindo nos outros espaços da política. O próprio presidente do PL (Valdemar da Costa Neto) disse que, a essa altura do campeonato, não interessa mais que o Bolsonaro tenha seus direitos. É melhor virar a página da história. Bolsonaro já é favas contadas”, afirmou Stedile.

 Brasil de Fato


22 de junho de 2023

Bolsonaro pode se tornar inelegível no julgamento que acorre hoje (22) no TSE


 O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa nesta quinta-feira (22), o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), apresentada pelo PDT (Partido Democrático Trabalhista), que pede a inelegibilidade de Jair Bolsonaro e do general  Braga Netto, candidatos à Presidência e Vice-Presidência da República nas Eleições 2022. A sessão plenária tera início às 9h00.

247

20 de junho de 2023

Presidente Lula veta artigos de MP que retiraram poder dos ministérios do Meio Ambiente e Povos Indígenas

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou hoje, mas aplicou vetos na MP que montou a estrutura da esplanada dos Ministérios do seu terceiro mandato. O texto foi aprovado no Congresso Nacional no final do mês passado, às vésperas do limite da sua validade, com mudanças que retiram poder dos ministérios do Meio Ambiente e dos Povos Indígenas.

MPs tem efeito imediato, mas precisam ser aprovadas pelo Congresso Nacional em 120 dias para se tornarem lei e seguirem valendo. 

O texto original enviado por Lula com a sua estrutura de governo foi alterado por parlamentares do Centrão e, ainda assim, quase não foi apreciado a tempo. Se isso ocorresse, o petista teria que conviver por um ano com a esplanada montada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro.

247

19 de junho de 2023

Confira o resumo das ações da Prefeitura de Água Nova através da Secretaria do Meio Ambiente nos últimos 5 anos

 

Presidente Lula e Papa Francisco juntos para encontrar um FIM da Guerra na Ucrania

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se encontrará com o Papa Francisco nesta quarta-feira, no Vaticano, para debater possíveis soluções para o conflito na Ucrânia, segundo informa o jornalista Nelson de Sá, em sua coluna na Folha de S. Paulo. Após nove dias de internação hospitalar, o pontífice recebeu alta no final de semana, sendo aplaudido pelos presentes, como relatado pelo La Repubblica. Durante seu discurso dominical na Praça de São Pedro, no Vaticano, Francisco destacou o "grande sofrimento" causado pelas guerras na Uganda e na Ucrânia, conforme divulgado pelo site católico Crux.

Lula e o Papa já haviam abordado o assunto em uma ligação telefônica, na qual, de acordo com o jornal italiano Il Messaggero, o presidente brasileiro recebeu a bênção papal para atuar como pacificador na área do Brics, buscando exercer influência moral sobre Índia, Rússia, África do Sul e China.

O encontro entre Lula e Francisco, marcado para quarta-feira (21), tem como objetivo discutir a guerra na Europa e os esforços conjuntos para mediar a paz. Embora haja alinhamento entre as posições do Papa e dos líderes do Brics em relação à Ucrânia, o vaticanista John L. Allen Jr., em análise para o Crux, ressalta que Francisco não será um mero "capelão" do grupo, destacando a postura de neutralidade tradicional do Vaticano.Nesse contexto, a visita de Lula ao Papa ganha relevância, pois o presidente busca apoio internacional para suas iniciativas em relação à guerra e também para enfrentar desafios como a proteção da Amazônia, a promoção da justiça social e o estímulo ao crescimento sustentável, temas que se entrelaçam com a luta global contra as mudanças climáticas.

247

18 de junho de 2023

Confira algumas imagens de como foi a Marcha da Maconha

 

 A Marcha da Maconha realizada em São Paulo nesse 17 de junho, trouxe muitos temas  para a rua:  Pressiona o STF antes do julgamento pela descriminalização da cannabis, Antiproibicionismo por uma questão de classe, mulheres diversas e plurais , entre tantos!






As Fotos são:  @ju.nagle / Mídia Ninja @danilomartinsyoshioka

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !