10 de dezembro de 2022

O novo Ministro da Justiça Flavio Dino diz que quem agiu fora da Lei será responsabilizado



 Na primeira entrevista após anúncio de que será o novo ministro da Justiça, Dino defendeu ao 247 a responsabilização de quem pregou o golpe

Anunciado na sexta-feira (9) o novo ministro da Justiça do governo Lula, o senador eleito e ex-governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) concedeu à TV 247 sua primeira entrevista à imprensa depois da confirmação de seu nome. 

Na conversa durante o Boa Noite 247, ele defendeu uma polícia “que se paute exclusivamente pela legalidade” e reforçou as qualidades do delegado Andrei Rodrigues, indicado por ele como diretor-geral da Polícia Federal durante a coletiva em que ele próprio foi indicado ministro. 

“Quem estiver fora dessa regra, será responsabilizado”, assegurou. “Não há vingança, mas Justiça. Ninguém vai fazer perseguição. Mas se não houver responsabilização, estaremos aplicando a desautoridade”.

Questionado sobre a Polícia Rodoviária Federal, cujo diretor-geral, Silvinei Vasquez, foi acusado de omissão na tentativa de desmobilizar os bloqueios golpistas nas estradas após as eleições e também de articular uma ação para atrapalhar eleitores de Lula no segundo turno, Dino disse que a indicação para a PRF também “levará em conta o critério de que a polícia não pode estar a serviço de nenhuma facção, e sim do país”.

Uma preocupação para o dia da posse do presidente eleito, em 1º de janeiro, é a segurança. Bolsonaristas inconformados com o resultado do pleito têm se mobilizado em Brasília em número crescente nas últimas semanas e ameaçado não deixar o petista subir a rampa. 

Uma preocupação para o dia da posse do presidente eleito, em 1º de janeiro, é a segurança. Bolsonaristas inconformados com o resultado do pleito têm se mobilizado em Brasília em número crescente nas últimas semanas e ameaçado não deixar o petista subir a rampa. 

“A principal segurança do presidente da República é a junção desses mecanismos institucionais com o povo. As pessoas ali na Esplanada, isso também tem uma força dissuasória entre aqueles que podem eventualmente ter um delírio. Eu não vejo isso no horizonte, mas todas as providências estão sendo tomadas para que não haja nenhum tipo de ação violenta”, prosseguiu o futuro ministro.

247

A vergonha Nacional: Brasil eliminado da Copa

 


9 de dezembro de 2022

Lula começa hoje a escalar sua seleção com cinco nomes: Haddad, Dino, Múcio, Rui Costa e Mauro Vieira



  O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deve anunciar na sexta-feira pelo menos cinco ministros, incluindo Fazenda, Defesa, Justiça e Segurança Pública, Relações Exteriores e Casa Civil, além dos novos comandantes das três Forças Armadas, disseram à Reuters fontes que acompanham as movimentações políticas.Os nomes que devem ser anunciados por Lula são aqueles dados já como certos: Fernando Haddad na Fazenda; Flávio Dino na Justiça e Segurança Pública; José Múcio Monteiro na Defesa; e Rui Costa na Casa Civil. Lula conversou com os quatro, de acordo com as fontes, e almoçou com Haddad e Dino nesta quinta.

Um parlamentar que esteve com o presidente informou que Lula comentou ainda que o novo chanceler deve ser o atual embaixador na Croácia, Mauro Vieira. O nome do novo ministro, que foi chanceler no governo de Dilma Rousseff, foi antecipado pela Reuters na semana passada.Segundo este mesmo parlamentar, Lula confirmou ainda que conversou com o futuro ministro da Defesa e já teria acertado o nome dos novos comandantes das forças, que devem ser também anunciados na sexta.

O movimento de anunciar a nova cúpula militar acontece para esvaziar um possível vácuo no comando da caserna depois que os atuais chefes das Forças Armadas anunciaram publicamente que pretendiam deixar os cargos antes da troca de presidentes para não ter que servir sob o comando de Lula.

É uma sinalização da tensão entre o petista e militares apontados por Jair Bolsonaro, que nunca reconheceu publicamente a derrota eleitoral. O atual presidente manteve, durante sua gestão, o apoio de nomes da elite militar que o acompanharam em questionamentos à urna eletrônica, sem qualquer prova.

Dentre os nomes a serem anunciados o mais esperado é o da Fazenda, onde, apesar de resistência de investidores e gestores do mercado financeiro e de setores do PT, Haddad deverá ser confirmado.

247

8 de dezembro de 2022

Vitória de Lula : PEC da Transição é aprovada no Senado com um placar de 64 X 16

  

O Senado aprovou nesta quarta-feira em dois turnos e por ampla margem de votos a PEC da Transição que expande por dois anos o teto de gastos em 145 bilhões de reais para o pagamento do Bolsa Família de 600 reais, conferindo ao governo eleito uma vitória em seu primeiro grande teste no Legislativo.

Com placares folgados --foram 64 votos a favor e apenas 16 contra no primeiro turno e 64 a 13 no segundo, bem acima da exigência mínima de 49 votos para a aprovação--, senadores chancelaram o texto acordado pelo governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.Concluída a tramitação no Senado, a PEC segue agora à Câmara dos Deputados, onde deve ser anexada a uma outra proposta como forma de agilizar sua votação na Casa.

O placar também se mostrou favorável ao próximo governo quando o plenário do Senado analisou emendas com potencial de reduzir as aspirações da equipe de transição.

6 de dezembro de 2022

CCJ vota hoje PEC da Transição

 

O senador Davi Alcolumbre (União Brasil-AP) marcou para as 9h30 desta terça-feira (6/12) a votação da PEC da Transição na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, a qual preside.

Segundo o Metrópoles, a análise no colegiado acontecerá um dia antes da votação da proposta no plenário da Casa, marcada por Rodrigo Pacheco (PSD-MG) para a quarta-feira (7/12).

Para relatar a PEC, Alcolumbre escolheu o senador Alexandre Silveira (PSD-MG), considerado um dos parlamentares mais próximos de Pacheco.

5 de dezembro de 2022

Brasil ganha facil da fácil Corea 4 x 1

 

Foto: Band- Portal de Notícias

A Seleção  Brasileira goleou a fraca equipe da  Corea por 4x1 , confronto válido pelas oitavas  de final da Copa do Mundo 2022. A seleção  Brasileira ,foi feliz nos dois primeiros lançes , já metendo 2x0 em 10 minutos do primeiro tempo, deixando a Corea totalmente desnorteada!

  Na segunda etapa, com o resultado encaminhado, a seleção diminuiu o ritmo e viu a Coréia marcar um gol de honra com Seung-Ho Paik.

Já a  Partida contra a Croácia, nas quartas de final, ocorre na sexta-feira (9), às 12h (de Brasília). Os croatas derrotaram a seleção do Japão nos pênaltis para se classificar às quartas de final.

Bolsonaro nem aí para as vítimas das chuvas nos estados onde foi mais votado

 Sem ter o que oferecer aos estados que sofrem efeitos de chuvas, o quase ex-presidente Jair Bolsonaro oferece o que ele sempre teve: nada.

Nem aí para a tragédia do Paraná e Santa Catarina, quando o deslizamento em um trecho de uma estrada que liga os dois estados engoliu carros e caminhões, deixando mortos, feridos e desaparecidos.

Com nivel de empatia grau zero, Bolsonaro não deu uma declaração, não mandou um ministro anunciar ajuda de emergência, não prestou solidariedade às vítimas e suas famílias.

Como não ligou para as mais de 600 mil mortes por covid no Brasil.

Bolsonaro também nem tchuns para os estragos registrados há dois dias pelas chuvas no Espírito Santo.

O quase ex-presidente não consegue sequer ser grato.

No Paraná ele obteve 55,26% dos votos contra 35,99% de Lula.

Em Santa Catarina, 62,21% contra 29,54%.

E no Espírito Santo, Bolsonaro teve 52,23% dos votos contra 40,40% de Lula.

Quem votou, votou e tchau e bênção.

E por que Bolsonaro, tirando a empatia que ele só teve para a Rainha da Inglaterra, indo ao enterro, assinando livro de pêsames e gravando vídeo de solidariedade, não ofereceu nada às vítimas de tragédias?

Porque o governo dele cortou em 75% em 2021, o orçamento para atuação do governo em situações de desastres ambientais.

Recursos do Ministério de Desenvolvimento Regional, pasta ocupado até bem pouco tempo pelo ex-ministro Rogério Marinho, principal responsável por programas para conter eventos climáticos extremos, passaram de R$ 714 milhões em 2020 para R$ 171 milhões em 2021.

Bolsonaro cortou, cortou, cortou...

E enfiou aonde os recursos que antes eram carimbados para desastres ambientais, universidades, farmácia popular, merenda escolar....

 

FONTE: thaisagalvao.com.br

4 de dezembro de 2022

Importancia da negociação do Ministerio na PEC da transição e articulação com os partidos de apoio a Lula

 

Com exceção de Lula, ninguém sabe quando será anunciado o ministério – nem quais serão os seus integrantes. Como reza a tradição, a equipe do futuro governo será formada por dois grupos. Num deles, estarão os ministros da cota pessoal do presidente eleito, escalados para pastas estratégicas, como a Fazenda, a Casa Civil e a Defesa.

No segundo grupo, estarão nomes indicados pelos partidos que Lula pretende atrair para a sua base de apoio no Congresso. Já há negociações em curso para que MDB, União Brasil e PSD embarquem na bancada governista, mas resta definir quando e a que custo se dará a adesão. As informações são da Veja Online.

Se depender do presidente eleito, os ministérios só serão distribuídos a essas legendas depois que suas respectivas bancadas parlamentares aprovarem a PEC da Transição, que tira o Bolsa Família, entre outras despesas, do limite do teto de gastos.

Nas palavras de um integrante da equipe de transição, Lula “não quer pagar antecipadamente” para fechar a parceria. Ou seja: quer primeiro a aprovação da PEC e depois, como contrapartida, o loteamento da Esplanada.

O problema é que o presidente eleito corre contra o tempo, já que a proposta tem que ser aprovada ainda este mês. Para que isso ocorra, o governo precisa contar com a boa vontade das cúpulas do Congresso e dos partidos.

Se as siglas baterem o pé e impuserem dificuldades durante a tramitação, é possível que Lula seja obrigado a mudar o cronograma, usando o rateio de pastas para viabilizar a votação da PEC da Transição. A necessidade e a urgência determinarão as condições de pagamento.

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !