5 de fevereiro de 2022

Hospital Regional de Pau dos Ferros conta com 21 leitos de UTI para atender região do Alto Oeste 📢

 


É falsa a informação divulgada pelo deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), em vídeo publicado em suas redes sociais, afirmando que “faltam leitos de UTI em Pau dos Ferros”. O Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade, na verdade, conta com 21 leitos de UTI, sendo 10 leitos gerais e 11 na área Covid. 


📳 Leia no RN Fato ou Fake: https://bit.ly/3shdJFZ

4 de fevereiro de 2022

Governadores de todo o país acatam proposta do Senador Jean que reduz preços dos combustíveis

 

Senador Jean Paul ( PT/RN)

Governadores de todo o país estiveram reunidos nesta quinta-feira (3), de forma remota, e aprovaram o Projeto de Lei relatado pelo Senador Jean (PT-RN), que cria o programa da estabilização do preço do petróleo e de derivados no Brasil.

O senador do RN explicou aos governadores que o Congresso está trabalhando em três dimensões: preço de referência, política de preço dos combustíveis e na questão tributária.

“Há um consenso dos governadores em torno do projeto 1472/21, que ataca o principal problema – preço dos combustíveis no mercado interno”, disse o parlamentar, após a reunião.

O PL 1472/21 propõe um programa de amortecimento da alta dos combustíveis, indicando uma cesta de fontes de recursos para assegurar que as oscilações no preço internacional de óleo não produzam um efeito cascata no Brasil.

Segundo Jean, que é líder da Minoria, a proposta dá ferramentas ao Poder Executivo para que recolha recursos em períodos de baixa internacional no preço para conter flutuações temporárias nos períodos de alta e se presta a permitir que o país aproveite sua posição de exportador.

De acordo com as estimativas divulgadas pelo senador potiguar, o conjunto de medidas a ser votado pelo plenário do Senado pode baixar em até R$ 20 os valores do gás de cozinha e em até R$ 2 a R$ 3 o preço da gasolina e do diesel, num prazo de 40 dias após sua aprovação.

“No preço de referência, estamos criando uma conta de compensação que garantirá ao produtor (refinaria ou importador) um preço de mercado e ao consumidor final um preço menor dos produtos. Já em relação à questão tributária, estamos trabalhando com os governadores a questão do ICMS, explicou.

FONTE: thaisagalvao.com.br


3 de fevereiro de 2022

Água Nova - Prefeito Ronaldo Souza Concede Reajuste do Piso do Magistério aos Professores Municipais

 

Prefeito Ronaldo Sousa


Secretário de Comunicação: Helison; secretária de educação: Rosangela Costa; Prefeito Ronaldo; professora Vansilda


O prefeito Ronaldo Souza de Água Nova, vem dando um exemplo de administração e de valorização a todos os aguanovenses.O gestor municipal, fez na manhã de hoje um pronunciamento ao lado da secretária de Educação Rosângela Costa é da professora Vansilda Silva, na Rádio local Esperança FM. Ele fez um balanço dos avanço da administração pública no Município, como também na Secretaria de Educação Municipal, e pra finalizar o pronunciamento o prefeito anunciou  profissionais da Educação municipal, anunciou pagamento do reajuste do  piso nacional integral do magistério aos professores do Município de Água Nova.

O Rio Grande do Norte saiu da inércia! Disse a Governadora Fátima aos Deputados na sua mensagem anual

 

Na mensagem anual à Assembleia Legislativa, governadora elenca realizações e compromissos cumpridos


A governadora Fátima Bezerra fez ontem, quarta-feira, (02) a leitura da mensagem do Governo do Estado à Assembleia Legislativa na abertura da 4ª sessão da 62ª legislatura. Aos 24 deputados estaduais a governadora, ao lado do vice-governador Antenor Roberto, afirmou: "Este balanço que lhes apresento retrata um Rio Grande que tem Norte, que saiu da inércia. Um governo que não se deixou paralisar pelas dificuldades, honrou compromissos e inovou na forma de fazer gestão, sem abrir mão do perfil técnico e da visão social de nossa equipe que nos orgulha pelo relevante espírito público, competência técnica e honestidade. Um governo que trabalhou sempre de forma integrada, ouvindo a sociedade, em diálogo constante e intensa parceria democrática com os demais Poderes.  Que construiu políticas públicas com participação social através dos conselhos, comitês e conferências". 


Fátima Bezerra fez explanação sobre ações e investimentos nos vários setores sociais e da economia, e enfatizou: "Há muito ainda o que fazer, mas hoje a situação do Estado é bem melhor. Arrumamos a casa e construímos os alicerces para avançar no projeto que vem sendo implementado. Com três anos de governo, já conhecemos os caminhos das pedras, já conhecemos onde é que as coisas, muitas vezes, emperram. Não fomos eleitos para dar velhas justificativas. Para dizer que tudo é muito difícil, que há coisas que não mudam, e que tudo demanda uma lentidão secular".


A governadora disse aos parlamentares, na sessão que aconteceu de forma mista (presencial e remota), que "o projeto que nossa gestão representa é um projeto de gente que tem pressa. De populações que nunca tinham entrado na agenda política do Estado. Que sofriam as consequências de governos que julgavam que aquilo que é para o pobre não precisa ter qualidade. Então a escola pública não precisa de reforma, a saúde pública não merece investimento, o leite pode ser contaminado, a comida do restaurante popular não precisa ser fiscalizada – porque o que servir está bom". 

E, acrescentou a chefe do Poder Executivo Estadual: "Em nosso governo não há cidadão de segunda categoria. O direito de estudar, de ter acesso a saúde, à cultura, ao lazer não pode estar restrito aos que podem por ele pagar. Ao longo desses três anos governei para todos, sem distinção de credo religioso, da origem social ou da condição econômica de cada um. Sou governadora de quem me apoiou e dos que combateram o nosso governo. Mas, mesmo sendo governadora de todos, seguirei cuidando primeiro daqueles que mais precisam". 


Sobre a particularidade do ano de 2022 ser ano de eleição para renovação de mandatos nas esferas estadual e federal dos poderes Executivo e Legislativo, a governadora pontuou: " Um dos compromissos mais profundos que tenho comigo mesma é o de jamais esquecer de onde vim. Ele me permite saber para onde seguir. Nesta abertura de um novo ano legislativo, em que já se precipitam disputas de cunho político eleitoral, não peço a ninguém que abandone suas convicções. Que a oposição deixe de cumprir o papel que dela esperam os que a ela se filiam.  Se tem uma coisa pelo qual eu zelo e da qual eu não abro mão é a democracia. O povo será o juiz de nossas ações e caberá a ele avaliar o nosso trabalho. Tenho não só esperança, mas confiança de que a maioria do povo potiguar reconhece o trabalho árduo e diuturno que temos feito para colocar o Rio Grande do Norte nos trilhos e melhorar a vida de todos". 


Preocupada com a administração pública e com o respeito aos princípios constitucionais, conclamou: "Espero que concentremos as nossas energias e debates nos desafios que estão colocados para o nosso Estado e para o país. Que não coloquemos a disputa eleitoral à frente dos interesses, das necessidades e dos anseios do povo. Para os que torcem e trabalham pelo fracasso do nosso governo, que nos acusam de má fé, que manipulam fatos, que fazem insultos travestidos de críticas, que criam e difundem diuturnamente fake News, saibam que não irão nunca nos intimidar. Não estou governadora respondendo a interesses pessoais ou de grupos. Encarno em meu ofício a esperança, as lutas e os sonhos das mulheres e homens do povo".

 

Fátima Bezerra externou sua confiança de que continuará contando com o apoio da Assembleia Legislativa para o enfrentamento à pandemia, com foco na imunização do povo potiguar, "só assim conseguiremos vencer a pandemia que tanta dor já causou. Quero mais uma vez reconhecer o papel das senhoras deputadas e dos senhores deputados: se o Rio Grande do Norte mudou, equilibrou suas contas, recuperou sua capacidade de investimento, atraiu empresas, gerou empregos e avançou em diversas políticas setoriais, essas conquistas não seriam possíveis sem a participação da Assembleia Legislativa. Em nome do povo agradeço a cada uma e a cada um de vocês. Se muito vale o já feito, mais vale o que será", encerrou.


Na mensagem anual à Assembleia Legislativa, governadora elenca realizações e compromissos cumpridos


A governadora Fátima Bezerra fez nesta quarta-feira, (02) a leitura da mensagem do Governo do Estado à Assembleia Legislativa na abertura da 4ª sessão da 62ª legislatura. Aos 24 deputados estaduais a governadora, ao lado do vice-governador Antenor Roberto, afirmou: "Este balanço que lhes apresento retrata um Rio Grande que tem Norte, que saiu da inércia. Um governo que não se deixou paralisar pelas dificuldades, honrou compromissos e inovou na forma de fazer gestão, sem abrir mão do perfil técnico e da visão social de nossa equipe que nos orgulha pelo relevante espírito público, competência técnica e honestidade. Um governo que trabalhou sempre de forma integrada, ouvindo a sociedade, em diálogo constante e intensa parceria democrática com os demais Poderes.  Que construiu políticas públicas com participação social através dos conselhos, comitês e conferências". 


Fátima Bezerra fez explanação sobre ações e investimentos nos vários setores sociais e da economia, e enfatizou: "Há muito ainda o que fazer, mas hoje a situação do Estado é bem melhor. Arrumamos a casa e construímos os alicerces para avançar no projeto que vem sendo implementado. Com três anos de governo, já conhecemos os caminhos das pedras, já conhecemos onde é que as coisas, muitas vezes, emperram. Não fomos eleitos para dar velhas justificativas. Para dizer que tudo é muito difícil, que há coisas que não mudam, e que tudo demanda uma lentidão secular".


A governadora disse aos parlamentares, na sessão que aconteceu de forma mista (presencial e remota), que "o projeto que nossa gestão representa é um projeto de gente que tem pressa. De populações que nunca tinham entrado na agenda política do Estado. Que sofriam as consequências de governos que julgavam que aquilo que é para o pobre não precisa ter qualidade. Então a escola pública não precisa de reforma, a saúde pública não merece investimento, o leite pode ser contaminado, a comida do restaurante popular não precisa ser fiscalizada – porque o que servir está bom". 


E, acrescentou a chefe do Poder Executivo Estadual: "Em nosso governo não há cidadão de segunda categoria. O direito de estudar, de ter acesso a saúde, à cultura, ao lazer não pode estar restrito aos que podem por ele pagar. Ao longo desses três anos governei para todos, sem distinção de credo religioso, da origem social ou da condição econômica de cada um. Sou governadora de quem me apoiou e dos que combateram o nosso governo. Mas, mesmo sendo governadora de todos, seguirei cuidando primeiro daqueles que mais precisam". 


Sobre a particularidade do ano de 2022 ser ano de eleição para renovação de mandatos nas esferas estadual e federal dos poderes Executivo e Legislativo, a governadora pontuou: " Um dos compromissos mais profundos que tenho comigo mesma é o de jamais esquecer de onde vim. Ele me permite saber para onde seguir. Nesta abertura de um novo ano legislativo, em que já se precipitam disputas de cunho político eleitoral, não peço a ninguém que abandone suas convicções. Que a oposição deixe de cumprir o papel que dela esperam os que a ela se filiam.  Se tem uma coisa pelo qual eu zelo e da qual eu não abro mão é a democracia. O povo será o juiz de nossas ações e caberá a ele avaliar o nosso trabalho. Tenho não só esperança, mas confiança de que a maioria do povo potiguar reconhece o trabalho árduo e diuturno que temos feito para colocar o Rio Grande do Norte nos trilhos e melhorar a vida de todos". 


Preocupada com a administração pública e com o respeito aos princípios constitucionais, conclamou: "Espero que concentremos as nossas energias e debates nos desafios que estão colocados para o nosso Estado e para o país. Que não coloquemos a disputa eleitoral à frente dos interesses, das necessidades e dos anseios do povo. Para os que torcem e trabalham pelo fracasso do nosso governo, que nos acusam de má fé, que manipulam fatos, que fazem insultos travestidos de críticas, que criam e difundem diuturnamente fake News, saibam que não irão nunca nos intimidar. Não estou governadora respondendo a interesses pessoais ou de grupos. Encarno em meu ofício a esperança, as lutas e os sonhos das mulheres e homens do povo".

 

Fátima Bezerra externou sua confiança de que continuará contando com o apoio da Assembleia Legislativa para o enfrentamento à pandemia, com foco na imunização do povo potiguar, "só assim conseguiremos vencer a pandemia que tanta dor já causou. Quero mais uma vez reconhecer o papel das senhoras deputadas e dos senhores deputados: se o Rio Grande do Norte mudou, equilibrou suas contas, recuperou sua capacidade de investimento, atraiu empresas, gerou empregos e avançou em diversas políticas setoriais, essas conquistas não seriam possíveis sem a participação da Assembleia Legislativa. Em nome do povo agradeço a cada uma e a cada um de vocês. Se muito vale o já feito, mais vale o que será", encerrou.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - ASSECOM

2 de fevereiro de 2022

Gás natural fica mais barato no RN



A diminuição ficou em torno de 10% e vale para todos os segmentos de atuação da Potigás

  Os usuários do gás natural canalizado no Rio Grande do Norte vão pagar mais barato pelo insumo a partir desta terça-feira, 1º. A redução da tarifa foi autorizada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos (Arsep/RN) e publicada na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. A diminuição ficou em torno de 10% e vale para todos os segmentos de atuação da Companhia Potiguar de Gás (Potigás). O GNV, por exemplo, conta com uma redução de R$ 0,37.

 A redução da tarifa no Rio Grande do Norte vai na contramão do que vem ocorrendo em outros estados da federação que registram aumento de até 50% no gás natural canalizado ou sustentam a tarifa mediante liminar judicial. Isso ocorre porque a Potigás não conta mais com a Petrobras para suprir o mercado local.

 Desde 1º de janeiro, a companhia tem contrato com a empresa Potiguar E&P, vencedora da chamada pública realizada em 2021 para compra de gás. A diretora presidente da Potigás, Larissa Dantas, explica que a baixa no preço do gás, além de aliviar o bolso dos potiguares também irá contribuir com a retomada da economia e atrair novas indústrias para o estado.

 “Em um momento de alta da inflação que corrói os salários dos brasileiros e impacta fortemente o caixa das empresas, o Rio Grande do Norte tem a tarifa do gás reduzida. Essa medida irá aumentar a competitividade do nosso estado, favorecendo a atração de indústrias, o que irá ajudar na retomada econômica e trazer emprego e renda para os potiguares”, afirma.

 A expectativa da Potigás era que a redução fosse ainda maior. No entanto, dois fatores impactaram no reajuste do preço. O primeiro deles é o aumento de 17,8% na tarifa de transporte, divulgada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) no dia 20 de janeiro.

 O outro fator foi o aumento da demanda do gás no estado. Em setembro de 2021, a Potigás assinou contrato com a Potiguar E&P para o fornecimento de até 236 mil m³/dia para os anos de 2022 e 2023. Com a divulgação que o preço do gás iria reduzir no Rio Grande do Norte enquanto que nos demais estados com distribuição da Petrobras iria aumentar, cresceu a procura pelo gás natural no RN. A Potiguar E&P não pôde atender esse acréscimo no volume e a Potigás precisou contratar outra empresa para suprir essa nova demanda.

 

1 de fevereiro de 2022

A média de mortes pela Covid continua acelerando e bate novo recorde de casos

 

O Brasil registrou ontem segunda-feira (31) 442 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 627.365 óbitos desde o início da pandemia, de acordo com o consórcio da imprensa, enquanto o Ministério da Saúde notificou apenas 284 mortes. A imprensa consulta os dados diretamente com as Secretarias Estaduais de Saúde, enquanto o Ministério da Saúde espera elas notificarem os dados no sistema do governo.

Com isso, segundo cálculo do consórcio da imprensa, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 565 — a maior registrada desde 18 de setembro do ano passado (quando também foi de 565). Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +205%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.

O país também registrou 102.616 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 25.454.105 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. O número do consórcio da imprensa confronta-se com o do governo, mais uma vez, que registra apenas 77.947.

Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 188.451 – a maior marca registrada até aqui e marcando o 14º recorde seguido. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de+125%, indicando tendência de alta nos casos da doença.

31 de janeiro de 2022

Hashtag #BolsonaroPorco bomba nas redes após farofada de Bolsonaro

 
 As imagens de Jair Bolsonaro comendo frango com a mão e jogando farofa no chão, divulgadas pelo governo federal para tentar transmitir a imagem de um "homem do povo", pegaram tão mal, levando até a hashtag "BolsonaroPorco" ao topo do twitter, que acabaram sendo apagadas, após a péssima repercussão nas redes sociais. O plano era tentar reduzir o impacto de que o governo Bolsonaro gasta mais de R$ 30 milhões por ano com o cartão corporativo da presidência da República. 

 Os Internautas reagiram ao vídeo divulgado  em que Jair Bolsonaro aparece comendo frango de maneira porca, sujo de farofa, com cabelo bagunçado e olhando de relance para a câmera para confirmar se estava sendo gravado. O material foi registrado neste domingo (30) durante a visita de Bolsonaro a área agrícola de Brasília.Com a cena ridícula, a tag #BolsonaroPorco bombou nas redes. 

Confira algumas reações:Macedo, jatinho pronto?

P q alguém comendo farofa derruba tanto na perna e no chão?
Ñ é a 1ª vez q Bolsonaro é porco pra “parecer povo”. É OFENSIVO! Gente pobre, no geral, é higiênica pq, à diferença de Bozo, limpa a própria sujeira. Eis o homem q Carlucho tem em mente. Q nojo! twitter.com/fabiofaria/sta

30 de janeiro de 2022

Prefeitura de Água Nova distribuirá sementes para plantio a partir de terça-feira (1)



A Prefeitura Municipal de Água Nova, através da Secretaria Municipal de Agricultura, juntamente com a EMATER comunicam à todos os agricultores, que fará as distribuição de sementes para o plantio nas comunidades rurais, as quais acontecerão nos dias 01, 02 , 03 e 04 de Fevereiro. 

A secretaria ainda avisa que os agricultores devem comparecer ao local de distribuição portando o CPF. Confira os dias, locais e horários de cada comunidade  no quadro de calendario acima.

Os agricultores que não receber as sementes nessas datas, poderão se dirigir a sede da EMATER a partir do dia  07 de Fevereiro.

Fonte: Ronaldo Sousa



Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !