11 de dezembro de 2021

Sesap divulga novas orientações sobre a vacinação contra Covid-19



 Municípios com grandes estoques devem aplicar dose de reforço após quatro meses de conclusão do esquema primário


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Imunização, divulgou novas orientações sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19. Entre as mudanças estão a antecipação da dose de reforço para quatro meses, vacinação de primeira dose para pessoas acima de 18 anos e atualizações quanto a distribuição das vacinas no mês de dezembro. 


As medidas buscam garantir, da forma mais rápida possível, que a população complete seu esquema vacinal, para que a imunidade coletiva possa ser alcançada.


De acordo com o acerto feito na Câmara Técnica de Vacinação, o intervalo para aplicação da dose de reforço na população acima de 18 anos passa a ser de quatro meses após a conclusão do esquema de vacinação. A adoção do novo prazo vale para municípios com grandes estoques de vacinas.


O segundo ponto acertado é de que na ausência da vacina Janssen, as pessoas que receberam a primeira dose deste imunizante poderão receber a vacina da Pfizer. Outra orientação é de que a população acima de 18 anos que ainda receberá a primeira dose poderá ser imunizada com Coronavac ou Pfizer.

9 de dezembro de 2021

Presidentes de diretórios estaduais do PSB decidem apoiar federação com PT e Lula 2022

 

As alianças entre PT, PSB e PCdoB em torno da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a criação de uma federação entre esses partidos estão praticamente consolidadas, segundo informa o repórter João Valladares, no Valor Econômico. "O PSB deu mais um passo para formar uma federação com o PT e outras legendas menores posicionadas no campo da esquerda. Em reunião ontem, em Brasília, 18 presidentes estaduais do partido se posicionaram favoravelmente à inclusão do PT no arranjo eleitoral", escreve o jornalista.

Participaram do encontro 23 dirigentes. "O encontro não teve caráter deliberativo, mas indica que o partido deverá aprovar a iniciativa em reunião da Executiva Nacional, ainda sem data definida para ocorrer. Na semana passada, a bancada do PSB na Câmara avisou ao presidente do PSB, Carlos Siqueira, que era amplamente favorável à união dos partidos contra a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) e em torno da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva", lembra ainda João Valladares.

247

8 de dezembro de 2021

RN recebe novas doses da Janssen

 

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebe na madrugada desta quarta-feira (8) o primeiro lote com as segundas doses para o público que tomou a vacina Janssen contra a Covid-19. Serão 7.050 unidades para dar seguimento ao processo de vacinação para os moradores do Rio Grande do Norte.


A orientação da Sesap aos municípios é de que a dose seja tomada por quem teve a primeira de Janssen aplicada entre dois e cinco meses. A Sesap aguarda novas informações do Ministério da Saúde sobre lotes complementares da vacina, visto que pouco mais de 57 mil pessoas receberam a dose inicial de Janssen.


As vacinas serão destinadas aos municípios ainda nesta quarta-feira, à tarde.


Junto com este lote de Janssen, o RN também recebe na madrugada desta quarta-feira mais 45.630 doses do imunizante da Pfizer.


De acordo com a plataforma RN+ Vacina, a cobertura vacinal contra a Covid-19 chegou a 70% do público-alvo (acima dos 12 anos) com o esquema de imunização completo. Entre os adultos, esse dado salta para 80% com as pessoas totalmente vacinadas e 90% que, ao menos, iniciaram o esquema vacinal.

7 de dezembro de 2021

Lula é favorito porque lembra prosperidade

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que foi preso sem provas pelo ex-juiz suspeito Sergio Moro para que o neofascismo neoliberal de Jair Bolsonaro chegasse ao poder, é o grande favorito para as eleições presidenciais de 2022, porque seu governo lembra os bons tempos de prosperidade generalizada na economia brasileira, segundo disse Márcia Cavallari, ex-diretora do Ibope e hoje dona do Ipec, à jornalista Miriam Leitão. "O primeiro turno será daqui a dez meses, mas os especialistas já sabem que a crise econômica estará no centro do debate", escreve a jornalista, em sua coluna.

247

6 de dezembro de 2021

Prefeito de Mossoró Allyson volta a ser o que nunca deixou de ter sido

 

Causou zero surpresa a declaração pública do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) de que vai apoiar o bolsonarismo. Não é de hoje que ele é bolsonarista. Desde sua origem política. A partir de suas intenções. Demonstrado em suas ações. Está no íntimo do gestor mossoroense sê-lo. Seu perfil mostra o quanto é difícil separar ele do que pensa e faz o presidente miliciano.

Não é de hoje que se sabe que Allyson Bezerra é um mimado. É da natureza dos narcisistas querer que o mundo gire ao redor do seu umbigo. Lembra alguém?

Sua gestão à frente da prefeitura de Mossoró tem trazido à tona alguns traços de sua personalidade que até então a maioria desconhecia. As dificuldades que impõe aos servidores, a tentativa de retirada de direitos desses e a imposição de exigências burocráticas desnecessárias revelam o quanto é perseguidor. Há mais aspectos dessa sua faceta. São tantas, que será necessário um artigo apenas para isso. Conhecem alguém, na política nacional, que persegue os contrários?

Egocêntrico, não aceita dividir holofotes com ninguém. Mesmo que seja com pessoas que estejam ocupando cargos tão ou mais importantes que o que ele provisoriamente ocupa. Querem ter a certeza? Observem a cara de birrento que ele faz em todos os eventos em que tem alguém que Allyson considere mais importante que ele. Veja como é a relação de Bolsonaro com outros membros das esferas de poder e de governo.

Personalista, faz de tudo para imprimir à cidade a sua cara. Que ninguém sabe qual é. Colocar um chapéu de vaqueiro na cabeça soa tão verdadeiro quanto suas declarações a respeito do candidato que vai apoiar à Assembleia Legislativa. O chapeuzinho de um é um simulacro da arminha do outro.

Invadir salas de parto, mesas de cirurgia e atendimentos médicos não é só populismo barato. É quase propaganda nazista. Para Allyson, as coisas só existem se ele achar que contribuiu para que elas existissem. Ou que ele as tenha feito. Seria ele um arquiteto universal? Um criador divino? Um mito potiguar?

Na gestão Allyson, não tem nada feito com a contribuição dos outros. É assim que ele nega tudo o que a ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) tenha deixado de bom. É assim que evita divulgar as emendas que Beto Rosado (PP) tenha enviado. É assim, que ele se nega a comprar um castramóvel porque a emenda foi destinada pela deputada Isolda Dantas (PT).

Bolsonaro, todos lembram, não cria nada, apenas destrói o que os outros fizeram. Quando mantém o projeto, muda o nome. Por que será que o Projeto Viver Melhor ainda não foi retomado, hein?

Deselegante e mal-educado, não se atém sequer a institucionalidade para um diálogo harmonioso com outras autoridades. Mossoró lembra que no início da vacinação, para angariar popularidade, a gestão Allyson Bezerra fez uso de todo o estoque para primeira dose, sem deixar para a completude do esquema vacinal. Quando as doses minguaram, culpou o Governo do Estado.

Talvez os mossoroenses lembrem de alguém que sempre que erra cinicamente culpa os outros. Os ídolos de pés de barro às vezes fazem história. Arrebanham bobos. Multiplicam tolos.

Falta de transparência é outra similaridade entre um gestor e outro. Mossoró já sabe o desfecho do episódio do desaparecimento das vacinas? E o contrato de R$ 25 milhões com a Sama? Desde 16 de novembro que faço questionamentos à prefeitura sobre o assunto. Solicitei informações, tenho cobrado recorrentemente, diuturnamente, mas a gestão Allyson se nega a informar.

Agora, outra vez, o prefeito buscou mais um holofote. E mirou no Governo do Estado para ser escada no seu teatrinho parvo. Sua reluzente gestão mandou arrancar umas placas erroneamente afixadas numa calçada. Antes que alguém noticiasse a esparrela, mandou que o seu ministério da propaganda enviasse nota justificando o quase injustificável. Naquela base do “quem mente antes diz a verdade”.

O prefeito, useiro e vezeiro das tecnologias da informação e comunicação, não poderia utilizá-las para uma conversa amistosa, respeitosa, institucional com o Governo do Estado para apresentar os prováveis erros cometidos na colocação de tais instrumentos? Quem será o mito que nunca erra?

O “prefeito-influencer” não atentou ainda que boicotar o Governo do Estado é também boicotar a cidade que ele administra? Quando a arrecadação do Tesouro estadual aumenta, também não aumenta o quinhão que cabe à prefeitura?

Se é perseguidor, narcisista, centralizador, ególatra, populista, midiático e mandão, Allyson mostra de forma inegável que é o que nunca deixou de ter sido: bolsonarista. Mesmo que busque envernizar seu fascismo. Sim, quem embarca em qualquer projeto fascista, assim também o é.

Por mais que tente imprimir ares de progressismo à sua agenda e ao seu governo. Embora tente colocar o discurso em sentido contrário. Porque o fascismo que nega com palavras, ele prova com gestos. Estar ao lado de fascistas, por exemplo.

O apoio a Fábio não é por afeição aos Faria. Não é por verbas, ações, equipamentos, blá, blá, blá, blá, blá. Tudo pura balela. Se o ministro condicionou a vinda desses benefícios para o povo de Mossoró ao apoio do perfeito, cometeu crime. Quem aceitou é cúmplice.

Talvez não seja sem razão que logo após se eleger e antes de tomar posse, em dezembro passado, Allyson viajou a Brasília para posar com o presidente genocida. O apoio é por identificação com o ídolo. Se tirar o bolsonarismo de dentro de Allyson talvez não sobre nada. Não são iguais apenas as flexões de ambos. As reflexões também.

* Márcio Alexandre

 

5 de dezembro de 2021

O Prefeito Ronaldo Sousa registra em suas contas das redes sociais a conclusão das obras do Estádio de Futebol

 

Em pleno sábado, o prefeito de Água Nova , Ronaldo Sousa , arregaça as mangas  e vai ajudar os trabalhadores  que estão  concluindo  as  instalações da caixa d'água  que vai abastecer  toda rede hídrica do Estádio.


Também foi acompanhado de perto pelo prefeito , a conclusão do letreiro que   registra o nome oficial do  Estádio Municipal Vereador Josuley Barbosa  . 

A  pintura e reparos das arquibancadas já estão bem próximo do termino. A inauguração da Obra será no dia  27 de  Dezembro, com  a decisão do Campeonato Ivanir das Chagas que definirá o Campeão de 2021. Esse também é o dia da emancipação política do município.  

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !