27 de março de 2021

“Rogério Marinho e Fábio Faria estão disputando quem agrada mais o bolsonarismo e, para isso, precisam mentir”, critica Mineiro

 

As declarações do ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho a uma rádio de Apodi na sexta-feira (26) sobre os repasses federais enviados ao Rio Grande do Norte para o combate à pandemia, o que equivaleriam à instalação de 4,5 mil leitos de UTI no Estado, não ficaram sem resposta.

O coordenador da programa Pacto pela Vida Fernando Mineiro criticou a postura de Marinho e do colega dele Fábio Faria (ministro das Comunicações), lembrando que os dois vêm travando uma disputa por um lugar no coração de Jair Bolsonaro e também do bolsonarismo. A briga, na avaliação do petista, é pelo apoio do presidente da República à candidatura ao Senado Federal em 2022. No próximo ano, só uma vaga estará em disputa no Rio Grande do Norte.

– Rogério Marinho e Fábio Faria estão disputando um gincana interna pra ver quem mais agrada o chefe para ser candidato a senador pelo bolsonarismo. E para isso precisam mentir. Querem disputar para ver quem é o 05. E têm que agradar do 00 (Jair Bolsonaro) até o 04 (o filho mais novo, Renan Bolsonaro). Por mim eles podem continuar com esse tipo de disputa, agora só não prejudiquem o povo. Não alimentem o ódio. Que se resolvam para lá”, criticou.

Sobre os recursos federais enviados pelo governo federal para o Rio Grande do Norte, Mineiro destacou que as transferências que chegaram até o momento são repasses constitucionais – que viriam independente de quem fosse o presidente da República – e recursos do “orçamento de guerra”, aprovado pelo Congresso Nacional para auxiliar os estados e municípios no combate à pandemia.

Pelas contas do Governo do Estado, o valor global dos repasses levando em consideração os recursos SUS e as transferências para o combate à Covid-19 foi, em 2020, de aproximadamente R$ 600 milhões.

Fonte: saiba mais

Rejeição a Bolsonaro dispara e chega a 49%, diz pesquisa

 



247 - Pesquisa Exame/Ideia apontou que 49% dos entrevistados desaprovam a forma como Jair Bolsonaro trabalha no seu cargo, sendo a pior marca desde junho do ano passado, quando atingiu 54%. A aprovação caiu 1 ponto percentual em relação à rodada publicada há duas semanas e ficou em 25%. Os que nem aprovam e nem desaprovam somam 22%. De acordo com o levantamento, 4% não souberam responder. 

26 de março de 2021

O Prefeito de Água Nova RN Roanldo Sousa teve encontro com Ministro Rogério Marinho

(A Esquerda ) o Ministro Rogério Marinho  e ( a direita ) o Prefeito Ronaldo Sousa

Prefeito Ronaldo Souza, da cidade de  Água Nova,  esteve nesta manhã desta sexta feira 26/03, em Pau dos Ferros com o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. 

Na   oportunidade, os mesmos conversaram sobre as principais dificuldades e urgências do interior do Rio Grande do Norte, especificamente nas que tangem ao município de Água Nova RN.

Fonte :Prefeito Ronaldo Sousa

Lula poderá se candidatar à presidência da República em 2022, opinam ministros do STF

 

O STF marcou para dia 14 análise sobre decisão de Fachin de anular condenações a Lula.. Para ministros da Corte, eventual derrota nesse julgamento não vai inviabilizar a candidatura de Lula a presidente em 2022.

O despacho do ministro Fachin devolveu os direitos políticos de Lula e independentemente da manutenção sobre a decisão dele, a participação do ex-presidente nas eleições de 2022 dificilmente será evitada.

247

25 de março de 2021

A Cidade de Água Nova é destaque no TOP 10 de transparência na vacinação no Estado do RN

 

Com muita alegria registramos que ÁGUA NOVA está no TOP 10 no ranking de transparência no processo de vacinação no RN. O ranking foi divulgado nesta quinta-feira, 25, no Programa Bom Dia RN da InterTv Cabugi. 


O diretor executivo do LAIS, professor Ricardo Valentim, o ranking demonstra que a gestão municipal, responsável pelo processo de vacinação e prestação de contas do mesmo, está utilizando o RN Mais Vacina em sua plenitude, portanto, potencializando seus processos de trabalhos em favor da transparência e da eficiência.




Confira o Ranking de Transparência* do RN Mais Vacina:


#1 Lagoa de Velhos

#1 São José do Seridó

#1 Barcelona

#2 Francisco Dantas

#3 Água Nova

#4 Jardim do Seridó

#5 São Vicente

#6 Lagoa Salgada

#7 Rodolfo Fernandes

#8 Fernando Pedroza


*Dados publicados em 25/03/2021

Fonte:  Prefeito - Ronaldo Sousa

Empresa de telemarketin AeC abre 350 vagas de emprego em Mossoró

A empresa de telemarketing AeC vai abrir 350 novos empregos em Mossoró ainda este ano.

O processo seletivo será aberto e as inscrições poderão ser feitas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura.

Os trabalhadores serão contratados em abril.

A novidade foi apresentada em reunião remota nesta terça-feira (23), ao prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra e ao secretário Franklin Filgueira.


Atualmente a AeC tem pouco mais de 2.100 funcionários em Mossoró e o número será ampliado com a contratação de mais 350 homens e mulheres nos próximos meses.

O processo de contratação e o treinamento deverão ser feitos online.


A empresa de telemarketing AeC vai abrir 350 novos empregos em Mossoró ainda este ano.

O processo seletivo será aberto e as inscrições poderão ser feitas em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura.

Os trabalhadores serão contratados em abril.

Fonte :Thaisa Galvão

24 de março de 2021

Após a decisão da Segunda Turma do STF, Lula pode concorrer nas eleições de 2022?



 Se não ocorrer nova condenação criminal por órgão colegiado até o período de homologação da candidatura, ele pode concorrer. Desde a decisão monocrática do ministro Edson Fachin, que declarou a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba, Lula é considerado ficha limpa.

23 de março de 2021

MINISTRA Cármen Lúcia muda voto e STF declara Moro suspeito



 A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, alterou seu voto de 2018 no julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro e entendeu que o então magistrado, no âmbito da Lava Jato, foi parcial na condução dos processos contra o ex-presidente Lula. Com isso, a Corte declara Moro suspeito por um placar de 3 a 2.

“Todo mundo tem direito a um julgamento justo, de um tribunal imparcial, com um juiz independente”, disse. No caso do Lula, em seu entendimento, houve “a quebra do direito de um paciente, que não teve direito a um julgamento imparcial”. Apesar de acolher o habeas corpus da defesa, ela considerou que Moro não deve pagar as custas dos processos.

Amanhã Quarta-feira é dia de Lockdown Nacional da Classe Trabalhadora

 

A CUT, demais centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo mobilizam toda a classe trabalhadora nesta quarta-feira (24), para o Lockdown Nacional – dia de luta em defesa da vida, da vacina, do emprego e do auxílio emergencial de R$ 600 reais para desempregados e informais.  Confira no final do texto onde já tem ato marcado e o que as principais categorias profissionais vão fazer em suas bases.

Para o presidente da CUT, Sérgio Nobre, no dia 24 é preciso pensar porque mais de duas mil pessoas estão morrendo por dia vitimas da Covid-19  e o Governo Federal ainda não criou sequer um comando nacional de combate à doença, não tem vacina em número suficiente para imunizar toda a população  e, depois de três meses, Jair Bolsonaro prometeu apenas para o mês que vem um novo auxílio emergencial em valor menor, para menos pessoas, que não garante a sobrevivência da população durante o isolamento e a pandemia, pontua.

"Essa data tem que servir para orientar e chamar a população a refletir porque essa tragédia está acontecendo no Brasil" - Sérgio Nobre

“O povo tem de saber que a falta de governo e a inexistência de planejamento central são responsáveis por essa crise sanitária, social e econômica que vivemos", completa o dirigente.

A falta das políticas sanitárias e econômicas obriga a classe trabalhadora a ir para as ruas em busca de dinheiro para sobreviver e, com isso, se aglomerar nos locais de trabalho, no transporte coletivo, nas estações de trem e metrô e nos terminais e pontos de ônibus, ficando expostas à contaminação e morte.

Enquanto isso, o presidente da República, que tem a obrigação de conduzir o país protegendo a população, a economia, o emprego e a renda, garantindo a sobrevivência, preservando a vida dos cidadãos e cidadãs, permanece inerte tanto no comando da economia quanto no enfrentamento à pandemia, além de sabotar medidas decretadas pelos governadores para reduzir as taxas de contaminação e de mortes.

Dia 24 é dia de ficar em casa protestando

Para a CUT e organizadores do dia de mobilização, o Lockdown Nacional é necessário para alertar as autoridades de todos os Poderes do país e os empresários de que algo precisa ser feito urgentemente.

É dia de o trabalhador ficar em casa e não trabalhar, mesmo que esteja em home office, para deixar claro seu protesto contra a situação caótica em que o Brasil está, para cobrar do governo federal, deputados e senadores vacina já para todos e todas, auxílio emergencial decente, e políticas de proteção e geração de emprego e renda.

Representantes dos trabalhadores e dos movimentos sociais estão organizando atividades em diversas cidades do país, sempre respeitando o distanciamento social. Serão feitas panfletagens em praças públicas, terminais de ônibus, trens e metrô, carros de som com mensagens de alerta ao povo brasileiro; atos simbólicos; audiências públicas, além de carreatas mobilização nas redes sociais.

Confira onde tem atos marcados

Ceará

Fortaleza: Serão colados em locais públicos os lambe-lambes com os preços dos alimentos, da gasolina e do gás de cozinha, conforme card em anexo.

Distrito Federal

Brasília: haverá colagem de cartazes em locais de grande circulação; carros de som circulando durante o dia e ação solidária com entrega de cestas básicas à população carente.

Mato Grosso do Sul

Campo Grande e cidades do interior: sindicatos colocarão carros de som pelos bairros, fixação de outdoors e faixas em locais de grande circulação, além e mobilização pelas redes sociais, denunciando o genocídio do governo de Bolsonaro e realizando um “memorial virtual” com nomes de trabalhadores falecidos, vítimas da Covid-19.

Minas Gerais

Belo Horizonte: haverá colagem de “lambe-lambe” (cartazes adesivos de pequeno porte) por toda a cidade, com o  mote “Bolsocaro”; carro de som nas periferias, com mensagens sobre o auxílio emergencial, a carestia e “Fora Bolsonaro”; colocação de faixas “Vacina para todos” em praças e locais de grande circulação; e mobilização pelas redes sociais.

Rio Grande do Sul

Porto Alegre: colocação de faixas em passarelas e viadutos, a partir das 6h30 e ato simbólico em frente ao Palácio Piratini às 10h.

Sergipe

Aracaju: protesto em frente à Prefeitura Municipal (Rua Frei Luis Canelo de Noronha) para cobrar mais medidas de proteção contra a Covid-19. O protesto terá número restrito de manifestantes para respeitar o distanciamento social.

Categorias

Metalúrgicos

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos da CUT (CNM-CUT) orientou seus sindicatos a usar da mobilização virtual com as pautas:

- Vacina para todos e todas gratuita, em defesa do SUS;

- Defesa da manutenção do auxílio emergencial;

- Denúncia do governo Bolsonaro como responsável pela estagnação da economia, pelas mortes e situação de calamidade que vive o setor da saúde. 

Para além das redes sociais, sindicatos colocarão nas ruas e portas de fábricas em várias cidades, carros de som com mensagens de conscientização.

Bancários

Sindicatos de bancários filiados à Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf-CUT) colocarão carros de som nas ruas, spots em rádios, cartazes, “outdoor” e “busdoor”, além e atos nas agências bancárias para diálogo com a sociedade e com os bancários;

Também promoverão uma campanha solidária para arrecadar mantimentos (alimentos e produtos de limpeza) e roupas que serão destinados às populações em condição de vulnerabilidade nos munícipios que compõem a base dos sindicatos;

Os bancários ainda farão mobilização nas mídias sociais (Facebook, Instagram, Twitter e outras) e panfletagens em praças, terminais de ônibus, de trem e de metrô, com o uso de carros de som.

Comércio e Serviços

A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs-CUT) orientou sindicatos filiados a promoverem panfletagens nas praças, terminais de ônibus, trem e metrô, com o uso de carros de som; atos simbólicos; audiências públicas e uso de redes sociais.

Transportes

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL) orientou suas entidades filiadas a a fazerem paralisações de duas horas durante o dia. Em Alagoinha, na Bahia, que a categoria fará paralisação de 24 horas. 

Os metroviários farão protestos nas estações de trem, sem aglomeração, e os agentes de trânsitos de São Paulo fiscalizarão de forma prioritária os locais de vacinação, para ajudar as pessoas que forem de carro a se vacinarem. 

O Sindviários (Sindicato dos Agentes de Trânsito do Estado de São Paulo) informa que a ação envolverá os trabalhadores e trabalhadoras da CET-São Paulo, EMDEC-Campinas, CET-Santos, TRANSERP-Ribeirão Preto, URBES-Sorocaba, além de outras.

Edição Marize Muniz

Presidente do STJ defende que mensagens obtidas por Delgatti sejam usadas como prova de crimes contra procuradores da Lava Jato

 

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, afirmou à ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber que, mesmo que sejam provas ilícitas, as mensagens de procuradores que atuaram na finada "lava jato" podem ser usadas com base no "dever institucional de autodefesa" do Judiciário.O inquérito foi aberto por Humberto Martins depois de expostas conversas no Telegram entre integrantes do Ministério Público Federal no Paraná. O diálogo mostra Deltan Dallagnol, então coordenador da autodenominada força-tarefa, combinando com um fiscal da Receita Federal a quebra de sigilo de integrantes do STJ. 

O procurador Diogo Castor de Mattos, que atuou na "lava jato" em Curitiba, impetrou Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal pedindo o trancamento do inquérito. A Procuradoria-Geral da República também pediu a suspensão do procedimento.

Veja a matéria completa no 247

22 de março de 2021

Depois de fake news espalhada até por deputado, Sesap mostra que quase todas as vacinas recebidas foram entregues às prefeituras do RN

 


Tudo o que a população do Rio Grande do Norte não precisa depois da briga dos comitês científicos, depois da briga da ivermectina e cloroquina, depois da briga dos decretos…

É de informações erradas, de fake news direcionados, na intenção de se criar uma briga política…

Tipo de coisa que vem matando…

A Secretaria de Saúde do Estado esclareceu neste domingo que, ao contrário do que se jogou nas redes sociais, as vacinas não estão sendo estocadas.

As doses que chegam, e que são amplamente divulgadas, são entregues às prefeituras em até 24 horas.

Com um detalhe: as prefeituras acompanham o número de vacinas entregues ao Estado, e sabem quantas cada um vai receber.

Por isso não dá para entender que até deputado federal optou por espalhar a mentira, na intenção de enganar à população.

Segundo a Secretaria de Saúde, o Estado recebeu, ate o momento, 470.540 doses de vacinas, já incluídas aí as 81.700 doses recebidas no final de semana e que serão distribuídas aos municípios nesta segunda-feira.

Para esclarecer à população, a Secretaria informou os recebimentos:


Fonte: Thaisa Galvão

21 de março de 2021

Brasil registra 2.438 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas



 O Brasil registrou neste sábado (20) mais 79.069 casos de Covid-19 e outras 2.438 mortes causadas pela doença, de acordo com os dados do Ministério da Saúde.

É a primeira vez desde o início da pandemia que mais de 2 mil mortes decorrentes da doença foram registradas em um sábado.

Nesta sexta, o país registrou 90.570 novos casos da doença, o maior número desde o início da pandemia. 

Com os novos dados, o Brasil soma 11.950.459 casos e 292.752 mortos pela Covid-19. Na última semana, a média diária foi de 2.173 mortes.

Em meio a escalada de mortes e casos e com UTIs em colapso, os hospitais particulares declararam neste sábado (20) que estão ficando sem medicamentos usados na intubação de pacientes com Covid-19.

Nesta sexta, em entrevista à CNN, o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, afirmou que o esgotamento desses insumos pode acontecer já neste final de semana em parte das cidades brasileiras.

Diante desse cenário, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou resolução nesta sexta que dispensa o registro sanitário para a importação de medicamentos necessários para que pacientes possam ser intubados.

Fonte:  CNN

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !