9 de janeiro de 2021

Projeto de renda mínima é aprovado em Belém

 



 Na manhã desta sexta-feira (8), o projeto de renda mínima proposto pelo prefeito Edmilson Rodrigues (PSOL) foi aprovado por unanimidade em sessão conturbada na Câmara Municipal de Belém (CMB), com 34 votos favoráveis. Todos os vereadores participaram e uma vereadora - que participou da sessão de forma online - não teve o voto computado por problemas técnicos.O programa intitulado Bora Belém pretende atender, inicialmente, 9 mil pessoas que já fazem parte do Cadastro Único (CAD Único). Segundo o prefeito Edmilson Rodrigues (PSOL), a ideia é fazer uma busca ativa para garantir o benefício a quem precisa.

Em seu Twiter, o prefeito agradeceu o compromisso dos vereadores que votaram a favor do projeto.

Covid -19: vacinação no RN começa 72h após chegada das doses

 


Robson Araújo/ASSECOM/RN



Em reunião presencial e virtual com prefeitos de todo o estado a governadora Fátima Bezerra confirmou nesta sexta-feira (8) que o Rio Grande do Norte está com estrutura pronta para receber e aplicar as vacinas contra a Covid-19. A chefe do Executivo garantiu que 72 horas após a chegada das doses, que deverão ser adquiridas e enviadas pelo Governo Federal, a vacinação será iniciada no estado.

"Nosso governo não se omite. Tomou medidas duras quando necessário. Adotou ações baseadas em estudos técnicos com fundamentação científica. Instalamos o comitê de especialistas das nossas universidades, junto com técnicos da nossa Secretaria de Saúde já no início da pandemia. Investimos R$ 221 milhões no enfrentamento ao novo coronavírus com novos leitos e melhorias na estrutura hospitalar, contratação de pessoal, insumos e reformas físicas. Melhorias permanentes que ficarão atendendo a população. Optamos por investir no SUS em vez de hospitais de campanha que são desativados. E agora estamos prontos para aplicar o Plano Estadual de Imunização", afirmou na reunião realizada  no auditório da Escola de Governo, em Natal.

8 de janeiro de 2021

A Governadora Fátima Bezerra solicita ao presidente a inclusão dos Profissionais da Educação na primeira fase de vacinação

 Ontem (7), a governadora solicitou ao Presidente e demais autoridades que os profissionais da educação sejam incluídos nas fases iniciais de vacinação. E também divulgou como está a fase de preparação do Estado, no que se refere a estoque de seringas e outros para iniciar a vacinação.


As 900 mil seringas em estoque representam quase o dobro necessário para a primeira fase da vacinação, que abrangerá os grupos prioritários. Outras 2,5 milhões estão sendo adquiridas para as fases posteriores, conforme consta no Plano de Vacinação Estadual.


Novas câmaras frias também estão em fase de aquisição pelo #GovernodoRN para garantir que a demanda seja suprida. Além disso, a frota de veículos para fazer o transporte das vacinas e equipamentos de saúde também sofreu um aumento.



#GovernodoRN #Vacina #Covid19

7 de janeiro de 2021

Cantor Genival Lacerda morre aos 89 anos vítima do coronavírus

 



O cantor Genival Lacerda, de 89 anos, morreu vítima do coronavírus na manhã desta quinta-feira (7). Ele estava internado na UTI desde o dia 30 de novembro e respirava com a ajuda de aparelhos.


Congresso confirma Joe Biden como novo presidente dos Estados Unidos

 

A vitória da eleição presidencial de Joe Biden foi certificada pelo Congresso, apesar das objeções dos partidários de Trump. O processo de certificação foi interrompido antes, quando uma multidão invadiu o Capitólio.

Falando no final de uma sessão conjunta do Congresso, o vice-presidente Mike Pence confirmou que o mandato de Biden começará em 20 de janeiro.

247

6 de janeiro de 2021

Governadora Fátima Bezerra expressa sua preocupação com a falta de plano de vacinação do Governo Federal

 








O Brasil não quebrou, mas está a caminho e Bolsonaro precisa ser contido

 
A expressão "Brasil quebrado" não é algo que surpreenda. O Brasil quebrou nos anos 80, com o colapso da dívida externa, quebrou no início do governo Collor, com o calote na poupança, e quebrou três vezes no governo Fernando Henrique Cardoso, com sucessivas idas ao Fundo Monetário Internacional.

Quebrado estava, portanto, em janeiro de 2003, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu o cargo com muitas apostas, no mercado financeiro, de que seria "Lula, o breve". Apostava-se que ele levaria o País a um novo calote internacional – o que jamais aconteceu. Ao contrário, Lula e sua equipe econômica acabaram com a dívida pública dolarizada, organizaram as contas externas, acumularam reservas e o Brasil viveu seu maior ciclo de prosperidade econômica com democracia. O resultado foi a conquista do "grau de investimento", selo de bom pagador, em consequência da solidez tanto nas contas internacionais, como nas contas internas.

Após seu governo, a sucessora Dilma Rousseff enfrentou um quadro internacional mais desafiador, mas, ao contrário da farsa propalada pela imprensa corporativa, que foi parte decisiva no golpe de 2016, esteve longe de "quebrar o Brasil". No período em que efetivamente conseguiu governar, entre 2011 e dezembro de 2014, Dilma manteve produziu superávits primários, manteve a dívida interna estabilizada e reforçou a política de acumulação de reservas internacionais. Seus "pecados" foram entregar a menor taxa de desemprego da história e vencer uma reeleição presidencial contrariando as expectativas do empresariado nacional e de grandes interesses internacionais – notadamente no setor do petróleo. A recessão a ela atribuída nos anos seguintes deve-se a dois fatores: Lava Jato e sabotagem no Congresso.


5 de janeiro de 2021

Pesquisa Datafolha indica que para 69% situação econômica não vai melhorar

 

247 Praticamente 70% dos brasileiros avaliam que a situação econômica do país continuará ruim nos próximos meses, segundo pesquisa Datafolha.

Para 41% dos entrevistados, a expectativa é de piora. Para 28%, a situação vai ficar como está. Para outros 28%, haverá melhora. 

Os dados, colhidos em dezembro de 2020, são praticamente os mesmos da pesquisa realizada em agosto do ano passado.

Por que as Pessoas com Deficiência devem ter prioridade na vacinação?

 ..

    Fiocruz deve pedir até amanhã( 6) autorização da Anvisa para uso emergencial de vacina

     




    247 - A Fiocruz deve encaminhar até quarta-feira (6) à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um pedido de autorização para uso emergencial da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela empresa AstraZeneca.

    De acordo com o vice-presidente de produção e inovação em Saúde da fundação, Marco Krieger, a intenção é utilizar dados já analisados por outros países que concederam autorização para o imunizante.

    “Podemos adicionalmente pedir o uso emergencial, mas a ideia é ter a autorização permanente o quanto antes. Toda a documentação dos estudos clínicos já foram enviados à Anvisa. Quase toda a documentação também que inclui os principais pontos de certificações da produção e dados de controle de qualidade. Agora faltam apenas os últimos dados de fabricação e isto finaliza a submissão", disse Krieger à CNN. 

    informações: 247

    Folha da PB

    3 de janeiro de 2021

    Como a esquerda volta ao governo na América Latina?

     No Brasil se conta com a liderança e o prestígio inquestionáveis do Lula, que será o candidato da esquerda, se conseguir recuperar seus direitos políticos plenos, ou ele terá o papel fundamental em definir o candidato alternativo", afirma o sociólogo Emir Sader

    (Foto: Ricardo Stuckert | Reuters)

    O neoliberalismo e o antineoliberalismo tiveram histórias muito similares nos seis países latino-americanos: Venezuela, Brasil, Argentina, Uruguai, Bolívia e Equador. Nasceram de forma similar, acumulando forças na resistência aos governos neoliberais nos seus países, erigindo lideranças nacionais para conduzir a construção de governos, vencendo e governando com enorme sucesso.



    Comunicamos que estamos em manutenção

      Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !