12 de setembro de 2020

Hermano Morais retira candidatura a prefeito de Natal e PSB deverá indicar vice de Jean-Paul Prates (PT)

 O deputado Hermano Morais desistiu de ser candidato a prefeito de Natal.

A convenção do PSB que não foi transmitida ao vivo como Hermano havia anunciado em suas redes sociais, homologou apenas a nominata de 40 candidatos a vereador.

O partido decidiu seguir com discurso de oposição, o que se conclui que retirando a candidatura, Hermano não vai apoiar a reeleição do prefeito Álvaro Dias (PSDB).

Mal posicionado nas pesquisas e sem ter construído uma chapa completa, com vice, Hermano justificou que a campanha é curta, sem tempo para trabalhar esse crescimento.

“Trata-se de uma campanha curta, em meio a uma pandemia, e a soma de vozes se faz importante. Natal parou no tempo e ficou para trás quando comparada a outras capitais do Nordeste. Esse entendimento precisa ser apresentado à população, para que todos tenham conhecimento de onde a cidade está e onde pode chegar”, disse Hermano já batendo na cara do prefeito Álvaro.

Há poucos dias, como o Blog publicou, o discurso de Hermano era de insatisfação com o governo Fátima Bezerra (PT), para onde deverá migrar o projeto majoritário do PSB, com a indicação de um vice para o pré-candidato a prefeito, Jean-Paul Prates.

Coisas da política.

Thaisa Galvão

Candidatura de Ronaldo Sousa e Nenem será homologada nesse sábado

 Blog do Miquéas Capuxú: PENDÊNCIAS E ÁGUA NOVA/RN JÁ TEM PREFEITO E VICE  ELEITOS

O Partido DEM, do município de Água Nova,   estará homologando no dia hoje as candidaturas de Prefeito, Vice prefeito e vereadores.

 A convenção  acontecerá nas dependências da Escola Municipal Manoel Raimundo.

O evento será cartorial, sem  presença de público em virtude da Covid 19.

Lembrando que as candidaturas de  Ronaldo e Nenem  estão disputando a  reeleição no municipio de Água Nova.

Ainda não se sabe se a convenção será transmitida pelas redes socias.



11 de setembro de 2020

'Vou mandar para a PQP', diz Paola Carosella sobre quem sugere trocar arroz por macarrão

 

A chef de cozinha Paola Carosella se manifestou no Twitter sobre a sugestão que vem circulando no debate cotidiano acerca da substituição do arroz pelo macarrão, em razão do preço muito elevado do grão atualmente.

"'Vamos estar promovendo o consumo de massa, macarrão, que é o substituto do arroz...', vou estar te mandando para puta que o pariu, que é a puta que o pariu mesmo", escreveu Paola.

O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Sanzovo Neto, por exemplo, após reunião com o presidente Jair Bolsonaro, sugeriu "promover o macarrão" para substituir o arroz nesta fase de crise.

247

Polícia prende secretário de Educação do Rio e procura filha de Roberto Jefferson

 Cristiane Brasil, Pedro Fernandes e Roberto Jefferson

Autoridades policiais foram às ruas nesta sexta-feira (11) para cumprir um mandado de prisão contra a ex-deputada Cristiane Brasil, filha do ex-deputado Roberto Jefferson. Estão sendo investigados supostos desvios de dinheiro envolvendo o governo do Rio e a prefeitura da capital fluminense. Secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes foi preso.

247

Governador da Bahia Rui Costa(PT) fecha acordo para trazer 50 milhões de vacinas russas à Bahia e a outros estados

 

Governador Rui Costa e Secretaria de Saúde da Bahia assinaram acordo com o Fundo Russo de Investimentos Diretos, o que deve fazer com que o estado governado pelo Partido dos Trabalhadores seja um dos primeiros a se livrar da pandemia de coronavírus; vacina Sputnik V poderá chegar a outras regiões do País

"O fornecimento da vacina ao Brasil deverá começar em novembro de 2020, se for aprovado pelos órgãos reguladores brasileiros, que levarão em conta os resultados dos testes pós-registro da vacina."

O acordo bilateral permitirá no futuro efetuar o fornecimento do medicamento contra a COVID-19 a todo o território brasileiro.

Sputnik


10 de setembro de 2020

Centrais sindicais pressionam Maia a pôr em votação auxílio emergencial e manter valor de R$ 600

 


247 - As centrais sindicais lançam na próxima semana campanha para colher assinaturas e pressionar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a colocar em votação a Medida Provisória 1.000, que estende o auxílio emergencial até dezembro.

As centrais exigem também que o valor do auxílio seja mantido em R$ 600. Para os sindicatos, manter os 600 reais é bom para o cidadão, para a economia e para o Brasil. E dão o recado ao presidente da Câmara: "Coloca o auxílio emergencial pra votar, Maia!"

É o presidente da Câmara quem tem a prerrogativa de estabelecer a pauta de votações. 

A luta sindical e da oposição é pela discussão do texto e para que o valor, que o governo reduziu para R$ 300 seja elevado para R$ 600.

O governo trabalha para que a MP expire sem ser apreciada, porque a sua vigência corresponde ao prazo de extensão do programa (120 dias), informa o Painel da Folha de S.Paulo. 

O Projeto "O Contágio pela Leitura" de Água Nova foi selecionado para o Criança Esperança

 

O Projeto de Leitura desenvolvido por voluntários no município de Água Nova, " O Contágio pela Leitura" foi um dos 111 projetos selecionados em todo país pelo Criança Esperança. A Associação Voluntários da Leitura,responsável pelas ações do projeto receberá doações para aprimorar o  trabalho  de leitura com crianças, jovens e toda população do município. Segundo informação da coordenadora do Projeto, Sédima Ferreira França, essa aprovação  no criança Esperança oportunizará a Associação expandir o trabalho nas comunidades rurais começando pela serra das almas.

9 de setembro de 2020

Paulo Guedes defende aumento do próprio salário justificando que é preciso aumentar o teto salarial dos servidores

 É cara de pau que chama?

Hein, ministro Paulo Guedes?

Defende congelamento de salários de servidores públicos mas quer aumentar seu próprio salário!

Disfarce da hora: dizer que precisa aumentar o teto para dar oportunidade a servidores que só podem ganhar até o teto…sabendo que aumentar o teto é aumentar seu próprio salário.

Confira publicação da CNN:

Após deixar as carreiras do primeiro escalão do serviço público de fora da reforma administrativa, o ministro da Economia, Paulo Guedes, defende um teto salarial maior para esses funcionários. Atualmente, o valor máximo que um funcionário público pode receber por mês é de R$ 39.293,32.

“Não aumentamos ainda o que acho que tem que ser aumentado, que é o teto da carreira. Nós devíamos ser mais meritocráticos nisso. A presidência da República, o Supremo, é iminente que eles têm que receber muito mais do que recebem hoje. Pela responsabilidade do cargo, pelo peso das atribuições, pelo mérito em si para poder chegar numa posição dessa”, argumentou o ministro em debate virtual sobre a reforma administrativa nesta quarta-feira (9), promovido pelo IDP.

Segundo o ministro, a diferença salarial entre um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e alguém que entrou recentemente no judiciário é “ridiculamente baixa”. “Não pode haver dispersão tão baixa. É quase uma distribuição socialista”, criticou.

Na avaliação dele, houve uma disparada de salários no setor público nos últimos anos que não satisfez os requisitos da meritocracia. “Simplesmente contrataram 100 mil pessoas só no Ministério da Educação em 8 ou 10 anos nos governos Dilma e Lula, dando aumento generalizados. Estouraram os gastos públicos e não atingimos os requisitos de meritocracia e eficiência que queremos que seja referência”, disse.

Guedes ainda ressaltou que sua preocupação não é especificamente com o teto salarial, mas sim com a preservação da qualidade no serviço público.

“Olho pro Bruno Dantas (ministro do TCU) em serviço público e ele poderia ganhar US$ 2 milhões, 3 milhões, 4 milhões por ano fácil. No futuro vai ser difícil convencer ele de ficar no serviço público porque ele vai receber várias propostas”, citou.

“Então, seguindo o caminho da prosperidade vai ser difícil reter gente de qualidade a não ser que o setor público também entre na lógica da meritocracia”, completou.

O ministro acredita que a diferenciação de salários na administração pública é a dimensão mais fundamental da reestruturação do funcionalismo. “Tem que haver uma enorme diferenciação de salários na administração pública sim. Tem que haver valorização da meritocracia: esses direitos a estabilidade de emprego e progressão salarial tem que vir em cima da meritocracia. O jovem que entra no serviço público tem que ser avaliado”, defendeu.


Thaisa Galvão

O Juiz Bretas ordena operação da PF numa ofensiva sem precedentes contra a advocacia

  Marcelo Bretas, Cristiano Zanin Martins e Felipe Santa Cruz

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal do Rio, que tem buscado se colocar como herdeiro do lavajatismo em crise, ordenou que a Polícia Federal invadisse na manhã desta quarta-feira (9) escritórios e endereços de diversos advogados. A alegação é de que todos fariam parte de um suposto esquema de desvio de recursos do Serviço Social do Comércio (Sesc RJ), do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac RJ) e da Federação do Comércio (Fecomércio/RJ) entre 2012 e 2018. A operação acontece em consequência da delação de Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio (Federação do Comércio do Rio). Um dos alvos da delação é o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, que reagiu  à ofensiva ontem, terça-feira (8). 

Os escritórios Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, advogado de Lula, são o principal alvo da ação. Os escritórios do advogado Eduardo Martins, filho do futuro presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, e de Tiago Cedraz, filho de Aroldo Cedraz, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) também foram invadidos. Outro alvo nesta quarta é o escritório da Ana Tereza Basílio, apontada como uma das chefes do esquema, assim como os dos advogados Cesar Asfor Rocha e  Fernando Hargreaves, entre outros.

Advogados conhecidos como lobistas, como Frederick Wassef, advogado do clã Bolsonaro, e o da mulher do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, também foram invadidos. 

Bolsonaro e Lula não são investigados nesta operação.

A Operação tem o nome E$quema S investiga supportos desvios no Sistema S do RJ por escritórios de advocacia no Rio e em São Paulo. 

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, alvo da delação de Diniz, foi acusado de supostamente pedido – e recebido – R$ 120 mil para sua campanha de reeleição à OAB do Rio em 2014.

8 de setembro de 2020

Governo do RN anuncia que retorno das aulas presenciais só em 2021

 


Ouvindo o nosso Comitê Científico que aponta um retorno para o dia 5 de outubro com a necessidade de um retorno com condições sanitárias seguras, ouvindo também as entidades que fazem o Comitê Setorial da Educação, em especial a SEEC-RN e a Undime RN, ciente de que a pandemia não acabou nem no Estado, nem no Brasil e nem no mundo, e visto que o Governo Federal ainda não disponibilizou recursos financeiros complementares, necessários e urgentes, para atender às demandas dos protocolos de biossegurança nas escolas públicas, informo que no próximo Decreto autorizaremos a Rede de Educação Pública do RN a só retornar as atividades presenciais em 2021. 


A decisão é referente à rede pública. As escolas privadas seguem com a perspectiva de voltar no dia 05. 


A última pesquisa do IBOPE que aponta que 72% dos brasileiros não retornariam às atividades presenciais enquanto não existir uma vacina contra o Coronavírus. 


Uma enquete realizada pela Intertv, no RN, sinaliza que 78% são contrários ao retorno às aulas presenciais e a enquete realizada pela SEEC-RN e UNDIME demonstrou que 79% da comunidade escolar optou pelo não retorno às atividades escolares presenciais.


Em 2020, as escolas darão continuidade às atividades não presenciais aplicando, um plano de recuperação das aprendizagens com os estudantes concluintes, intensificando aulões, cursinhos, aulas online preparatórias para os exames do IFRN Oficial e ENEM, por meio televisivo, plataformas digitais, materiais impressos, entre outras.


O plano de retomada das atividades dos Sistemas Estadual e Municipais, priorizará a preparação das estruturas pedagógicas, físicas e de pessoal das escolas, para  atender aos protocolos normativo-pedagógico e de biossegurança, assegurando a aprendizagem, a segurança e a proteção dos estudantes e dos profissionais da educação, articulando os anos de 2020 e 2021 na organização curricular.


#JuntosContraCovid

#EducaçãoRN

Idema abre processo seletivo com 189 bolsas de até R$ 3,4 mil

 O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, em parceria com a Fundação para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio Grande do Norte (FUNCITERN), anuncia processo seletivo simplificado para a contratação de profissionais técnicos de nível superior, a fim de atuarem como bolsistas de pesquisa e extensão junto ao projeto de fortalecimento institucional da gestão ambiental e territorial no âmbito do órgão ambiental.


O número total de bolsas disponibilizadas será de 189, cujas atividades devem ser desenvolvidas pelo período de até 12 (doze) meses, com a possibilidade de renovação.

Há oportunidades disponíveis nas seguintes áreas:  Administração (1), Direito (31), Arquitetura e Urbanismo (8), Engenharia Química (8), Ciência e Tecnologia (3), Engenharia Ambiental (8), Engenharia Civil ou Tecnólogo em Construção Civil (13), Engenharia Civil (1), Engenharia Elétrica (4), Engenharia Florestal (9),  Engenharia Mecânica (3), Engenharia de Minas (1), Engenharia de Petróleo e Gás (7), Geografia (12), Graduado na área de geociências ou ciências naturais (1), Geologia (9), Agronomia ou Engenharia Agronômica (12), Gestão Ambiental (10), Ciências Biológicas (35), Ecologia (6), Aquicultura ou Engenharia de Pesca (2), Pedagogia (3), Oceanografia (1), História, Arqueologia ou Antropologia (1).

O diretor geral do Idema, Leon Aguiar, afirma que é por meio desse tipo de convênio que o 
20200905121846V3czaa
Idema executa as atividades de Educação Ambiental, gestão das Unidades de Conservação da Natureza, auxilia no desenvolvimento de estudos e projetos ambientais para o Estado, monitora os recursos ambientais do nosso território, potencializa a fiscalização ambiental, assegura a proteção de nossa Zona Costeira, dos biomas Caatinga e Mata Atlântica, das nossas Áreas de Preservação Permanente, dos corpos d’água, monitora a qualidade do ar e das águas, e faz apoio ao licenciamento ambiental para o desenvolvimento econômico de forma sustentável, entre outros.

“O convênio tem como principal objetivo modernizar, trazer eficiência e fortalecer o Instituto, com base em corpo técnico qualificado para garantir a execução da Política Estadual do Meio Ambiente, em prol do desenvolvimento sustentável”, afirma.

Bolsas

As bolsas de pesquisa e extensão serão pagas observando os seguintes valores: a) Graduação: R$2.400,00 (dois mil e quatrocentos reais); b) Especialização R$2.700,00 (dois mil e setecentos reais); c) Mestrado R$2.900,00 (dois mil e novecentos reais); d) Doutorado: R$3.400,00 (três mil e quatrocentos reais).

Inscrição e Seleção

As inscrições deverão ser feitas via Internet, na área do candidato, através do preenchimento de formulário próprio disponibilizado no endereço eletrônico www.funcitern.org/selecaoidema, no período de 05 a 12 de setembro. Os currículos serão avaliados com base na análise da formação acadêmica, de produção científica e das experiências profissionais do candidato que contribuam para a execução do projeto objeto do edital.

serido360

6 de setembro de 2020

Moro foi moído e triturado por Bolsonaro, diz Elio Gaspari

Jair Bolsonaro e Sergio Moro

  "O pior negócio que o juiz Sergio Moro fez na vida foi meter-se com Jair Bolsonaro. O ferrabrás de Curitiba foi moído pelo capitão, e a divulgação de sua troca de mensagens com o presidente mostra que ele se prestou a uma fritura inédita na história republicana", escreve o jornalista Elio Gaspari, em sua coluna deste fim de semana.

No dia 12 de abril, reclamando de uma reportagem, Bolsonaro disse-lhe: “Todos os ministros, caso queira contrariar o PR, pode fazê-lo, mas tenha dignidade para se demitir”.

"Quando um presidente sugere que um ministro deve pedir demissão, ele a pede ou diz que pode ser demitido. Fora daí, o que há é dissimulação, dos dois", lembra ainda Gaspari.

247

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !