13 de junho de 2020

Policia desmontou acampamento pro Bolsonaro

Acampamento do grupo 300 do Brasil é desmontado

Agentes da Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal, com apoio da PM e Corpo de Bombeiros, desmontaram acampamento do grupo 300 do Brasil, formado por apoiadores de Jair Bolsonaro, em Brasília (13.jun.2020)



Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Uma operação do governo do Distrito Federal desmontou neste sábado (13) o acampamento 300 do Brasil, do grupo bolsonarista que protestava em Brasília. Eles cobram que o presidente Jair Bolsonaro intervenha em defesa do grupo, alvo de investigações do Ministério Público por suspeita de porte de arma.
Agentes da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal) recolheram faixas, material de lona e estrutura metálica do acampamento, que estava montado na Esplanada dos Ministérios e também na Praça dos Três Poderes. A PM usou gás de pimenta para dispersar um pequeno grupo que resistiu à ação.

Morreram 509 pessoas até ontem sexta(12) pelo coronavírus no RN


Rio Grande do Norte tem 13.544 casos confirmados de coronavírus. As mortes causadas pela doença são 509. Dados foram divulgados durante a coletiva de imprensa do Governo do RN, realizada nesta sexta-feira (12).A informação lida é do  site agorarn.

12 de junho de 2020

Estimulado por Bolsonaro, grupo invade hospital, chuta portas de leitos e atira computadores no chão

Um grupo de pelo menos seis pessoas entrou no Hospital municipal Ronaldo Gazolla, unidade de referência no tratamento da Covid-19 no Rio, e invadiu alas restritas a médicos e pacientes na tarde desta sexta-feira.
Segundo informações do jornal O Globo, uma mulher, pertencente ao grupo, muito alterada, teria chutado portas, derrubado computadores e até tentado invadir leitos de pacientes internados.
"Eles gritavam, pelo quinto andar da unidade, que tinham direito de verificar os leitos, para ver se estavam mesmo ocupados, e por vezes, ainda segundo relatos de quem presenciou tudo, também gritavam: 'Mentira! mentira!'", diz o jornal.
A confusão só teria terminado quando Guardas Municipais intervieram e retiraram os manifestantes", diz o jornal.
Agressão aos pacientes e profissionais de Saúde ocorre um dia depois de Jair Bolsonaro pedir, durante sua live semanal na internet, que apoiadores invadam hospitais e filmem as condições do local, pondo em dúvida se há realmente pacientes internados com coronavírus. 
247

O Blog do Jornal a Tromba divulga PAUTA BOMBA



💣Pauta bomba💣: O advogado Igor Martinho Kalluf que entrou com ação crime contra Sérgio Moro solicitando quebra de sigilo do ex-ministro foi misteriosamente executado no centro de Curitiba na tarde de hoje. Essa notícia não vai sair no Antagonista. Tentam fazer uma simulação de assalto, mas depois desistem e fuzilam Igor DESCARADAMENTE.
[07:18, 12/06/2020] +55 88 9987-6588: Brasil virou isso ...banditismo,assassinatos..milícias..etc 👆

Governadora anuncia para amanhã pagamento dos servidores


A governadora Fátima Bezerra anunciou nas suas redes sociais, a antecipação dos salários dos servidores da rede estadual.





W

11 de junho de 2020

O Jornalista Erlan Bastos publicou no Twitter que o Bispo Edir Macêdo está internado com corona vírus

Ver imagem no Twitter

Começaram a circular informações, na noite desta quinta-feira (11), de que o bispo Edir Macedo, dono da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e da Record, estaria internado com Covid-19.
A informação foi inicialmente veiculada pelo jornalista Erlan Bastos, da Rede Meio Norte. Ele informa que Macedo estaria internado no hospital Moriah, em São Paulo, utilizando o codinome de “Josué”.
A reportagem entrou em contato com o hospital Moriah, que ficou de retornar via assessoria de imprensa. Já a Igreja Universal do Reino de Deus foi contatada por telefone e e-mail mas, até a publicação desta nota, não havia dado retorno.
247

Única deputada eleita no RN apresentou mais projetos na pandemia que todos os homens da bancada potiguar juntos

Uma onda de renovação política trouxe novas caras para o Congresso Nacional, mas também uma guinada ainda mais conservadora e fragmentada. Das oito vagas do Rio Grande do Norte na Câmara dos Deputados, quatro foram renovadas: Benes Leocádio (PTC), Natália Bonavides (PT), General Girão (PSL) e João Maia (PR). Os parlamentares reeleitos foram Rafael Motta (PSB), Walter Alves (MDB), Fábio Faria (PSD) e Beto Rosado (PP).
Às vésperas de completar quatro meses da primeira confirmação de Covid-19, com o país completamente acéfalo frente ao registro de 39.680 mortes, a Agência Saiba Mais fez um levantamento com base nas informações disponibilizadas pelo portal da Câmara, do trabalho dos deputados potiguares em relação à apresentação de Projetos Legislativos no ano de 2020.
www.saibamais.jor.br

Brasil passa de 800 mil casos e 40 mil mortes por Covid-19, diz ministério

 ilustração vermelha coronavírus
O Ministério da Saúde informou, nesta quinta-feira (11), que o Brasil ultrapassou as marcas de 40 mil mortes (40.919, ao todo) e 800 mil (802.828) casos confirmados da Covid-19. Em 24 horas, foram confirmados pelo governo federal 30.412 novos casos e 1.239 mortes decorrentes do novo coronavírus.

agorarn

Quem sobreviverá ao novo tsunami?

Manifestação em Brasília
Seu João é aposentado. Recebe um salário mínimo. Tem pressão alta e um inchaço nas pernas que limita seus movimentos. Dona Maria, sua esposa, é diabética. Possuem três filhos. 
Moram todos numa casa de cinco cômodos. Cozinha, sala, banheiro e dois quartos apertados. O filho do meio está preso por tentativa de feminicídio. O mais novo foi demitido no início da pandemia. Mora com a esposa e os dois filhos pequenos num dos quartos. Ela é diarista. Seus dias de trabalho foram reduzidos drasticamente.
A filha mais velha é auxiliar de enfermagem. Está enfrentando uma rotina extenuante no hospital. Quando retorna do trabalho, toma um banho e dorme na sala. Sabe do risco de estar infectada, mas o isolamento da família não é uma possibilidade real.
No sábado à noite o clima é de desânimo. Pouco dinheiro e medo do vírus ameaçador. Ligam a TV e veem os políticos trocando tapas. O presidente critica os governadores. O STF critica Bolsonaro. Briga por todo lado. Além da polícia federal "autônoma e imparcial" muito ativa nos estados.
A família não entende muito de política, nem gosta. Na matéria seguinte, fica assustada vendo manifestações de rua com brigas e até apedrejamento. Tudo parece fora do lugar. 
Muita gente não entendeu o que estava acontecendo quando multidões ocuparam as ruas em junho de 2013 – há quem diga que o movimento foi construído de fora para dentro do país, orquestrado através das mídias sociais. 
No Rio, a esquerda tentou desfraldar suas bandeiras vermelhas no meio da massa. Foi expulsa aos safanões. Em São Paulo, por muito pouco os Tucanos não foram depenados em plena Avenida Paulista.  Dilma, deposta, foi a primeira vítima da incompreensão. 
A poderosa onda antissistema foi capturada pela extrema direita e cresceu. Chegou ao pico com o discurso “udenista-libertador-salvacionista” da Lava Jato e com o extermínio da política pela grande mídia. 
Duas quedas históricas do PIB empobreceram a família do seu João e da dona Maria. Para eles, a culpa é dos políticos.  A onda de ressentimento popular engoliu o sistema, abrindo um imenso buraco. 
Dele emergiu um personagem falando “absurdos originais”, “muito diferente dos políticos que pioraram a nossa vida”. Que tal arriscar? 
Se as estimativas forem confirmadas, teremos, infelizmente, mais de 100 mil brasileiros mortos. Fecharemos o ano com 23 milhões de desempregados. Um cenário dramático. 
Quem sobreviverá ao novo tsunami? Já são mais de 30 anos de democracia e o país parece um motor engasgado, desorientado. Dá uns pulos pra frente, “tosse” e recua. 
Seu João escolheu Lula, viu seus sonhos derreterem com Dilma e votou em Bolsonaro. Nunca esteve tão ansioso. Discute todo dia com o seu otimismo teimoso. 
O capitão é o surfista que remou na onda. Como domá-la? Enfurecida, ela pode acabar engolindo-o. Ele irá sozinho? Os que ocupam o centro do ringue serão poupados pela dona Maria? Se a onda decidir tragar o sistema novamente, o que virá?
247

Maia avisa que Câmara vai derrubar MP de Bolsonaro que intervém nas universidades

Rodrigo Maia e Jair Bolsonaro

O presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse que, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) não derrube a medida provisória (MP) 979, o Congresso o fará. A MP 979 permite ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, nomear reitores de universidades e institutos federais durante a pandemia.
247

Fabio Faria será o Ministro das comunicações do governo Bolsonaro

No giro de notícias que foram publicados de ontem para hoje, confirmam que Bolsonaro vai recriar o Ministério das Comunicação para nomear o apadrinhado de Silvio Santos, o deputado  Fábio Faria (PSD),que é casado com Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos. É a cota para o  "Centrão" em troca de apoio  ao seu governo.

10 de junho de 2020

Feriado de mártires de Cunhaú é antecipado para sexta feira(12)



O feriado de Mártires de Cunhaú e Uruaçu é antecipado para sexta-feira (12),  O único o feriado estadual disponível neste ano para antecipação seria o do dia 3 de outubro.
O Objetivo do Governo Fátima é aumentar o índice de isolamento social no Estado e conter o avanço do corona vírus

Polícia prende novos suspeitos de ligação com assassinato de Marielle

Maxwell Simões Corrêa, Ronnie Lessa e Marielle Franco

Foi preso nesta manhã o sargento do Corpo de Bombeiros Maxwell Simões Corrêa, de 44 anos, suspeito de ajudar o miliciano Ronnie Lessa, apontado como o assassino de Marielle Franco. Falta agora descobrir o mandante.
247

9 de junho de 2020

MP Eleitoral defende uso de provas do inquérito das fake news nas ações de cassação da chapa Bolsonaro e Mourão

Hamilton Mourão e Jair Bolsonaro

Ministério Público Eleitoral se manifestou favorável ao pedido do PT de compartilhamento das provas do inquérito conduzido no STF com as ações que apontam crimes eleitorais na campanha de 2018.
247

Lula nega entrevista ao O Globo e manda carta explicando os motivos

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Lula enviou uma carta ao jornal O Globo explicando porque negou um pedido de entrevista feita pelo veículo, para compor uma série  sobre ex-chefes de Estado.  No texto, Lula afirmou que, além das Organizações Globo terem liderado o lawfare para fazer com que ele não fosse candidato presidencial em 2018, não  se retrataram sobre o que chamou de “perseguição judicial” estabelecida contra ele.
Leia o texto na íntegra:
“Prezado Bernardo,
Agradeço o convite para uma entrevista para o jornal O Globo em uma série sobre ex-presidentes da República. Seu convite destoa da censura imposta pelas Organizações Globo. Não confundo as organizações com as diferentes condutas profissionais de cada um dos seus jornalistas.
O que me impede de atendê-lo é o notório tratamento editorial que as Organizações Globo adotam em relação a mim, meu governo e aos processos judiciais ilegais e arbitrários de que fui alvo, que têm raízes em inverdades divulgadas pelos veículos da Globo e jamais corrigidas, apesar dos fatos e das evidências nítidas, reconhecidas por juristas no Brasil e no exterior.
As próprias sentenças tão celebradas pela Globo são incapazes de apontar que ato errado eu teria cometido no exercício da presidência da República. Fui condenado por ‘atos indeterminados’.
Ao invés de ser analisada com isenção jornalística, a perseguição judicial contra mim foi premiada pelo O Globo. As revelações do site The Intercept foram censuradas, escondendo as provas de que fui julgado por um juiz parcial, em conluio com os promotores, que sabiam da fragilidade e falta de provas da sua acusação.
Enquanto não for reconhecido e corrigido o tratamento editorial difamatório das Organizações Globo não será possível acolher um pedido de entrevista como parte de uma normalidade que não existe, pelos parâmetros do jornalismo e da democracia.
Luiz Inácio Lula da Silva”

O inferno astral de Bolsonaro


"Além das manifestações contra seu governo em várias capitais do país, Jair Bolsonaro foi obrigado a recuar na tosca estratégia de dar menos visibilidade à pandemia da Covid-19 omitindo e maquiando números. Foi um tiro no pé, que expôs o governo e o país de forma vergonhosa", analisa Helena Chagas, do Jornalistas pela Democracia. diz Helena Chagas

Governadora Fátima sanciona Lei da deputada Isolda Dantas que cria delegacia virtual da mulher


A governadora Fátima Bezerra sancionou, nesta segunda-feira em solenidade virtual, a Lei da deputada Isolda Dantas, aprovada na Assembleia Legislativa, que institui a delegacia virtual para o enfrentamento à violência contra a mulher.
Dados divulgados pelo Fórum Brasileiro de Segurança colocam o Rio Grande do Norte entre os Estados com maior número de feminicídio neste período de distanciamento social, principal medida para conter a contaminação do novo coronavírus (Covid-19).
“Um dia que ficará marcado pela união em defesa da vida sem violência e com dignidade. A pandemia nos levou ao isolamento e distanciamento social, diante deste contexto temos que fazer parte do Pacto pela Vida, protegendo a vida de cada mulher. Com ações concretas como esta sinalizamos para a sociedade com políticas de estado que cada vida importa. Nós queremos um RN livre de violência”, disse Fátima Bezerra.
“A violência é a expressão mais dura do machismo. As mulheres a partir de hoje vão contar com mais um meio, uma ferramenta, durante a pandemia e pós pandemia. Uma mulher de Upanema ou Canguaretama terá acesso a uma delegacia para elas e poderá denunciar de qualquer lugar do Estado”, afirmou Isolda, durante a solenidade virtual, onde também participaram as deputadas Cristiane Dantas e Eudiane Macedo, as vereadoras Nina Souza, Carla Dickson, Ana Paula e Júlia Arruda, e outras representantes do Governo.

Thaisa Galvão

8 de junho de 2020

Brigadeiro da Aeronáutica detona Bolsonaro: gera crises e tenta envolver militares em golpe

Ex-presidente do Superior Tribunal Militar (STM), tenente-brigadeiro-do-ar Sérgio Xavier Ferolla não poupou críticas ao governo Bolsonaro e a parte das Forças Armadas. "Quem gera as crises é o presidente", diz ele.
247

Clima na PGR é de rebelião contra Aras


Há revolta entre procuradores e procuradoras contra Augusto Aras. A mobilização contra o procurador-geral da República deve-se à visão dos membros do MP de que ele compromete o órgão com uma postura servil a Bolsonaro.
247

7 de junho de 2020

Os atos fortaleceram a linha de que o Fora Bolsonaro deve ser a bandeira mínima para a construção de uma ampla unidade de ação.


Os atos foram uma inequívoca vitória nas ruas. Eles fortaleceram a luta contra Bolsonaro. Estavam certos os que mantiveram o chamado à organização de atos neste primeiro domingo de junho. É bom lembrar que, embora o tema fosse tático, foi muito polêmico e era, realmente, delicado, em função do alto risco de contaminação. A posição diante dos atos dividiu a esquerda. O PSOL foi a favor, o PT se dividiu publicamente, e o PCdoB não apoiou. Outras organizações como o PSTU, o PCB e a UP estiveram presentes.
247

Manifestações pró e contra Bolsonaro acontecem agora em São Paulo

Manifestação pró e contra Bolsonaro em São Paulo neste domingo (7)

Manifestação pró-Bolsonaro (à esq.) e contra o presidente (à dir.) em São Paulo neste domingo (7)

Foto: José Brito e Talis Mauricio/CNN
Manifestações contra e a favor do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) começaram a ocorrer em São Paulo na tarde de hoje (7). Desde as 14 horas, já era possível ver grupos aglomerados na Avenida Paulista, onde se reúnem os apoiadores do governo, e no Largo da Batata (zona oeste), onde se concentram os manifestantes contrários a Bolsonaro.
Nã foram registrados confrontos em nenhuma das duas manifestações até as 15h30. O policiamento foi reforçado nos pontos esperados de manifestação.
Manifestantes contrários ao governo no Largo da Batata
Manifestantes contra o governo o Bolsonaro no Largo do Batata em São Paulo
Manifestantes pró-governo na Avenida Paulista
Manifestantes a favor do governo na Av. Paulista
cnn

Olavo abandona Bolsonaro, diz que derruba seu governo e manda ele enfiar a condecoração

Bolsonaros postam vídeo do guru Olavo contra militares e botam fogo no cabaré do Planalto

Olavo de Carvalho pode estar abandonando Jair Bolsonaro. “Você não é meu amigo! Você se aproveitou! Enfia a condecoração no cu! Não quero mais saber! Você vê o crime e não faz nada. Isso é prevaricação! Continue covarde e derrubo essa merda de governo de generais vendidos”, disse ele em vídeo divulgado nas redes sociais. Confira abaixo:

247

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !