4 de abril de 2020

Banco Central aponta recessão catastrófica em 2020, com queda de 5,5% do PIB brasileiro, em live da XP

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, revelou um cenário devastador para a economia brasileira, em 2020, numa live no canal da corretora XP no Youtube. Nela, ele disse trabalhar com um cenário de queda de 5,5% do PIB brasileiro – o que seria a maior recessão de todos os tempos. Campos Neto também disse que as vendas com cartões, de um indicador Cielo, chegaram a cair 90% nas primeiras semanas após o coronavírus. Confira algumas tabelas selecionadas pelo analista financeiro Jordan Lima e também o vídeo:

247

RN tem 106 casos confirmados do novo coronavírus, aponta Secretaria de Saúde

Subiu para 106 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Rio Grande do Norte. A informação está no mais recente boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), divulgado nesta quinta-feira (2). De acordo com o documento, foram 14 casos notificados entre quarta e quinta, já que na véspera eram 92 confirmações.
O número de casos suspeitos também aumentou. Saiu de 1.777 para 2.153, o que representa uma alta de 21%. O número de casos descartados está em 455, e o Estado segue com dois óbitos registrados: um em Natal e outro em Mossoró. Dos 106 casos confirmados, três são de pessoas que moram em outros estados, mas que foram atendidos no RN. Os outros pacientes estão distribuídos em 15 municípios, sendo a maioria em Natal, onde estão 56 casos confirmados.
Em seguida, vêm Mossoró (21) e Parnamirim (13). Já os casos suspeitos estão em 129 cidades do RN e de outros estados do País (mas que foram atendidas no RN). No mundo, o novo coronavírus atingiu nesta quinta-feira a marca de 1 milhão de pessoas infectadas e mais de 51 mil mortos. O surto que começou na província chinesa de Hubei foi declarado pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) após se disseminar para 181 países e regiões.
agorarn

General Braga Netto já é o presidente operacional do Brasil e decisão foi até comunicada à Argentina

general braga neto
Os desmandos do presidente Jair Bolsonaro diante do surto do novo coronavírus no Brasil irritaram o alto comando das Forças Armadas, que parece ter “eleito” o ministro chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto, como o novo “presidente operacional” do país.
Segundo o jornalista investigativo argentino Horacio Verbitsky, um alto oficial do exército brasileiro comunicou um correlato argentino que o presidente Jair Bolsonaro não está sendo ouvido pelas autoridades na hora de tomarem decisões.
“Houve uma comunicação por telefone de um alto chefe do exército brasileiro com um da Argentina, em que o brasileiro informou que eles haviam tomado a decisão de contornar o presidente Bolsonaro em todas as decisões importantes”, disse o comunicador no programa “Habrá Consecuencias”, da Radio El Destape.
Verbitsky afirma que Bolsonaro atua como “monarca sem poder efetivo” e quem agora comanda o país é o general Walter Braga Netto, da Casa Civil.

3 de abril de 2020

Denunciado em Haia, Bolsonaro pode pegar até 30 anos de prisão

Bolsonaro Haia
Oficialmente denunciado como potencial autor de crimes contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional de Haia, Bolsonaro pode ser condenado a até 30 anos de prisão. Corte tem poder de detenção em solo internacional, conforme tratado assinado pelo Brasil

Bolsonaro abre a boca, dólar dispara e bolsa cai

O mercado financeiro voltou a ficar tenso nesta sexta-feira, 3, em meio à cautela generalizada em relação ao impacto da pandemia do coronavírus na economia. O dólar comercial superou a marca de 5,31 reais, e a bolsa de valores brasileira voltou a ser negociada abaixo dos 70 mil pontos, após os casos da Covid-19 no mundo superarem 1 milhão e os dados de emprego nos Estados Unidos piorarem.
A moeda americana era negociada a 5,3182 reais, em média, para a venda, às 13h30, atingindo a sua cotação máxima histórica durante o dia, caminhando para fechar a sua sétima semana consecutiva de alta. O índice Ibovespa caia 5,5%, para 68.312 pontos, com Usiminas liderando as perdas, com queda de 12%, após anunciar paralisação de alto fornos.
Os casos globais de coronavírus ultrapassaram 1 milhão na quinta-feira, com mais de 52 mil mortes, uma vez que a pandemia explodiu nos Estados Unidos e o número de mortos avançou na Espanha e na Itália. O impacto econômico de tamanha disseminação continuava assustando os mercados, principalmente após dados norte-americanos praticamente confirmarem uma recessão na maior potência do mundo. Nesta sexta-feira, o Departamento do Trabalho dos EUA informou que os empregadores do país cortaram 701 mil empregos no mês passado, depois de criarem 275 mil postos de trabalho em fevereiro. A taxa de desemprego disparou de 3,5% para 4,4%.
Segundo especialistas, o problema continua sendo a ausência de um espectro temporal, pois a restrição à demanda pela paralisação se une ao temor pela perda de emprego e renda, os quais se convertem em adicionais restrições à demanda, piorando a atividade econômica como um todo.
O pessimismo é visível nos mercados internacionais, com o dólar ganhando até mais de 1% contra lira turca, peso mexicano, rand sul-africano e dólar australiano, moedas arriscadas pares do real. Entre analistas, não há expectativa de melhora do cenário tão cedo, o que pode continuar pressiondo divisas emergentes, como o real.
blogdacidadania

Último boletim epidemiológico do municipio de Água Nova

Nenhuma descrição de foto disponível.
O boletim epidemiológico publicado ontem quinta-feira, 02, emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, informa que, até o presente momento Água Nova não tem nenhum caso suspeito do novo coronavírus (COVID-19). A Secretaria informa ainda que existe apenas 13 casos de monitoramento, que são pessoas que viajaram para locais com casos de COVID-19, ou aqueles que mantiveram contato com pessoas suspeitas de contaminação.


Um ministro sem humildade X um chefe de estado sem preparo

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, virou o malvado favorito de Jair Bolsonaro.
Aliás, Bolsonaro não vive sem um malvado favorito.
Sem conhecimento, sem preparo, sem consistência, sem perfil, sem postura…resta a ele ocupar seu tempo com um malvado favorito para…ocupar seu tempo.
Resta a ele ter um alvo diário para se livrar de perguntas inteligentes da imprensa.
Melhor ser questionado sobre uma possível demissão de um ministro que ele julga “sem humildade”, do que ter que responder como vai pagar 600 reais a tantos trabalhadores brasileiros que, na linha da informalidade não reconhecida, estão sem ter como botar comida nas mesas das famílias.
Das questões administrativas, Bolsonaro já provou que não entende nada.
E pra que ter um ministro preparado se ele tem três filhos?
Todos com a resposta na ponta da língua, desde que o assunto não seja Queiroz, Marielle, porteiro, rachadinha, cargos, emprego para familiares…
Em entrevista a um jornalista amigo, numa rádio amiga, Bolsonaro declarou guerra ao ministro da Saúde Henrique Mandetta, que tem feito a diferença durante a pandemia.
Equilibrado e preparado, Mandetta vai engolindo em seco a verborragia tumultuada de Bolsonaro.
Bolsonaro diz que Mandetta não tem humildade.
Mandetta tem certeza que Bolsonaro não tem preparo.

thaisagalvao

Professora do vídeo que pede "exército na rua" é empresária e militante bolsonarista

A personagem que aparece num vídeo republicado ontem por Jair Bolsonaro, em que pede exército na rua, é uma empresária de Brasília, chamada Fátima Montenegro, que é também militante bolsonarista. No vídeo, ao lado da filha, ela se exalta e pede um golpe para que o comércio seja reaberto – o que contraria recomendações das autoridades sanitárias. Sua identidade foi revela pelo internauta Luiz Carlos Limeira Neto, no facebook. Confira abaixo vídeo e também o post de Luiz Carlos:

2 de abril de 2020

Exclusivo: Sergio Cabral delatou a Rede Globo na Lava Jato

Sérgio Cabral
Por Ricardo Bruno, especial para o 247 – A delação de Sérgio Cabral à Polícia Federal tem um capítulo inteiro dedicado à Rede Globo. Relata em detalhes as pressões da família Marinho para obter sem licitação a gerência de estudos, projetos e desenvolvimento de conteúdo para a implantação de um importante equipamento cultural na cidade do Rio de Janeiro. 
Por este acordo, costurado diretamente entre Cabral e os herdeiros da Globo, a Fundação Roberto Marinho foi escolhida para a modelagem e gestão do projeto, orçado inicialmente em cerca de R$ 80 milhões. Autorizada pelo Governo do Estado, a FRM fez também captações para estudos preliminares e conceituais junto à iniciativa privada por meio de leis de incentivo à cultura, com renúncia fiscal. 
O ex-governador afirmou também às autoridades da Polícia Federal que a construtora responsável pela obra foi indicada pela FRM, através de fraude licitatória. Nos depoimentos, Cabral disse que os favores visavam garantir proximidade com a família Marinho, e consequente blindagem nos veículos de comunicação do grupo .

Prefeito Ronaldo Sousa concluiu mais uma obra de reforma e um projetos de iluminação

A imagem pode conter: Francisco Ronaldo Souza, nuvem, céu, atividades ao ar livre, natureza e close-up
O prefeito Ronaldo Souza, não mede esforços em se tratando de melhorias para o município de Água Nova. Além de uma agenda administrativa sobrecarregada,  fez questão de acompanhar de perto toda Reforma e ampliação do cemitério público da cidade. Após a reforma, o cemitério recebeu o nome de Francisco Ferreira de Lima" conhecido como Chico Ferreira (in memoriam) mais antigo coveiro do município. Nessa mesma semana  também concluiu a iluminação da rua Cícero Raimundo da Silva. São obras que se destacam pela importância para os cidadãos aguanovenses disse o prefeito Ronaldo Sousa.
A imagem pode conter: céu, nuvem e atividades ao ar livre


 Reforma e Ampliação do cemitério público de Água Nova,
A imagem pode conter: céu, nuvem, montanha, atividades ao ar livre e natureza
 Iluminação da Rua Cícero Raimundo da Silva

Partidos políticos tem até 04 de abril para regularizar filiações

Imagem da matéria sobre filiação partidária.
Eleitores que quiserem se candidatar em 2020 têm até 4 de abril para se filiar aos partidos políticos. O Tribunal Superior  Eleitoral) manteve a data-limite no calendário , mesmo diante da pandemia de coronavírus, que levou a Justiça Eleitoral a atuar em plantão extraordinário. O TSE não modificou o prazo entendendo que a data está prevista em lei e também que a filiação pode ser feita online, por meio do sistema Filia. Para maior esclarecimentos, interessados deverão acessar o site do TRE do RN.

1 de abril de 2020

Governadora Fátima prorroga medidas de isolamento até 23 de abril

Governo do RN prorroga medidas de isolamento até 23 de abril ...

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta quarta-feira (1º) que vai renovar o decreto que suspende as atividades de bares e restaurantes no Rio Grande do Norte por causa da pandemia do novo coronavírus. Segundo a chefe do Poder Executivo potiguar, a prorrogação vai até o dia 23 de abril.
A renovação do prazo de isolamento social continua valendo também para escolas das redes pública e privada do estado, e demais estabelecimentos e espaços públicos que estão na primeira publicação, de 21 de março.

Fátima Bezerra fez o anúncio através de sua conta no Twitter. No mesmo pronunciamento, a governadora afirmou também que manterá a permissão de funcionamento de oficinas e restaurantes fora do perímetro urbano.
A medida, segundo ela, serve para não deixar desguarnecidos os caminhoneiros, que continuam trabalhando para abastecer os serviços essenciais que seguem funcionando no estado potiguar.

Natalense de 23 anos é a vítima mais jovem a morrer de coronavírus no Brasil

 ASecretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS) confirmaram a morte de um gastrólogo de 23 anos por Covid-19 na noite desta terça-feira (31), em Natal. Matheus Aciole é a vítima mais jovem do coronavírus no Brasil.
Este é o segundo óbito confirmado pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte: o primeiro foi um professor da UERN. Luiz di Souza tinha 61 anos.
O paciente, com quadro de obesidade, deu entrada em um hospital privado no dia 24 de março, onde foi examinado e retornou para a residência para continuidade de medicações prescritas. Matheus manteve-se isolado por dois dias, mas não apresentou melhora e procurou o serviço público de saúde no dia 27 de março onde foi atendido e realizou o teste para a doença, sendo regulado para o serviço privado em seguida.
A obesidade é um elemento que pode estar associado a quadros graves da doença, segundo aponta pesquisa do Reino Unido.
Em nota, o governo estadual afirmou que "o resultado do exame foi liberado na noite desta terça-feira (31), testando positivo para Covid-19.
O Governo do Estado e a Prefeitura de Natal se solidarizaram com a família e amigos do jovem.
agorarn

31 de março de 2020

Isolado, Bolsonaro leva seu maior panelaço durante novo pronunciamento (vídeo)

No dia em que o medo ficou escancarado em sua face, recuando das declarações criminosas que vinha fazendo em outros pronunciamentos, Jair Bolsonaro recebeu o maior panelaço desses últimos 15 dias ininterruptos de protestos.
247

NOTA DA SECRETARIA DE SAÚDE DE ÁGUA NOVA

A imagem pode conter: texto

A Tromba play apresenta : O Shaolin do Sertão

Deputado da PSL do Rio é Preso após agredir policial

Brasil chega a 4.661 casos em todos os estados com 165 mortos

s secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h desta terça-feira (31), 4.661 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil com 165 mortos.
São Paulo registra 113 mortes e o Rio de Janeiro tem 18 casos fatais da doença. A secretaria estadual de Saúde do Rio Grande do Sul a quarta morte no estado. Já o governo de Minas Gerais registrou a primeira morte pela doença e o numero de casos chegou a 261. 
Pernambuco registra mais uma morte e chega a seis no total. Rondônia registrou a primeira morte pela Covid-19. A Bahia registrou o segundo caso fatal da doença na noite desta segunda-feira. Piauí já tem quatro mortos. Santa Catarina confirmou a segunda morte pelo vírus no estado.
agorarn

Aras diz que pode ir à Justiça se Bolsonaro baixar decretos contra isolamento social

Augusto Aras
O Procurador-Geral da República, Augusto Aras, tem sido cobrado por partidos políticos e por outros membros do Ministério Público a se posicionar sobre as ações de Jair Bolsonaro na crise do coronavírus. 
Em entrevista ao Globo, Augusto Aras, afirmou que poderá recorrer à Justiça se Bolsonaro “vier a baixar um decreto contrariando a orientação da horizontalidade”. 
O Procurador-Geral refere-se ao isolamento social  recomendado pelo Ministério da Saúde, com base em dados técnicos e científicos, e de acordo com as Orientações da Organização Mundial da Saúde.

30 de março de 2020

Senado aprova pagamento de auxílio emergencial de R$ 600

Em meio à pandemia do coronavírus, o valor será pago por três meses a pessoas de baixa renda. A proposta pode atingir um teto de até R$ 1.200, a mães que sustentam sozinhas as sua famílias. #PagaLogoBolsonaro já está entre os temas mais comentados no Twitter.
247

Água Nova vive um novo tempo

Aos 34 anos, morre filho de empresário da Paraíba com suspeita de coronavírus


Ex-dirigente do Náutico morre na Paraíba
Mateus Zerbone Carlos, publicitário e filho do empresário Eduardo Carlos, presidente da Rede Paraíba de Comunicação, estava internado no Hospital Clementino Fraga, na capital. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o paciente tinha suspeita de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19), mas o resultado do teste que confirma ou não a doença ainda não foi divulgado. O resultado sairá amanhã.
radiojornal e blog afonte.

Em manifesto, Ciro, Haddad, Boulos e Dino pedem renúncia de Bolsonaro

Os ex-presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), Guilherme Boulos (PSOL), além do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), pedem em manifesto a renúncia de Jair Bolsonaro por ser ser "um presidente da República irresponsável", que agrava a crise do coronavírus pois "comete crimes, frauda informações, mente e incentiva o caos"."Jair Bolsonaro é o maior obstáculo à tomada de decisões urgentes para reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda das famílias, o emprego e as empresas. Atenta contra a saúde pública, desconsiderando determinações técnicas e as experiências de outros países", diz o texto.
"Bolsonaro não tem condições de seguir governando o Brasil e de enfrentar essa crise, que compromete a saúde e a economia. Comete crimes, frauda informações, mente e incentiva o caos, aproveitando-se do desespero da população mais vulnerável. Precisamos de união e entendimento para enfrentar a pandemia, não de um presidente que contraria as autoridades de Saúde Pública e submete a vida de todos aos seus interesses políticos autoritários", continua.
Leia a íntegra:
O BRASIL NÃO PODE SER DESTRUÍDO POR BOLSONARO
O Brasil e o mundo enfrentam uma emergência sem precedentes na história moderna, a pandemia do coronavírus, de gravíssimas consequências para a vida humana, a saúde pública e a atividade econômica. Em nosso país a emergência é agravada por um presidente da República irresponsável. Jair Bolsonaro é o maior obstáculo à tomada de decisões urgentes para reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda das famílias, o emprego e as empresas. Atenta contra a saúde pública, desconsiderando determinações técnicas e as experiências de outros países. Antes mesmo da chegada do vírus, os serviços públicos e a economia brasileira já estavam dramaticamente debilitados pela agenda neoliberal que vem sendo imposta ao país. Neste momento é preciso mobilizar, sem limites, todos os recursos públicos necessários para salvar vidas.
247

Culto evangélico foi foco da epidemia de coronavírus na França

No altar de uma grande igreja evangélica, o líder do coral gospel iniciou uma noite de oração e pregação: “Vamos celebrar o Senhor! Vocês estão sentindo alegria esta noite?
"Sim!" gritaram as centenas de pessoas reunidas na igreja Christian Open Door em 18 de fevereiro. Algumas delas viajaram milhares de quilômetros para participar do encontro de uma semana em Mulhouse, uma cidade de 100 mil habitantes na fronteira da França com a Alemanha e a Suíça.
Para muitos membros deste rebanho que abrange pessoas de todo o mundo, a celebração anual é o ponto alto do calendário da igreja.
Dessa vez, alguém da congregação estava carregando o coronavírus.
O culto religioso foi o início do maior aglomerado de coronavírus da França - um dos países mais atingidos no norte da Europa - até o momento, disse o governo local. Cerca de 2.500 casos confirmados foram vinculados à celebração. Adoradores da igreja levaram inconscientemente a doença causada pelo vírus para Burkina Faso, na África Ocidental, para a ilha mediterrânea da Córsega, para a Guiana na América Latina, para a Suíça, para uma usina nuclear francesa e para as fábricas de uma das maiores montadoras da Europa.
Semanas depois, a Alemanha fechou parcialmente sua fronteira com a França, suspendendo um pacto de livre circulação que existe há 25 anos. O aglomerado de igrejas era um fator-chave, disseram à Reuters duas pessoas familiarizadas com a decisão alemã. Dirigentes da igreja disseram à Reuters que 17 membros da congregação morreram de complicações ligadas à doença.
247

29 de março de 2020

“Tô com vontade de soltar um decreto amanhã e liberar todo mundo a voltar a trabalhar”, diz Bolsonaro

Em coletiva neste domingo (29) Jair Bolsonaro voltou a criticar os brasileiros que seguem em quarentena para se protegerem da contaminação pelo coronavírus. “Tô com vontade de soltar um decreto amanhã e liberar todo mundo a voltar a trabalhar”, diz Bolsonaro “.

247

Secretário de Saúde de São Gonçalo do Amarante eatá com coronavírus

Secretário de Saúde do município de São Gonçalo do Amarante o ...
A Secretaria de Saúde do município de São Gonçalo do Amarante confirmou, na noite deste sábado (28), o primeiro caso confirmado, do coronavírus (Covid-19) na cidade.
Trata-se do secretário de Saúde do município, Jalmir Simões, de 51 anos, que está em isolamento preconizado, seguindo todas as orientações médicas e passa bem.
O secretário já estava afastado das suas atividades desde o aparecimento dos primeiros sintomas, obedecendo as orientações da Vigilância Epidemiológica.

thaisagalvao

RN registra a primeira morte confirmada por coronavírus; vítima é professor da UERN

O professor do departamento de química da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Luiz di Souza, de 61 anos, morreu neste sábado (28) em razão de complicações causada pela infecção do novo coronavírus. Esta é a primeira morte confirmada pela covid-19 no Estado.
A confirmação da morte foi feita pela Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria de Saúde de Mossoró. O professor universitário tinha histórico de diabetes e teve contato com caso suspeito.
O paciente deu entrada em um hospital privado na cidade de Mossoró no dia 21 de março. Na última sexta-feira (27), ele teve a confirmação que estava com a covid-19. Após piora do quadro clínico, o professor universitário morreu na noite deste sábado.
Luiz Di Souza trabalhou por 20 anos como professor da UERN. Em nota, a instituição agradeceu "sua dedicação e o relevante trabalho em todos esses anos" e decretou luto oficial com hasteamento da bandeira a meio mastro. A nota afirma que, "devido aos riscos da doença, não haverá velório".
Em nota oficial, o Governo do RN e a Prefeitura de Mossoró se solidarizam com a família e desejam força para superar esse difícil momento.
O Rio Grande do Norte ainda investiga os casos de suspeita de morte por coronavírus - são dois casos em Assu e outro em Parnamirim.
Número de casos
O Rio Grande do Norte passa a ter 45 casos de pessoas com o novo coronavírus, de acordo com boletim divulgado pelo Governo Estadual, neste sábado (28). As cidades com casos confirmados são Natal (22), Mossoró (14), Parnamirim (6), Macaíba (1), Monte Alegre (1) e Passa e Fica (1).
agorarn

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !