11 de maio de 2019

A Governadora Fatima (PT)RN sancionou a lei que anistia motos com IPVA atrasados

Resultado de imagem para Governadora sanciona leis da readequação administrativa e da isenção do IPVA para motos

A Governadora Fátima Bezerra (PT) sancionou ontem, a Lei 123/2019 que propõe incentivo a quem possui motos de até 150 cilindradas com IPVA e taxas atrasados desde 2014. As dívidas fiscais anteriores referentes ao IPVA e às taxas do Detran serão “perdoadas” desde que o proprietário pague os tributos e taxas a partir de 2019. maiores  Para obter mais informações, procurar o DETRAN mais próximo.

Confira na íntegra a entrevista do Prefeito Ronaldo Sousa feita pelo radialista Barbosa Freitas da Cultura FM e a cobertura do cameraman Adaelson Lira

61% DOS SEGUIDORES DE BOLSONARO NO TWITTER SÃO FAKES, APONTA AUDITORIA

É Hoje! Senador Jean Paul Prates conversa com sociedade sobre Desenvolvimento e Sustentabilidade

10 de maio de 2019

Confira as atrações da Festa de Maio em Água Nova

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, texto

BOLSONARO SERÁ A GIGANTESCA GREVE DA EDUCAÇÃO EM TODO O BRASIL

Mercado faz pesquisa e Morão já ganha de Bolsonaro

Fátima Bezerra e governadores do Nordeste pedem a Bolsonaro para rever bloqueio de recursos para universidades

Os governadores do Nordeste pediram hoje (9), durante reunião com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, a revisão do contingenciamento de 30% no orçamento das universidades e institutos federais feito nos últimos dias.
Eles também reforçaram o pedido para que o governo apresente um projeto de emenda constitucional destinado a prorrogar a validade do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Nossa pauta não é a do pires da mão, é a pauta da retomada do crescimento econômico e da geração de empregos, e para isso você precisa de condições fiscais, claro, que no governo federal, mas também nos estados e municípios. E por isso o Plano Mansueto é importante, porque, ao se dispor a injetar R$ 10 bilhões este ano, que sejam, nos estados, isso significa geração de empregos. Desses três dias que percorremos aqui [em Brasília], o grande saldo é esse: nós conseguimos que, na semana que vem, chegue ao Congresso o Plano Mansueto”, afirmou.
Outro ponto abordado pelos governadores foi a retomada de obras federais nos estados, nas áreas de habitação, infraestrutura rodoviária e hídrica.
“Importantíssimas essas obras, para garantir o desenvolvimento da região e, ao mesmo tempo, evidentemente, gerar empregos para o nosso povo”, ressaltou Fátima Bezerra. 

MORO ENGOLE DERROTA NO COAF E FICA NO GOVERNO

Marcos Oliveira/Agência Senado



"A intenção de trazer para o Ministério da Justiça sempre foi a de fortalecer o Coaf. Houve uma decisão não muito favorável a essa proposta do governo, mas, independentemente do que aconteça, podem ter certeza que a política de governo vai ser sempre de fortalecimento desse órgão. A nossa política não é apenas do Ministério da Justiça ou do governo. Hoje é uma política de Estado", disse Moro, que antes cogitava se demitir caso perdesse o controle .

9 de maio de 2019

Senador Jean Paul Prates Convida população da região Oeste para conversar sobre Desenvolvimento Econômico com Sustentabilidade


Uma República escatológica

Bolsonaro extingue mais de 50 conselhos e colegiados

8 de maio de 2019

TRF MANDA MICHEL TEMER DE VOLTA PARA PRISÃO

Usuários do CadÚnico e PBF do muncipio de Água Nova são convidados pela Secretaria de Ação Social para uma conversa 16 de maio no CRAS

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Água Nova convida as pessoas cadastradas no Cadastro Único e as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família – PBF para participarem de uma conversa neste dia 16/05/2019 na sede do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS às 14h30min sobre o Cadastro e o Bolsa Família.

Falaremos sobre os tipos de benefícios do Programa Bolsa Família, das Condicionalidades do programa; dos critérios para ter direito ao benefício ou para permanecer e da importância da atualização cadastral.

Venha! Chame seu vizinho, sua vizinha e vamos juntos tirar dúvidas e falarmos dos nossos direitos e deveres.

MORO ADMITE QUE DECRETO DE ARMAS NÃO TEM A VER COM SEGURANÇA PÚBLICA

BOLSONARO FAZ DO BRASIL UM FAROESTE E LIBERA PORTE DE ARMAS ATÉ PARA JORNALISTAS

FOLHA: BOLSONARO HUMILHA GENERAIS E VAI DESTRUIR EMPREGO E RENDA

6 de maio de 2019

MAIS DE 11 MIL INTELECTUAIS DAS MAIORES UNIVERSIDADES DO MUNDO PROTESTAM CONTRA BOLSONARO

POLÍCIA DO EXÉRCITO PROTEGE BOLSONARO DE PROTESTO DE PAIS, ALUNOS E PROFESSORES

Projetos ambientalmente sustentáveis terão financiamento acelerado

Projetos de infraestrutura com impactos ambientais e sociais positivos terão o financiamento acelerado.
Segundo a pasta, as mudanças pretendem atrair investidores para o financiamento de infraestrutura e fomentar o mercado de títulos verdes – títulos que financiam empreendimentos ecologicamente e socialmente corretos. O ministério pretende criar um fast track (via rápida) para a emissão de debêntures incentivadas para esse tipo de projeto.
Atualmente, o decreto relaciona sete setores que podem apresentar projetos prioritários para a emissão de debêntures incentivadas. Os empreendimentos, no entanto, só alcançam o status de prioritário após cada ministério envolvido no projeto publicar uma portaria. Os projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) dispensam a publicação das portarias para serem considerados prioritários. Agora, o governo quer estender a facilidade a projetos que ajudem o meio ambiente e a sociedade.
Segundo o Ministério da Economia, o desenvolvimento do mercado de títulos verdes representa uma opção para o Estado reorganizar a atuação na economia, regulando e induzindo investimentos privados no setor de meio ambiente, num momento em que o desequilíbrio nas contas públicas impede o governo de gastar mais.
agorarn

BOLSONARO FRITA GENERAL SANTOS CRUZ E ABRE CRISE MILITAR NO GOVERNO

5 de maio de 2019

Governadora Fátima Bezerra cria consórcio para unificar compras e integrar profissionais

Em meio a dificuldades financeiras, o Rio Grande do Norte e os outros oito Estados da Região Nordeste pretendem se unir num consórcio para unificar e baratear a aquisição de materiais, compartilhar tecnologias de gestão e propor integração de quadros de profissionais na atuação em frentes como saúde, segurança e educação. Um protocolo de intenções será assinado na próxima quinta-feira, 14, no Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão.
A medida deve ajudar os governadores a poupar recursos e lidar com a falta de espaço no orçamento para realizar novos concursos e suprir deficiências de pessoal. Cinco dos nove Estados da região já ultrapassaram o limite de gastos com salários e aposentadorias, segundo dados de 2017 divulgados pelo Tesouro Nacional, e há casos de atrasos recorrentes de salários.
A reunião desta semana é o primeiro passo para dar ao grupo uma personalidade jurídica, com CNPJ e Conselho de Administração, que passará a centralizar, por exemplo, as encomendas de medicamentos para a região.
O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), explica que a iniciativa traz “ganho de escala” às aquisições e terá como resultado a economia de recursos para todos os Estados que integram o grupo. Insumos da área de saúde, por exemplo, são comercializados em dólar, e a ampliação no volume das encomendas vai dar ao consórcio maior poder de barganha para negociar descontos.
“O Nordeste é uma região do Brasil com um PIB maior que 150 países do mundo. E um potencial de crescimento gigante”, afirma Dias. Segundo ele, outros serviços poderão ser melhor prestados com custo menor, como segurança, saúde e educação.
Na segurança, a região já conta com o Centro Integrado de Inteligência do Nordeste, mas a ideia é ampliar essa sinergia com a criação da Força Nordeste – uma espécie de Força Nacional de caráter local, que vai ser formada por policiais militares, investigadores e agentes penitenciários para agir conforme a necessidade. Na saúde, também está prevista uma rede integrada de profissionais para a realização de mutirões.
“Isso permite que profissionais de um Estado componham equipe para outro Estado que precise ou dentro de um plano para os nove Estados”, afirma.
O procurador-geral do Estado do Maranhão, Rodrigo Maia, diz que no futuro a intenção é que o consórcio possa também captar recursos de maneira integrada para a região, o que daria melhores condições de negociação em relação a valores de empréstimos e taxas de juros.
Essa medida, no entanto, depende ainda de tratativas com o próprio Tesouro Nacional e de adaptações na resolução do Senado Federal que dispõe sobre operações externas. Isso porque hoje o pedido de financiamento é analisado de maneira individual, de acordo com a situação financeira daquele Estado, e cinco dos nove estão impedidos de contratar empréstimos com garantia da União devido às baixas notas de classificação.
“O objetivo é dar mais musculatura à atuação dos Estados do Nordeste”, afirma Maia. Para ele, outra vantagem será a integração de sistemas. Já existem atualmente bons modelos rodando nos Estados, para gerenciar pagamentos e o orçamento, ou para fazer gestão processual no Judiciário. A ideia é compartilhar as boas práticas. “A integração vai ser facilitada com esse consórcio”, afirma o procurador.

UM PAÍS DESCONSTRUÍDO

RedeTV censurou Lula sob ameaça de Bolsonaro diz o Blog da Cidadania

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !