12 de maio de 2018

Dados de 2017 Mais atual do que nunca - Esses são os verdadeiros números de opinião pública


TEMER COMPLETA DOIS ANOS COMO O MAIS ODIADO DA HISTÓRIA

REUTERS/Adriano Machado

Nunca um ocupante da presidência da República foi tão rejeitado pelos brasileiros como Michel Temer, que traiu a presidente legítima Dilma Rousseff, conspirou e usurpou seu cargo; numa escala de zero a 200 pontos do Datafolha, Temer marca apenas 25; o mais popular de todos os tempos é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que vem sendo mantido como preso político para não disputar as eleições presidenciais de 2018; em dois anos, Temer destruiu direitos trabalhistas, produziu desemprego recorde e o maior rombo fiscal da história do Brasil, se viu envolvido nos maiores escândalos de corrupção já vistos no País e, de quebra, entregou de bandeja riquezas nacionais – com tudo isso, fez que o Brasil, antes respeitado, se tornasse um pária internacional.
247

Direto do Facebook

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, texto

11 de maio de 2018

LULA DEIXOU VÍDEOS GRAVADOS PARA CAMPANHA

Demonstrando ter o domínio das estratégias desenhadas para todo e qualquer tipo de cenário, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou um estoque volumoso de vídeos pré-gravados para serem usados em campanha, caso sua prisão ilegal se prolongue por mais algum tempo antes das eleições de 2018; os vídeos, pré-produzidos pelo fotógrafo Ricardo Stuckert, ainda estão sob sigilo e devem ser desovados à medida em que a campanha se inicie oficialmente; o ex-presidente, demonstra, assim, estar de posse de sua candidatura, contando com o fato de que a ausência física presente em vídeo pode exercer um poder de persuasão ainda mais intenso que as habituais e protocolares edições de campanhas políticas tradicionais.
247

10 de maio de 2018

Depreciação do real joga pá de cal na 'recuperação' dos golpistas; 2018 morreu


: <p>casa da moeda</p>
<p>dinheiro</p>
<p>notas</p>

Os economistas Gilberto Borça Jr. e Letícia Magalhães destacam que apesar da lenta recuperação a retomada da economia esperada para 2018 ainda não aconteceu; segundo eles, os níveis de incerteza sobre os rumos da economia estão acima da média histórica e a incerteza sobre as eleições possuem um peso significativo acerca da retomada do crescimento; a desalavancagem das empresas, os juros elevados e a disparada da taxa de câmbio ajudam a explicar o fracasso da economia; "Para este ano, devido à elevada incerteza, parece difícil a reversão do cenário, pelo menos até outubro. Talvez seja hora de pensar em 2019", destacam.

9 de maio de 2018

EM CARTA, LULA DEFENDE GLEISI E REAFIRMA CANDIDATURA

"Se eu aceitar a ideia de não ser candidato, estarei assumindo que cometi um crime. Não cometi nenhum crime. Por isso sou candidato até que a verdade apareça e que a mídia, juízes e procuradores mostrem o crime que cometi ou parem de mentir", diz o ex-presidente, em carta endereçada à presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR); carta é divulgada em meio a críticas feita por Ciro Gomes a Gleisi, quando o pré-candidato do PDT disse ter "pena" dela; já Gleisi disse que Ciro não passava no PT nem "com reza brava".
247

'Eduardo Campos só não foi denunciado porque faleceu’, diz Dodge

achin decidiu nessa segunda-feira (7) encaminhar o inquérito contra o agora emedebista para a 13ª Vara Federal de Curitiba (PR), sob responsabilidade do juiz Sérgio Moro / Foto: Heudes Régis/JC Imagem

A declaração faz parte de um memorial apresentado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin para reforçar a denúncia contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).
jconline.ne10

Desistência de Barbosa é nova derrota da mídia :



:

O anúncio do ex-ministro Joaquim Barbosa nesta terça-feira, 8, de que não disputará a presidência da República, além de desconcertante para o PSB, confirma o fracasso de mais um balão de ensaio fabricado pela mídia; Barbosa, que já foi retratado como "o menino pobre que mudou o Brasil", vinha sendo apontado pela mídia como uma opção da centro-direita e chegou a ter 10% de intenções no último Datafolha; depois dos fracassos de Luciano Huck e Barbosa, qual será a aposta da mídia para tentar manter a agenda do golpismo?
247

8 de maio de 2018

APÓS DECLARAÇÃO POLÊMICA, JUNINHO PERNAMBUCANO DEIXA A GLOBO

Divulgação - Globo

O ex-jogador Juninho Pernambucano deixou a Globo, após uma declaração polêmica no dia 27 de abril, quando comentou sobre os ataques da torcida do Flamengo ao clube quanto citou a imprensa. 
Em nota, a emissora afirmou que, na última sexta-feira, dia 4, "solicitou a rescisão de seu contrato de trabalho com o Grupo Globo. Ele se afastará de suas funções como comentarista da Globo e do SporTV para tratar de assuntos pessoais. A Globo aceitou o pedido e agradece a Juninho Pernambucano a importante contribuição na análise dos eventos esportivos que acompanhou como comentarista".

7 de maio de 2018

Leonardo Boff esteve com Lula e diz que reafirma que é candidato

UM MÊS DEPOIS DA PRISÃO, LULA RESISTE DE PÉ E AINDA COMANDA A SUCESSÃO

REUTERS/Leonardo Benassatto
Completado um mês da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o cenário eleitoral pouco mudou; Lula continua dando as cartas da sucessão enquanto seus adversários batem cabeça; a cena que resta fora da Superintendência da Polícia Federal do Paraná (superintendência inaugurada por Lula quando era presidente) parece destituída de legitimidade, tal a precipitação e o caos que tomam as agendas dos candidatos; quem lidera e entende de eleição está preso, enquanto os que patinam nas pesquisas e sofrem rejeição estão soltos.
247

6 de maio de 2018

Lula: a alça do meu caixão tem mais votos do que qualquer um deles



Manu Dias/Agecom: <p>Lula e Jaques Wagner </p>


Durante evento político em em Salvador, o ex-governador Jaques Wagner  revelou trecho de conversa que teve com o presidente Lula na sexta-feira. “O ex-presidente Lula me perguntou: ‘E aí, Galego, como está aí?’. Respondi: “Tem algumas pessoas, principalmente da classe política, que ficam preocupadas’. Ele perguntou de novo: ‘preocupadas com o quê?’ Eu disse: todo mundo querendo saber se o senhor vai ser candidato’. Aí Lula disse: ‘E se não der, o que é que vai fazer?’ Dei a minha opinião: ‘Não tenho plano nem A, nem B, nem C, só tenho plano L’. Aí ele pediu pra avisar: Diga a eles que na alça do meu caixão tem mais votos do povo do que qualquer um deles”, relatou.
247

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !