10 de fevereiro de 2018

Imagem do dia _ Em Copacabana agora

A imagem pode conter: planta e atividades ao ar livre

Cai a mascara de mais um Falso Moralista Golpistas

Declarações de Segovia sobre Temer revoltam delegados


Marcos Corrêa/PR:
Gerou revolta entre os delegados da Polícia Federal as declarações do diretor-geral da PF, Fernando Segovia, de que o inquérito contra Michel Temer sobre propina no decreto dos portos deve ser arquivado por falta de provas; "É uma manifestação pessoal e de responsabilidade dele. Ninguém da equipe de investigação foi consultado ou referenda essa manifestação, inclusive pelo fato de que em três de anos de Lava Jato no STF nunca houve uma antecipação ou presunção de resultado de Investigação pela imprensa", diz mensagem em grupo de WhatsApp de delegados

POLÍCIA FEDERAL DEVE PEDIR ARQUIVAMENTO DE INVESTIGAÇÃO SOBRE TEMER

Marcos Corrêa/PR | Agencia Brasil
Polícia Federal deve recomendar que a investigação sobre o envolvimento do presidente Michel Temer com propinas no Porto de Santos seja descontinuada; afirmação foi feita pelo diretor geral da Polícia Federal, Fernando Segovia; segundo o chefe da PF, não há quaisquer indícios de que o decreto editado pelo por Temer beneficiou a Rodrimar; "O que a gente vê é que o próprio decreto em tese não ajudou a empresa. Em tese se houve corrupção ou ato de corrupção não se tem notícia do benefício. O benefício não existiu", afirmou; nos últimos 20 dias, Temer recebeu duas vezes no gabinete o diretor-geral da PF sem o ministro da Justiça, Torquato Jardim.
247

Direto do Mídia Ninja

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, texto
VITÓRIA QUILOMBOLA! Depois de seis anos de julgamento no Supremo Tribunal Federal, a Ação Direta de Inconstitucionalidade sobre a regulamentação da titulação de terras quilombolas foi considerada improcedente. Ou seja, se mantem o decreto e os direitos quilombolas!
Para completar a vitória, os ministros também derrubaram a tese do marco temporal, que foi considerado como “prova diabólica” pelo ministro Ricardo Lewandowski, por ser difícil ou impossível de ser apresentada.


9 de fevereiro de 2018

PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA FERE A PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA

Em um movimento que pode ser encarado como favorável ao ex-presidente Lula, o ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski se manifestou enfaticamente contra a prisão em segunda instância, afirmando que ela fere o princípio fundamental da presunção de inocência; "A presunção de inocência representa talvez a mais importante das salvaguardas do cidadão, considerado o congestionadíssimo e disfuncional sistema judiciário brasileiro, no bojo do qual tramitam atualmente cerca de 100 milhões de processos a cargo de pouco mais de 16 mil juízes", escreve; STF deve discutir novamente a questão.
247

8 de fevereiro de 2018

A verdadeira história do Triplex


Tá na hora de escancarar a farsa da Lava Jato!

FBI ESCANCAROU SUA ATUAÇÃO NA LAVA JATO

Em evento que reuniu nesta semana agentes do FBI, autoridades do governo federal e mais de 200 empresários em São Paulo, os investigadores americanos demonstraram orgulho de auxiliar o Brasil, desde 2014, a operação Lava Jato; "Não é melhor que isso. Nosso relacionamento com o Brasil é o modelo de colaboração entre países contra crimes financeiros", disse Leslie Backschies, representante do FBI para programas internacionais de cooperação; Estados Unidos são um dos maiores beneficiados com os efeitos da Lava Jato, com a entrega de campos do pré-sal brasileiro e o pagamento de R$ 10 bilhões pela Petrobras a fundos americanos .
247

    7 de fevereiro de 2018

    Moro Conclui que recibos de Lula não são materialmente falsos


    A defesa de Lula apresentou os recibos à Justiça em outubro do ano passado 
    Divulgado no UOL que o Juiz Sergio Moro concluiu nessa quarta-feira(07), que os recibos apresentados pela defesa do Ex-presidente Lula  não são  "materialmente falsos".

    Confira: 
    https://eleicoes.uol.com.br/2018/noticias/2018/02/07/moro-diz-que-recibos

    STJ deverá julgar amanhã se Henrique vai cumprir prisão domiciliar

    Ex-ministro Henrique Alves (PMDB) chega à 14ª Vara da Justiça Federal para acompanhar depoimento de testemunhas da Operação Manus  (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

    Depois de conseguir a prisão domiciliar no processo da operação Manus, que corre na justiça federal em Natal, a defesa do ex-deputado Henrique Alves entrou com pedido de habeas corpus junto ao STJ, para que seja concedida também prisão domiciliar no processo que corre na justiça federal do Distrito Federal.
    O HC referente à operação Sepsis deverá ser julgado na quinta-feira (8).
    Henrique depende da aceitação do habeas corpus nesse processo para poder ir para casa.
    thaisagalvao

    6 de fevereiro de 2018

    Jornalista desmonta a Farsa de Moro na condenação do Presidente Lula

    Temer e sua PEC do mal afundou a Saúde e Educação

    REUTERS/Adriano Machado: <p>O presidente brasileiro, Michel Temer, durante café da manhã com jornalistas em Brasília, no Brasil 22/12/2017 REUTERS/Adriano Machado</p>
    No primeiro ano de vigência da regra do teto de gastos, como já era esperado, os gastos com saúde e educação despencaram no Brasil; graças ao pacote de maldades imposto por Michel Temer, as despesas do governo com saúde e educação caíram 3,1% no ano passado em relação a 2016, se descontada a inflação; governo havia prometido que as duas áreas teriam no ano passado um volume de gastos maior do que em 2016, o que não ocorreu; expectativa é que os desembolsos caiam ainda mais a partir de agora
    247

    5 de fevereiro de 2018

    Resultado da investigação da PF: ENCONTRADA 12 LIGAÇÕES SUSPEITAS ENTRE TEMER E SEU OPERADOR: O CORONEL LIMA

    A Polícia Federal encontrou ligações telefônicas entre Michel Temer e o coronel aposentado da PM João Batista Lima Filho – amigo de décadas, ex-assessor do emedebista no Planalto e seu operador; as chamadas são citadas em relatório da Operação Patmos sobre o celular do coronel; operação foi deflagrada com base na delação da JBS, que atingiu Temer; no relatório, a PF disse que Lima conversou sobre repasses com duas pessoas desconhecidas

    PF INTIMA PRESIDENTE DA CAIXA EM INVESTIGAÇÃO SOBRE TEMER EM SANTOS

    A Polícia Federal está fechando o cerco a Michel Temer e seus aliados na investigação sobre o suposto esquema de corrupção do grupo no porto de Santos, conhecida área de influência de Temer há décadas; a PF intimou o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, a prestar declarações nesta segunda-feira (5) no inquérito sobre o favorecimento de empresas do setor de portos com um decreto assinado por Temer; além de Temer, são alvos do inquérito a empresa Rodrimar e o ex-deputado e ex-assessor de Temer Rodrigo Rocha Loures, que ficou conhecido como homem da mala da JBS; investigação interna da Caixa Econômica afirma que Occhi teria sido procurado por Rocha Loures para atender a uma demanda da Rodrimar

    Comunicamos que estamos em manutenção

      Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !