12 de novembro de 2016

URGENTE: Planalto se “assusta” com documentos entregues ao TSE que podem cassar mandato de Temer;

 
O Palácio do Planalto já não consegue disfarçar a preocupação com os sinais cada vez mais fortes de que o relator no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) do processo das contas da campanha presidencial de 2014, ministro Herman Benjamin, pode recomendar a cassação da chapa Dilma-Temer, sem separação de presidente e vice. Benjamin já avisou que não irá demorar muito para divulgar seu voto, diz a coluna Painel da Folha de S.Paulo.

“Para auxiliares de Michel Temer, uma recomendação dessa natureza geraria incertezas no mercado financeiro, ainda que ela precise ser ratificada pelo restante da corte.” Nesta semana, a defesa da ex-presidente apresentou ao TSE documentos que indicam que a empreiteira Andrade Gutierrez repassou R$ 1 milhão à campanha por meio da conta do então candidato a vice, Michel Temer. O material enfraquece a tese defendida por Temer de que sua arrecadação de campanha foi separada da de Dilma e que, portanto, seu mandato não deveria ser cassado em caso de condenação pelo tribunal.

247 

Nota do Blog A Tromba: antes de publicar essa matéria,  o Jornal Nacional informou que o presidente golpista vai  falar a nação.

10 de novembro de 2016

Sindicatos e movimentos sociais se encontrarão amanhã em Pau dos Ferros/RN para uma grande mobilização.


Temer prega austeridade e pratica farra fiscal


O governo que propõe congelar gastos públicos por um período de 20 anos, afetando áreas como saúde e educação, por meio da PEC 241 (55 no Senado), já comprovou que não põe em prática seu discurso de ajuste fiscal; enquanto defendeu o fim da EBC para economizar dinheiro público, Michel Temer aumentou significativamente o repasse de publicidade aos grandes veículos da mídia e anunciou a compra de conteúdo da TV Globo pela Empresa Brasil de Comunicação; além disso, aumentou gastos com cartão corporativo, sancionou reajuste de até 41% para o Judiciário e gastou meio milhão em uma cerimônia em homenagem ao samba, entre muitas outras ações.

247

9 de novembro de 2016

Charge do dia

E você pensando que existia só no Brasil: A primeira dama dos EUA Também era modêlo



Ex-modelo tem 46 anos e nasceu na Eslovênia. Sua carreira a levou em 1996 aos Estados Unidos, onde dois anos mais tarde conheceu Trump, de quem se tornou sua terceira esposa.

O Blog RN Política comenta: ÁGUA NOVA: Como fica a política aguanovense, com as novidades que estão por vir... A coisa parece está desandando


 Resultado de imagem para fotos recentes de agua nova rn
ÁGUA NOVA:
Como fica a política aguanovense, com as novidades que estão por vir... A coisa parece está desandando.

É o FIM: Trump vence eleição nos EUA. Mercados desabam

REUTERS/Jim Young
O republicano Donald Trump é o novo presidente dos Estados Unidos. Com vitórias na Flórida, na Carolina do Norte e em Ohio, estados tidos como decisivos, ele superou a democrata Hillary Clinton e abriu larga vantagem; às 5h35 desta quarta-feira, Trump alcançou o número necessário de 270 delegados, tornando-se oficialmente o vencedor da disputa; os republicanos também fizeram maioria na Câmara e no Senado; índice futuro da bolsa norte-americana cai 5%; dólar derrete, assim como moedas de países emergentes; dia será de extrema tensão nos mercados financeiros.

247

8 de novembro de 2016

Oposição no Senado mostra alternativa à PEC 55

Agência Senado
Bancada de senadores da oposição vai apresentar nesta quarta-feira, 9, um substitutivo à PEC 55; alternativa elaborada pelos senadores Roberto Requião (PMDB-PR) e Gleisi Hoffmann (PT-PR) conciliaria a manutenção dos serviços públicos com a melhora na estrutura tributária, sem descuidar do controle da dívida pública; entre os itens que serão apresentados estão a manutenção da política de valorização do salário mínimo e a progressividade na criação e a alteração de impostos; ideia é "não constitucionalizar a política econômica, ainda mais por um período longo e com efeito recessivo", evitando a queda das despesas sociais; "Não estamos propondo aumento de impostos, mas propomos justiça tributária", afirmou Vanessa Gazziotin (PCdoB-AM).

247

Sindicatos e movimentos se articulam para dia de paralisações na sexta-feira em Pau dos Ferros/RN

 Sindicatos e movimentos sociais   organizam para sexta-feira (11) o dia nacional de greve contra a retirada de direitos dos trabalhadores imposta pelo governo Michel Temer. Os movimentos da região do Alto Oeste do Estado do Rio Grande do Norte irão se encontrar na cidade  de Pau dos Ferros para uma grande mobilização  que  terá inicio ás 7:30 na praça de eventos. Estão a frente desse movimento: FETAM/RN, Pólo  Alto Oeste II - FETAM, SINTE, SINDSAUDE,ADUERN, Moivemento Estudantil da UERN, Levante Popular da Juventude  e GEJC.

7 de novembro de 2016

Ocupação da UERN em Pau dos Ferros dá exemplo de cidadania e resistência

dsc02992
O Campus Avançado Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM), em Pau dos Ferros, já não é mais o mesmo desde a manhã do dia 1 de novembro. Nesta data, dezenas de alunos e alunas realizaram uma grande assembleia estudantil e ocuparam as instalações da unidade, protestando contra o sucateamento da UERN e o pacote de medidas federais que desmantelam a universidade pública como um todo.
Munidos de uma coesa pauta de reivindicações, os/as estudantes estiveram reunidos por mais de 6 horas com o Reitor Pedro Fernandes no último sábado (05), na tentativa de negociar alguns dos pontos e garantir a retomada das aulas.  
Os/as discentes cobram a limpeza imediata de todo o campus e garantia do pagamento das bolsas atrasadas para que a ocupação seja suspensa. Além destes pontos, o documento com as reivindicações dos/as estudantes ainda conta com outras 19 exigências, endereçadas tanto ao Governo do Estado como à administração da UERN. (veja o documento completo aqui)
O reitor e sua equipe administrativa se comprometeram a enviar até amanhã (08) uma equipe de Auxiliares de Serviços Gerais (ASG’s) para que seja feita a limpeza do CAMEAM. Quanto ao pagamento das bolsas, que há três meses se encontram atrasadas, o compromisso foi de que até o dia 20 deste mês os valores estarão quitados.
Além da conquista das reivindicações imediatas, ao longo desses dias os/as estudantes de Pau dos Ferros deram uma aula de respeito e cuidado com as instalações do CAMEAM. Juntos, eles assumiram a responsabilidade de limpar, organizar e zelar pelo Campus enquanto um acordo com a reitoria não é firmado.
Através de uma força-tarefa, os/as discentes mantiveram a unidade impecável, mesmo sem a ajuda dos servidores terceirizados, que até a última semana estavam com suas atividades paralisadas, mostrando a todos que uma ocupação em nada tem de vandalismo e depredação do patrimônio público.
14962528_183997288724610_492674259811485393_n
A estudante Taíza Barros, que participa da ocupação, destacou o respeito dos/as alunos/as ao espaço coletivo e ao direito do outro. Em conversa com docentes da UERN, a aluna destacou o amadurecimento dos discentes nos dias em que a mobilização está ocorrendo.
“ Aqui a gente passa por um processo psicológico forte, estamos longe de nossas casas, sem contato com nossos pais, confinado com pessoas até então desconhecidas. Mas tudo isso faz com que a gente tenha que dialogar com novas pessoas, conviver junto, conhecer suas personalidades”, afirmou.
Politização e cultura – Outro ponto importante na ocupação de Pau dos Ferros foram as ações voltadas para a formação política e cultural de estudantes e docentes que participam da mobilização. Já na primeira noite, os manifestantes realizaram um grande sarau que atraiu dezenas de pessoas com poesia, música, arte e debates.
Nos dias seguintes o movimento realizou as rodas de conversa como:  “Memórias e Histórias do movimento estudantil na UERN Pau dos Ferros: experiências e reflexões”, ministrada pelo Prof. Gilton Sampaio e “Uma História de Luta: O Manifesto Comunista e os Movimentos Sociais”, entre outras.  Além disso, foram realizadas uma sessão de cinema (que apresentou o clássico ‘O pianista’, grande vencedor do Oscar de 2002) e uma roda de capoeira, que contou com a presença de moradores de Pau dos Ferros.
Apoio e solidariedade – A ocupação na UERN de Pau dos Ferros mobilizou não só o movimento estudantil do município e região, mas também professores/as, servidores/as técnicos, docentes da rede municipal e estadual de ensino e a população em geral. Foram inúmeras as manifestações de solidariedade e apoio, com destaque para as doações de alimentos e suprimentos básicos para os/as estudantes.
O movimento também contou com a participação massiva de alunos secundaristas de Pau dos Ferros, que se integraram à ocupação. Muitos dos alunos decidiram participar da ação pensando na importância da UERN na cidade e em como ela é fundamental para o futuro de todas as pessoas daquela região.
Visita da ADUERN na ocupação – A diretoria da ADUERN também esteve presente na ocupação, garantindo o apoio do movimento docente à luta dos/as estudantes. No último sábado (05), professores e professoras foram à Pau dos Ferros e conversaram com representantes do movimento.
Durante assembleia docente, realizada na última sexta-feira (04) o estudante Jack Jones, que está ocupando o CAMEAM pode falar por alguns minutos para toda a categoria, apresentando a pauta de reivindicações dos/as alunos/as, que foi amplamente apoiada pelos/as professores/as.
dsc02920 

  Fonte:http://aduern.org.br

Presidente Temer corta orçamento do Exército que distribui água no Nordeste

“O Nordeste enfrenta o quinto ano de seca consecutivo e a maior parte dos mananciais já secou. Na Paraíba, a situação é de calamidade. Muitos municípios estão com os reservatórios secos, sendo abastecidos com carros pipa e outros enfrentam rigorosos racionamentos para adiar um iminente colapso no abastecimento, caso não chova nos próximos meses e o governo federal ao invés de ajudar os nordestinos só faz piorar a situação”, denuncia o deputado estadual Jeová Campos, referindo-se ao corte do orçamento para o Exército e outras ações que prejudicam a região.

O parlamentar destaca uma declaração recente do comandante do Exército Brasileiro, general Eduardo Villas Bôas, que se queixou do corte do orçamento para a instituição que, segundo o comandante, deixou a corporação sem condições de fazer o trabalho de distribuição de água no Nordeste, a vigilância das fronteiras comprometida e a tecnologia dos equipamentos obsoleta. “Ora, se o comandante vem se queixar de corte e afirma que o trabalho de distribuição de água feito pelo Exercito no Nordeste está comprometido devemos ficar ainda mais preocupados porque hoje o trabalho de distribuição de água pelo Exército é o que garante o mínimo de abastecimento para milhares de pessoas que não têm alternativa para receber água senão dos carros-pipa”, afirma Jeová.


O parlamentar lembra ainda que o descaso do governo com a região, especialmente, nesta questão de combate a seca também atinge uma obra importantíssima para o Nordeste que é o projeto de Transposição do Rio São Francisco. “Apesar dos apelos e da urgência da obra, a gente não tem do Ministério da Integração, qualquer informação sobre quais medidas estão sendo tomadas para resolver o abandono da obra da transposição pela construtora Mendes Júnior, no Eixo Norte, nos trechos 3, 4 e 8, na chamada Meta 1, que compreende toda aquela região de Terra Nova até Salgueiro.

A construtora abandonou o projeto desde junho passado e até agora nada de concreto foi feito para resolver essa questão”, desabafa Jeová.

*Radar Sertanejo nossoparana

Recessão Temer-Meirelles faz brasileiro raspar poupança

Em mais um dado negativo divulgado durante a recessão do governo Michel Temer, saques na poupança superaram os depósitos pelo décimo mês seguido; a retirada líquida (descontados os depósitos) ficou em R$ 2,712 bilhões em outubro, segundo dados do Banco Central; nos dez meses de 2016, a retirada líquida chegou a R$ 53,251 bilhões, ficando próximo ao resultado negativo registrado em todo o ano passado (R$ 53,567 bilhões).

247

Reclamações com o atendiemnto aos clientes do Banco do Brasil em Pau dos Ferros é o comentário na Rede

Veja o comentário que rola no Whatsapp

Resultado de imagem para Banco brasil pau dos ferros rn

"Mais uma vez o Banco do Brasil, agência de Pau dos Ferros, trata os seus clientes com total descaso e falta de respeito. Neste momento a agência está lotada e apenas um caixa eletrônico com dinheiro. Todo mês é a mesma coisa e ninguém toma uma atitude. VERGONHA!!!!"
 
do blognossapaudosferros

Leia o que diz Saul Leblon: Por que eles querem que o Brasil esqueça Lula?

 
Respira-se um cheiro azedo de fardas, togas e ternos empapados da sofreguidão nervosa que marca as escaladas de demolição do Estado de Direito nos solavancos da História.

Consulte os anos 30 na Alemanha, os 50 do macarthismo norte-americano, os 60 da ditadura brasileira, os 70 do massacre chileno...

Há um clima de dane-se o pudor por parte das elites e da escória que a serve.

Faz parte desses crepúsculos institucionais a perda dos bons modos e a convocação das milícias, enquanto o jornalismo isento finge não ver a curva ascendente do arbítrio.

Com a mesma desenvoltura com que se anistia montanhas de dólares remetidos ao exterior,  classifica-se o MST como ‘movimento criminoso’.

Persegue-se e intimida-se estudantes secundaristas com lista de nomes exigindo que se delate endereços de colegas ocupantes ...

Invade-se a bala dependências e movimentos sociais e  de metralhadora em punho escolas tomadas por adolescentes que reclamam o direito de opinar sobre a própria educação.

Ensaios da orquestra.

Decibéis crescentes, afiados pelo mesmo diapasão ecoam de diferentes pontos do país.

Só não ouve quem não quer.

Há dinheiro, patrocínio e poder em jogo na incapacidade auditiva para ouvir os gritos da democracia sendo violada na sala ao lado de onde se discute a ‘reconstrução do Brasil’.

A conveniência reflete a insurgência que se esboça.

A resistência ao golpe escapa ao que se supunha ser o alvo isolado e triturado pela centrífuga da Lava Jato.

Adolescentes falam o que a vastidão dos votos nulos, brancos e abstenções cifraram nas urnas municipais, quando suplantaram os vitoriosos de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Porto Alegre...

Se as duas vozes se fundirem num idioma único, o que acontecerá?

O cheiro azedo exalado das fardas, togas e ternos de corte fino, empapados da sofreguidão  nervosa, reflete essa esquina incerta da História para a qual caminha o país.

A truculência policial e midiática sobe rápido os degraus da exceção.

Essa é a hora diante da qual a resistência progressista não pode piscar.

Daí a importância da campanha lançada neste dia 10 de novembro para sacudir a hesitação em defesa do óbvio.

O óbvio hoje começa por defender Lula.

Porque sem defender Lula, não será possível defender mais ninguém, e mais nada, do galope   desembestado da ganância no lombo da violência fardada e da cumplicidade togada.

Por ninguém, entenda-se o Brasil assalariado e o dos mais humildes.

A imensa maioria da população.

Aquela que vive do trabalho, depende de serviços públicos, tem seu destino  atado ao do país, ao do pre-sal, ao da reindustrialização,  ao da democracia social, carece de cidadania, respira salário mínimo e enxerga na previdência o único amparo à velhice e ao infortúnio.

Lula é a espinha histórica das costelas de resistência que precisam se unir para conter a demolição em marcha disso tudo.

Desempenha essa função por uma razão muito forte.

Essa que o milenarismo gauche parece ter esquecido --ou hesita em saber que sabe--  enquanto aguarda o juízo final  de Moro para recomeçar do zero.

‘Recomeçar do zero’ é a profilaxia recomendada pelos sábios do golpe em todas as frentes.

Desde a demolição dos direitos trabalhistas, à revogação da soberania no pre-sal, passando pela Constituição de 1988, o Prouni, a previdência ...

Mas, principalmente: recomeçar do zero esquecendo Lula.

Porque ele é  –ainda é Lula--   a inestimável  referência de justiça social na qual a imensa parcela dos  brasileiros de hoje e de ontem se reconhecem.

É dele a voz que quando  fala e é ouvida  no campo e nas cidades.

Mais que simplesmente ouvida: respeitada e compreendida.

A diferença dessa voz é que ela não carrega só palavras.

Carrega experiência, luta, erros, acertos, raiva, riso, derrotas, vitórias, cujo saldo são conquistas coletivas encarnadas em holerite, comida, emprego,  autoestima e esperança.

É como se Getúlio Vargas falasse.

Ou Allende para os chilenos.

Ou Perón para os argentinos.

Ou Cárdenas para os mexicanos.

Com a vantagem avassaladora que tanto incomoda a elite.

Lula está vivo.

Caçado, esfolado, picado e salgado.

Mas  vivo.

Mais que vivo: ele lidera todas as pesquisas de intenção de voto com as quais seus algozes testam a eficácia da chacina de reputação, a mais violenta desde Getúlio, que escandaliza a opinião jurídica e democrática do mundo.

Lula é a espinha dorsal de cuja destruição depende o êxito do torniquete implacável de interesses mobilizados contra a construção de uma democracia social na oitava maior economia do mundo, na principal referência da luta apelo desenvolvimento no espaço ocidental.

FHC disse em um debate no jornal O Globo, há cerca de quinze dias:

‘Sem Lula o PT seria penas um partido médio; com ele torna-se um perigo nacional’.

No fundo quis dizer: ‘Sem Lula, o Brasil se torna uma nação média, humilde, bem comportada.

Com Lula, o Brasil se torna um gigante de soberania, com capacidade de aglutinação popular  e mundial em torno da justiça social –de consequências perigosas’

É claro como água de fonte.

Lula representa esse diferencial inestimável.

Ele fala com quem Malafaia  gostaria de falar sozinho.

Com o Brasil que os Marinhos gostariam de monopolizar sem dissonâncias.

Por isso o  milenarismo gauche que reage à ofensiva conservadora aceitando a pauta do juízo final de Moro,  flerta com a eutanásia.

‘Recomeçar do zero’ é tudo o que o conservadorismo mais cobiça para quebrar o coração da resistência ao golpe.

O coração da resistência ao golpe consiste em não aceitar o fuzilamento sumário do legado de doze anos  de luta por um desenvolvimento mais justo e independente.

Ademais dos erros e equívocos cometidos inclusive por Lula  –que não podem ser subestimados e devem ser discutidos amplamente-- os acertos mostraram a viabilidade de se construir uma democracia social no Brasil do século XXI.

Não, isso não é pouco.

Olhe o mundo ao redor: isso é muito.

E, principalmente, tem lastro popular.

A sociedade marcada por uma das mais iníquas divisões de renda do planeta, referendou esse projeto por quatro eleições presidenciais sucessivas.

Duas com Lula; outras duas com Dilma, sendo Lula seu maior fiador e cabo eleitoral.

Sim, com erros, alguns grotescos.

Mas o fato é que a elevada probabilidade desse projeto ser revalidado em um quinto escrutínio presidencial, em 2018  --agora modificado pelo esgotamento do ciclo de alta nos preços das commodities, que lubrificou a resistência das elites aos avanços anteriores--  precipitou o golpe de 31 de agosto.

O milenarismo gauche quase esquece tudo isso enquanto aguarda o juízo final.

Nele, o juiz Moro e seus querubins  darão cabo de Lula e propiciarão aos sobreviventes o  único destino que lhes cabe: recomeçar do zero.

Ou até abaixo do zero.

Para quem sabe ter direito  –um dia— a mil anos de salvação individual e sobrenatural.

Milenaristas eram os pobres, os miseráveis brasileiros de Canudos.

Aqueles que aguardaram com Antônio Conselheiro a justiça divina sonegada pelo latifúndio e pela República que, afinal, destinou-os  à injustiça eterna.

É o que acontecerá de novo se o Brasil progressista aceitar a ideia de Moro de faxinar a história de sua ‘nódoa inaceitável’: Lula.

Se aceitar, o Brasil vai virar uma imensa Canudos, depois do massacre.

  Fonte:Cartamaior

Não vai colar : Embaixada do Brasil nos EUA prepara cartilha para explicar o golpe :


: <p>Sergio Amaral Michel Temer</p>

A embaixada do Brasil em Washington, sob o comando do ex-ministro do Desenvolvimento Sergio Amaral, prepara a confecção e distribuição de uma cartilha para justificar o impeachment de Dilma Rousseff para a opinião pública nos EUA; serão 3.000 exemplares direcionados a jornalistas, empresários, congressistas e formadores de opinião em geral; objetivo do livrinho é passar a versão de Michel Temer sobre como ocorreu o afastamento da presidente eleita.

247

“Foi o Enem mais difícil de todos os tempos”, diz Carlos André

O professor Carlos André, do Over Colégio e Curso, considerou a prova do Enem bonita, mas sem perder qualidade técnica.
O professor Carlos André, diretor do Over Colégio e Curso, considerou as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano com o maior grau de dificuldade da história do certame.
“Foi o Enem mais difícil de todos os tempos, só que uma coisa interessante. O Enem do ano passado tinha sido o mais difícil de todos os tempos. Só que elevou a dificuldade, mas perdeu a qualidade da prova. Esse ano a gente está feliz porque foi a prova mais difícil do que o ano passado, mas seguiu o modelo que o Enem vendeu. É uma prova extremamente bonita. As questões têm um nível de beleza, mas sem perder o tecnicismo”, analisou.
Carlos André considerou a prova de linguagem normal, no padrão de anos anteriores. “A prova de linguagem foi bem dentro da normalidade dela, muito boa, muito bem elaborada. Dentro do normal histórico dela”, comentou.
O professor destacou ainda o alto nível das questões de matemática. “A prova de matemática foi ainda mais difícil que do ano passado. A do ano passado era uma prova bem difícil, em um nível mais alto que o normal do Enem. Só que esse ano evoluiu mais ainda. Uma prova bastante técnica que não era simples para qualquer aluno fazer. O aluno deveria ter uma preparação bem específica para fazer essa prova”, disse.
 
nominuto.com

6 de novembro de 2016

Confira o gabarito do ENEM 2016






CLIQUE AQUI E ESCOLHA A COR DA SUA PROVA DO ENEM 2016 

 
Resultado de imagem para gabarito enem 2016

Flávio Dino do PC do B no Maranhão põe fim na era Sarney


:
Puxado pelo governador Flávio Dino, o PC do B decretou o fim da era Sarney no Maranhão; êxito dos comunistas chama atenção: o PC do B saiu de cinco prefeitos eleitos em 2012 para 46 neste ano; resultado dá a Dino o feito de ser o único representante da esquerda que conseguiu um resultado expressivo nas urnas, além, claro, de deixar explícito o enfraquecimento do grupo político do ex-presidente José Sarney (PMDB)

Desocupa o ministério, ministro!

LULA MARQUES
"Está na hora de Temer entregar um de seus anéis para não entregar os dedos. Está na hora de jogar carga inútil fora para evitar que o barco afunde. Esse ministro da Deseducação que Temer nomeou só trouxe confusão, discórdia e incompetência. E nada indica que daqui para a frente será diferente. A sua ausência vai preencher uma lacuna", diz o colunista Alex Solnik, que defende a demissão de Mendonça Filho; "Todas as suas medidas foram tomadas de cima para baixo e não contribuíram em nada com a elevação do nível de ensino brasileiro. Implantaram a guerra na educação", afirma; "A desocupação nacional poderia começar com a desocupação do Ministério da Educação" 

 colunista Alex Solnik

Prefeito de município do RN, aumenta próprio salário para R$ 15 mil


Prefeito de município do RN, aumenta próprio salário para R$ 15 mil

O prefeito reeleito de Pedra Preta, município a 150 quilômetros de Natal, aumentou o próprio salário para a próxima legislatura – de janeiro de 2017 a dezembro de 2020 – para R$ 15 mil. O prefeito Luiz Antonio Bandeira de Souza também aumento o salário da vice, dos vereadores e secretários. O reajuste foi publicado no Diário Oficial da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn) desta quinta-feira (3) e é datado de 31 de outubro. A publicação, no entanto, foi feita fora do prazo legal estabelecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) .
De acordo com o TCE, o prazo legal para aumentar o subsídio em anos eleitorais é 3 de julho no caso de prefeitos, vice-prefeitos e secretários. Em relação aos vereadores, o prazo legal é 3 de agosto do ano da eleição. O Tribunal de Contas do Estado abriu um procedimento para apurar o reajuste em Pedra Preta.
Além de reajustar o próprio salário, a lei sancionada pelo prefeito reajusta também os salários dos vereadores, secretários municipais e do vice-prefeito. Na próxima legislatura, o vice-prefeito receberá R$ 7,5 mil, o presidente da câmara receberá 6,5 mil, os vereadores R$ 5.064,45 e os secretários ganharão R$ 3,5 mil.
Pedra Preta fica na região central do Rio Grande do Norte e tem pouco mais de 2.850 habitantes, segundo o IBGE. A cidade é umas das 153 do Estado que estão em situação de emergência por causa da seca.

G1/RN

Conheça as 10 maiores obras da engenharia no mundo


Estão em destaque nesta seleção, as 10 maiores obras da engenharia no mundo. Embora existam alguns projetos de engenharia incríveis, os 10 maiores são impressionantes. Não somente pela grandiosidade, mas pelo avanço do homem ao fazer projetos em escalas espacial. Estes projetos são espantosos em escopo e tamanho, seja nos rios, oceanos, desertos ou a temperaturas abaixo de zero. Confira:
10°

Estação Espacial Internacional

estacao espacial internacional entre as maiores obras da engenharia no mundo estacao espacial internacional 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo
Em cooperação com os cosmonautas russos, os astronautas americanos iniciaram o trabalho na estação espacial permanente em 1998. E esteve em operação desde novembro de 2000.
É chamada estação Espacial Internacional porque 15 nações tomam parte em seus programas. E tem acomodação permanente para 6, e acomodação de curta duração para até 15 quando um ônibus espacial visita.
Na Estação Espacial Internacional, ISS, cientistas realizam pesquisas e experimentos que são impossíveis de realizar na Terra. O objetivo da ISS é fazer possível, por longo prazo, a explorar o espaço e permitir o avanço dos estudos de como os humanos lidam vivendo e trabalhando fora do planeta.
Esta pesquisa é necessária para uma futura exploração humana do espaço. Com isso, novos materiais e tecnologia serão testados. A Estação Espacial Internacional é o maior projeto espacial até agora realizado e é a maior estrutura já a orbitar a Terra. É uma instalação de pesquisa de 400 km acima da Terra operada em conjunto por agências espaciais de 16 países.

Hidrelétrica das Três Gargantas

Tres Gargantas uma das maiores hidreletricas do mundo
Ela é considerada o maior projeto de engenharia da China desde a Grande Muralha. A Hidrelétrica das Três Gargantas é a maior do mundo, com quase 2.335 metros de extensão, e uma 181 de altura.
Com ela foi criado um reservatório grande suficiente para grandes navios de carga viajar para o interior. Na realidade, a barragem também foi criada para produzir cerca de 10% do fornecimento de eletricidade da China.

Big Dig

big dig entre as maiores obras da engenharia no mundo big dig 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo

É um dos projetos de engenharia mais complicados do mundo, projeto de rodovia mais caro dos Estados Unidos. Big Dig de Boston tem tantos componentes complexos, que é difícil para explicar. , Ele transformou a estrada Interstate 93 em um túnel de 5,6 km sob a cidade, construiu também o tunel Ted Willians, a ponte sobre o Rio Charles e o Rose Kennedy Greenway. A projeto também incluiu reorganizar séculos de gás, água, telefones elétricos e linhas de cabo da estrada que é considerada o coração de Boston.
Outro desafio é obliterando a principal rota de trânsito da cidade em criar uma nova paisagem que finalmente terá verde público e espaço de parques.

Repositório de Resíduo Nuclear da Montanha Yucca

Repositorio de Residuo Nuclear da Montanha Yucca 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo Repositorio de Residuo Nuclear da Montanha Yucca entre as maiores obras da engenharia no mundo
O repositório proposto é projetado para armazenar resíduo nuclear que está atualmente sendo armazenado em mais de 121 locais em torno dos Estados Unidos. O projeto diminuiu o longo do caminho desde fevereiro de 2010, após anos de problemas jurídicos e políticos. Algo próximo a US$ 9 milhões já foi gasto no projeto.

Canal Dubai

canal marina dubai 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo canal marina dubai entre as maiores obras da engenharia no mundo
É um projeto grande de engenharia de Dubai e espetacular em geral. O Canal Árabe está trabalhando muito para terminar o restante dos projetos que envolve a água no deserto de Dubai. E seria o maior canal feito pelo homem do mundo com 74 mil km de comprimento, e trará água para o interior, para criar um oásis de deserto planejado ao longo das margens do canal.

Canal do Panamá

canal do panama 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo canal do panama entre as maiores obras da engenharia no mundo
O Canal Panamá tem sido chamado de oitava maravilha do mundo. E criou um impacto sobre rotas comerciais entre o Oceano Pacífico e Atlântico. Um atalho também foi criado através do Istmo do Panamá que está apenas 50 milhas em seu ponto mais largo por este canal.
Isto diminuiu o tempo de viagem em cerca de metade para navios de carga, desde que navios não precisam mais navegar ao redor da América do Sul em alcançar o Oceano Pacífico de New York.

Caminho Através do Estreito de Bering

tunel estreito bering entre as maiores obras da engenharia no mundo
Seria possível uma ponte ou túnel ligando a Europa e América do Norte? O projeto foi originalmente lançado por Czar Nicholas II na Primeira Guerra Mundial e está ganhando tração na forma de um túnel que permitiria a passagem entre os 2 continentes através do estreito, partindo do Alaska(EUA) até a Sibéria (Russia). Os países interessados tem outras prioridades, mas o projeto continua em desenvolvimento com previstos 80 km de túnel.

Trem Transatlântico

trem transatlatico 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo trem transatlatico entre as maiores obras da engenharia no mundo
O projeto permitira viajar em New York e de volta a Londres em menos de uma hora. O Trem Transatlântico proposto estará viajando 6.500 km por hora ao longo de um túnel oceânico submerso. Para ser exato, seria capaz de viajar entre as duas principais cidades em 54 minutos. No entanto, há complicações que devem ser trabalhadas, sem contar o custo enorme de 100 U$ bilhões.

Sistema de Metrô de New York

sistema de metro de nova iorque entre as maiores obras da engenharia no mundo sistema de metro de nova iorque 2 entre as maiores obras da engenharia no mundo
O sistema de Metrô de New York é o maior sistema de metrô nos Estados Unidos e o quarto maior do mundo. E opera aproximadamente 6.500 carros em mais de 1.100 km de trilhos. É administrado pela Autoridade de Transporte Metropolitano e propriedade de New York. Os trens funcionam 24 horas por dia, 365 dias por ano.

Sky Cities

sky city  2 entre as maiores obras da engenharia no mundo sky city entre as maiores obras da engenharia no mundo
Eles criarão um conceito de espaço residencial e comercial, que será uma solução para as previsões de superlotação das grandes metrópoles. É uma proposta de engenharia futurista para edifícios modernos que se ergueriam sobre a Terra.
Os engenheiros estão ocupados exercendo seus cérebros para novos projetos, e a maior aposta é que a cidade cresça pelo céu já que os sistemas de metrôs atuais estão ocupando o subsolo. Isto é para desafiar o mundo e a física.

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !