5 de novembro de 2016

Charge - Milhares de escolas e universidades ocupadas e Globo estigmatiza estudantes

globo-enem-vitort

Maioria de prefeitos eleitos tem patrimônio que supera PIB do município que governará


 Maioria de prefeitos eleitos tem patrimônio que supera PIB do município que governará
Eleito em São José do Xingu (MT) tem patrimônio 369 maior que PIB de cidade
Um levantamento aponta que mais da metade dos prefeitos eleitos nas eleições deste ano têm patrimônio superior ao PIB [Produto Interno Bruto] das cidades correspondentes. O PIB é a soma (em valores monetários) de todos os bens e serviços produzidos deum local. Segundo a Agência Brasil, uma pesquisa mostrou que 51,8% dos prefeitos eleitos em 2016 declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) patrimônios que representam mais que o dobro das riquezas das cidades que governarão. Conforme o mesmo levantamento, feito pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), 15,2% (782) dos prefeitos eleitos declararam patrimônio dez vezes maior que o PIB do município pelo qual se elegeram. Ainda uma parte deles, que governará 32 municípios, os gestores eleitos chegam a ter um patrimônio 100 vezes maior que as cidades que comandarão. No caso destas, a maior parte fica nas regiões Centro-Oeste e Nordeste. Ainda segundo a agência de notícias, um dos maiores expoentes da estatística está em Mato Grosso. Luiz Carlos Castelo, prefeito de São José do Xingu, tem um patrimônio 369 vezes o PIB do município que assumirá em 2017. Castelo tem a maior parte do patrimônio declarado de R$ 51,7 milhões em cabeças de gado, equipamentos agrícolas e imóveis. O PIB de São José do Xingu é R$ 140 mil.
 
bahianoticias

A frase do dia: " Violentos são os que impõem a desiguldade, não os que lutam contra ela."


4 de novembro de 2016

Enquete do Senado, 95% dos internautas são contra PEC 241

 Resultado de imagem para Enquete do Senado, 95% dos internautas são contra PEC 241
Uma enquete feita no site do Senado Federal indica que a população está contra a PEC que cortará investimentos em saúde e educação. Das 266.605 pessoas que votaram na pesquisa até a manhã desta segunda-feira (31), 94,5% afirmaram ser contra a aprovação do teto de gastos. Apenas 5,5% se disseram favoráveis ao texto.
A enquete ainda está válida no site do Senado enquanto o projeto estiver em tramitação e pode ser acessada neste link.

Professores de Marcelino Vieira ocupam prédio da Prefeitura por tempo indeterminado

 ocupa-prefeitura-em-marcelino-vieira
 De acordo com o presidente do sindicato, professor Gustavo, as tentativas de negociação por parte da entidade sindical foram muitas, mas nenhuma resposta satisfatória dos gestores municipais. Faz seis meses que os servidores municipais não recebem salários.
Abaixo um depoimento da professora Francimeire Cesário que ilustra bem os sentimentos da categoria.
"A educação municipal (Marcelino Vieira) está paralisada. Assim se encontram as escolas: sem professores, sem alunos, sem água, sem merenda escolar... Compreensão não enche pratos vazios... Estamos sem nossos salários, estamos sem ter a quem recorrer, mas ainda estamos apelando a sensibilização do poder público e regando nossas esperanças com a LUTA de classes"

3 de novembro de 2016

Movimento Derruba Temer é amplo, geral e irrestrito


"Sem charme, sem carisma, nenhum apoio popular, sem ibope na Globo nem na Veja, sem unanimidade nos partidos da base, propostas estapafúrdias, nenhuma ideia de como sair da crise, convenhamos: está fácil derrubar Temer. Quem vai sentir sua falta? Quem vai sair em passeata por ele? Geddel? Jucá? Padilha?", afirma o colunista do 247 Alex Solnik sobre a instabilidade do presidente Michel Temer no cargo; entre sinais da queda de Temer, Solnik lista a prisão e eventual delação de Eduardo Cunha (PMDB), seu ex-aliado, a "delação-bomba" de Marcelo Odebrecht e agora o movimento do PSDB ao lançar FHC em eleição indireta; "O Movimento Derruba Temer é cada vez mais amplo, geral e irrestrito".

Alex Solnik

Extra: STF “derruba” Renan, mas Toffoli pede vistas

STF / Senado
Ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu vistas nesta quinta-feira, 3, de ação que questiona se réu em ação penal na corte pode ocupar cargo na linha sucessória da Presidência da República; medida tem potencial para retirar do cargo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), caso o STF aceite converter em ação penal um dos 11 inquéritos contra ele; até o momento, já se posicionaram a favor da ação proposta pela Rede Sustentabilidade os ministros Marco Aurélio, Edson Fachin, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux e Celso de Mello, o que já representa maioria simples da Corte.

247

Moro diz que Brasil pode não sobreviver à delação da Odebrecht

Juiz da Lava Jato teria feito o seguinte comentário a um interlocutor de Brasília, segundo a revista Veja: "Pela extensão da colaboração, haverá turbulência grande. Espero que o Brasil sobreviva"; trechos da delação já incriminaram o ministro das Relações Exteriores, José Serra, que segundo executivos recebeu R$ 23 milhões em propina da empreiteira por meio de uma conta na Suíça, e o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que teria recebido doações de campanha em troca da participação da construtora nas obras do Rodoanel, em São Paulo.  

 bnrasil247

Vereadora eleita em Caruaru gastou apenas R$ 21,00 em campanha e nem pediu voto

(Crédito: Divulgação) 
 
A nova vereadora de Caruaru, Pernambuco, é Maria Jose Galdino da Silva (conhecida como Zezé Parteira), a primeira mulher eleita da cidade. Ela conseguiu 945 votos necessários para ser eleita gastando apenas R$ 21,00, valor gasto para clicar a foto da sua candidatura.
Aos 18 anos Zezé começou a fazer partos na sua cidade e, desde então, nunca mais parou. Na sua casa há uma pequena clínica improvisada e ela chega a fazer quase 50 partos por ano.
E tudo isso sem nunca cobrar nada, afinal, grade parte da população não teria condições financeiras para lhe pagar.
Há 15 anos Zezé se dedica como Agente de Saúde Comunitária e recebe o valor de um salário mínimo por isso, segundo a matéria do Hypeness.
A primeira representante mulher a ser vereadora de Caruaru foi eleita pelo Partido Verde.

Fonte: Catraca Livre

Ministério Público denuncia Betinho, Henrique, Lavoisier Maia, Sandra Rosado e mais 440 ex-deputados por “farra das passagens”


Do Rio Grande do Norte, estão incluídos na denúncia quatro ex-deputados federais: Betinho Rosado, Henrique Alves, Lavoisier Maia e Sandra Rosado.

Da Folha:

Procuradoria denuncia 443 por ‘farra das passagens’ na Câmara, diz site

O Ministério Público Federal denunciou na última sexta-feira (28) 443 ex-deputados federais que tiveram o nome envolvido no escândalo conhecido como a “farra das passagens aéreas”, afirmou na noite desta quarta-feira (2) o site “Congresso em Foco”, que revelou o caso em 2009.

A Folha não conseguiu na noite desta quarta contato com a Procuradoria da República da 1ª Região para confirmar a informação.

Segundo o site, a iniciativa da Procuradoria, tomada sete anos após o escândalo vir à tona, atinge entre outros o hoje secretário do Programa de Parcerias de Investimentos do governo, Moreira Franco, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o ex-ministro Ciro Gomes, que tenta viabilizar sua candidatura à Presidência da República em 2018.

O crime atribuído, ainda de acordo com o site, é o de peculato (desvio de dinheiro público em proveito próprio ou de terceiros), com pela de 2 a 12 anos de prisão. Eles só se tornarão réus, entretanto, caso a Justiça acolha a denúncia do Ministério Público.

Ciro Gomes disse à Folha que a acusação contra ele “é uma mentira, cabalmente esclarecida à época.” Após o seu nome ser citado, a TAM afirmou em 2009 que errou na cobrança das passagens aéreas dele e de sua mãe, Maria José Gomes, para um voo de São Paulo para Nova York. A companhia aérea afirmou ter inadvertidamente cobrado as passagens da mãe da cota do deputado.

Moreira respondeu por meio de sua assessoria de imprensa que não fez uso indevido da verba e que isso ficará claro.

ACM Neto classificou a denúncia como “descabida, improcedente e inaceitável”. A defesa do prefeito de Salvador afirmou que, na época, o caso foi arquivado no STF (Supremo Tribunal Federal) a pedido do próprio Ministério Público, “que reconheceu que não houve nenhum crime”. “Já ficou comprovado que não houve crime. Se o STF já arquivou a ação, tenho certeza que vai acontecer a mesma coisa na instância inferior”, disse.

TURISMO

O escândalo veio à tona em 2009, quando foi revelado que parlamentares usavam suas verbas de passagem aérea para custear viagens particulares no Brasil e no exterior –deles, de parentes e de outras pessoas.

Relatório do TCU (Tribunal de Contas da União) afirmou, na ocasião, “ser flagrante que a utilização de passagens aéreas para viagens de férias com a família e turismo internacional, como nos casos reportados pela imprensa, caracteriza afronta aos princípios da legalidade, da moralidade e da impessoalidade.”

Apesar disso, nenhum parlamentar foi punido. Na ocasião, o argumento dos congressistas foi o de que não havia, entre as normas que regulavam o uso da cota, uma vedação explícita à prática. Os únicos efeitos foram a edição de regra proibindo a doação dos bilhetes aéreos para parentes e terceiros, além da divulgação dos dados sobre o uso das passagens na internet.

O presidente da República, Michel Temer, comandava a Câmara na ocasião e também teve seu nome envolvido no escândalo. Ele usou sua cota para viagem de turismo a Porto Seguro (BA) com a mulher, familiares e amigos. À época Temer afirmou que “o crédito era do parlamentar, inexistindo regras claras definindo os limites da sua utilização”.

Temer e outros atuais deputados que também usaram a cota para fins particulares, porém, só podem ser alvos de investigação da Procuradoria-Geral da República devido ao foro privilegiado vinculado aos cargos que ocupam.

CLIQUE AQUI e confira os 443 nomes incluídos na denúncia.

Folha - thaisagalvao

2 de novembro de 2016

Duas semanas que abalaram Curitiba – Sérgio Moro vira réu em Genebra e risco de prisão de Lula é página virada


untitled-7
(Foto: Pedro de Oliveira)


Posto sob os holofotes da corte da ONU em Genebra, Sérgio Moro já nem em sonhos se atreverá a prender Lula. Mas, nas últimas duas semanas, começando no dia 13 de outubro, tudo parecia apontar para a prisão do ex-presidente. Videntes até previam o dia e a hora. Desde o início dessa semana, contudo, a situação começou a se reverter com a crise institucional aberta por Renan Calheiros contra a Lava Jato. E anteontem, no dia 26, deu uma virada completa com o anúncio da decisão da ONU.
Os réus, agora em âmbito internacional, passaram a ser o juiz Sérgio Moro e o Judiciário brasileiro. O juiz, se condenado, ganha o estatus de criminoso internacional contra os direitos humanos. Embora internacional, o título soará um pouco diferente do recebido da revista Time nos EUA, que o declarou uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Não querendo passar da fama fabricada made in USA diretamente ao vexame, Sérgio Moro ficará cada vez mais prudente.
Desde o dia 13 de outubro, pelo menos, quando ele virou réu pela terceira vez (caso Taiguara), a prisão de Lula parecia iminente. Boatos foram espalhados, até prevendo que a prisão ocorreria no dia 15, uma segunda-feira. Nada aconteceu. No dia 19, com a prisão de Cunha, parecia mais próxima que nunca a detenção de Lula. Até cela VIP, segundo algumas fontes, já tinha sido reservada (talvez até decorada com bandeiras e flâmulas do Corinthians) na vizinhança de Cunha.
Por todos os meios, a mídia jogou lenha na fogueira para força a decisão de Moro de efetuar a prisão. Nada. Ele talvez tenha entendido que, como disse o físico Rogério Cezar de Cerqueira Leite, ao prender Lula seu estrelado findaria com o PSDB e o DEM enterrando a Lava Jato no dia seguinte. Nos últimos dias, a mídia fez novo esforço concentrado para emplacar a assinatura de Moro em uma ordem de prisão contra Lula. Engendrou-se algumas denúncias imbecis: “Amigo” seria o codinome de Lula em planilha da Odebrecht; haveria uma outra cobertura, vizinha do apartamento de Lula, etc. Desde a segunda (24), contudo, a situação começou a ser revertida.
Na segunda-feira, abriu-se uma crise institucional entre o Legislativo e o Judiciário: o presidente do Senado, Renan Calheiros, reagiu com violência verbal contra a operação Métis e a prisão de policiais do Senado, descarregando sua fúria contra a Lava Jato e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, que chamou de “chefete de polícia”. Senadores subiram a tribuna para discursar contra a violação do Senado e o atentado ao estado de direito. Entre os atos de exceção da Lava Jato, Renan citou a condução coercitiva de Lula, em 04 de março. A presidente do STF, Carmem Lúcia, tomou as dores dos juízes mas foi cobrada por não ter aberto processo no CNJ para investigar o juiz que autorizou a invasão do Senado.
Mostrando as unhas e os métodos violentos, a presidente do STF, marcou na quarta-feira dia 16 a data de julgamento de uma das ações contra Renan no Supremo.
Já a Polícia Federal, pressionada por Alexandre de Moraes – obedecendo certamente ordens de Temer, que precisa de Renan para aprovar a PEC no Senado – libertou todos os policiais presos, sem dar explicações. O último a ser solto foi o diretor, Pedro Ricardo Araújo Carvalho, no dia 25. Para completar, o ministro responsável pela Lava Jato no STF, Teori Zavascki, no dia 26, suspendeu a operação Métis e transferiu o processo para o STF, uma clara vitória de Renan.
Teori também recusou (no dia 26), em decisão inédita, a delação do ex-deputado Pedro Corrêa, (PP-PE), um dos pilares para a Denúncia-Show apresentada pela força tarefa da Lava Jato contra Lula no dia 14 de setembro. E que Sérgio Moro aceitou em 20 de setembro, quando tornou Lula réu pela segunda vez.
Em paralelo a isso tudo, a mídia dá sinais de cansaço. Um ceticismo desencorajado tomou conta dela. Elio Gaspari afirma, no dia 26,  que não estranharia se ficasse provado, pela Lava Jato, que Lula assassinou Kennedy em 1963.
Para piorar o que já estava péssimo, vem a decisão da ONU de aceitar as alegações de Lula contra Sérgio Moro e os Procuradores da Lava Jato.
Se os EUA esforçaram-se para dar a Moro uma imagem internacional, pondo-o na lista dos mais influentes do mundo, adubando nele o delírio de poder e de legitimidade, que já havia sido plantada pela mídia oligárquica nacional, a decisão da ONU põe em risco todo esse prestígio. A coragem de Moro veio de sua sagração como cavaleiro com a armadura de cristal líquido nas telas da mídia. Posto, porém. sob os holofotes da corte da ONU em Genebra, despido dos trajes da sua dissimulação, e de seus atos violadores de direitos humanos, é muito pouco provável que ainda esboce qualquer iniciativa.
Este juiz, expulso do seu ninho de dissimulação, ficará como um pardal depenado tremendo ao relento. Muito dificilmente terá ousadia, ou insanidade suficiente, para levar adiante a missão que foi confiada às suas mãos vingadoras, aduladas com prêmios e homenagens. Se não prendeu Lula antes da decisão da ONU, agora mesmo é que não vai correr o risco.
Sobre a imagem de Moro, esculpida pela mídia, começa a pairar uma sombra apavorante, que ameaça tirá-lo da posição de “um dos homens mais influentes do mundo” para realoca-lo como condenado internacionalmente por violação de direitos humanos.
Essas duas semanas parecem ter enterrado o processo iniciado em 04 de março com a condução coercitiva de Lula para depor sob vara. Um novo ciclo se abre, e quem agora estará na berlinda é o juiz Sérgio Moro, os Procuradores da Lava Jato, e os Ministros do STF.

Por Bajonas Teixeira, colunista de política do Cafezinho

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte está convocando 320 novos estagiários

 Resultado de imagem para a tromba informa
O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte está convocando 320 novos estagiários de oito cursos universitários.
Os estudantes têm cinco dias úteis a partir do dia 3 de novembro para comparecer ao local indicado no edital de homologação e convocação do programa de bolsa estágio, sob pena de perder a bolsa.
Em Natal, o comparecimento deve ser feito ao Anexo do Departamento de Recursos Humanos do TJRN.

thaisagalvao

Prefeito de BH diz que príncipe Aécio será preso


Em vídeo que viralizou nas redes sociais, o prefeito eleito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), não poupa críticas ao senador Aécio Neves e sugere que o presidente nacional do PSDB será preso; “Muito cuidado com o que vocês estão fazendo com o príncipe Aécio Neves, muito cuidado. Porque eu avisei, não tenho medo e não sou de brincadeira. Cuidado que o príncipe vai pra gaiola”, disparou depois de fazer referências a uma delação premiada sobre a Cidade Administrativa; Kalil derrotou o candidato de Aécio, João Leite (PSDB), na disputa pela prefeitura da capital mineira.

Esse vc já conhece: brasil247

Hoje 02 de novembro Finados é dia de reflexão, de saudade e esperança



A morte é ainda assunto-tabu, recalcado, silenciado. Preferimos viver como se a morte não existisse. Mas, na sociedade atual a morte é também trivializada com as guerras, calamidades, eutanásia, aborto, acidentes com auxílio da mídia. Há os que preferem fazer da morte uma experiência soft, é a “morte-soft”, relegada aos hospitais, funerárias e religiões. Aí a morte é maquiada, relativizada pelas instituições, chamada também de “morte digna”. Muitos de nós vivemos uma “vida inautêntica”, uma existência falsa porque não nos permitimos refletir e aceitar a morte.

1 de novembro de 2016

Estudantes ocupam o Campus da UERN de Pau dos Ferros/RN


 
Na manhã de hoje (  1º), os estudantes resolveram ocupar o prédio da UERN em Pau dos Ferros.  Entre os motivos da ocupação, estão: a suspensão das atividades na UERN, a declaração do presidente do TJRN, Cláudio Santos em defesa da privatização da Universidade e a PEC  que limita os gastos públicos por 20 anos.

Hoje tem Sarau no último dia da JOCEPER


Quem votar contra a educação estará com as mãos sujas por 20 anos’


Foto: Geraldo Magela/Agência Senado:
Jovem estudante paranaense que emocionou o País ao defender a luta dos estudantes contra o retrocesso na Educação, Ana Júlia Ribeiro participou nesta segunda-feira, 31, de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos do Senado; em seu discurso, a jovem disse que os parlamentares que defendem a PEC do teto de gastos estarão com as "mãos sujas por 20 anos"; ela anunciou que o movimento estudantil deve aumentar; "Nós vamos desenvolver métodos de desobediência civil, nós vamos levar a luta estudantil para frente, nós vamos mostrar que não estamos aqui de brincadeira, e que o Brasil vai ser um país de todos"; "Nós vamos ocupar as ruas também"; Ana Júlia denunciou ainda a "repressão violenta" contra os estudantes nas escolas ocupadas e disse que o movimento é democrático

31 de outubro de 2016

Nelson Rodrigues tinha razão:

A Frase do dia: "Até que você acorde, nós vamos lutar por você!"





 Do Facebook: Ida Toledo

Bandidos explodem Banco do Brasil na zona Oeste em Natal

A agência do Banco do Brasil da avenida Capitão-Mor Gouveia foi alvo de bandidos pela segunda vez neste mês.
Uma quadrilha fortemente armada explodiu os caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil, localizado na avenida Capitão-Mor Gouveia, na zona Oeste, durante a madrugada desta segunda-feira (31). O local fica próximo à Sede da Polícia Federal em Natal.

Somente neste mês, foi a segunda vez que a agência é alvo de ataque. No dia 9 de outubro, o local também havia sido invadido por bandidos.

A ação criminosa teve início por volta das 3h30, quando os bandidos explodiram a agência. Moradores da região relataram que ouviram a explosão e em seguida diversos disparos.

afonso-h

Os bandidos teriam fugido em dois carros. Um deles seria um Corolla prata, que foi localizado pela PM na manhã de hoje no bairro Nova Cidade, também na zona Oeste. Dentro do veículo era possível ver algumas cédulas danificadas com uma tinta normalmente utilizada para inutilizar as notas quando o caixa eletrônico é violado.

A polícia não soube informar a quantia que foi levada pelos criminosos. O caso deverá ser investigado pela Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor).

Desde o sábado, quatro ataques a agências ocorreram no Estado. Na madrugada do sábado (29), quadrilhas explodiram terminais de autoatendimento nas cidades de Tibau do Sul e Montanhas. Já na madrugada do domingo (30), o alvo foi uma agência do Banco do Brasil da avenida Afonso Penal, no Tirol, quando bandidos arrombaram um caixa eletrônico com maçarico, mas tiveram a ação frustrada pela PM. Até o momento, ninguém foi preso.

Assembleia Legislativa homenageará mulheres advogadas nesta segunda-feira

 
 Presidente da ALRN, deputado Ezequiel Ferreira de Souza 

Dez advogadas potiguares serão homenageadas nesta segunda-feira na Assembleia Legisativa, em sessão solene proposta pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.
A sessão solene foi proposta em decorrência do Ano da Mulher Advogada, instituído em 2016 pelo Conselho Federal da OAB, que este ano lançou o Plano Nacional de Valorização da Mulher Advogada, prevendo a defesa das prerrogativas, a proteção da mulher no exercício profissional, a igualdade de gênero e a ampliação da participação.
Abaixo a lista de homenageadas:

Adriana Cavalcanti Magalhães
Danielle Sousa Vieira Diniz
Elke Mendes Cunha
Kelly Karinne Roque Dantas
Lucineide de Mendonça Freire
Maria de Fátima Delgado Nobre
Maria Lidiana Dias de Sousa
Maria Margarida Simplício de Souza
Renata Alves Maia
Valéria Carvalho de Lucena

30 de outubro de 2016

Você que ainda não votou !Escute Ana Júlia antes de digitar seu voto nesse segundo turno


Segundo turno da eleição municipal é disputado por 21 partidos

Assim como no primeiro turno, a votação começou às 8h, e vai terminar às 17h. Votação ocorre em 57 cidades, sendo 18 capitais.
O comando do Executivo municipal nas 57 cidades onde está sendo realizado hoje (30) o segundo turno será disputado por 21 partidos. Principal vencedor do primeiro turno, o PSDB é a legenda com maior número de políticos na disputa, 19 ao todo. O PMDB, sigla que comanda o maior número de prefeituras (1.028), tem 15 filiados concorrendo.
Em terceiro, aparece o PSB, com dez candidatos concorrendo neste segundo turno, seguido pelo PDT, com oito, e PT, PPS e PSD, com sete cada. O PRB tem chance de chegar ao comando de seis prefeituras, o PR, cinco, o PTB, DEM e PV, quatro.
O PSOL e a Rede disputam o segundo turno em três cidades cada e o Solidariedade em duas. A disputa nas 18 capitais onde haverá segundo turno ocorre entre 17 partidos e o PSDB também é a legenda com maior número de candidatos na disputa, com oito.
Horário de verão
Assim como no primeiro turno, a votação começou às 8h, e vai terminar às 17h. No entanto, com a vigência do horário de verão, a votação começará e terminará em três horários distintos. 
Em 41 municípios, a votação seguirá o horário oficial de Brasília, em 14 o pleito terá diferença de uma hora em relação à capital do país e em dois as urnas serão abertas às 10h, levando em conta o horário e Brasília.

Nominuto.com 

Disputa em BH é teste para Aécio-2018


:
Se o governador Geraldo Alckmin ganhou pontos para disputar o Planalto daqui dois anos pelo PSDB, com a vitória de João Doria em primeiro turno em São Paulo, o senador Aécio Neves corre risco de sair enfraquecido da eleição em Belo Horizonte, onde o candidato tucano, João Leite, está atrás nas pesquisas do segundo turno.

A fonte é 247

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !