13 de agosto de 2016

O governo interino está dando aos médicos o tratamento que os médicos deram a Dilma.

medicos
A RBA deu a seguinte notícia:
Na sexta, quando as atenções do país estavam voltadas para o início oficial dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial a criação de um grupo de trabalho para discutir e elaborar projetos de convênios médicos privados de baixo custo, porém, de cobertura limitada.
O golpe são os chamados “planos populares” de saúde, que são defendidos pelo ministro interino da Saúde, Ricardo Barros. Para o Conselho Federal de Medicina (CFM), esses ‘planos populares’ distorcem os anseios da população.
Mais que isso, mas não explicitado pela nota do CFM, está a preocupação com a remuneração e as condições de trabalho dos médicos dos possíveis ‘planos populares’
Na nota oficial, o CFM se posicionou de maneira crítica à proposta do ministro Barros, que teve campanha financiada principalmente pelos planos de saúde.
Para a entidade, “a venda de ‘planos populares’ apenas beneficiará os empresários da saúde suplementar e não trará solução para os problemas do Sistema Único de Saúde”. (…)
Íntegra da nota:
“Em relação à portaria do Ministério da Saúde publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5), que cria Grupo de Trabalho para discutir e elaborar o projeto de plano de saúde com caráter popular, o Conselho Federal de Medicina (CFM) informa que:
A autorização da venda de “planos populares” apenas beneficiará os empresários da saúde suplementar, setor que movimentou, em 2015 e em 2016, em torno de R$ 180 bilhões, de acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS);
Se implementada, esta proposta não trará solução para os problemas do Sistema Único de Saúde (SUS), possivelmente sem a inclusão de doentes crônicos e idosos, resultando em planos limitados a consultas ambulatoriais e a exames subsidiários de menor complexidade. Portanto, não evitarão a procura pela rede pública ou impacto prejudicial ao financiamento do SUS;
Propostas como a de criação de “planos populares de saúde” apropriam-se e distorcem legítimos desejos e anseios da sociedade;
Na expectativa de um novo governo e de uma nova cultura de proficiência, eficácia e probidade na Nação, a sociedade conta, na verdade, com a adoção de medidas estruturantes para o SUS, como: o fim do subfinanciamento; o aperfeiçoamento dos mecanismos de gestão; a criação de políticas de valorização dos profissionais, como uma carreira de Estado para os médicos; e o combate à corrupção.
Somente a adoção de medidas dessa magnitude será capaz de devolver à rede pública condições de oferecer, de forma universal, o acesso à assistência segundo parâmetros previstos na Constituição de 1988 e com pleno respeito à dignidade humana. 
Brasília, 5 de agosto de 2016″

O interino nomeou para a pasta um sujeito que não passaria num teste para tirar carteira de motorista. Ou melhor, passaria, mas depois de molhar a mão dos funcionário da auto escola.
Antes de declarar que homens vão menos ao médico porque “trabalham mais que as mulheres”, contrariando o IBGE e o bom senso, Ricardo Barros já deu outras demonstrações cristalinas de indigência.
Defendeu a “pílula do câncer”, falou que quer discutir a legalização do aborto com a igreja católica e evangélica, descobriu que “a maioria das pessoas chega ao posto com efeitos psicossomáticos”.
Encontrou-se com uma senhora chamada Marisa Lobo, que se autodenomina “Psicóloga Cristã”. Marisa é uma das maiores advogadas da “cura gay”. No Facebook, ela revelou que lhe deu seu livro sobre a “ideologia de gênero” e ele a tranquilizou, lembrando que “o MEC agora é do DEM ”.
O maior doador individual da campanha de Barros a deputado federal no Paraná foi Elon Gomes de Almeida, sócio do Grupo Aliança Administradora de Benefícios de Saúde.
Gomes teve um mandado de busca e apreensão em sua casa por causa da operação Acrônimo. Em entrevista, Barros já mencionou a necessidade de redimensionar o SUS. Ligue os pontos.
A preocupação da classe de branco com relação ao ministro não deixa de ter uma dose de justiça poética.
Se houve uma categoria que surpreendeu nos últimos dois anos, pelas piores razões, é esta. Desde a gritaria xenófoba com os cubanos até o ódio aos nordestinos — uma senhora sugeriu um holocausto na região –, a maioria dos doutores foi responsável por uma sucessão de descalabros éticos.
O corporativismo deu as caras de um jeito feio, sujo e malvado. Mergulharam na “luta contra a corrupção” com amor e dedicação.
Em panfletos, uma Associação Médica Brasileira acusou o governo Dilma de “financiar a ditadura cubana”. Aécio era a solução porque ele pretendia que não houvesse “mais necessidade de estrangeiros no Brasil.”
Um doutor de Porto Alegre recebeu uma advertência carinhosa do presidente do Conselho Regional do Rio Grande do Sul (Cremers) depois de chamar Dilma de “uma grande filha da puta” nas redes e fazer uma versão assassina do Juramento de Hipócrates.
Ocorreram tentativas tímidas de acalmar os ânimos. Num debate sobre o mercado de trabalho na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, Miguel Srougi, professor titular de urologia da USP, ensaiou um mea culpa. “Erramos. Não soubemos fazer o diagnóstico da situação. A população ficou contra a gente”, admitiu, sobre os ataques ao Mais Médicos.
Um grupo criado no Facebook que recebeu o nome “Dignidade Médica”, reuniu um número assombroso de mentecaptos denunciando, por exemplo, a “necessidade de sermos terroristas para nos colocar no nível de conversa que pobre entende”.
Em março, uma ex-secretária do governo Tarso Genro contou que a pediatra de seu filho de um ano se recusou a atender o menino porque a mãe era “petista”.
O proselitismo de baixíssimo nível desse pessoal ajudou a dar a alegação de “apoio popular” ao golpe. Agora eles têm de lidar com um presidente interino e um ministro que não hesitarão em atropelar os interesses deles.
2014 será lembrada como o ano em que Mister Hyde prendeu Doutor Jekyll no armário. Deu nisso. Eles que agora lidem com os monstros que promoveram.

É Peia: Se vierem pra cima, terá retaliação’ Declara Secretário de Justiça e Cidadania

  virgolino
As medidas que estão sendo tomadas pelo secretário de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte, Wallber Virgolino, estão deixando as facções criminosas do Estado cada vez mais insatisfeitas. A instalação de bloqueadores celulares na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) é a principal desavença entre bandidos e Estado, algo que resultou, inclusive, numa onda de atentados a ônibus e prédios públicos de todo o estado na semana passada.

Principal responsável pelas decisões, Virgolino tem recebido apoio incondicional da população potiguar. Todavia, as mesmas exigem dele uma cautela acima do normal para preservar a sua própria vida enquanto anda pela cidade. Ciente de que as medidas não estão agradando aos criminosos, o secretário falou, em entrevista exclusiva ao Portal Agora RN, que não teme os bandidos, mas deixou claro que não deixará passar um possível atentado contra ele.

“Sinceramente eu não tenho medo, o que existe é um pouco de receio. Devido minha ocupação como secretário de Justiça e Cidadania, além de também ser delegado, o momento exige uma preocupação da minha parte. Eu garanto que não tenho nada pessoal contra qualquer bandido, as medidas que tomo são para colocar ordem no sistema penitenciário e melhorar a segurançade modo geral. Porém, admito que se vierem pra cima de mim, eles podem ter certeza que haverá retaliação”, avisou.

Recentemente, seguranças de Wallber Virgolino trocaram tiros com bandidos na Zona Sul de Natal, onde inclusive um deles veio a falecer em via pública. A ocorrência, no entanto, não teve qualquer relação com atentado ao secretário, uma vez que tratava-se de um assalto a uma lojapróxima à BR-101, na qual os criminosos findaram tendo o azar de encontrar os seguranças dotitular da Sejuc abastecendo o carro bem próximo do estabelecimento escolhido para o crime.

*Agora RN

Nos pênaltis, Brasil passa pela Austrália e vai às semifinais no futebol feminino

Nos pênaltis, o Brasil venceu por 7 a 6 e contou com a estrela de Barbara, que defendeu duas cobranças.
SELO-RIOO Brasil segue na disputa por sua terceira medalha Olímpica no futebol feminino. Vice-campeãs em Atenas 2004 e Pequim 2008, as brasileiras passaram sufoco, mas venceram a Austrália nos pênaltis nesta sexta (12), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e se classificaram para a a semifinal.

Fora Temer volta com força total no Mineirão

: No jogo de futebol feminino entre Brasil e Austrália nesta sexta no Mineirão, em Belo Horizonte, os torcedores voltaram a protestar pela saída do presidente interino, Michel Temer, com todas as forças; em um vídeo, um segurança dá as instruções a um grupo: "Temer vocês podem erguer à vontade! Mas tem símbolo da Globo, aí não pode!"; a Justiça Federal rejeitou ontem recurso do Comitê Rio 2016 e manteve liminar que permite a realização de protestos políticos nas arenas da Olimpíada do Rio
 
247

12 de agosto de 2016

Camila Walla Toca hoje em Macaíba

É hoje!
Porque Sexta-feira já é fds, e tbm é dia de música.

Vem comigo ‪#‎NoMangue‬
Rua Dr. Pedro Matos, 5
Centro - Macaiba
(ao lado do Banco Bradesco)

Comitê Rio-2016 perde recurso e protestos continuam liberados durante a Olimpíada

O Comitê Rio-2016 perdeu o primeiro recurso que tentou para derrubar a liminar que permite que manifestações políticas sejam realizadas durante os Jogos.
Nos primeiros dias da Olimpíada, alguns torcedores levaram cartazes contra o presidente interino Michel Temer (PMDB) e foram retirados das arenas.
Os organizadores utilizam a Lei da Olimpíada  e o regulamento do evento para proibir qualquer protesto visual.


Torcedores protestam contra o presidente interino no Mineirão
Torcedores protestam contra o presidente interino no MineirãoReprodução/Mídia Ninja
O departamento jurídico do comitê fez um pedido de reconsideração, que é um agravo de instrumento, para tentar derrubar, mas não conseguiu.
Segundo o Rio-2016, um novo recurso será tentado, agora em segunda instância.
No último sábado (6), a Polícia Militar de Minas Gerais retirou 12 torcedores das cadeiras do Mineirão durante partida entre Estados Unidos e França, pelo torneio feminino de futebol, por conta de um protesto político contra o presidente interino Michel Temer.
Na cerimônia de abertura, Temer tentou, mas não escapou das vaias do público. A organização do evento tentou poupar o presidente de apuros. Seu nome não foi anunciado em nenhum momento da cerimônia –mesmo quando estava previsto no roteiro oficial. Ele não escapou das vaias quando declarou os Jogos abertos.
A lei olímpica e as regras internas da competição vetam qualquer tipo de intervenção política ou religiosa nas instalações esportivas. No último domingo, o Comitê Rio-2016 havia se pronunciado e apoiou a decisão da Polícia Militar no Mineirão.
Logo depois do pronunciamento do Comitê Rio-2016, um voluntário decidiu abandonar a Olimpíada em protesto ao posicionamento do Comitê Olímpico Internacional e do Comitê Organizador de não permitirem manifestações políticasnas arenas esportivas. 

 Fonte :
CAMILA MATTOSO

"Não vai haver mais a garantia do recebimento da aposentadoria" disse o Ministro interino Eliseu Padilha


Ministro interino da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse em um vídeo publicado nesta sexta-feira 12 que se o Brasil não implantar a reforma da Previdência Social "não vai haver mais a garantia do recebimento da aposentadoria" pelos beneficiados; "O déficit da Previdência em 2015 foi R$ 86 bilhões. Em 2016, foi R$ 146 bilhões, e, em 2017, entre R$ 180 e R$ 200 bilhões. Isso não pode continuar sob pena de não conseguir mais pagar a aposentadoria", disse; "Então, tem de mudar para preservar, porque se não mudar, não vai haver mais a garantia do recebimento da aposentadoria", completou; depois da ameaça, ele disse que as mudanças defendidas pelo governo Temer não afetarão direitos dos trabalhadores.

brasil 247

Temer e a Odebrecht: não foram 10, foram 11 milhões

BETO BARATA: <p>Presidente Interino Michel Temer durante cerimônia de posse do senhor Torquato Jardim no cargo de Ministro da Transparência, Fiscalização e Controle. (Brasília - DF, 02/06/2016) Foto: Beto Barata/PR</p>
Acusado no depoimento de Marcelo Odebrecht de ter pedido em pleno Palácio do Jaburu uma doação de R$ 10 milhões, via caixa dois, que teria sido entregue em dinheiro vivo, o interino Michel Temer tratou do tema, em entrevista ao Valor; "Eu era presidente do partido e ele acertou uma contribuição. Até se falou em R$ 10 milhões, mas na verdade foram R$ 11,3 milhões que ele entregou ao partido — tem a prestação de contas para todos os candidatos a governador...", disse ele, afirmando que as doações de empresas foram criminalizadas no Brasil; Temer anunciou uma "luta feroz na Previdência", a abertura do pré-sal e disse que não será candidato em 2018, como se tivesse voto para isso – hoje, segundo a Vox Populi, 79% dos brasileiros defendem sua saída imediata

Brasil 247

11 de agosto de 2016

Cunha prova que continua mandando no País

Depois de comandar o golpe parlamentar, deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) conseguiu colocar de joelhos o interino Michel Temer e seu sucessor na Câmara, Rodrigo Maia; Cunha mandou avisar que não admite ser cassado; para ele, Temer e os partidos que apoiam o seu governo lhe devem gratidão por ter deflagrado o golpe; caso seja ignorado, ameaça reagir; não é a toa que a votação da sua cassação ficou para 12 de setembro, após o impeachment e numa segunda-feira, dia de quórum fraco; para o jornalista Kennedy Alencar, adiar a votação sobre Cunha "mostra que o governo e boa parcela da Câmara temem segredos que Cunha possa tornar públicos" e "uma clara articulação para facilitar a vida do ex-presidente da Câmara".

brasil247

Banca do Malte Apresenta: Banda Boats ao vivo

A sexta promete na Banca do Malte!
Aquela combinação perfeita para a sua noite: música, cerveja e boas companhias.
Embalados com a música da Banda Boats ao vivo!
Horário: a partir das 21h
Local: Vizinho ao Hertz Hotel (1º andar - em cima do Katinho Shake).
Eliano Silva

Lewandowski e o STF em “Xeque” garantem analistas políticos; CONFIRA!

Na opinião de vários observadores políticos, a senadora Ana Amélia (PP-RS), em seu pronunciamento ontem, exagerou nas suas colocações à favor do impeachment, chegando à deixar o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) de “saia justa” por ocasião da sessão no plenário do Senado Federal, nesta última terça (09), oportunidade em que votava o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).
Em dado momento, a senadora ficou emocionada e disse “Esse processo é legal e a presidente cometeu crime sim. É tão verdade que o presidente do STF está aqui presidindo os trabalhos e vários ministros do Supremo já declararam que o impeachment é um processo legal e esse não é diferente dos demais. A presidente tem que ser afastada definitivamente”.
O presidente do Supremo Tribunal Federa (STF), ficou pasmo com as declarações. Pelo menos deixou transparecer isso claramente para todo Brasil, já que a citada sessão estava sendo transmitida pela televisão.
Segundo as mesmas informações, essa atitude de Ana Amélia, misturando emoções com ódio e afirmando na tribuna da Casa, que até o Supremo já teria uma opinião formada sobre o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, acabou gerando um certo estranhamento por parte da população.
A declaração com muita veemência da senadora, redundou em uma onda de boatos nas redes sociais e em outros veículos de comunicação. Comentários sobre a credibilidade do STF no citado processo, também foi colocada em dúvida.
Se milhares de pessoas já tachavam o Supremo como uma Instituição acovardada, agora as dúvidas aumentaram astronomicamente.
Diante de fatos registrados ontem, o presidente da Suprema Corte, Ricardo Lewandowski, passa a absolver automaticamente uma outra tarefa extremamente complicada, ou seja, a de provar que o STF não tem qualquer opinião formada em relação ao processo de impeachment antes da conclusão do mesmo.
Segundo os observadores políticos, o silêncio do nobre presidente por ocasião da declaração da senadora, colocou em “xeque” o verdadeiro papel do Supremo em relação ao fato que é exatamente julgar com absoluta isenção, principalmente a parte Jurídica.
Como um homem preparado, de reputação ilibada como o ministro Ricardo Lewandowski, que preside uma sessão e sequer analisa a decisão do Ministério Público Federal (MPF) que foi claro ao dizer que não houve crime de responsabilidade fiscal, nas chamadas pedaladas fiscais? Isso é no mínimo estranho, na opinião de várias pessoas com quem conversamos hoje, inclusive, com deputados federais que presidiram a CCJ, quando Aécio Neves era presidente da Câmara.
Outro fato destacado por comentaristas políticos de várias partes do país, é o ato de um relatório totalmente político, elaborado por um senador do (PSDB), partido que tem gritado em alto e bom som a sua adversidade política com o PT e especialmente com a presidente afastada.
Sinceramente, tenho medo que o Supremo Tribunal Federal (STF), que é ainda considerada por uma parte da população como a Corte que oferece garantia para se fazer justiça nesse país, possa se transformar em uma Instituição sem credibilidade, perante a maioria do povo brasileiro, depois do impeachment de Dilma.
O trabalho para que isso não aconteça, está nas mãos do presidente da Corte e do processo de impedimento da presidente afastada, no caso, o ministro Ricardo Lewandowski, para que o STF não se coloque em meio aquela frase popular: Todos calçam 40, ou 45, ou quem sabe 15?
Será possível que um homem de reputação ilibada, como o ministro Lawandowski, que está deixando a presidência do STF, e diga- se de passagem, cargo que vem exercendo com maestria, competência e honradez, venha à ser julgado e nivelado pela população brasileira, à um Eduardo Cunha ou um Michel Temer e receba também a patente de Capitão do Golpe?
Click Política
Matéria do Jornalista Gil Silva

Com apoio da PM, MPRN realiza operação para fiscalização de irregularidades em Antônio Martins/RN

13938425_1844118299151899_1366634947669489234_n
O Ministério Público estadual, representado pelo Promotor Silvio Brito, com apoio de PM’s da 3ª Companhia de Polícia Militar de Alexandria/RN, sob o comando do capitão Brilhante, desencadeou na manhã desta quarta-feira(10) uma operação de fiscalização de irregularidades relacionadas a secretaria de Educação do município de Antônio Martins/RN.

O representante do Ministério Público do RN com o apoio dos PM’s foram as Escolas municipais no intuito de detectar a presença de pessoas que estariam substituindo de forma irregular os funcionários municipais titulares de suas respectivas funções. 

Em uma das escolas duas mulheres substitutas e uma titular foram à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

nossoparana
 

10 de agosto de 2016

361 diretórios municipais sofrem suspensão do TRE

 
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Norte, ‘suspendeu’ na sexta-feira (05), o registro de 361 diretório municipais no Estado. A suspensão ocorreu por esses diretórios estarem sem o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ.
Com isso esses diretórios não poderão apresentar candidatos para as eleições de outubro, e caso sejam registradas candidaturas, essas deverão ser impugnadas pelo Ministério Público ou por partidos políticos.
Os partidos atingidos no RN, foram:
DEM – 01
PCdo B – 17
PCB – 02
PDT – 14
PEN – 07
PHS – 01
PMB – 11
PMN – 06
PP – 07
PPS – 05
PRB – 25
PROS – 63 -(Inclusive Natal)
PRP – 21
PRTB – 02
PSB – 07
PSC – 30
PSD – 01
PSDB – 16
PSDC – 05
PSL – 20
PSOL – 08
PSTU – 01
PT – 04
PTdoB – 13
PTB – 12
PTN – 21
PV – 09
REDE – 01
SD – 11

Fonte: canindesilva.

Força Nacional é atacada a tiros no Rio

UOL
Carro da Força Nacional foi atacado a tiros por traficantes imagem: UOL

Uma equipe da Força Nacional de Segurança foi atacada a tiros na avenida Brasil, nesta quarta-feira (10), nos arredores da favela Vila do João, no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. Um soldado identificado como Hélio Andrade foi baleado na cabeça e levado para o hospital Salgado Filho, na capital fluminense, onde passa por cirurgia.
Outros dois policiais estavam no automóvel. O capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira foi atingido de raspão e, segundo um oficial da Força Nacional no Rio, está fora de risco. O soldado Rafael Pereira teve ferimentos no rosto, sem consequências mais graves.
"Queria tranquilizar a família do capitão Alen e do soldado Rafael, dois dos três que estavam na viatura. Um deles, o capitão Alen, teve leves ferimentos. Já está no hospital do Galeão e será liberado rapidamente. O soldado Rafael não teve ferimentos", declarou o ministro.
Os homens da Força Nacional estão no Rio por causa da megaoperação de segurança realizada em virtude dos Jogos Olímpicos. De acordo com as informações preliminares, no momento do ataque, eles se deslocavam da zona norte carioca em direção ao centro da cidade.
Moraes afirmou que os policiais acabaram se aproximando da favela porque erraram o caminho. "É um lamentável e covarde ataque à Força Nacional, que acabou errando o caminho, se desviando de um caminho."
O ministro também disse que dois suspeitos foram identificados até o momento. O governo federal mobilizou todas as forças de inteligência, em cooperação com a Secretaria de Segurança do Rio, polícias Federal, Civil e Militar, além da PRF (Polícia Rodoviária Federal), para que os fatos sejam analisados e os criminosos, identificados.
A assessoria da Força Nacional de Segurança em Brasília ainda não se pronunciou oficialmente sobre a ocorrência. Em nota, a Polícia Civil informou que peritos da Divisão de Homicídios da Capital foram enviados para o local e estão com as diligências em andamento.


Fonte :Ana Cora Lima e Hanrrikson de Andrade 

Meteoro ultrapassa camada atmosférica sobre região da Espanha

Meteoro ultrapassa camada atmosférica sobre região da Espanha
Foto: Reprodução / EFE
Um meteoro ultrapassou a camada atmosférica da Terra por volta da 00h13 desta quarta-feira (10), e se fragmentou em seguida, na região de Tenerife, na Espanha. De acordo com o El País, a procedência do meteoro é desconhecida. O astronômo Miquel Serra Ricart, do Instituto de Astrofísica de Canarias, suspeita que pode ser uma Delta-Acuárida - uma chuva de estrelas que se sobrepõe com as Perseidas no início de agosto. Especialistas também investigam se algum dos fragmentos do meteoro caiu na superfície terrestre, convertendo-se assim em meteorito.  
 
Fonte: Bahianoticia

Parlamentares irão à Corte da OEA para tentar barrar o golpe


Parlamentares do PT decidiram recorrer à Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos para tentar paralisar o processo de impeachment de Dilma Rousseff; a petição será assinada pelos deputados Paulo Teixeira (PT-SP), Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ) e pela presidente, na condição de vítima; eles devem alegar que a petista não responde a processo criminal e que não há lei anterior que defina como crime a conduta dela nos casos da chamada "pedalada fiscal"; ontem o processo de impeachment avançou no Senado, ao mesmo tempo em que o Planalto e a Câmara articularam um plano para salvar Eduardo Cunha, que teria dito a um delator sustentar financeiramente 200 deputados; golpe brasileiro escandaliza o mundo.

Fonte: brsil247

FETAM/RN realizará evento em Natal com a presença da senadora Fátima Bezerra

A Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte- FETAM,  a exemplo dos anos anteriores de eleições municipais, fará no próximo dia 19, em Natal, o lançamento da Plataforma Política dos Municipais e da carta compromisso da Fetam para as eleições municipais 2016. O evento contará com a presença da Senadora Fátima Bezerra. Abaixo convite do presidente Assis Filho.  



Senado aprova denúncia contra Dilma

 Resultado de imagem para Por 59 a 21, Senado aprova denúncia contra Dilma
Com a decisão desta madrugada, a presidente Dilma Rousseff vira ré no processo de impeachemnt e será julgada pelo plenário; na última etapa, após o depoimento das testemunhas, os senadores decidirão pela condenação ou a absolvição da presidente eleita; na fase final, é preciso o voto de 54 dos 81 senadores para confirmar o impedimento; as sessões de julgamento devem ser agendadas a partir do dia 25 de agosto; o interino Michel Temer havia ameaçado senadores, deixando claro que só quem votasse pela pronúncia, nesta madrugada, seria contemplado com benesses após a votação final; com a decisão, senadores ficam a um passo de consumar o golpe que aniquila a democracia brasileira e derruba 54 milhões de votos sem que tenha havido crime de responsabilidade.

brasil247

9 de agosto de 2016

No concerto das nações, o golpe foi explicitado

Beto Barata/PR: <p>Rio de Janeiro - RJ, 05/08/2016. Presidente em Exercício Michel Temer e o Governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão durante cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Foto: Beto Barata/PR</p>
Pesquisas já haviam apontado que o povo não engolira o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, mas a prova dos nove seria a recepção da comunidade internacional ao governo interino, escreve o colunista Robson Sávio Reis Souza; ele destaca que apenas somente 18 chefes de estado estavam presentes na cerimônia de abertura da Olimpíada no Maracanã; "Os poucos presentes eram de países sem relevância no concerto das Nações. A ausência dos líderes dos BRICS, por exemplo, deixa claro o estrago que um golpe provoca nas relações internacionais", observa; "E como se não bastasse tamanho desdém da comunidade internacional, os poucos líderes presentes evitaram se encontrar com Temer. E mais: autoridades convidadas a ocupar a área reservada ao presidente interino recusaram a 'honraria'", acrescenta; para o colunista, o acontecimento "não deixa nenhuma dúvida: os democratas que estão lutando em prol da democracia no país ganharam a narrativa acerca do golpe".
247

Leitura do parecer que pede cassação do mandato de Cunha é lido no plenário da Câmara

A leitura do parecer foi feita pelo deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), que presidia os trabalhos, logo após o início da sessão, ontem  às 14h. Com isso, abre-se o prazo de duas sessões no plenário para que o parecer entre na pauta da Casa. A partir daí, o processo passa a ter preferência sobre as demais matérias, mas não tranca a pauta. ui
A leitura foi comemorada por alguns parlamentares que pediram que a votação ocorra o mais breve possível. “A partir de agora nós temos que marcar a data. E o plenário soberanamente vai decidir no voto. Queremos dar um desfecho a uma situação tão grave”, disse o líder do PPS, Rubens Bueno (PR).

nominuto.com

8 de agosto de 2016

Rio 2016 : As 22:35hs Brasil X Argentina no Volei

Tá chegando a hora! http://pbs.twimg.com/media/CpYF9L7XYAApfaV.jpg

Veja parte pra cima de Temer e diz que Padilha é chefe de Quadrilha

 
O governo interino de Michel Temer não vem tendo vida fácil nem mesmo nos meios de comunicação que se engajaram no golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff.
Enquanto O Globo mira Mendonça Filho (leia aqui), a revista Veja aponta mais alto e denuncia o chefe da Casa Civil de Temer, Eliseu Padilha.
Na reportagem “Ecos de Quadrilha”, faz-se até uma discreta alusão ao antigo apelido de Padilha, que era chamado de Eliseu Quadrilha, nos tempos do governo FHC.
Assinada pelo repórter Hugo Marques, a matéria traz um diálogo em que um empreiteiro gaúcho chamado Marco Camino sugere o pagamento de propinas ao próprio Padilha. “Vai ser viabilizado 100, tá? Sendo a metade semana que vem, tá bom?”, diz o empreiteiro a Padilha, num grampo interceptado pela Polícia Federal.
Se isso não bastasse, o Ministério Público Federal bloqueou seus bens e pediu a restituição de R$ 300 mil por empregar funcionário-fantasma. 
 
Fonte  : http://clickpolitica.com.br

MP é acionado para liberar Fora Temer na Rio 2016


Deputado Paulo Pimenta (PT-RS) aciona o Ministério Público pedindo "providências urgentes" para que sejam coibidos abusos praticados pelas forças de segurança para coibir atos contrários ao presidente interino, Michel Temer; ele defende que seja garantida a plena liberdade de manifestação, prevista na Constituição; "As manifestações de teor político como a utilização de camisetas e cartazes de papel com dizeres 'Fora Temer', 'Stop coup in Brazil' e outros semelhantes não ferem a Lei Geral das Olimpíadas. Bem assim, nas competições em que o silencio não é condição para a prática do esporte, a manifestação oral com dizeres como 'Fora Temer' também não se enquadra nas limitações impostas pela legislação para permanência nos locais de competição das Olimpíadas", contesta.

brasil247

Charge do dia

Para salvar Cunha, PR orienta deputados a faltar nesta segunda

LULA MARQUES: <p>Brasília- DF 26-04-2016 Presidente da câmara dos deputados, Eduardo Cunha durante sessão da câmara. Lula Marques/Agência PT</p>
Direção do PR orienta deputados do partido, via WhatsApp, a não comparecerem à sessão da Câmara de hoje, retornando apenas nesta terça-feira 9; objetivo implícito é claro: travar a sessão de leitura do relatório pela cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ); segundo o regimento interno da Câmara, a sessão é cancelada caso 10% dos 510 deputados não estiverem presentes na sessão até meia hora após o inicio dos trabalhos.

http://www.brasil247.com

Justiça se irrita e pode proibir pastores de pedirem dinheiro na TV

 Pastores podem ser proibidos de pedir dinheiro na TV
Edir Macedo, Silas Malafaia, Valdemiro Santiago e companhia podem perder a principal fonte de renda de suas igrejas evangélicas: a televisão. De acordo com uma reportagem assinada pelo jornalista Daniel Castro, do 'Notícias da TV', o procurador da República Sérgio Suiama decidiu abrir uma investigação sobre os horários que são alugados em redes abertas de televisão, especialmente na cidade de São Paulo, como a TV Record, Bandeirantes, TV Gazeta e RedeTV!. O Ministério Público Federal quer saber agora como funciona a compra desses espaços, se como programação nos canais ou pura publicidade. A investigação acontece depois que a Agência Nacional de Cinema, a Ancine, disse que os cultos religiosos ocupam mais tempo que os telejornais. 
O inquérito é baseado na própria Constituição brasileira, que proíbe que horários sejam alugados, entendendo que a concessão de televisão é um serviço público. Na pior das hipóteses, a investigação pode fazer com que os pastores percam esses espaços na TV e sejam proibidos de pedir a tão necessária oferta para a sobrevivência da igreja. Além disso, a lei também garante que as emissoras de TV aberta não pode ficar mais de 25% de seu tempo total fazendo publicidade. 
Oficialmente, nenhuma das emissoras citadas confessa que vendem seus horários para as igrejas. Elas chama esses espaços de "coproduções". Dessa forma, elas tentam se manter na legalidade. Mas na prática não é bem uma coprodução que vai ao ar. A própria Globo, por exemplo, exibe um único programa religioso, a 'Santa Missa' aos domingos. A atração é a mais antiga do canal e ao longo dos anos foi colocada cada vez mais cedo.
No entanto, além de esconder a missa na programação, a Globo realmente transmite o evento ao vivo com sua equipe. E não recebe nada por isso. Pelo contrário, oferece à igreja católica espaço para anunciar publicidade religiosa, como eventos importantes da igreja.O fato de religiões abarcarem as programações dos canais abertos e fechados acaba prejudicando o próprio telespectador.
 
Fonte:.blastingnews.com

Martins:JOVEM COMERCIANTE DE 23 ANOS FOI BALEADO E MORREU NO HOSPITAL



Martins, é com um clima de muita tristeza que Martins vive neste dia ao tomar conhecimento que o Jovem Allison Darlan, 23 anos, proprietário do Bar do Sitio, localizado no bairro Lagoa Nova nesta cidade, foi baleado na noite deste domingo 07 de agosto em seu local de trabalho por volta das 23:20horas. Allison Darlan foi socorrido para a unidade Mista de Saúde de Martins Dr. Luiz Gonzaga de Oliveira, onde recebeu os primeiros socorros e de imediato transferido para Hospital Regional de Pau dos Ferros, onde veio a óbito unidade de urgência. 

Segundo informações no final do expediente o Jovem Allison Darlan foi guardar o paredão de som atraz da casa grande do bar do Bar do Sitio como de costume, quando foi surpreendido por aproximadamente três disparos efetuado por  desconhecidos que já estavam no local, o Jovem foi atingido por dois disparos, um no tórax que perfurou o pulmão e outro na barriga.   

Um clima de muita tristeza na cidade, já que o Jovem Allison Darlan, Era uma pessoa do bem, um jovem batalhador.


O crime será investigado pela Policia Civil de Martins.
Fonte:.martinsempauta

7 de agosto de 2016

Marcelo Odebrecht diz que Serra recebeu R$ 23 mil via caixa dois

:
Além do pedido de ajuda feito por Michel Temer em pleno Jaburu, que resultou num caixa dois de R$ 10 milhões em dinheiro vivo para o PMDB, a Odebrecht também delatou o chanceler interino José Serra; de acordo com o depoimento de Marcelo Odebrecht, ele recebeu R$ 23 milhões, via caixa dois, em sua campanha presidencial de 2010; parte dos recursos, que, corrigidos pela inflação, hoje equivaleriam a R$ 34,5 milhões, foi paga no exterior, o que, em tese, poderia levar à cassação do registro do PSDB; Odebrecht também apontou corrupção no Rodoanel e supostos intermediários de Serra na arrecadação de propinas; o chanceler interino nega irregularidades..

Brasil 247

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !