9 de julho de 2016

Será instalado ponto eletrônico na Unidade de Saúde do municipio de Água Nova



Na terça-feira (12) haverá uma reunião com servidores da saúde para explicar o funcionamento do novo sistema.



Fundação Perseu Abramo e PT lançam curso de formação para candidatos a vereador


A Fundação Perseu Abramo (FPA) e o Partido dos Trabalhadores (PT) realizam até o fim de setembro o Curso de formação das pré-candidaturas a vereador e a vereadora para as eleições de 2016, que tem como público-alvo filiados e filiadas que tenham interesse em candidatar-se, que coordenem campanhas, e/ou que sejam dirigentes do partido diretamente envolvidos nas campanhas.
O curso é gratuito e realizado integralmente à distância, através da plataforma de EaD da FPA, com sete aulas em vídeo e apostilas em texto, que podem ser acessados a qualquer momento, independente da rotina do aluno. O tempo total de dedicação previsto para passar por todas as aulas e tarefas é de 35 horas.
A FPA emitirá certificado de conclusão àqueles que executaram todas as atividades.

Dilma vai ao povo, Temer debate 80 horas semanais

Enquanto a presidente eleita Dilma Rousseff mantém sua agenda de encontros com a população, como fez ontem num evento que discutiu moradia popular, o interino Michel Temer discute, a portas fechadas, a supressão de direitos trabalhistas, como na reunião com Robson Andrade, da Confederação Nacional da Indústria, que defendeu uma jornada de 80 horas semanais; proposta é tão esdrúxula que faria com que o Brasil retrocedesse a uma era pré-revolução industrial, quando até as crianças trabalhavam nas manufaturas inglesas.
247

8 de julho de 2016

Presidenta Dilma: Cunha chora lágrimas de crocodilo


Em mais um discurso em defesa da democracia, a presidente eleita Dilma Rousseff ironizou o interino Michel Temer e sua esposa Marcela; "Esse golpe é do machismo, é contra as mulheres, é o golpe do preconceito. Querem que a gente seja bela, recatada e do lar", afirmou ela durante o ato "Mulheres em Defesa da Democracia", que ocorreu em São Paulo, na noite desta sexta (8); Dilma também falou da renúncia de Eduardo Cunha: "Cunha chora lágrimas de crocodilo. Ele que tem conta na Suíça, que é investigado por desvios, diz que o grande mérito dele foi ter aprovado o golpe"; a presidente voltou a dizer que lutará para retornar ao comando do país; "Eles esperavam que eu incomodasse menos, que eu renunciasse, que eu abandonasse a luta. Eles acreditam que nós somos frágeis, fracas. Nós somos sensíveis, determinadas e fortes. Eu vou lutar todos os dias da minha vida. Eu não entrego o jogo. Eu tenho honra e dignidade", afirmou  .

brasil247

Escolha do novo Presidente da Câmara acontecerá dia 14

maranhao-anula-votacao-do-impeachment-na-camara




O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), convocou para o dia 14 de julho, próxima quinta-feira, a eleição para a presidência da Câmara dos Deputados. Os candidatos poderão se inscrever até as 12h do mesmo dia e a eleição acontecerá às 16h.

Líderes partidários ainda farão uma reunião às 17h para discutir os detalhes da eleição do presidente da Câmara. Mais cedo, eles defendiam que o processo deveria ser acelerado e que a eleição acontecesse entre segunda, 11, e terça-feira, 12, no máximo. Maranhão se antecipou e convocou a eleição para o final da semana, véspera do recesso parlamentar.

A regra interna prevê que o presidente em exercício pode convocar a eleição em até cinco sessões. Como o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renunciou nesta quinta-feira, 7, o prazo começa a contar a partir de hoje , sexta-feira, 8.

Só da base governista, 12 demonstraram interesse em ocupar o cargo até fevereiro de 2017, quando haverá a eleição do segundo biênio da legislatura.

Fonte: O ESTADO DE S.PAULO

“Se houve acordo Temer-Cunha, é hora de por fim à farsa do impeachment”

:
Senador Roberto Requião (PMDB-RJ) diz ser "inaceitável" a possibilidade de que o presidente interino, Michel Temer, tenha ido "compor" com o agora ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), "para manobrar sua absolvição"; "Se realmente o governo interino avalizou o acordo na Câmara com Cunha é chegada a hora de por fim a farsa do impeachment", afirma o peemedebista, que é defensor da ideia de um plebiscito sobre novas eleições; "Este acordo, ou tentativa de acordo na Câmara, deixa clara a necessidade de acabarmos com a novela de impeachment e pensarmos no Brasil", reforça; Requião diz ainda que a presidente Dilma "seguramente" tem os votos para barrar o impeachment no Senado.

brasil247

MPF denuncia ex-reitor e ex-diretores da UFRN por contrato ilegal

 
O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF) denunciou o ex-reitor da UFRN José Ivonildo do Rêgo e seis ex-dirigentes da instituição envolvidos em um contrato ilegal de licenciamento concedido à SIG Software & Consultoria em Tecnologia da Informação Ltda., no ano de 2011. A ação penal já foi recebida pela Justiça e tramita na 2ª Vara Federal.
Pelo contrato, a empresa pertencente ao então diretor de Sistemas da universidade, Gleydson de Azevedo Ferreira Lima, virou representante única de softwares de gestão desenvolvidos na própria instituição - como Sigaa e Sipac –, o que gerou R$ 21 milhões em prejuízos à UFRN. Desse dinheiro, R$ 2,9 milhões foram diretamente para o empresário/servidor e sua esposa, Raphaela Galhardo Fernandes Lima, sócia-administradora da SIG.
Além do ex-reitor e de Gleydson e sua esposa, são réus o então superintendente de Informática, Aluízio Ferreira da Rocha Neto; o ex-coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), Aldayr Dantas de Araújo; o ex-pró-reitor de Planejamento e coordenador geral do Setor de Convênios da UFRN, João Emanuel Evangelista de Oliveira; o ex-pró-reitor de Administração da UFRN, João Batista Bezerra; e o procurador-geral da instituição, Giuseppi da Costa.

Leia : nominuto.com

7 de julho de 2016

Derrota de Temer na Câmara foi aviso

Meireles e Michel Temer
 
Para a colunista do 247 Tereza Cruviel, a votação de ontem na Câmara deixou uma lição importante, a de que não será fácil aprovar o prometido ajuste fiscal, que por ora não passou de palavras, e especialmente a emenda constitucional fixando teto de crescimento do gasto público, nos próximos 20 anos,  limitando-o à inflação do ano anterior, para os governos federal, estaduais e municipais; "Para agradar a todos, o governo vai perdendo o discurso da austeridade e ampliando o gasto e o rombo nas contas públicas. O mercado se dá conta da contradição mas, por ora, evita estridências como a que já teria produzido se fosse com Dilma", diz   

O que produziu as primeiras dissidências na base governista foi, principalmente, uma medida testadora. Através do relator, Esperidião Amin, o governo incluiu na proposta de renegociação (originária do governo Dilma) um artigo replicando o teste de aumento do gasto, para os governos estaduais, por um período de dois anos.  A oposição reagiu e a base baixou o quórum, levando o governo a tentar votar apenas a urgência. Perdeu.  Precisava de 257 votos, teve 253. Entre os dissidentes,  oito deputados do PMDB de Temer, que agora vai conhecer melhor o caráter de seu partido.
Todos os líderes governistas encaminharam o voto sim mas quase todos colheram dissidências, ausências ou abstenções.  Todos, menos o Solidariedade, que embora acabe de ganhar um cargo para o filho do líder Paulo Pereira da Silva, liberou a bancada. Temer agora vai provar da ingratidão dos aliados fisiológicos.

Outro descontentamento dos deputados (sintonizados com os governadores) foi com a cláusula que impede os estados,  também por dois anos,  de conceder aumentos a seus funcionários.  É fácil imaginar o que acham disso os governadores que tentarão a reeleição em 2018.  Ficariam também obrigados a reduzir os gastos previdenciários estaduais. A desobediência implicaria em perda do desconto e do alongamento da dívida já obtidos do governo federal e incorporados ao projeto.
Por fim, teriam os estados que se comprometer com a privatização e vendade ativos,  com assessoria do governo federal.  A reação ao projeto é um indicativo da resistência que Temer encontrará no Congresso a três pontos essenciais do prometido ajuste fiscal: congelamento do gasto público, reforma previdenciária e privatizações.

Nesta quinta-feira, 7, os governadores do Norte-Nordeste amanhecem em Brasília apresentando mais uma fatura a Temer-Meirelles: querem mais R$ 6 bilhões em ajuda federal, afora os ganhos que tiveram com o prazo de carência e o alongamento dos prazos.  Eles ganham, com o projeto, mais 20 anos para pagar suas dívidas e um desconto de 100% nas prestações dos últimos seis meses deste ano. Entre os meses de julho a dezembro de 2016, será concedido desconto de 100% nas prestações mensais.  O desconto cairá para gradualmente nos seis primeiros meses do ano que vem, desde que o abatimento não ultrapasse R$ 400 milhões. Os do Norte-Nordeste, entretanto, acham que os grandes devedores do Sul-Sudeste acabaram sendo mais beneficiados. Por isso pediram compensações, que na semana passada eram de R$ 8 bilhões, e ontem saltaram para R$ 14 bilhões.

E para completar a fatura federativa, os municípios agora também querem renegociar suas dívidas. E sabem que o tempo da bondade, com Temer, acaba se ele for efetivado, na votação final do impeachment de Dilma, em agosto. São os custos do golpe impactando as promessas fiscalistas feitas para angariar apoio do mercado ao golpe. Para agradar a todos, o governo vai perdendo o discurso da austeridade e ampliando o gasto e o rombo nas contas públicas. O mercado se dá conta da contradição mas, por ora, evita estridências como a que já teria produzido se fosse com Dilma.

6 de julho de 2016

Polícia registra três ocorrências de assaltos no mesmo dia em Pau dos Ferros

Suspeito do roubo ao estabelecimento comercial 
O primeiro roubo ocorreu por volta das 14h10 na BR 226 nas proximidades da UFERSA quando dois malévolos utilizando uma motocicleta se aproximaram de uma mulher que seguia pela rodovia pilotando uma motocicleta, emparelharam as motos e o garupa deu um pontapé na moto fazendo com que a vítima caísse sobre o solo, além de sofrer escoriações pelo corpo os larápios levaram sua bolsa, contendo a importância de R$ 1.000 e outros pertences da vítima. A dupla fugiu em direção ao centro de Pau dos Ferros/RN.

O segundo roubo ocorreu por volta das 14h40 em um estabelecimento comercial localizado na Travessa da Independência no centro de Pau dos Ferros/RN, onde dois larápios armados de revolveres chegaram a pé e anunciaram o roubo, subtraindo um pano de joias de ouro, avaliado em cerca de R$ 30 mil e ainda R$ 200 em espécie, fugindo em seguida. A ação dos meliantes foi flagrada por câmeras de segurança. 

Outra mulher foi vítima de assalto já no período noturno, às 20h00 ela foi abordada quando seguia para sua casa conduzindo sua motoneta Biz, após ter sacado uma quantia de R$ 1.000. Dois malévolos tomaram sua frente e anunciaram o roubo, após pegar o dinheiro fugiram com destino ignorado. 

A Polícia Militar segue em diligências para localizar os autores dos assaltos.
 
Fonte: nossoparana
 
Suspeito do roubo ao estabelecimento comercial.   


Campanha da mídia pelo impeachment coincide com corte de publicidade


Em 2015, o governo da presidente Dilma cortou R$ 206 milhões em publicidade da Rede Globo, o que representa 34,9% de toda a verba publicitária reduzida pelo Planalto no ano passado, de acordo com dados divulgados pelo jornalista Fernando Rodrigues, do Uol; a revista Veja, um dos veículos que mais defendeu a campanha do impeachment, perdeu 78% dos recursos de propaganda do governo federal, enquanto os jornais impressos – O Globo, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Valor Econômico – receberam R$ 55,8 milhões a menos no ano passado do que em 2014.

247

O que pode e o que não pode no processo eleitoral 2016?


A eleição de 2016 vai ser diferente. Com regras novas, não apenas partidos e candidatos, mas também o cidadão deve ficar atento para não ferir as normas.
A grande mudança é que, pela primeira vez, pessoa jurídica (quem tem CNPJ) não poderá fazer doações. E o motivo é claro: romper compromissos de candidatos com empresas. Como elas sempre foram as grandes financiadoras, a novidade forçará uma campanha mais barata. Por causa disso, o período destinado à propaganda caiu pela metade. A campanha começa no dia 16 de agosto.
As manifestações nas ruas, promovidas pelos partidos ou pelos cidadãos, também são afetadas pelas novas regras. O objetivo é combater uma prática que sempre foi proibida: a compra do voto. Confira os principais tópicos que envolvem o cidadão:
Placa
Aquela velha imagem de placa de candidato nos quintais das casas não existirá mais. Este tipo de apoio foi banido da campanha.
– Havia grande multiplicação de placas e isto custava caro. Um dos objetivos da reforma política aprovada em 2015, além de reduzir os gastos de campanha, é buscar a igualdade entre os candidatos. As placas beneficiam quem tem mais poder econômico. Outro objetivo é evitar propostas de locação de espaço, o que é irregular. A prática caracteriza compra de voto – analisa José Alexandre Machado, assessor parlamentar na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e coordenador da obra recém-lançada: Eleições 2016 – o que Você Precisa (e Deve) Saber.
Bandeira
As bandeiras são permitidas, mas não podem ser fixadas em lugar algum. Devem estar sempre com uma pessoa, seguindo a mesma lógica de evitar locação de espaço. A tradição do bandeiraço nos semáforos não tem problema. Só não vale fixar a bandeira em carro, moto ou bicicleta e sair passeando com ela pela cidade.
Adesivo
Os adesivos ficaram pequenos. Para carros, a legislação estipulou o tamanho máximo de 40 cm x 50 cm. Tentar colocar vários adesivos próximos uns dos outros para aumentar a visibilidade da propaganda não vai passar. A regra estabelece que só um adesivo pode ser visto quando se olha de uma única vez. Nas casas, tanto papel quanto adesivo devem medir até meio metro quadrado e podem ser colocados em janela, muro ou parede. É vedado colar em placas.
Carro
Não é mais permitido envelopar os carros. É possível apenas cobrir o vidro traseiro com plástico perfurado, que mantém a visibilidade externa para quem está no interior do veículo e exibe a propaganda para quem está vendo do lado de fora.
Trabalho na campanha
Previsto em outras eleições, o trabalho do cidadão em campanha só pode acontecer mediante contrato firmado com o candidato. Este documento é específico para eleição, não gera vínculo empregatício ou arrecadação previdenciária. E os ganhos devem seguir as práticas de mercado, proporcionais ao número de horas trabalhadas. O contrato é obrigatório também para quem vai ajudar de forma voluntária.
Machado explica que, neste ano, o teto de gastos é estipulado pela Justiça Eleitoral e não mais pelos partidos. Tudo deve caber ali dentro e não ultrapassar o valor máximo, inclusive o montante que seria pago pela atividade que estará sendo realizada de graça por simpatizantes. O candidato vai emitir recibo eleitoral e incluir esta parte também na prestação de contas.
Nas cidades onde haverá um turno apenas, o teto de gastos é de 70% do maior valor gasto na campanha de 2012 por município. Onde haverá dois turnos, o percentual é de 50% no primeiro turno e 30% no segundo turno.
Doações
Até a eleição passada, pessoas jurídicas (quem tem CNPJ) podiam fazer doação no limite máximo de 2% do faturamento bruto do ano anterior. Agora, só pessoa física pode e no valor máximo de 10% dos ganhos declarados no Imposto de Renda de 2015.
– Os candidatos devem ter dois problemas para arrecadar fundos. Um é a proibição da participação de pessoas jurídicas. Nas eleições passadas, 80% dos gastos eram oriundos de pessoa jurídica. O segundo é a falta de estímulo do cidadão em realizar doações pela desconfiança em relação à classe política. O fundo partidário, que é repassado ao partido nacional e redistribuído internamente, mal cobre as despesas operacionais – explica José Alexandre Machado.
Manifestação de preferência por candidato
O cidadão pode manifestar, em caráter público ou privado, a preferência eleitoral a qualquer tempo. O mesmo não vale para os que têm interesse em concorrer. O período das convenções começa em 20 de julho e se estende até 5 de agosto.
Antes do registro das candidaturas, os prováveis candidatos só podem se apresentar como pré-candidatos e estão impedidos de pedir votos, mas podem exaltar suas qualidades.
Esta é uma mudança para este ano, a instituição da fase de pré-campanha, já que o período oficial foi reduzido de 90 para 45 dias. Segundo Machado, muitos não perceberam e não aproveitaram esta fase como poderiam. A propaganda eleitoral será permitida a partir do dia 16 de agosto.
Propaganda eleitoral
Como o período da propaganda eleitoral gratuita em rádio e televisão caiu de 45 para 35 dias, o formato também mudou. O conteúdo ficou mais diluído na programação. Antes, eram dois blocos de 30 minutos, duas vezes ao dia. Agora, serão dois blocos de apenas dez minutos. Por outro lado, o tempo de inserções por dia aumentou de 30 minutos para 70 minutos. Para Machado, o grande meio de comunicação eleitoral serão mesmo as redes sociais. A campanha eleitoral na internet será permitida a partir de 16 de agosto. Mas não vale tudo, como alerta o especialista:
– As redes tanto poderão difundir o candidato para o bem quanto para o mal, e a corrente do mal corre mais rapidamente do que a do bem. A propaganda caluniosa vai ser muito bem punida pela Justiça Eleitoral e pela Justiça comum. O cidadão vai ser responsabilizado desde a origem até o último compartilhamento por fatos não verídicos. A lei não isenta a pessoa que só compartilha. Acredito que os próprios candidatos vão monitorar de forma intensiva – afirma.
No dia da eleição
Segundo a Lei Eleitoral, no dia 2 de outubro é permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato. A manifestação poderá ocorrer pelo uso de bandeiras, broches e adesivos. No dia do pleito, até o horário de votação, é vedada a aglomeração de pessoas portando roupas padronizadas e instrumentos de propaganda, caracterizando manifestação coletiva, com ou sem a utilização de veículos.

P.S – Veja também AQUI um link com cartilha para o futuro candidato, coordenadores de campanhas, pessoal de marketing etc.

Blog de Carlos Santos

Fátima Bezerra disse em audiência pública: Saúde não é negócio nem mercadoria


Clique para obter Opções









Durante audiência pública que debateu o Sistema Único de Saúde, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, a senadora Fátima Bezerra afirmou que a Proposta de Emenda à Constituição nº 241/16 causará grandes impactos também na área da saúde. “A proposta significa redução de direitos, desestatização e privatização. Não podemos aceitar isto de maneira alguma. Saúde não é negócio, não é mercadoria. Saúde é um direito à cidadania. Essa proposta é demolidora e vem na contramão de tudo aquilo que lutamos desde 1988, que é exatamente o fortalecimento do SUS”, afirmou.

Fátima destacou que a união é fundamental para derrubar a PEC. “Precisamos fortalecer o SUS para que ele possa cumprir seu papel civilizatório, garantido o direito à saúde do povo brasileiro. Me alegra muito ver a rede criada em defesa da cidadania, do SUS e do direito à saúde dos brasileiros”, enfatizou.

5 de julho de 2016

Maranhão aceita pedido de impeachment de Temer


:
Presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA) disse nesta terça-feira 5, ao responder a uma questão de ordem do deputado Glauber Braga (Psol-RJ), que a comissão especial do impeachment do vice Michel Temer só não foi instalada porque ele não recebeu ainda as indicações dos representantes por parte dos líderes partidários; "A presidência desta Casa já assinou ato de criação (da comissão). Não se trata de inércia desta presidência. Faltam as indicações dos líderes partidários", disse.

TCE disponibiliza lista de gestores com contas rejeitadas

 aaaa

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) disponibilizou, nesta terça-feira (5), a lista referente às contas de governo, julgadas pelas respectivas Câmaras Municipais e Assembleia Legislativa, nos termos das informações prestadas pelos próprios Parlamentos à Corte de Contas, bem como a relação de pessoas que tiveram suas contas de gestão rejeitadas por irregularidade insanável em decisões das quais não cabe mais recurso, ou seja, com trânsito em julgado, no período dos últimos 8 anos (a partir de 05 de julho de 2008). 

A lista relativa às contas de gestão contém 1.364 responsáveis e 3.869 processos.
O presidente da Corte de Contas, Carlos Thompson Fernandes, enviou ofício para a presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Maria Zeneide Bezerra, e para o procurador do Ministério Público Eleitoral, Kléber Martins de Araújo, informando da disponibilidade das listas na página eletrônica do TCE. 
 A Justiça Eleitoral toma como base as informações fornecidas pelo Tribunal de Contas para declarar a inelegibilidade de candidatos a mandatos eletivos.
“O TCE tem a obrigação legal de enviar à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral uma lista na qual contenha os nomes de pessoas que tiveram suas contas rejeitadas por irregularidade insanável em razão do exercício de cargos ou funções públicas. Essa lista, cumpre esclarecer, não significa a inelegibilidade automática”, aponta o presidente Carlos Thompson.
Da lista referente a contas de gestão, excluem-se unicamente os gestores falecidos e os que estiverem enquadrados nas hipóteses previstas na recomendação conjunta de 11 de junho de 2014, assinada pelo Ministério Público de Contas e pela Procuradoria Regional Eleitoral. 
A recomendação excluiu os responsáveis que tenham sido condenados por prestação de contas em atraso, que tenha ensejado a aplicação de multa, desde que tenham sido efetivamente prestadas; mora na remessa e/ou publicação de relatório de gestão fiscal, desde que tenha sido efetivamente remetido ou publicado; descumprimento de diligência que tenha atraído a aplicação de multa; entre outras.
No site do TCE, além da lista dos responsáveis pelas contas de gestão e de governo, estão disponíveis integralmente os processos nos quais houve julgamento pelo TCE, com as suas principais peças, tais como votos, acórdãos, certidões de trânsito em julgado, pareceres do Ministério Público de Contas e manifestações do corpo técnico.
 
nominuto.com

MPF cobra devolução de R$ 1 mi de presidente do DEM

Jefferson Rudy/Agência Senado: <p>agripino maia</p>
Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte ingressou nessa segunda-feira, 4, com uma ação civil pública contra o senador e presidente nacional do DEM, José Agripino Maia (RN), pedindo a devolução de cerca de R$ 1 milhão por acúmulo ilegal de rendimentos no Senado e pensão; segundo o MPF, além do salário de R$ 33.763 do Senado, Agripino tem direito, desde 1986, a uma pensão vitalícia especial por ter exercido o cargo de governador no Rio Grande do Norte, no valor de R$ 30.471,11; os dois rendimentos somam R$ 64.234,11, 90,2% a mais do teto constitucional para vencimentos, que atualmente é de R$ 33.763.

247

CORRUPTOS DE PERNAMBUCO EM PÂNICO! ACABOU A BLINDAGEM: OPERAÇÃO "BLACK LIST" DA POLÍCIA FEDERAL DESBARATA ESQUEMA DE R5 100 MILHÕES EM PREFEITURA DO PSDB



Policia Federal detona, em Pernambuco, a Operação Black List que apura fraudes em licitaçõees públicas,  na área de saúde da Prefeitura de Camaragibe.

Prefeito, funcionários da prefeitura, Policiais Militares e empresários envolvidos em esquema que chega a R$ 100 milhões!



O prefeito Jorge Alexandre, do PSDB, é aliado do governador Paulo Câmara, do PSB.
Informações nos chegam de que várias equipes da PF já estariam cumprindo mandados em empresas como a Mega Medicamentos, uma empresa no bairro de Brasilit e que o prefeito Jorge Alexandre teria sido conduzido à sede da Polícia Federal, juntamente com um empresário de nome Josvaldo, que seria um "laranja" do esquema e advogados.
Fonte: noeliabrito

Agora são 7 deputados estaduais na disputa pela prefeitura de Natal


 Resultado de imagem para eleições prefeito da cidade do natal

Com o lançamento da pré-candidatura de Márcia Maia à prefeita de Natal, somam 7 os deputados estaduais diretamente envolvidos na sucessão da capital.
Márcia Maia pelo PSDB…
Fernando Mineiro, pelo PT…
Jacó Jácome pelo PSD…
Kelps Lima pelo SD…
Ricardo Motta, do PSB, à frente da pré-candidatura do filho, deputado federal Rafael Motta…
Já os deputados Hermano Morais e Álvaro Dias, do PMDB, disputam a vaga de vice na chapa do prefeito-candidato, Carlos Eduardo Alves (PDT).

ANTÔNIO MARTINS: NOVO COMANDANTE DA PM NO MUNICÍPIO JÁ DEFINIDO.


O Cabo PM Izidio, é o novo comandante do Destacamento Policial Militar de Antônio Martins. Ele foi nomeado pelo Comandante da 3ª Companhia de Policia Militar de Alexandria, Capitão Brilhante, nessa segunda-feira, dia 04 de julho de 2016.
Depois de vários anos desempenhado um relevante serviço no GTO - Grupo Tático Operacional de Alexandria, Izidro chega ao posto com muita vontade de mostrar serviço. Como nova missão, comandar o policiamento dessa cidade oestana com seriedade e comprometimento, o que se espera, diante da sua forma direta e objetiva em tratar o quesito segurança. Sua missão é trazer o sentimento de paz social para a cidade da Terra da Boa Esperança.
 
Fonte:rnpoliticaemdia

Relator tem até 10h desta terça para entregar resposta sobre recurso de Cunha

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, Osmar Serraglio (PMDB-PR), informou hoje (4) que o deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF) terá até as 10h desta terça-feira (5) para entregar o parecer referente ao recurso apresentado pelo presidente afastados da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pedindo a anulação da tramitação do processo de cassação dele no Conselho de Ética e Decordo Parlamentar.
O prazo para que Fonseca entregasse o parecer termina nesta segunda-feira, mas, até o final da tarde, ele não tinha entregado o documento. Inicialmente, o parecer deveria ter sido finalizado na última sexta-feira (1º), mas o relator pediu mais prazo para Serraglio, alegando ter tido pouco tempo para se debruçar na elaboração do relatório.
De acordo com Serraglio, o limite para receber o parecer seria às 10h, quando findaria o prazo de 24 horas de antecedência para a publicização do documento antes da reunião do colegiado. A reunião para a leitura do relatório na CCJ já está marcada para as 10h desta quarta-feira (6).

“Se ele não conseguir concluir ainda hoje, amanhã, preciso ter o material até aproximadamente as 10h porque tenho que publicar e remeter cópia ao recorrente, o deputado Eduardo Cunha”, justificou.
Serraglio disse que recebeu um telefonema no qual Fonseca informou que estava finalizando e peça e que tinha a intenção de entregá-la ainda hoje.

Segundo Serraglio, Fonseca alegou ter aproveitado o prazo para estudar, ponto a ponto, os argumentos apresentados por Cunha à CCJ, entre os quais os relativos à garantia de ampla defesa e do contraditório. Cunha questiona na comissão a decisão do Conselho de Ética, do último dia 14, de aprovar,  por 11 votos a 9, o pedido de cassação de seu mandato.

O presidente da CCJ ressaltou que, diante de tal cenário, o parecer de Fonseca só deverá ser votado pela comissão no próximo dia 12. A expectativa é que um pedido de vista seja feito após a leitura do parecer, o que levaria a votação para a próxima semana. “Minha avaliação é que, no dia 12, a CCJ conclua seu trabalho, no dia 13, remeta a decisão à Mesa Diretora e tem 48 horas para colocar isso na pauta.”
Uma vez em que esteja pronto para a votação, o parecer de Fonseca precisará dos votos da maioria dos 66 integrantes da comissão para ser aprovado. O documento não tem o poder de rever o resultado da decisão do Conselho de Ética, mas pode levar à reabertura do processo no conselho, caso o relator e, consequentemente, a CCJ entendam que houve algum problema na tramitação.
Em entrevista coletiva, Serraglio foi questionado sobre o agendamento da reunião para quarta-feira em vez de ter antecipado para a terça. Ele justificou a decisão dizendo que a data não influiria na tramitação do processo.
Serraglio destacou não ter levado em consideração o esforço concentrado convocado pelo presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA). "Como poderia imaginar que o presidente marcaria uma reunião para segunda-feira? Eu fui surpreendido com a convocação para hoje. Isso não existia na minha agenda. Todo o meu raciocínio foi construído em cima da inexistência da [sessão de] segunda-feira."
Diante da possibilidade de que as votações na Câmara sejam interrompidas por causa do recesso, a extensão de prazos põe em risco a possibilidade de votar a cassação de Cunha ainda em julho. Serraglio disse que existem questões de ordem respondidas indicando que o recesso não interrompe questões do Conselho de Ética, como é o caso de Cunha. Ele reconheceu o risco de que não haja quórum para deliberação. “Diante desse cenário de instabilidade, com presença e ausência de deputados eu, no que for possível ser produtivo, eu estou pautando, fazendo acontecer.”

4 de julho de 2016

Aeroporto de Mossoró recebe autorização da ANAC para pousos e decolagens


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) liberou pousos e decolagens de voos domésticos no Aeroporto Dix-Sept Rosado, em Mossoró. A recuperação do terminal teve início ainda no mês de março e a previsão é de que Mossoró volte a receber voos comerciais até dezembro.


Fonte:Soraya Vieira

Maranhão suspende votação e deixa aliados de Temer desesperados

http://i1.wp.com/clickpolitica.com.br/wp-content/uploads/2016/07/waldir-maranhao-foto-andre-coelho-agencia-o-globo.jpg?resize=620%2C430
O líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), anunciou nesta segunda-feira (4) que o presidente interino da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), cancelou a sessão deliberativa marcada para a noite. Maranhão alegou baixo quórum na Casa, o que frustrou a base aliada do governo Michel Temer.

Frei Betto: Lula só não será candidato se estiver preso ou morto

:
Teórico da esquerda, o escritor Carlos Alberto Libânio, mais conhecido como Frei Betto, está convencido de que o ex-presidente Lula voltará ao poder em 2018; "Temer vai se tornar o grande apoio de Lula para 2018. O Governo vai ser tão ruim que vai ajudar Lula a voltar", diz ele, em entrevista ao El País; Frei Betto, no entanto, afirma que Lula poderia ter agido como o uruguaio Pepe Mujica na presidência; "Acho que Lula deveria ter preservado alguns símbolos, como Mujica no Uruguai. Poderia ter continuado a morar na casa onde morava quando era presidente do sindicado e viajar com um avião normal, não com um avião particular, esses símbolos dizem muito para a opinião pública" 

brasil247

Pauta do Congresso: golpe e retirada de direitos


"Independente do que se diga ou do que se prove, a maioria votará pelo afastamento definitivo da Presidenta" na comissão do impeachment, prevê a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que acredita que esse resultado pode ser alterado no plenário; "Estamos e vamos trabalhar muito para isso. Mas teremos de ficar atentos a outra ofensiva golpista no curto prazo, que é o desmantelamento dos direitos dos trabalhadores e o ataque aos programas sociais conquistados pela sociedade brasileira nos últimos anos", critica; "O Estado mínimo de bem-estar social assegurado na Constituição de 1988 está em risco. Enquanto se debate o impeachment e radicaliza-se na disputa política, medidas são urdidas para satisfazer o mercado, que maximiza lucros e resultados acima da vida das pessoas", afirma

São João de Campina Grande termina em tiroteio


Dois homens, de 31 e 23 anos, foram baleados dentro do Parque do Povo, em Campina Grande, na madrugada desta segunda-feira (4), durante o encerramento da festa de São João da cidade. A informação foi confirmada pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), que não divulgou como os casos aconteceram.

Segundo informações do Hospital de Emergência e Trauma da cidade, onde as vítimas foram atendidas, uma delas, de 23 anos, foi baleada durante um tumulto dentro do banheiro próximo ao palco. Um policial que estava à paisana reagiu a um assalto dentro do local, teria atirado algumas vezes e atingiu o rapaz na perna. A unidade de saúde informou que ele está em estado regular. A banda Aviões do Forró, que se apresentava no momento, parou o show por causa dos disparos.

A vítima de 31 anos, segundo o hospital, foi beleada em outro caso. Uma parente da vítima explicou que a arma de um policial teria caído no chão e disparado acidentalmente. Ele foi encaminhado para o posto de saúde do Parque do Povo e depois para o hospital. A vítima também está em observação.

Conforme informações da coordenação do posto de saúde, quatro pessoas foram esfaqueadas durante a festa entre a noite do domingo (3) e a madrugada da segunda-feira. Uma das vítimas teve cinco perfurações espalhadas pelo corpo. O estado de saúde de todos eles não foi informado.

Inforamções de: primeirasnoticias

Número de homicídios bate recorde no RN; Mossoró é campeã


O jornal Tribuna do Norte publicou reportagem especial nesse domingo (3), mostrando novos números da segurança pública no Rio Grande do Norte.
O número de homicídios no Rio Grande do Norte cresceu 24,2% no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2015.
Crescimento no número de homicídios no RN este ano chega, por enquanto, a 24,2% (Foto: Júnior Santos)
Somente em Mossoró, o aumento foi de 77,8%, saindo de 72 mortes violentas no ano passado para 128 nos primeiros seis meses de 2016. De 2014 para 2015 ocorrera uma redução de 20,9% e agora em 2016 vem o estouro.
Em Natal, sem contar o restante da Região Metropolitana, o aumento nos casos de mortes violentas chega a 23,2%. Foram 241 assassinatos em 2015 e são 297 em 2016.
As informações são da Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed).

informações:http://blogcarlossantos.com.br/

Fantástico mostra as marcas da agressão a Luiza Brunet

:
Imagem foi anexada ao processo em que a atriz acusa o ex-companheiro Lírio Parisotto, um dos homens mais ricos do Brasil, de agredi-la; “A maquiagem forte esconde o hematoma da alma”

 você sabia que:

48% das mulheres agredidas declaram que a violência aconteceu em sua própria residência; no caso dos homens, apenas 14% foram agredidos no interior de suas casas;

77% das mulheres que relatam viver em situação de violência sofrem agressões semanal ou diariamente. 
Em mais de 80% dos casos, a violência foi cometida por homens com quem as vítimas têm ou tiveram algum vínculo afetivo:

56% dos homens admitem que já cometeram alguma dessas formas de agressão: xingou, empurrou, agrediu com palavras, deu tapa, deu soco, impediu de sair de casa, obrigou a fazer sexo.

fonte dados da pesquisa: http://www.compromissoeatitude.org.br

3 de julho de 2016

Circula na net que corpo encrontado boiando em Goianésia(GO) pode ser o do apresentador Kajuru

O golpe e o poder das ideias




reprodução
O país vive horas cruciais. O assalto conservador ao poder joga uma cartada de vida ou morte contra o relógio político nos próximos dias.

À medida que apodrece a reputação de seus centuriões, e os savorolas da ética entram em combustão explosiva  --caso dos homens-tocha Cunha, Agripino, Nardes, Aéreo Neves etc, resta-lhes apostar tudo no estreito espaço de tempo entre a desmoralização absoluta e a capacidade residual de articular o golpe.

Arqueado sob R$ 31 milhões em depósitos suíços, segundo a Folha, Cunha negociou com a hesitação golpista: em troca do pescoço, articulou uma operação casada com o PSDB.

Tucanos salvam a aparência pedindo seu afastamento –‘para que possa exercer seu direito constitucional à ampla defesa’. Em troca, o personagem que não tem mais nada a perder acelera a operação do impeachment, como última estaca de sobrevivência antes do abismo.

cartamaior

Corinthians embalou 4x0 pra cima do Flamengo


 
O primeiro tempo foi do Flamengo. O segundo, do Corinthians. Mas o resultado escancara quem foi mais eficiente e equilibrado. Neste domingo, na Arena Corinthians, pela 13ª rodada do Brasileirão, o Timão suportou a pressão do adversário nos primeiros 45 minutos, recuperou-se na segunda etapa e passeou. No fim, um 4 a 0 que chega a ser surpreendente, já que o Rubro-Negro foi bastante superior na etapa inicial. Romero, duas vezes, Guilherme e Rildo marcaram para os donos da casa, que seguem firme na briga pela ponta da tabela. O paraguaio, aliás, ofuscou Paolo Guerrero. O ex-corintiano foi muito vaiado em Itaquera. 

Globoesporte

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !