9 de abril de 2016

Beth Carvalho canta o 'Samba Não Vai Ter Golpe'

Ninguém acerta e prêmio vai a R$ 50 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do sorteio do concurso 1.807 da Mega-Sena, realizado em São Domingos (SC), neste sábado (9), e o prêmio acumulou. A estimativa da Caixa é que o próximo sorteio pague R$ 50 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 01 - 15 - 16 - 22 - 25 - 43.

A quina teve 94 apostas ganhadoras e cada uma levou R$ 41.428,63. A quadra teve 7.609 apostas ganhadoras, e cada uma levou R$ 731,14.

Para 40%, Lula é o maior presidente da História


Pesquisa Datafolha publicada neste sábado com as intenções de voto para a disputa presidencial de 2018 ouviu os brasileiros também sobre o presidente de sua preferência em todos os tempos; Lula aparece isolado na primeira colocação, com 40%; índice supera os 35% registrados em março, e mais próximo também aos 37% apurados na pesquisa feita em fevereiro último; o segundo colocado na pesquisa espontânea é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com 14%

UNE vai à Justiça pedir afastamento de Cunha

:
Presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, protocolou esta semana uma ação popular com pedido de liminar na Justiça Federal para que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMBD-RJ), seja afastado imediatamente de suas funções e a revogação de suas ações na presidência da Casa relativas ao recebimento do pedido de impeachment da presidente Dilma.

Enquanto o Brasil dormia...

:
"Enquanto os brasileiros dormiam, a comissão do impeachment debatia o futuro do pais, num momento gravíssimo de nossa curta história democrática pós-ditadura. Por que ao longo da noite, privando a maioria de acompanhar o debate?", questiona a jornalista Tereza Cruvinel; "A noite seguiu, alternando insultos eloquentes da oposição e argumentos dos governistas abafados pelas conversas paralelas. Mesmo assim, lá pelas tantas o deputado Marcelo Aro (PHS-MG) admitiu que faltam 37 votos para os 342 necessários à consumação do golpe revestido de legalidade", destaca a colunista, que diz ser "provável que o parecer de Jovair Arantes seja aprovado, mas por uma margem apertada de votos"; “E isso será sinal de que eles não têm votos para ganhar no plenário”, vaticina a deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ).

247

CPT: “Quem vai deter a violência contra os camponeses?”

:
Comissão Pastoral da Terra divulgou nota nesta sexta-feira, 8, cobrando responsabilidades pelas mortes de camponeses pelo País; segundo a entidade, em 2015, 50 trabalhadores foram assassinados no campo, e apenas neste ano já foram 13 mortes, entre elas as dos dois agricultores do MST, mortos pela PM do Paraná; "A democracia que buscamos precisa reconciliar esse povo com esse território, acabando de vez com a sanha assassina do capitalismo e seus truques de colocar as maiorias de joelhos longe do poder e as minorias pelos salões e corredores trocando favores e influência", afirma a CPT; "O projeto popular para o Brasil que construímos foi derrotado e precisa ser reinventado. A hora paa fazer isso, é agora".
 
247

Lula: faltou fazermos a regulamentação da mídia


O ex-presidente Lula participou na noite desta sexta (8) de um ato realizado pelos movimentos e entidades da Educação, em São Paulo; em seu discurso, ele disse que a grande mídia é a culpada pelo clima de divisão instaurado no país; "Eles destilam ódio no horário nobre. Estão tentando transformar o Brasil numa sociedade dividida meio a meio. Não pode continuar nove famílias mandando na comunicação deste país", disse; Lula ironizou a delação do ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo; "Essa delação está me cheirando a um Big Brother. Ontem eu vi uma notícia de que uma empresa teria prestado delação premiada. Essa empresa é de Minas, é muito ligada aos tucanos, e eu fiquei pasmo porque na hora que aparece na imprensa, não aparece os tucanos. Será que as empresas têm um cofre de dinheiro sadio e um cofre de dinheiro podre? E o PT só vai no cofre de dinheiro podre? Rui Falcão, manda o PT pegar o dinheiro do cofre que os tucanos pegam", afirmou; ao final, ele mandou um aviso para os seus adversários: "O Lula não está morto. Está mais vivo do que nunca. Não vai ter golpe neste país".

Berzoini: “venceremos, com uma margem confortável”

Agencia Brasil: <p>O ministro das Comunica��es, Ricardo Berzoini,concede entrevista ap�s reuni�o de coordena��o pol�tica (Jos� Cruz/Ag�ncia Brasil)</p>
Em entrevista ao 247, o ministro Ricardo Berzoini, que conduz as articulações políticas para repactuar a base de governabilidade da presidente Dilma Rousseff, garante que a batalha do impeachment será vencida no plenário da Câmara; "apesar de todo o esforço de cooptação de parlamentares, com promessas de cargos e vantagens, a oposição não tem os votos para aprovar o impeachment"; ele afirma ainda que a reaproximação com partidos médios, como PP, PR e PSD não está sendo feita apenas para esta votação, mas sim para um relançamento do governo; sobre a proposta de votação num domingo, 17 de abril, ele é radicalmente contra; "Por que essa urgência? Por que não na segunda-feira? Uma votação num domingo tem potencial para estimular conflitos, que é tudo o que o governo quer evitar"

8 de abril de 2016

Em Agosto, Tribunal de Contas do Estado divulgará listão com nomes de políticos que estão com a ficha suja.


  A jornalista Anna Ruth Dantas, em seu conceituado blog Política em Foco, destaca que o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) confirmou para o mês de Agosto a divulgação da enorme lista dos políticos condenados pela Corte. 

Com isso, tais gestores públicos considerados como "Fichas-Sujas" estarão impedidos de disputar o pleito de 2016, pelo critério da Lei Complementar n° 135/2010, e que ficou conhecida como 'Lei da Ficha Limpa'.

Ainda em janeiro de 2015, o TCE divulgou uma atualização desses nomes de gestores e, naquele momento, já constavam 1.200 pessoas. Desse total, 550 eram vereadores e 450 prefeitos.
 
política pauferrense

Datafolha: Câmara não tem votos para impeachment

Levantamento feito pelo Datafolha de 21 de março a 7 de abril entre os parlamentares aponta que 60% deles dizem que darão votos favoráveis ao impedimento de Dilma Rousseff; o número, no entanto, não é suficiente para que se aprove o processo: o impeachment da presidente teria hoje 308 votos –34 a menos que os 342 necessários (67% da Câmara) para que a ação seja levada ao Senado; 21% dos deputados são contra o processo e 18% estão indecisos; sobre a situação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), 61% dos deputados disseram que defendem sua renúncia

7 de abril de 2016

Professores de Severiano Melo fazem greve para cobrar cumprimento da Lei do Piso

 
Na manha desta quarta feira 06 de abril de 2016, os professores do município de Severiano Melo, percorreram as ruas da cidade e a zona rural do município como: Malhada Vermelha, Boa Vista, Ipueira e Santo Antônio, reivindicando o cumprimento da lei 11738/2008, que trata do piso salarial dos professores,  essa categoria atualmente está com uma perca de 34% em seus salários,  segundo a presidenta do Sindicato Emirene Lucena, o gestor municipal alega que não tem dinheiro para pagar, que o limite prudencial do município ultrapassou o valor permitido de gastos, a mesma afirmou que em assembleia com os professores realizada no dia 16 de março de 2016, o gestor participou e disse aos professores que não tinha como pagar e que não podia fazer milagres, ou seja não apresentou nem uma proposta a categoria. Foi diante dessa afirmação do gestor que a categoria juntamente com o Sindicato decidiu realizar uma semana de mobilização de 04 a 09 de abril, e nesta quarta feira aconteceu uma parada municipal de advertência pelo não cumprimento da lei do piso e pela falta de respeito com a entidade que representa a classe trabalhadora, com  um buzinaço. 






Fonte: doidindaestrada

Supermercado Nordestão está pegando currículos para diversos cargos

nordestao
Supermercado Nordestão





 Supermercado Nordestão está recebendo cadastro de currículos para diversos cargos.

O Supermercado Nordestão está recebendo cadastro de currículos para diversos cargos.
Cargos para ambos os sexos:
– Balconista / Operador de Açougue e Peixaria;
– Balconista / Operador de Frios;
– Balconista / Operador de Padaria;
– Embalador(a);
– Frente de Loja;
– Fiscal de Prevenção de Perdas;
– Operador de Abastecimento;
– Operador de Refeitório;
– Patinador(a) – com experiência;
– Recepcionista de Caixa.
Cargos apenas para homens:
– Auxiliar de Depósito;
– Embalador – Panificação/Confeitaria;
– Operador de FLV (frutas, legumes e verduras);
– Segurança (Curso de Formação de Vigilante).
Lojas:
– Nordestão Alecrim; Petrópolis; Lagoa Nova; Cidade Jardim; Santa Catarina; Igapó; Tirol; Nova Parnamirim;
– Centro Administrativo e Logístico;
– SuperFácil Atacado.
Interessados em realizar o cadastro, devem acessar o site do Nordestão > Trabalhe com a Gente, ou clicar no link abaixo: http://www.nordestao.com.br/trabalhe-com-a-gente/

Advogado do impeachment atua para o PMDB


:
Renato Oliveira Ramos, o advogado que assessorou o parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) a favor do impeachment de Dilma Rousseff, atuou em pelo menos oito ações para Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em processos contra jornalistas e veículos de imprensa e também contra a ex-deputada Denise Frossard (PPS/RJ) por supostos crimes de calúnia e difamação; ele defende ainda o vice Michel Temer em processo contra o ex-ministro Cid Gomes; o vice, aliás, é responsável pela indicação do advogado para uma vaga no Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF).

brasil247

6 de abril de 2016

Advogada do Impeachment, Janaina Paschoal, tinha cargo no governo FHC e Alckmin



Uma das autoras de um pedido de impeachment da presidenta Dilma e protagonista de uma cena de protesto que viralizou nas redes sociais, Janaína já teve cargos comissionados em dois governos tucanos: como assessora especial de ministro da Justiça e como assessora técnica de gabinete



Janaína Paschoal ficou conhecida principalmente na última terça-feira (5) quando viralizou, nas redes sociais, um vídeo em que faz um discurso ensandecido em apoio ao pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Aos berros, a advogada virou piada entre os internautas por fazer alusões de poder a uma cobra e, com gestos peculiares, como rodar uma bandeira do Brasil.

Ela é uma das autoras, junto com advogados Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr., do pedido de impeachment que está sob análise da comissão especial da Câmara dos Deputados. Seu envolvimento com a política e até sua suposta preferência partidária, no entanto, já vem muito antes do pedido de impeachment da presidenta Dilma.

Janaína exerceu, por duas ocasiões, cargos comissionados em governos tucanos. No segundo mandato do governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), a advogada atuava como assessora especial do ministro da Justiça, tendo sido exonerada em 2002, conforme consta neste arquivo do Diário Oficial da União.
 



 
Pouco antes ela atuava no governo tucano paulista que estava sob a gestão de Geraldo Alckmin (PSDB). Conforme consta neste arquivo do site da secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), em agosto de 2001 ela atuava como assessora técnica de gabinete do governo.

· STF PODE AFASTAR CUNHA ANTES DA VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT.

·Resultado de imagem para ·  STF PODE AFASTAR CUNHA ANTES DA VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT.

Cresce no Supremo Tribunal Federal (STF) a movimentação para que seja colocado em votação o pedido de afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).
Medida veio após Cunha declarar que não iria cumprir a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que determinou que a Câmara aceite dar adamento ao pedido de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer.
“Há um movimento para colocar em julgamento o pedido de afastamento do parlamentar da presidência da Casa antes da votação do impeachment. A expectativa é que Teori Zavascki levasse o caso ao plenário apenas após a votação do afastamento da presidente Dilma Rousseef, mas o clima mudou completamente nas últimas 24 horas”, afirma o jornalista Henrique Beirangê.
O posicionamento de afrontamento de Cunha contra Marco Aurélio foi visto como a gota d’agua. Integrantes da força-tarefa da Lava Jato, caso o afastamento seja autorizado, estudam agora um pedido de prisão contra o parlamentar, em moldes semelhantes ao que foi feito contra o senador Delcídio Amaral.

PP fecha com 51 deputados e 6 senadores em apoio a Dilma


Presidente do partido, senador Ciro Nogueira (PI), anunciou nesta quarta-feira 6 que a legenda, uma das maiores da base, manterá seu apoio ao governo da presidente Dilma até a votação do impeachment; segundo ele, dos 57 parlamentares do partido - 51 deputados e 6 senadores -, mais de 40 são favoráveis se manter na base; uma reunião seria realizada hoje pela sigla para debater o tema, mas foi cancelada a pedido do grupo pró-impeachment ao perceber que não teria maioria para aprovar o desembarque; senador disse que a direção do partido tem uma "responsabilidade de estar ao lado da presidente" e que orientação do comando da legenda é pelo voto contra o impeachment.

247

Dilma: ‘Hora do Enem’ vai melhorar as chances de quem não pode pagar cursinhos

 “Um dos compromissos mais importantes do meu governo é, e será sempre, a democratização do acesso ao ensino superior”, disse a presidenta
A presidenta Dilma Rousseff destacou que a plataforma de estudo interativa do programa Hora do Enem, oferecida pelo Ministério da Educação, dará a oportunidade para que todos os estudantes do último ano do ensino médio façam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em condições de igualdade. “Vamos permitir que melhore o desempenho de quem não tem como pagar um curso especifico”, disse a presidenta, em discurso durante o lançamento do programa, na tarde desta terça-feira (5), no Palácio do Planalto.
A plataforma Hora do Enem, disponível na internet e como aplicativo para android, vai oferecer mais de 600 videoaulas, simulados e milhares de exercícios, abrangendo toda a matriz de conteúdo do Enem. Com base em um diagnóstico individual, a ferramenta irá sugerir um plano de estudos personalizado para cada estudante, de acordo com o curso desejado.
 “Na medida em que vai permitir que se coloque à disposição do aluno um conjunto de programas que ele pode assistir, que ele pode ter acesso, que ele pode escolher […] irá garantir que o estudante tenha uma diversidade de acessos e, portanto, tenha cada vez mais uma melhoria na sua oportunidade”, reforçou Dilma.
A presidenta também lembrou que o programa irá oferecer quatro simulados antes do Enem, nos meses de abril, junho, agosto e outubro, e que durante estes simulados os estudantes poderão perceber onde precisam melhorar e onde estão bem.
O Hora do Enem vai permitir que se coloque à disposição do aluno um conjunto de programas a que ele pode ter acesso e escolher, além de utilizar nossa rede de TVs comunitárias e educativas. É um programa para as Jessicas (personagem do filme ‘Que Horas Ela Volta’) de nosso país. Um dos compromissos mais importantes do meu governo é, e será sempre, a democratização do acesso ao ensino superior.” 
Para Dilma, a educação é a garantia de que os avanços  sociais dos últimos 14 anos não retrocedam, já que atualmente a economia está baseada no conhecimento. 
“É muito importante quando a gente pensa que nesse processo dos últimos 14 anos, em que milhões de brasileiros saíram da miséria, milhões de brasileiros ascenderam às classes médias, o que garante que não tenha volta atrás é a educação.[…] Temos também, de ao mesmo tempo, se preocupar com o fato de que nós vivemos numa época em que a economia está baseada no conhecimento. O conhecimento talvez seja o maior instrumento de agregação de valor”. 
Cronograma
No dia 30 de abril será realizado o primeiro simulado online para todos os 2,2 milhões de estudantes do último ano do ensino médio das redes públicas e particular. Ainda estão previstos mais três simulados: dias 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro. As provas seguirão o mesmo formato das questões do Enem.
Caso o estudante não tenha computador em casa, o MEC oferecerá acesso em universidades e institutos federais, instituições particulares e escolas estaduais de ensino médio. Para isso, é necessário fazer inscrição para os locais de prova de 11 a 15 de abril, por meio da plataforma ‘Hora do Enem’.
 Programa de TV “Hora do Enem”
Com estreia prevista para maio, o novo programa da grade da TV Escola ajudará na preparação dos estudantes com dicas de especialistas e comentários de professores.Com duração de meia hora, será exibido todos os dias às 18h, com reprise às 7h, 13h e no fim de semana. Mais de 40 canais de todo o Brasil, entre TVs universitárias e canais estaduais, irão reproduzir o programa em suas grades.
Fonte: Blog do Planalto

Pau dos Ferros sedia curso sobre Direito Eleitoral












As mudanças trazidas à legislação eleitoral pela Lei nº 13.165/2015, a denominada minirreforma eleitoral, exige das pessoas envolvidas com as Eleições Municipais deste ano uma capacitação diferenciada, já que as alterações foram significativas.
Com o intuito de difundir o conhecimento jurídico sobre direito eleitoral e as novas e velhas regras para as eleições, o Professor João Milton Chaves, especialista em direito eleitoral, promove, em parceria com a OAB-RN Subseccional Pau dos Ferros e a Faculdade Evolução do Alto Oeste - FACEP, Curso de Direito Eleitoral.
O curso é dividido em três módulos, sendo o primeiro realizado no dia 07 de abril (quinta-feira) e abordará filiação partidária, convenções, registro de candidaturas e propaganda eleitoral. O segundo módulo, marcado para o dia 08 de abirl (sexta-feira), tratará de arrecadação e aplicação de recursos nas campanhas eleitorais, fontes vedadas e prestação de contas. Por fim, no dia 09 de abril (sábado), será tratado o direito processual eleitoral, com exposição das ações eleitorais, incluindo a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) e as representações da Lei das Eleições, que englobam o abuso de poder e a captação ilícita de sufrágio.
João Milton, idealizador do evento, é especialista e professor de direito eleitoral da FACEP, servidor da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte com atuação na cidade de Pau dos Ferros, sendo recomendado pela seu conhecimento e experiência no ramo do direito eleitoral.

novoeleitoral.

Munik , é campeã do BBB16 e fatura R$ 1,5 milhão

 
A estudante Munik derrotou Maria Cláudia na grande final do Big Brother Brasil 16, faturando R$ 1,5 milhão de premiação na noite desta terça-feira (5). Aos 19 anos, a goiana é a participante mais jovem a ser campeã do reality show da Globo. Com a segunda colocação, Cacau garantiu um prêmio de R$ 150 mil. 
 

5 de abril de 2016

Marco Aurélio defende Lula e condena Moro e Temer


Para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, a ida do ex-presidente Lula para o Ministério da Casa Civil poderia ser "a tábua de salvação" do governo Dilma Rousseff; "No caso ele iria para o ministério tentar resgatar o que ainda existe do Partido dos Trabalhadores", disse; em entrevista ao programa "Roda Viva", da TV Cultura, ele afirmou ainda que a divulgação de conversas gravadas pela Polícia Federal feita pelo juiz Sérgio Moro é "condenável a todos os títulos, já que temos uma legislação que impõe sigilo, e houve divulgação do objeto da interceptação telefônica. Agora, o conteúdo também é algo super desagradável, para dizer o mínimo"; Mello sugere uma sanção no campo administrativo; ele também indicou que deve recomendar que o processo de impeachment na Câmara também inclua o vice Michel Temer, como na ação que vazou

4 de abril de 2016

Entrevista-bomba com o novo Ministro da Justiça Eugênio Aragão

 
Há quem suponha que o novo Ministro da Justiça Eugenio Aragão sofra de "sincericídio", tal a franqueza com que expõe suas opiniões. Esse estilo ficou claro na gravação do programa Brasilianas, da TV Brasil - que irá ao ar esta noite às 23:00.
Durante 50 minutos Aragão abordou de forma franca vários dos problemas que acometem o país, não poupando críticas nem à corporação da qual se origina, o Ministério Público Federal.
Para Aragão, o país padece da estreiteza da visão penal, simplificadora, deletéria de que todos os problemas do país se resolvem meramente condenando os corruptos.
Ele lamenta os setores da economia que estão sendo destruídos e lembra-se do que ocorreu com a indústria naval nos anos 80. O Brasil tinha uma das dez maiores produções de navio e uma frota invejável no Lloyds. Descobriu-se corrupção na Sunamam (Superintendência Nacional da Marinha Mercante). Em vez de apenas se punir os corruptos, promoveu-se o fechamento da empresa e a destruição dos estaleiros nacionais, uma perda enorme.
O mesmo está ocorrendo agora com as empreiteiras nacionais, compara Aragão. O Brasil conseguiu desenvolver uma tecnologia preciosa, à altura das melhores internacionais. A destruição do setor produzirá um atraso de dez anos na economia, prevê ele. Ele lamenta a visão penal atrasada, que supõe que destruindo uma empresa, outra imediatamente ocupará seu lugar.
O Brasil padece de uma corrupção sistêmica, diz ele, e não se resolve isso apenas o campo penal. Tem que se avançar na reforma política, em regras de transparência.
O Ministério Público
Um dos grandes problemas institucionais, em sua opinião, é o processo que atravessa o MInistério Público Federal.
Na Constituição houve um lobby eficiente de poderes que apoiaram a ditadura, mas se reciclaram a tempo de participar da Constituição. Três deles foram o Judiciário, a Polícia Federal e o Ministério Público, este fortalecido por algumas ações vistosas, como a defesa dos indígenas e dos direitos humanos. Mas, nos três casos, manteve-se a mesma estrutura de poder anterior, preservando as caixas pretas.
No caso do MPF, a Constituição foi feita para um MP quase artesanal, diz ele, no qual todos os procuradores praticamente se conheciam. Em cima dessa base houve um crescimento exponencial do MP, conquistando altos salários e benefícios e distanciando-se do conceito de serviço público - no qual os salários moderados são compensados pela estabilidade do emprego. A melhor qualificação dos procuradores veio acompanhado de maiores exigências salariais e funcionais, trazendo atrás de si outras corporações públicas.
No bojo dessa melhoria, abriram-se concursos que colocaram na corporação uma nova geração, com ambição de fazer carreira nas mesmas condições financeiras dos grandes advogados.
E, pior, diz ele, no caso das três corporações - MP, PF e Judiciário - não há o "accountibility", a prestação de contas, a análise das responsabilidades funcionais, dos desdobramentos de decisões tomadas.
Segundo ele, nem MPF, nem Polícia Federal nem o próprio governo tem conselhos estratégicos analisando as implicações de suas ações sobre o conjunto da sociedade e da economia. As análises estratégicas do MP são para dentro, tendo como foco único a própria corporação.
É essa falta de visão mais ampla que faz com que, nos acordos de cooperação internacional, não haja uma visão mais estratégica no compartilhamento de informações.
Quando se trata de crimes contra a humanidade, terrorismo, narcotráfico, há uma troca bastante eficiente de informações.
Quando entra o chamado interesse nacional, o Brasil se comporta de forma desarmada, diz ele. Outros países filtram suas informações de acordo com o interesse nacional, não o Brasil. Segundo ele, jamais se conseguirá da cooperação internacional com os EUA nenhuma informação que prejudique suas empresas.
A entrevista, na íntegra, passará logo mais na TV Brasil.

Fonte: Eliane Morandi

Cardozo: impeachment contra Dilma é golpe


Ao apresentar a defesa da presidente Dilma na comissão especial que avalia o pedido de impeachment na Câmara dos Deputados, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, chamou o processo de "golpe"; segundo ele, "é claro" que o impeachment está previsto na Constituição, mas "se o crime não for tipificado, e não forem atingidos os pressupostos, um processo de impeachment é golpe"; ele destacou que a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de aceitar o pedido foi uma "retaliação a Dilma" por não ter conseguido votos contra sua cassação no Conselho de Ética e que isso foi "noticiado com clareza" pela imprensa; "Impeachment que rasga a Constituição traz ruptura tensionadora, conflituosa e faz surgir um governo sem legitimidade", disse Cardozo.

247

Artistas de Cajazeiras vão atuar na novela Velho Chico, da Rede Globo

atores-velho-chico
A novela da Rede Globo de Televisão “Velho Chico”, que possui alguns paraibanos atuando contará com três atores cajazeirenses participando da telenovela criada por Benedito Ruy Barbosa e escrita por Edmara Barbosa e Bruno Luperi Barbosa.
Depois das atrizes cajazeirenses Marcélia Cartaxo, que já atuou em outras novelas da Globo e que fará Zefa, na novela global; Duda Moreira, também cajazeirense, fará a esposa de um Coronel.
O ator cajazeirense Ubiratan de Assis também estará na telenovela, cujas histórias acontecem nas margens do Rio São Francisco e retrata a rixa entre famílias de “coronéis”, disputa por terras e paixões proibidas entre jovens de famílias rivais. O ator principal da superprodução da Globo é Rodrigo Santoro.
Bira de Assis conhecido pelo amor por Cajazeiras, participa todo ano do carnaval da terra do Padre Rolim d apresenta o programa “Prosa e Poesia” pela TV Diário do Sertão.
Na novela, Ubiratan fará o papel de um político e deverá aparecer na telinha da Globo, no capítulo 25. Para isso, desde o dia 28 de março está no Rio de Janeiro gravando sua participação.
O detalhe é que Ubiratan conhecido pela sua barba e cabelo grande teve que mudar de visual e certamente aparecerá na telinha um pouco diferente.
Ambientada no Nordeste brasileiro, as cenas iniciais foram gravadas em locações como Baraúna, no Rio Grande do Norte; além do distrito de Povoado Caboclo e Olho d’Água do Casado em Alagoas.
Na Bahia, um casarão da Ilha de Cajaíba, em São Francisco do Conde, o município de Cachoeira e o Raso da Catarina foram usados como locações.
No total, cerca de 562 cenas foram gravadas nas locações nordestinas, em que cerca de 60 a 70% do elenco é formado por atores da região.
GAZETA DO ALTO PIRANHAS

STF nega ações da oposição contra Lula ministro


Ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, negou nesta segunda-feira 4 ações movidas pelo PSDB e PSB, comandados por Aécio Neves e Carlos Siqueira, contra a nomeação do ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil; o magistrado rejeitou a argumentação dos partidos oposicionistas, de que a nomeação foi inconstitucional porque houve desvio de finalidade; posse de Lula, entretanto, continua suspensa, em razão de uma decisão liminar (provisória) do ministro Gilmar Mendes, também do STF; no fim de semana, Lula disse que tomará posse na Casa Civil na próxima quinta-feira( 7).

Mais de 70 comitês estudantis se mobilizam contra golpe

:
Grupo ‘Universidade pela Democracia’ lança plataforma para mapear e envolver a comunidade acadêmica na defesa pela democracia: “A ideia do site que já funciona no Facebook é reunir em um só espaço toda a mobilização que tem ocorrido dentro das instituições de ensino com debates, atos culturais, aulas públicas e por adiante. Dessa forma, a sociedade poderá acompanhar como estudantes, técnicos, professores têm preparado a resistência democrática” .

Acusado de matar radialista no RN, ex-pastor vai a júri nesta segunda

Gilson Neudo Soares do Amaral, ex-pastor evangélico (Foto: Sidney Silva)

O ex-pastor Evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, acusado de ser um dos mentores do assassinato do radialista caicoense Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, morto a tiros no dia 18 de outubro de 2010, vai a júri popular nesta segunda-feira (4). O julgamento chegou a ser marcado para o dia 16 de março, mas foi reagendado porque a defesa do réu avisou que não poderia comparecer.

O início do júri está previsto para as 9h no Fórum Municipal Amaro Cavalcanti, que fica no Complexo Judiciário Maynard, localizado na Av. Dom Adelino, no Centro de Caicó. O defensor público Serjano Marcos Torquato Vale, que atualmente exerce suas funções no Fórum Varela Barca, na Zona Norte de Natal, é quem vai fazer a defesa do ex-pastor.

A acusação

Segundo o Ministério Público, Gilson Neudo Soares fez parte de um ‘consórcio’ de pessoas que se uniram com um propósito: eliminar o comunicador. Além do ex-pastor, também foram denunciados o mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como 'Dão', o comerciante Lailson Lopes, chamado de 'Gordo da Rodoviária', o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o tenente-coronel da PM Marcos Antônio de Jesus Moreira e o soldado da PM Evandro Medeiros.

João Francisco dos Santos e Lailson Lopes já foram julgados. Dão, o assassino confesso, admitiu ter puxado o gatilho. Como autor material do crime, o mototaxista foi condenado a 27 de prisão em regime fechado. A defesa não recorreu da decisão. O julgamento aconteceu no dia 6 de agosto de 2013. Ele cumpre pena na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal. Alcaçuz é a maior unidade prisional do estado.

Já o Gordo da Rodoviária, julgado no dia 12 de abril de 2014, pegou 14 anos de prisão. Os advogados dele recorreram da sentença e um novo julgamento será realizado em data ainda a ser definida. No dia 31 de março a Justiça concedeu relaxamento de prisão e Lailson foi solto para aguardar o novo julgamento em liberdade. Ele deve comparecer perante a autoridade sempre que intimado, não mudar de residência sem prévia permissão, não se ausentar por mais de 8 dias de sua residência sem comunicar ao juiz o lugar onde poderá ser encontrado e ainda deve comparecer diariamente à Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão, para assinar livro de presença.

O advogado Rivaldo Dantas de Farias, também denunciado como mandante do crime - e igualmente sentenciado a ir para o banco dos réus - aguarda em liberdade. Ele espera que a Justiça defina uma data para o júri popular.

Quanto ao tenente-coronel Moreira e o soldado Evandro, ambos não foram pronunciados e, consequentemente, acabaram excluídos do processo. Ou seja, não são mais acusados de participação no crime.

Entenda o caso

Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, tinha 46 anos e trabalhava na rádio Caicó AM.Foi assassinado na noite de 18 de outubro de 2010, deixando mulher e três filhos. Ele foi atingido por três tiros de revólver na calçada de casa, na rua Professor Viana, no bairro Paraíba, em Caicó. Vizinhos ainda o socorreram ao Hospital Regional de Caicó, mas F. Gomes não resistiu aos ferimentos.
Radialista F. Gomes foi morto em 2010, em Caicó (Foto: Sidney Silva)

Segundo inquérito, concluído pela delegada Sheila Freitas, a execução do radialista foi encomendada por R$ 10 mil. Contudo, R$ 8 mil foram pagos. “Três mil foram pagos pelo pastor para que Dão pudesse fugir”, disse ela, revelando que o dinheiro pertencia à igreja onde o o ex-pastor Gilson Neudo pregava. O restante teria sido pago pelo tenente-coronel Moreira, "que juntou o dinheiro após vender um triciclo", acrescentou Sheila. O dinheiro foi rastreado com a quebra do sigilo telefônico e bancário dos investigados.

Além de ser apontado como o principal financiador do crime, o tenente-coronel Moreira também teria razões suficientes para querer se vingar de F. Gomes. O promotor Geraldo Rufino considera que as denúncias feitas com frequência pelo radialista levaram ao afastamento do oficial quando este dirigiu, em meados de 2010, a Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão. As denúncias, enfocando desmandos e atos do militar à frente da unidade, foram tão graves que levaram o Ministério Público a instaurar uma investigação contra Moreira.

Outro acusado que teve participação decisiva na articulação do crime, ainda segundo a delegada, foi o advogado Rivaldo Dantas, considerado o principal elo de ligação entre os envolvidos. “O advogado foi o elo entre o Gordo da Rodoviária, o pastor e o mototaxista Dão, além de também ter forte amizade com o tenente-coronel Moreira. A partir daí, eles resolveram matar F. Gomes”, afirmou.

Ainda de acordo com Sheila, foi também pela forte influência e domínio que Rivaldo tinha sobre Dão que o mototaxista foi contratado para executar o serviço. “Dão é um sociopata. Para ele, matar é a coisa mais comum do mundo. Ele viu a mãe se morta pelo padrasto quando criança. Daí essa frieza dele”, emendou a delegada.

G1 RN

3 de abril de 2016

JUSTIÇA ACATA AÇÃO DE LULA CONTRA GLOBO POR MENTIR SOBRE O TRIPLEX

Por Redação, com ACSs – de São Paulo

A Justiça do Estado de São Paulo acatou o processo proposto por advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra os proprietários do diário conservador carioca O Globo. Os irmãos Marinho, filhos do falecido empresário Roberto Marinho, respondem agora à ação civil por danos morais, após publicar matéria no jornal, intitulada Dinheiro liga doleiro da Lava-Jato à obra de prédio de Lula.
Nos autos do processo, agora registrado em cartório na capital paulista, os advogados de Lula anexaram a matéria publicada no dia 12 de agosto do ano passado, na qual o diário que apoiava a ditadura militar afirma que o ex-presidente seria dono de um apartamento triplex no Edifício Solaris, no Guarujá (SP), e que o empreendimento estaria ligado, de alguma forma, ao doleiro Alberto Youssef.
Antes da publicação do artigo, o Instituto Lula esclareceu ao jornalista que Marisa Letícia, mulher do ex-presidente, adquiriu a prestações, uma cota no empreendimento e que a família do ex-presidente não tem nenhum apartamento, quanto menos um tríplex. “Não foi a primeira vez que isso foi esclarecido a este repórter e o jornal carioca optou por dar continuidade à mentira que vem repetindo desde dezembro do ano passado”, disse o Instituto Lula, em nota.
Resposta de Lula
“O autor da matéria insistiu na versão mentirosa, com amplo destaque tanto na versão impressa do jornal, quanto na internet. O Instituto Lula respondeu ao Globo, em nota, no dia 14: ‘Lula não tem apartamento no Guarujá. E se tivesse?’ Em sua edição de sábado (15 de agosto), o jornal tentou justificar a atribuição da propriedade do imóvel pelo ex-presidente por informações passadas pela ‘vizinhança’, ou seja, fez um jornalismo baseado em fofocas de corredor de prédio”, acrescenta a nota do Instituto.
Ainda no documento, Lula afirma, por meio de sua assessoria, que “a ação demonstra que a matéria teve claro caráter difamatório e o mero registro burocrático do outro lado não compensa os danos morais causados pela veiculação de graves mentiras. Que foram criadas relações que não existem entre uma cota de empreendimento adquirida a prestações pela família do ex-presidente e Alberto Youssef, criminoso reincidente”.
Apesar da ação em curso, o diário carioca seguiu na publicação de outras matérias sobre o imóvel de Guarujá, o que valeu um novo desmentido, no último sábado que, segundo advogados do ex-presidente, será anexado ao processo contra a família Marinho, como demonstração do caráter persecutório dos meios de comunicação de propriedade das Organizações Globo.
Na nota da semana passada, o Instituto Lula demonstra, com uma série de documentos, “como os adversários de Lula e sua imprensa tentam criar um escândalo a partir de invencionices”. 

247

O Brasil, do “Fora Dilma” ao “Não vai ter golpe”

:
"O 'Não vai ter golpe' já triunfou como lema e como visão da crise atual do Brasil. Calou os lemas das marchas da direita, reduziu seus porta vozes ao silencio, foi murchando sua capacidade de mobilização, promovendo as condições de uma solução positiva da crise", diz o colunista Emir Sader; segundo ele, o impeachment não passará no Congresso e a presidente Dilma Rousseff cumprirá seu mandato até o fim; "não vão derrubar a Dilma, não vai haver retrocesso e a mobilização popular se alastrou como ninguém imaginaria no Brasil de hoje".

Professora Rosineide é reeleita coordenadora do Polo Alto Oeste- Fetam

 
Em reunião realizada ontem em Pau dos Ferros os  representantes sindicais da Fetam do Polo Alto Oeste reconduziram a coordenação do Polo à  Professora Rosineide,  Presidente do Sindiserpran de Água Nova. O Resultado final  da votação ficou da seguinte maneira: Coordenadora Geral Rosineide Nascimento de Agua Nova, Subcoordenador Gustavo Lopes de Marcelino Vieira 1-Suplente Carlos Sérgio de São Miguel 2- Suplente Alexandra Ferreira de Itaú. Parabéns a nova.coordenação.Sucesso. Fetam-RN Presidente Assis Filho, Profa, Nina e Uézia   coordenadora do Polo Sindical da Fetam-RN Oeste I.

Fonte: Profa. Nina

Ministro da Justiça vai apurar morte de policial civil em Minas

O ministro da Justiça, Eugênio Aragão
O ministro da Justiça, Eugênio Aragão

A pedido do ministro da Justiça, Eugênio Aragão, a Polícia Federal vai acompanhar as investigações sobre a morte do investigador da Polícia Civil de Minas Gerais Lucas Gomes de Araújo, encontrado enforcado com uma gravata em sua casa em Belo Horizonte no sábado (26).
Araújo ficou conhecido por fazer críticas e acusações ao ex-governador de Minas e atualmente presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, divulgadas em seus perfis nas redes sociais.
O Ministério da Justiça informou que vai apoiar a investigação "tendo em vista as circunstâncias de óbito repentino do policial".
Seguido no Facebook por quase 23 mil usuários, em diversos vídeos o policial acusava o tucano de ligação com narcotráfico, compra de habeas corpus, lavagem de dinheiro, corrupção e até homicídio.
Araújo criticava ainda a corrupção na própria Polícia Civil. Em uma das gravações, o policial diz que um corpo foi achado na propriedade de um primo do tucano, em Cláudio, onde o governo Aécio construiu um aeroporto. "Mas nada é investigado", afirma Araújo, que estava de licença para fazer tratamento psicológico.

Fernando Morais: Folha fez viagem de volta a 1964


O escritor Fernando Morais critica o editorial deste domingo (3) da Folha de S. Paulo, no qual o jornal pede que a presidente Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer renunciem; para ele, com o texto, a publicação "arranca dramaticamente a máscara de jornal plural e desnuda a si própria"; "Com o editorial, a Folha engata uma marcha-a-ré e volta a 1964, quando apoiou o golpe militar que infectou o Brasil, matou, torturou, perseguiu e exilou milhares e milhares de brasileiros. no caminho, faz um pit-stop nos anos de chumbo, quando o jornal emprestava seus veículos para os tonton macoute do General Médici caçarem comunistas", diz Morais; ele sugere ainda que o jornal de Otávio Frias Filho "demita por justa causa o autor da peça literária: o Claudio Marques, que perpetrou o artigalhão se esqueceu de propor que, antes da convocação de novas eleições, o ex-presidente Lula seja inabilitado para disputá-las, porque até os vendedores de carros usados da Barão de Limeira sabem que, se não tirarem Lula do campo, a força, ele ganha as eleições".

247

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !