20 de fevereiro de 2016

Jovem comente suicídio em Pau dos Ferros, na noite deste sábado

Um jovem identificado como Francisco Ubiraci Silva, de 25 anos, cometeu suicídio, na noite deste sábado, 20, na cidade de Pau dos Ferros.
O fato ocorreu na rua Francisco Dantas, no bairro São Judas Tadeu, próximo ao cruzamento com a rua 25 de março.
Ele é natural da cidade de Major Sales e populares afirmam que ele residia com um companheiro no mesmo espaço onde atentou contra a sua vida.
A polícia isolou o local e aguarda a chegada do ITEP para remoção do corpo para Mossoró, onde será submentido a autópsia.

Fonte: Blog do JP-  Blog do João Moacir

Vasco vence o Tigres e se mantém 100%

 
O placar de 2 a 0 pode sugerir uma vitória fácil, mas o Vasco sofreu para vencer o Tigres, na noite desta sábado, no Estádio Los Lários, em Xerém. Apesar do amplo domínio, o Cruz-Maltino só garantiu a vitória nos minutos finais, após desperdiçar inúmeras chances ao longo do jogo. Fato é que a vitória por 2 a 0 assegurou os 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca, com cinco triunfos em cinco jogos. Coube a Thalles, que saiu do banco de reservas, abrir o placar. Nenê marcou o segundo com enorme colaboração do goleiro Renan.

Turismo gastronômico brasileiro é divulgado no Japão

 Chefs Alex Atala e Yoshihiro Narisawa cozinharam juntos para selar parceria entre os dois países
A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) promoveu em Tóquio ação conjunta com a Embaixada do Brasil no Japão na última semana para divulgar o turismo gastronômico brasileiro. Na residência oficial da Embaixada, os chefs Alex Atala e Yoshihiro Narisawa cozinharam juntos pela primeira vez.
Cerca de 110 convidados puderam saborear os oito pratos servidos pelos especialistas, entre eles operadores turísticos e comerciais, representantes da mídia especializada e formadores de opinião. 
“Um evento como esse é de grande importância, pois promove o segmento do turismo gastronômico brasileiro para um país que tem aumentado seu emissivo de turistas nos últimos anos”, informou Vinícius Lummertz, presidente da Embratur. De acordo com o Anuário Estatístico do Ministério do Turismo, somente em 2014, 84 mil visitantes estiveram no Brasil. 
O evento culinário fez parte da celebração dos 120 anos de Amizade entre Brasil-Japão. Os principais representantes do trade turístico do Japão compareceram em peso: agentes de viagens, profissionais do turismo, representantes de redes de hotéis e de empresas aéreas. 
Lummertz lembra que o Japão é um dos países beneficiados pela isenção de visto de turismo durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. “A dispensa é um estímulo para os visitantes japoneses conhecerem a diversidade da oferta turística brasileira e praticarem atividades envolvendo não só gastronomia, mas cultura, ecoturismo, praia e esportes em diferentes destinos do Brasil". 
Os chefs 
Atala é proprietário de um dos mais conceituados restaurantes de São Paulo, eleito o 6º melhor restaurante do mundo pela revista inglesa Restaurant. Já Narisawa é dono do restaurante Tokyo’s Les Creations de Narisawa, que obteve a oitava colocação entre os melhores restaurantes do mundo também pela mesma revista.
Fonte: Ministério do Turismo

19 de fevereiro de 2016

Os (as) amantes do tucanato

 
"Por que uma suposta 'ação entre amigos' envolvendo Lula e a Odebrecht é condenada, enquanto que essas 'ações entre amigos', que perpassam a história da República, é tolerada, e até protegida/escondida, pela rede Globo, pela 'Veja' e pela grande mídia em geral?", questiona o colunista do 247 Lula Miranda; ele critica a jornalista Eliane Cantanhêde, que "arrumou um 'jeitinho' de tentar transferir a bronca e a sujeira de FHC para o PT - para limpar a barra deste e dos seus parceiros no tucanato, provavelmente"; "É bom que essas coisas venham a público para que fique cabalmente evidenciada a hipocrisia e o falso moralismo de certos políticos, e o tratamento diferenciado que a grande imprensa dá quando se refere a outro ex-presidente: Luiz Inácio Lula da Silva. FHC, depois dessas revelações Gravíssimas, está, desgraçadamente, completamente desmoralizado", ressalta.

brasil247

Estudantes de Água Nova divulgam na net descaso da gestão municipal com o transporte escolar

 
O Estudante Danilo Souza publicou em sua pagina do Facebook  lamentando o descaso da gestão municipal de Água Nova com os alunos que nescessitam de tranporte escolar  para seus deslocamentos até Pau dos Ferros.

Confira:
" venho aqui falar do descaso com a educação da nossa querida cidade de Água Nova, nós que somos alunos universitários somos vítimas de grande humilhação, a tempos sofremos com o descaso no transporte escolar, hoje ficamos mais de uma hora esperando o carro chegar e ele não veio, sem contar que o desconforto é enorme, temos uma faixa de 30 alunos onde não há a mínima condição de irmos em um carro com capacidade para 15 pessoas, além disso nós alunos da UERN temos que ficar a espera de caronas para voltarmos pra casa, eu particularmente ja procurei o lider do executivo para nossa situação ser resolvida, porém ainda não temos respostas, me pergunto até quando a educação vai ser tratada com desrespeito, será que não tem importância para os senhores políticos a educação brasileira? Infelizmente essa é a nossa realidade mais precisamos acreditar na mudança."
 

Folha de SP reconhece: As redes sociais abalaram os pilares do Jornalismo



Justiça manda soltar senador Delcídio do Amaral

 
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (19) a soltura do senador Delcídio do Amaral , preso em novembro do ano passado. O parlamentar está custodiado no Quartel do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Distrito Federal.
Não há detalhes sobre a decisão, que está em segredo de Justiça. Além de Delcídio do Amaral, o chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira, também foi solto.
A prisão do senador foi embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Segundo a procuradoria, o senador ofereceu R$ 50 mil por mês para Cerveró e sua família, além de um plano de fuga.

Choveu na Região Oeste

 
As chuvas caídas na noite de ontem na região do Alto Oeste estão dentro das previsões metrológicas anunciadas pela Emparnr.   A chuva ocorrida na noite dessa segunda-feira no município de Água Nova foi de 55mm, segundo Ronaldo Sousa. As precipitações pluviométricas atingiu  várias cidades da Região Oeste.

BNDES renova programa de apoio à inovação para micro, pequenas e médias empresas

 A linha financia o desenvolvimento de novos produtos e introdução das inovações no mercado
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) renovou até 30 de setembro de 2018 a vigência do Programa BNDES de Apoio à Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora (BNDES MPME Inovadora), com mais R$ 300 milhões de investimento. 
Lançado em janeiro de 2014 para estimular investimentos em inovação e aumentar a competitividade das companhias de menor porte, o BNDES MPME Inovadora encerrou sua primeira fase em dezembro de 2015 com 137 operações aprovadas, no valor de R$ 261,2 milhões.
Das empresas que acessaram os recursos do programa, 24,5% não tinham relacionamento anterior com o BNDES. Além disso, 57,7% das operações contaram com a cobertura do Fundo Garantidor para Investimentos (BNDES FGI).
Investimentos
O MPME Inovadora financia os investimentos dos planos de negócios das empresas inovadoras como desenvolvimento de novos produtos e introdução das inovações no mercado. A taxa de juros é composta de TJLP, mais 1% de remuneração básica do BNDES, taxa de intermediação financeira de 0,1%, conforme determinam as políticas operacionais do Banco, e remuneração da instituição financeira repassadora negociada entre esta e o cliente.
O limite de financiamento aos investimentos é de R$ 20 milhões por beneficiário, com prazo máximo de 10 anos (até 4 de carência). Essas operações têm dotação orçamentária de R$ 200 milhões.
Capital de giro
O MPME Inovadora também financia capital de giro, com condições mais favoráveis para as micro e pequenas empresas: custo financeiro de 75% da taxa Selic e remuneração básica do BNDES de 0,4% ao ano. Para as empresas de porte médio, o custo financeiro é de 90% da Selic e a remuneração básica do BNDES é de 1,3% ao ano.
A taxa de intermediação financeira é de 0,1% ao ano para todas as MPMEs. A instituição repassadora, por sua vez, negocia sua remuneração diretamente com o cliente.
O limite para financiamento de capital de giro é de R$ 10 milhões, com prazo de até 5 anos (até 2 de carência). Para essas operações, a dotação orçamentária é de R$ 100 milhões.

18 de fevereiro de 2016

OS 30 BRASILEIROS MAIS VICE-CAMPEÕES DA HISTÓRIA:


Os 30 clubes brasileiros com mais vice-campeonatos da história
Fonte: PLACAR

STF deve afastar Cunha do comando da Câmara

:
Segundo o jornalista Kennedy Alencar, "há uma conversa de bastidor no STF que sinaliza a possibilidade do seguinte destino para Eduardo Cunha: ser afastado da presidência da Câmara, mas manter o mandato de deputado federal pelo Rio de Janeiro".

Publicado no Blog do Primo: Blogueiro Mazinho Capote de Pau dos Ferros diz que foi ameaçado pelo deputado Getúlio Rêgo

IMG_1647

Dois jovens foram assassinados em São Miguel/RN


Rodrigo morreu no local
Encontrado morto
 no dia seguinte 
Dois jovens foram mortos na noite desta terça-feira(16), por volta das 20h00 na Rua Boba Lopes, nas proximidades do Ginásio de Esportes, o Torquatão na cidade de São Miguel/RN.

De acordo com informações dois malévolos chegaram em uma motocicleta de característica e placa não anotada e surpreenderam três jovens que se encontravam conversando em frente a um comercio da cidade, todos correram. 

Rodrigo Huan da Silva Costa de 19 anos, que residia no bairro Núcleo Manoel Vieira, foi atingido com tiro na cabeça e outros cinco pelo corpo e morreu no local e o segundo jovem que ainda não foi identificado pela polícia foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira(17), por volta das 07h00, em outra rua com um tiro nas costas. 

A equipe do ITEP/RN compareceu ao local na noite anterior e retornou na manhã desta quarta-feira(18), para remoção do outro corpo, para ser necropsiado na base do órgão em Mossoró/RN.

Um jovem foi preso e autuado em flagrante pela Polícia suspeito de participação nos crimes e se encontra preso no CDP de Pau dos Ferros à disposição da Justiça.

O jovem encontrado morto acredita ser da cidade de Icó/CE e tinha passagens pela Polícia.
Rodrigo morreu no local

nossoparanarn.blogspot

Para advogados, STF curvou-se à opinião pública ao antecipar cumprimento de pena

STF1
Criminalistas já se movimentam contra a decisão do Supremo Tribunal Federal que liberou a aplicação da pena de prisão depois que condenações criminais sejam confirmadas em segundo grau. O novo entendimento foi proferido nesta quarta-feira (17/2), por 7 votos a 4. Advogados ouvidos pela revista Consultor Jurídico dizem que o novo entendimento viola a presunção da inocência com o objetivo de atender à opinião pública.
Para Alberto Zacharias Toron, o resultado é “duplamente desolador”. “Primeiro porque, a pretexto de se interpretar a Constituição, negou-se vigência a uma garantia do cidadão. Ao invés de lermos que não se presume a culpa até o trânsito em julgado, agora devemos ler que não se presume a culpa até o julgamento em segunda instância. Se o Constituinte errou, pior para ele. Mudar a regra constitucional, nem pensar. O Supremo faz isso sozinho, tiranicamente”, declarou.
“O mais grave, porém, é ouvir que se está atendendo a um reclamo da sociedade. Se é assim, não precisamos nem do Direito e muito menos dos tribunais. Se for para ouvir a voz das ruas, basta o ‘paredão’ do Big Brother Brasil ou do Fidel”, disse Toron, em referência a um trecho do voto do relator. Segundo o ministro Teori Zavascki, é preciso “atender a valores caros não apenas aos acusados, mas também à sociedade”.
O advogado Fernando Hideo Lacerda, professor de Direito Penal e Processual Penal, concorda e afirma que ao atender o que julga ser a opinião pública, o Supremo “busca um lugar indevido sob os holofotes”. “O mais sintomático, nessa época em que as garantias individuais estão sendo lavadas a jato pela espetacularização do processo penal, é ouvir de um ministro que a mudança na jurisprudência é para ouvir a sociedade”. Ele considera óbvio, pela leitura do artigo 5°, inciso LVII, da Constituição que a privação da liberdade deveria aguardar o julgamento dos recursos cabíveis.
Em 2010, aliás, o Plenário do STF decidiu que a Constituição é literal ao dizer, no inciso LVII do artigo 5º, que “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”, conforme acórdão relatado pelo ministro Eros Grau, hoje aposentado.
O advogado e professor Lenio Luiz Streck, colunista da ConJur, aponta que houve “um giro total” da corte em relação à jurisprudência anterior. Ele afirma que a Constituição é clara ao garantir a presunção da inocência. “Sou insuspeito para falar sobre isso, uma vez que venho pregando, dia a dia, o cumprimento da Constituição, doa a quem doer. Já fui acusado até de originalista. O texto da Constituição tem de valer. Acho que o Supremo Tribunal deveria ter deixado que o texto da Constituição falasse.”
O advogado Celso Vilardi afirma que a mudança é “lamentável”, pois não faz sentido que o tribunal altere posição definida em julgamento ainda recente. Ele discorda de outro fundamento apresentado pelo ministro Teori Zavascki: o de que a prisão é possível porque a fase de análise de provas e de materialidade se esgota em segundo grau. Vilardi diz que, embora não haja julgamento de matéria de fato, vários casos já sofreram mudanças significativas após análises de recursos extraordinários (no STF) e especiais (no Superior Tribunal de Justiça).
Guilherme San Juan Araujo apresenta posicionamento semelhante: “A decisão do STF está em dissonância com a carta garantista de 1988, ao passo que viola o princípio da presunção de inocência, tão duramente conquistado. Importante que lembremos que não são poucos os casos em que o Superior Tribunal de Justiça e STF reformam total ou parcialmente decisões penais condenatórias. O prejuízo que será trazido com o novo marco será irreparável nesses casos.”
O criminalista Bruno Rodrigues lembra que, conforme pesquisa da FGV Direito Rio em 2014, 8,27% dos Habeas Corpus e Recursos em Habeas Corpus foram concedidos pelo STF entre os anos de 2008 a 2012, enquanto no STJ o número de processos aceitos foi de 27,86%.
“Se forem realizadas pesquisas sobre a reforma de acórdãos nos recursos especial e extraordinário vamos verificar que um grande número também sofre reforma, não importando neste momento qualquer resposta à sociedade quando o tema tratado é a liberdade de um cidadão”, afirma. E acrescenta que “mais vale aguardar o trânsito em julgado do que privar um inocente a cumprir a pena ou um apenado cumprir pena maior ou em regime mais grave do que o que vier a ser condenado ao final do processo.”
Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil também cita o alto índice de reforma de decisões de segundo grau pelo STJ e pelo próprio STF. “Nesse cenário, o controle jurisdicional das cortes superiores mostra-se absolutamente necessário à garantia da liberdade, da igualdade da persecução criminal e do equilíbrio do sistema punitivo.
A OAB afirma ainda que a execução provisória da pena é preocupante “em razão do postulado constitucional e da natureza da decisão executada”, pois, se reformada, produzirá danos irreparáveis a quem for encarcerado injustamente.
O criminalista Marcelo Leonardoavalia que, se um acusado responde ao processo em liberdade por falta de motivos de prisão provisória, o julgamento na segunda instância é motivo insuficiente para mandá-lo atrás das grades. Ele considera ainda que o número de prisões vai aumentar, assim como o número de pedidos de HCs impetrados no STF e no STJ.
Segundo Daniel Bialski, a decisão poderá gerar insegurança jurídica, pois cada juízo emitirá uma sentença diferente, o que aumentará o número de Habeas Corpus impetrados nas cortes superiores. “O aumento vai ocorrer justamente porque o Habeas Corpus é um remédio rápido para solucionar questões urgentes. O constrangimento de ficar preso, uma hora, um dia ou uma semana é algo que marca, que a pessoa nunca esquece.”
Problema carcerário
Para o presidente do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim), Andre Kehdi, a decisão é extremamente preocupante, pois ignora a questão carcerária no Brasil. “Todos os países que são grandes encarceradores estão reduzindo a população presa, mas o Brasil marcha na contramão da história, determinando que a pena seja cumprida antes de o Estado definir os limites da punição, atropelando o devido processo legal”, critica. “Os ataques ao direito de defesa têm sido feitos constantemente e o Supremo também se curvou à onda do punitivismo exacerbado”, afirma.
“Ouso imaginar que os ministros não pararam para fazer contas [de como isso afetará as prisões]”, diz o presidente do Instituto de Defesa do Direito de Defesa, Augusto de Arruda Botelho. “O Supremo sempre teve coragem de tomar decisões impopulares. Acho que a perdeu”, afirma.
Pierpaolo Cruz Bottini também aponta a questão prática da decisão: “Respeito a decisão do Supremo Tribunal Federal, mas tenho receio de seus impactos. O Brasil já tem 600 mil presos. Aumentar esse número não resolve o problema e cristaliza injustiças”.
O Movimento de Defesa da Advocacia (MDA) afirma que a decisão do STF é preocupante, pois vai contra uma cláusula imutável da Constituição. A entidade diz ver com “muita preocupação” o recente posicionamento do STF, “violando, assim, o principio constitucional de presunção de inocência, inserido na Constituição da República como clausula pétrea”, declara nota assinada por seu presidente, Rodrigo Castro, e seu diretor de prerrogativas, Pedro de Oliveira.
Ferro e fogo
O juiz Alexandre Morais da Rosa, colunista da ConJur, classifica a mudança de entendimento do STF como “retumbante erro histórico”. “Nós devemos guardar os nomes daqueles que fizeram essa revisão para que a história possa um dia julgá-los como sujeitos que inverteram a lógica de uma democracia construída com ferro e fogo.”
“O que temos hoje é a corte constitucional fazendo uma reforma constitucional para si, visando interesses próprios, no sentido de reduzir o número de recursos, e outros ministros jogando para a torcida, no sentido de atender os conclames da rua. E esse movimento é feito por ministros, do qual se têm respeito, e que, do ponto de vista da história da civilização no tocante ao Direito e Processo Penal, pouco entendem. Raramente nós poderíamos exigir que um ministro dominasse todos os ramos do Direito”, afirma o juiz.
(Consultor Jurídico)

Programa de incentivo a startups dobra número de vagas em 2016

 Programa de incentivo a startups dobra número de vagas em 2016

As inscrições do Programa Inovativa Brasil começaram ontem quarta-feira (17) com a missão de promover a aceleração de startups – empresas empreendedoras em tecnologia. A iniciativa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), criada em 2013, dobrou de tamanho neste ano. Serão 300 vagas em disputa pelos empreendedores na primeira rodada de seleção, que termina em 14 de março. Outras 300 oportunidades serão abertas no segundo semestre.
O ministro Armando Monteiro disse que a conexão dessas empresas em gestação com grandes companhias do mercado é um dos focos do programa. “Eu considero que o grande desafio hoje é tornar as startups empresas bem sucedidas e para que isso aconteça é preciso conectá-las com o mercado. O Inovativa nada mais é do que uma plataforma que está sendo oferecida a esses empreendedores para que eles se conectem e acelerem seu processo de desenvolvimento e de consolidação das iniciativas”, disse.
O programa auxilia e orienta empreendedores iniciantes com uma boa tecnologia mas com pouco conhecimento de negócio. Para isso, oferece capacitação em estratégia de negócios, mentoria de executivos de alto escalão e faz a conexão entre os empreendedores e investidores. O Inovativa conta atualmente com mais de 11.000 empreendedores em sua plataforma na internet (www.inovativabrasil.com.br) e 400 mentores voluntários no Brasil e no exterior.
A estrutura do programa foi montada com auxílio de especialistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), um dos maiores centro globais de referência em inovação. “Esse programa vem fortalecendo uma base de empresas que podem crescer”, afirma o secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius de Souza.
O suporte do MIT foi o que ajudou o MDIC a dobrar o número de vagas do programa. Dos 300 selecionados, após uma bateria de treinamento e preparação, 125 continuaram no Inovativa até a fase de financiamento colocado por órgãos de fomento como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Outra inovação do programa neste ano foi uma parceria do MDIC com a Associação Nacional de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia das Empresas Inovadoras (Anpei) para acelerar a análise de patentes. O órgão vai disponibilizar 300 patentes no âmbito do programa Patente MPE para projetos pilotos.
Esses projetos serão analisados em até 12 meses, o que foi apresentado pelo presidente da Anpei, Luiz Otávio Pimentel, como um prazo rápido ande o estoque de 210 pedidos de registro aguardando avaliação, que costuma ser de “alguns anos”. “Temos um estímulo à inspeção de patentes para empresas inovadoras”, afirmou.
Sebrae
O Inovativa também firmou um termo de cooperação com o Sebrae. A ideia é de que a parceria ajude a ampliar e integrar as bases de mentores e avaliadores da instituição dentro do programa do MDIC.
O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, avaliou a parceria como importante para estimular a inovação do pequeno empreendedor. “Hoje, a criatividade está no pequeno. O grande (empresário) não cria, ele compra pronto”, considerou.
Afif afirmou que o estímulo às startups é ainda mais relevante em meio ao momento de crise econômica pela qual o País passa. “A inovação, principalmente por meio desse campo tecnológico, significa renda e emprego, que é o fim maior de qualquer política pública”, disse.

Fonte: Portal Brasil, com informações do MDIC, da Anpei e do Sebrae

Estado do Rio Grande do Norte irá à Justiça no caso Fundeb

O impasse que envolve a cobrança de R$ 192,4 milhões repassados a mais para o Rio Grande do Norte, via Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização de Profissionais (Fundeb), parece estar longe do fim e pode evoluir para a judicialização. De acordo com o procurador-geral do Estado, Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior, o Governo do Estado – que sozinho teria que devolver R$ 79 milhões entrará com ação judicial para não fazer a devolução.

Tribuna do Norte

17 de fevereiro de 2016

Liminar suspende depoimentos de Lula e Marisa à Justiça em São Paulo


 

Uma liminar do Conselho Nacional do Ministério Público suspendeu o depoimento que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher Marisa Letícia dariam hoje (17) à Justiça em São Paulo.
A suspensão dos depoimentos, que estavam marcados para hoje de manhã, o de Lula, e à tarde, o de dona Marisa, atende a uma representação do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que acusa o promotor Cássio Cesarino de ter feito um prejulgamento de sua decisão ao dar entrevista a uma revista de circulação nacional antes mesmo de ouvir os depoimentos.

Graça Adjuto

Portos Brasileiros batem recorde de movimentação de cargas

 A maior parte da carga movimentada em 2015, com uma parcela de 62,75%, foi de granel sólido



 A movimentação de cargas nos portos brasileiros bateu recorde histórico em 2015, ultrapassando a marca de 1 bilhão de toneladas. O número exato foi de 1,006 bilhão de toneladas em 2015, 3,9% acima da movimentação de 2014, que totalizou 968,87 milhões de toneladas.
Os dados estão disponíveis na nova plataforma que reúne informações dos portos do Brasil, chamada WebPortos, lançada pelo ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), Helder Barbalho, nesta terça-feira (16).
“Estamos muito otimistas com o desempenho dos portos em 2016 e acredito que vamos continuar na linha crescente de volume de carga transportada, como ocorreu em 2015, quando batemos recorde, ultrapassando a marca de 1 bilhão de toneladas movimentadas em nossos portos”, concluiu o ministro.
Desenvolvida em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, o novo sistema consolida as informações sobre os portos brasileiros oriundas de diversas fontes, como Antaq, IBGE, Companhias Docas, entre outras.
“Nossa intenção é continuar agregando mais informações e fazendo aprimoramentos em nosso sistema para que o WebPortos seja uma referência em termos de transparência, com acesso pleno, atualizações permanentes e dados seguros, tudo para orientar a tomada de decisão de investimento”, explicou o ministro durante a solenidade de lançamento da plataforma.
O novo sistema já está aberto para consultas, e o link está disponível na página da Secretaria de Portos na internet.
Os dados de 2015 no WebPortos, por exemplo, mostram que a maior parte da carga movimentada, com uma parcela de 62,75%, foi de granel sólido. Em seguida, por participação, vieram granel líquido (22,37%), contêiner (9,87%) e carga solta (5,01%). Por tipo de carga específica, o destaque foi o minério de ferro com 364 milhões de toneladas movimentadas em 2015, com crescimento de 5,35% em 12 meses.
O WebPortos também permite ver que 64,58% do comércio exterior realizado por meio de portos no ano passado foi por terminais de uso privado, construídos e explorados diretamente por empresas, com autorização do Poder Público.
O sistema mostra dados de portos públicos, Companhias Docas e terminais privados, como localização e movimentação. A informação sobre carga movimentada pode ser pesquisada por resultado mensal, anual ou acumulado até determinado mês por ano desde 2010. Os dados também podem ser classificados por importação, exportação ou soma de comércio exterior. Há ainda rankings por portos ou por produtos.
Fonte: Portal Brasil

16 de fevereiro de 2016

Miriam Dutra detona Fernando Henrique Cardoso, Globo e Mario Sergio Conti


Depois de 30 anos de silêncio, a jornalista Miriam Dutra, que teve um caso com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, falou pela primeira vez sobre a relação entre os dois; em entrevista à revista BrazilcomZ, ela conta como foi seu "exílio" decretado pela Globo, quando vazaram as notícias de que FHC tinha um filho fora do casamento; "Eu passei muita dificuldade, muita solidão, focada nos meus filhos, e tentando muito sempre trabalhar e pedindo pra Globo, pelo amor de Deus pra fazer alguma coisa, e eu era sempre cortada, sempre cortada", conta; ela revelou ainda que FHC a obrigou a conceder uma entrevista a Veja, dizendo que o pai da criança era um biólogo – e não o ex-presidente (o que depois não se confirmou com o teste de DNA); "Foi Fernando Henrique com Mario Sergio Conti", afirmou, apontando o ex-diretor da revista (hoje na Globonews) como responsável pela armação; em relação ao ex-presidente, ela o qualificou como uma pessoa que gosta de "fazer tudo sorrateiramente e posar de bom moço".
 Leia aqui a íntegra da entrevista.

Tromba music retrô apresenta: Tom Zé

 Grande gênio de nossa MPB, pouco divulgado, um geração que o desconhece.
 

Caixa oferece versão resumida do contrato de cartão de crédito

 A gerente comercial Adriana Barbosa elogiou o contrato
A Caixa Econômica Federal oferece versões resumidas de contratos para cartões de créditos. Chamados de "Contratos Transparentes", eles concentra em duas páginas (frente e verso) as informações mais importantes das 15 páginas do documento original e das regras do Programa Pontos Caixa.
Na prática, o contrato resumido deixa mais claro ao consumidor seus direitos, benefícios, deveres e tarifas do produto.“Você acaba ganhando tempo, porque vem tudo resumido. O que estaria em um contrato maior, que eu levaria mais tempo analisando, esse mostra realmente o que é importante”, disse a A gerente comercial Adriana Barbosa, que abriu uma conta na Caixa e tirou um cartão de crédito. 
Para Adriana, um contrato grande, cheio de cláusulas, pode até confundir. Além disso, como o documento não ocupa muito espaço, ela pode levá-lo na bolsa. “Se eu tiver alguma dúvida com relação às taxas ou outra coisa, pego o contrato na bolsa. É muito prático”.
O Contrato Transparente permite, ainda, que o consumidor tenha acesso à versão integral do Contrato de Prestação de Serviço por meio da leitura de QR Code, localizado no verso do documento resumido. O QR Code dá acesso também à tabela completa com as tarifas cobradas pela Caixa e ao contrato do Programa Pontos Caixa.
“As informações mais importantes estão concentradas em 13% do espaço. A versão resumida, que não substitui o contrato tradicional, deixa bem clara qual a cobertura e quais as exclusões na contratação”, explica Leonardo Araújo, sócio da  empresa contratada para fazer as versões simplificadas dos contratos para os cartões Caixa.
Facilidade
O diretor executivo de Cartões e Meios de Pagamento Eletrônico da Caixa, Mario Ferreira Neto, explica que em duas páginas foi possível sintetizar todos os serviços disponíveis no cartão de crédito. “O Contrato Transparente vem exatamente para facilitar a leitura e o entendimento do contrato original. Como se fosse um guia, um resumo, mas muito completo.”
Mario Neto ressalta, ainda, que a preocupação da Caixa é dar ao cliente um instrumento rápido, com uma linguagem acessível, para que ele tenha conhecimento dos seus direitos e deveres, assim como os serviços que o cartão de crédito oferece. “A nossa intenção é que a relação com o cliente seja a mais transparente possível do ponto de vista da Caixa enquanto fornecedora de serviços”.
Fonte: Caixa

Saque do PIS fica disponível a partir desta terça-feira

 Abono do PIS fica disponível a partir de amanhã para nascidos em março e abril
Os trabalhadores nascidos em março e abril podem sacar o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) a partir desta terça-feira (16). O saque pode ser feito nas agências da Caixa Econômica Federal. Quem possui o Cartão do Cidadão também pode recorrer aos canais de autoatendimento do banco, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Quem tem conta na instituição financeira só precisa aguardar o depósito do dinheiro, previsto para quinta-feira (18).
O abono salarial equivale a um salário mínimo, atualmente em R$ 880. Têm direito ao benefício os trabalhadores que estejam cadastrados no programa há pelo menos cinco anos, tenham recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos e trabalhado pelo menos 30 dias em 2014 e que tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), entregue ao Ministério do Trabalho e Emprego.
O trabalhador que desejar informações adicionais sobre o abono pode ligar para 0800 726 0207 ou consultar o site da Caixa Econômica Federal. Neste mês, também serão pagos os rendimentos do saldo de cotas do PIS para trabalhadores cadastrados no programa até 4 de outubro de 1988. Os valores não sacados retornam ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
Em março, os pagamentos do abono salarial do PIS serão feitos a partir do dia 17, para trabalhadores nascidos nos meses de maio e junho.
Fonte: Agência Brasil

15 de fevereiro de 2016

Nova etapa de coleta de dados do Censo Escolar começa hoje

Resultado de imagem para Nova etapa de coleta de dados do Censo Escolar começa hoje
A coleta de dados da segunda etapa do Censo Escolar de 2015 teve início nesta segunda-feira (15). Diretores e responsáveis pelas escolas ou por sistema on-line Educacenso têm até 1º de abril para reunir todas as informações de rendimento (aprovação, reprovação e abandono escolar) e enviar as informações.
A partir das informações coletadas pelo Censo, é possível formular, implementar, monitorar e avaliar políticas públicas. Com base nos dados, são executados programas governamentais na área da educação. Além disso, o levantamento serve de subsídio para análises e estudos sobre as características da educação básica pública e particular no Brasil.
O preenchimento das informações é de responsabilidade dos diretores e dirigentes das escolas públicas e também das secretarias Estaduais e municipais de educação, que trabalham em cooperação com as unidades de ensino.
O Censo Escolar 2014 registrou 49,8 milhões de matrículas na educação básica brasileira. Os dados apontam 188.673 escolas — 79% públicas e 21% privadas.

14 de fevereiro de 2016

Donos do Sítio em Atibaia diz que vão provar que são os verdadeiros proprietários

:
Empresário Fernando Bittar irá afirmar aos investigadores Operação Lava Jato que não atuou como laranja na compra do sítio em Atibaia, interior de São Paulo, que é utilizado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua família para descansar; segundo o advogado Alberto Zacharias Toron, Bittar está disposto a colaborar com as investigações e pretende "dissipar equívocos e mostrar claramente que ele e seu sócio Jonas são os verdadeiros proprietários do sítio"; "Vamos mostrar provas e documentos", disse; depoimento está agendado para esta semana.

Salas de aula do RN perderão 3 mil professores em 2016

Resultado de imagem para Salas de aula do RN perderão 3 mil professores em 2016

A rede estadual de ensino no Rio Grande do Norte terá aproximadamente 3 mil professores a menos em sala de aula até o fim de 2016. O cálculo é feito com base no somatório de aposentadorias previstas para este ano, licenças médicas e docentes readaptados, ou seja, que não podem estar em sala de aula. De 2011 a 2015, 6 mil processos de aposentadorias foram abertos. Até o final de janeiro deste ano, outros 1300 professores pediram aposentadoria por idade ou tempo de serviço .

Tribuna do do Norte

Mega-Sena acumulou de novo e deve pagar R$ 24 milhões na quarta-feira

 
O sorteio da Mega-sena deste sábado (13) acumulou mais uma vez. Segundo a Caixa Econômica Federal, não houve vencedor no concurso 1790, realizado pelo Caminhão da Sorte, na cidade de Fortaleza, capital do Ceará. As seis dezenas sorteadas foram:
11 - 13 - 26 - 27 - 28 - 50.

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !