17 de outubro de 2015

Começa hoje o horário de verão

 
À meia-noite de hoje  sábado (17) para domingo (18), os  que queiram  aderir  devem adiantar os relógios em uma hora. O horário de verão vai durar até o dia 21 de fevereiro de 2016.

Estudante em Água Nova desabafa na Rede Social

Confira o desabafo  publicado  pela  estudante Milânia Fernandes de Água Nova em sua página do Facebook:
 Milânia Fernandes
"É impressionante a falta de respeito com os estudantes de nossa amável Água Nova. Hoje nos sentimos totalmente angustiados, meus colegas e eu.Liguei para o motorista do ônibus Arimateia e o mesmo me disse:_ Hoje não vou, pois recebi ordens da gestão que quando tivesse poucos alunos o ônibus não iria.Fui tentar ver alguém do poder publico, sem sucesso, resultado viemos todos de carona, 7estudantes...Agora eu pergunto meu povo. Onde vamos parar com essa falta de incentivo? Desistir jamais, mas tenham plena certeza que essa revolta só vem nos fortalecer, pois acreditamos sim em um futuro promissor e iremos sim contribuir sempre com o desenvolvimento de nossa cidade, sabemos que um país se faz com grandes homens e uma pequena cidade também...desculpa, foi só um desabafo"

Frase do dia

16 de outubro de 2015

Janot denuncia 06 senadores e 10 deputados

Marco-06-03-15-A-lista-de-Janot-NET

Vem aí uma nova lista do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, de políticos denunciados no escandaloso esquema do ‘Petrolão’ – os desvios de recursos em contratos da Petrobras envolvendo empreiteiros, lobistas e políticos.
Quem acompanhou a nova delação do lobista Fernando Baiano no processo da Lava Jato diz que ele delatou pelo menos seis senadores e dez deputados federais. O partido nega, mas investigadores já apontam Baiano como o operador do PMDB no esquema

15 de outubro de 2015

A partida entre Vasco e Chapecoense foi marcada por arbitragem polêmica


  Vasco e Chapecoense ficaram num empate em 1 a 1 na noite desta quinta-feira, no Maracanã, pela 30ª rodada do Brasileirão. Resultado que atrapalha ambos na luta para escapar do rebaixamento. A Chape, que tem o luxo de comemorar um pouco mais o placar, ainda teve dois gols anulados na partida. Porém, chegou ao gol de empate em um pênalti polêmico convertido por Bruno Rangel. Antes, Rodrigo havia aberto o placar para o Gigante da Colina. 

Registro fotográfico da caminhada contra o cânçer de Mama




 Na manhã dessa quinta-feira (15), foi realizada uma caminhada  ,organizada  pela Secretaria de Saúde com participação das escolas do município. O evento foi para lembrar  a campanha de combate ao câncer de mama que se intensifica no mês de  outubro. Alunos, professores, profissionais de saúde e comunidade se vestiram de "rosa" cor da campanha de combate ao câncer de mama e saíram as ruas para mostrar a importância das medidas preventivas no combate a doença que atinge milhares de mulheres no Brasil.


 



 

Salve o dia do Professor!

 
"Um professor pode encontrar a eternidade, pois nunca poderemos determinar onde pára a sua influência sobre os alunos que um dia serão homens, gênios, inventores, sementes que germinaram pelas mãos de seus mestres."

14 de outubro de 2015

Sorteio da mega-sena ontem

  Ninguém acerta Mega-Sena; veja os números (Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas)
Ninguém acertou os números do concurso 1.750 da Mega-Sena sorteados nesta terça-feira (13), em Mairinque (SP). O prêmio estimado para o próximo sorteio, que ocorre na quinta-feira (15), é de R$ 31 milhões.
Veja as dezenas sorteadas: 15 - 17 - 20 - 31 - 41 - 48.

Terceira liminar do STF impede rito de impeachment definido por Cunha

 
Um nova decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), proferida pela ministra Rosa Weber, suspendeu nesta terça (13) os efeitos do rito, definido por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para processos de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, em tramitação na Câmara dos Deputados.

Fábio Faria diz que Kelps Lima já "mentiu, demagogicamente"


fabio_faria_370O deputado federal Fábio Faria (PSD) disse hoje (13) que o deputado Kelps Lima (SDD) só está preocupado com a autopropaganda, e que ele já mentiu para a população quando o governador Robinson Faria (PSD) anunciou que abria mão da residência oficial. “[Kelps] foi para a imprensa dizer que o governador não usa a residência oficial por causa de um projeto de sua autoria, que proibia isso. Não é verdade. O projeto que ele apresentou não foi aprovado na Assembleia Legislativa. Então, o deputado mentiu, demagogicamente”, disse em entrevista exclusiva ao @portalnominuto.
“Ele espalha outdoors pela cidade de Natal fazendo autopropaganda. Se ele é contra autopropaganda do governo, como vive apregoando, não faça uso desse instrumento pra se promover”, disse Faria.
O deputado do PSD disse que sugeriu ao deputado Kelps Lima que apresentasse sugestões, em vez de apenas criticar. “Que ele levasse propostas para que o debate seja enriquecido”, falou Fábio Faria.
Num programa de rádio recente, o filho do governador Robinson Faria disse que Kelps Lima era “oportunista” ao criticar a proposta de aumento de impostos do governo em mensagens de outdoors espalhados pela capital.
Em reposta, numa entrevista exclusiva ao @portalnominuto,  Kelps Lima disse que Fábio Faria se comportou como “menino mimado que tem um interesse contrariado”. Hoje (13), o dirigente do Solidariedade apresentou 30 propostas alternativas ao ajuste fiscal do governo estadual.

Leia mais no 
portalnominuto

13 de outubro de 2015

Ministério da Saúde abre inscrições para repor vagas do Mais Médicos


De amanhã (13) até o dia 18 estarão abertas as inscrições para médicos com diploma brasileiro, ou revalidado, que queiram participar do Programa Mais Médicos. Os profissionais selecionados preencherão vagas ociosas, principalmente por desistência. A cada três meses o programa lança edital para reposição de médicos.
O edital prevê que os candidatos devem optar pela modalidade de participação desejada: receber pontuação adicional de 10% nas provas de residência, atuando na unidade básica por no mínimo um ano, com bolsa mensal de R$ 10 mil, ou permanecer no município por até três anos e fazer jus a benefícios como auxílios moradia e alimentação, custeados pelas prefeituras, e bolsa de R$ 10.513,01.
Depois de inscritos, os médicos devem indicar, a partir do dia 20, até quatro cidades de diferentes perfis nas quais desejam clinicar. Os candidatos concorrerão somente com aqueles que optarem pelos mesmos municípios. Quem não conseguir alocação terá acesso às vagas remanescentes a serem divulgadas em novembro.
Caso as vagas não sejam preenchidas, o edital será aberto aos brasileiros que se formaram no exterior e, em seguida, a profissionais estrangeiros. A previsão é que os primeiros profissionais brasileiros selecionados na etapa atual iniciem as atividades no início de novembro. O próximo edital está previsto para janeiro de 2016.
O número de vagas não está definido ainda, porque junto ao edital dos médicos foi lançado também, na semana passada, o edital para 326 municípios solicitarem profissionais para o preenchimento das 413 vagas ociosas. O Minsitério da Saúde precisa aguardar, portanto, as inscrições que confirmarão ou não o número de vagas. Os gestores locais poderão inscrever o município até o dia 15.
O Mais Médicos conta atualmente com 18.240 médicos em 4.058 municípios e 34 distritos sanitários especiais indígenas.

Equipe da TV Globo detida na fronteira da Bolívia


  

Uma equipe da TV Centro América, afiliada da Rede Globo em Mato Grosso, foi detida no final da tarde desta segunda-feira na fronteira com a Bolívia. Eles transportavam substâncias semelhantes a cocaína e foram flagrados por policiais do Gefron (Grupo Especial de Fronteira) com substâncias semelhantes a cocaína.
O “chefe” da equipe era o jornalista Alex Barbosa, responsável por reportagens em rede nacional da emissora. Haviam ainda mais três pessoas.
Alex teria dito aos policiais que as substâncias não se tratam de cocaína ou qualquer outro tipo de droga.
Segundo o jornalista, seria um pó branco. Ele estaria na região fazendo uma reportagem sobre a fragilidade da fronteira, o que facilita a entrada de entorpecentes no Brasil.
A equipe da TVCA estava em dois carros. Um Gol adesivado e uma Parati branca, que transportava a droga. O motorista da Parati era um boliviano que trabalha no Brasil há algum tempo e diz conhecer a fronteira, inclusive estradas conhecidas como “cabriteiras”. 
A Secretaria de Segurança de Mato Grosso acompanha com atenção a detenção da equipe de televisão. Todos os detidos foram encaminhados a delegacia de Polícia Federal em Cáceres. 
De acordo com o secretário Mauro Zaque, caso seja comprovado que a substância transportada seja realmente cocaína, todos serão enquadrados pelo crime de tráfico de drogas. “Independente da questão de ser reportagem, eles serão tratados de acordo com o que rege a lei”, declarou.

thaisagalvao

Revista Playboy sem mulheres nuas

  Isso mesmo. A revista Playboy vai parar de publicar imagens de mulheres nuas como parte de sua reformulação.
Segundo os  proprietários,  a internet tornou a nudez desatualizada e revistas pornográficas não são mais tão comercialmente viáveis, relatou o “New York Times”.
A circulação da Playboy caiu de 5,6 milhões em 1970 para os atuais 800 mil exemplares, segundo números oficiais.
No entanto, a revista ainda contará com as mulheres em poses provocantes — embora não totalmente nuas.
A decisão foi aparentemente tomada no mês passado em uma reunião em que participaram o fundador da Playboy e atual editor-chefe Hugh Hefner.
Executivos da revista admitiram que a Playboy, que foi fundada em 1953, tinha sido ultrapassada pelas mudanças em que foi pioneira.
 
Fonte: O Globo

12 de outubro de 2015

Editorial - O golpe e o poder das ideias

     
reprodução
O país vive horas cruciais. O assalto conservador ao poder joga uma cartada de vida ou morte contra o relógio político nos próximos dias.

À medida em que apodrece a reputação de seus centuriões, e os savorolas da ética entram em combustão explosiva  --caso dos homens-tocha Cunha, Agripino, Nardes, Aéreo Neves etc, resta-lhes apostar tudo no estreito espaço de tempo entre a desmoralização absoluta e a capacidade residual de articular o golpe.

Arqueado sob R$ 31 milhões em depósitos suíços, segundo a Folha, Cunha negociou com a hesitação golpista: em troca do pescoço, articulou uma operação casada com o PSDB.

Tucanos salvam a aparência pedindo seu afastamento –‘para que possa exercer seu direito constitucional à ampla defesa’. Em troca, o personagem que não tem mais nada a perder acelera a operação do impeachment, como última estaca de sobrevivência antes do abismo.

A sofreguidão avança de faca na boca.

Um colunista de Veja é  transferido para O Globo; estreia numa hora em que o golpismo se enlameia;  a ‘república de Curitiba’ vaza para ele denúncia exclusiva do delator Fernando Baiano... contra filho de Lula.

Já serviu para deslocar a manchete de Cunha para o segundo plano na primeira página do isento veículo carioca.

Vai por aí a coisa.

Seja qual for o seu desfecho, a encruzilhada em que o golpismo trata a democracia como um estorvo exige respostas contundentes.

Passa da hora de o campo progressista superar sectarismos e prioridades corporativas para enxergar a floresta além da clareira particular do seu conforto.

O que se desenha são as provas cruciais da nação brasileira no século XXI.

É imperioso manter o país a salvo de forças incontroláveis que atrelaram seu destino a uma disjuntiva em que, para vencerem, a sociedade terá que perder o rumo, o futuro e a esperança.

Se pensar pequeno, o Brasil corre o risco de ser sequestrado pelo moedor sem termo.

A sorte de sua gente, o destino do seu desenvolvimento enfrentam uma sobreposição de crises cujo desfecho terá repercussões profundas e duradouras.

Um ciclo de expansão se esgotou, um outro pede para nascer.

Pendências novas e antigas se misturam em meio a um cenário mundial adverso.

A velocidade imprevista da transição chinesa torna a neblina ainda mais densa.

É como se a viga-mestra que escorava uma época tombasse.

O motor asiático investia, em média, 45% do PIB; importava outros 10% em matérias-primas para saciar sua fornalha.

O velocímetro dessa máquina baixou abruptamente, de 11%, para perto de 6% ao ano.

A freada tempestiva sugere que poderá recuar ainda mais.

O tranco espremeu as cotações das commodities, rebatendo na hesitante recuperação europeia e, por tabela, enfraquecendo a norte-americana.

Fragilidades antecedentes, semeadas em décadas de desregulação neoliberal das finanças  e do mundo do trabalho, condensaram-se nesse ambiente pantanoso.

Falta demanda porque falta salário, que inexiste porque o emprego é precário, e os sindicatos foram desossados porque o guarda-chuva partidário e ideológico dos assalariados rendeu-se ao veredito neoliberal de miss Thatcher -- 'there is no alternative'.

Vive-se a mais longa, incerta e frágil convalescença de uma crise capitalista desde 1929. E não é por acaso.

Tudo o que foi subtraído do Estado e do trabalho nesse período mostra agora a sua falta.

Sobram paradoxos.

O da superprodução de capital fictício, em metástase reprodutiva, o mais evidente deles.

Seu contraponto histórico é a anemia do investimento e do emprego.

Ficções de livre comércio rondam esse cenário.

Livre comércio em condições de contração sistêmica?

Esse é um jogo de soma zero em que apenas se transfere demanda de um ponto a outro: o emprego gerado numa economia é a vaga subtraída na outra.

Igual circularidade se observa no deslocamento dos passivos do setor privado para o Estado, após um longo ciclo de farra financeira.

O setor privado ‘ajustou-se’, diz o colunismo abestalhado de toxina neoliberal.

Sim, o ônus foi transferido aos governos. O caso mais ilustrativo é o do sistema financeiro norte-americano, que recompôs sua lucratividade repassando créditos podres ao Fed.

A relação dívida pública/PIB nas economias mais ricas saltou de 78% para 105% desde 2008. Inglaterra, EUA, França, entre outros,  acumulam déficits fiscais de deixar o do Brasil no chinelo.

Em contrapartida, a participação dos salários no PIB global é declinante:  10% inferior à média dos anos 80.

Esse torniquete estreitou sobremaneira a margem de manobra de políticas associadas a projetos de desenvolvimento com repartição de renda, como as implementadas na América Latina.

O Brasil é o caso mais exposto porque justamente foi quem chegou mais longe nesse processo.

Como atesta o Banco Mundial, a pobreza extrema no Brasil caiu 64% entre 2001 e 2013, passando de 13,6% para 4,9% da população. Nada igual ocorreu na AL.

Atingido pela queda nos preços e no volume dos embarques de minérios e grãos, o país sofre também com a retração nos embarques de manufaturados, antes vendidos a parceiros latino-americanos, em idêntico apuro.

É nessa moldura que a direita brasileira opera o golpe nas próximas horas.

Chegou até aqui, entre outras razões, porque conseguiu impor o seu diagnóstico e sua pauta como referência dominante do debate sobre a crise vivida aqui e no resto do sistema capitalista.

Não é propriamente uma surpresa que as ideias dominantes de uma época sejam as ideias das classes dominantes.

Desde 1846, quando Marx e Engels assentaram seu vigamento filosófico nas páginas de ‘A ideologia alemã’, o peso material das ideias ganhou o devido destaque na luta de classes.

Mas o poder impositivo da agenda conservadora hoje no Brasil está sendo exercido de forma asfixiante.

Nessa esfera tudo se passa como se o golpe já fosse um fato consumado;  a sua etapa ideológica já tivesse sido concluída.

Pesquisas que aferem a eficácia do martelete midiático no imaginário social sancionam essa sensação.

As sondagens tem gerado reações de desalento e prostração no ambiente progressista.

Que a Presidenta Dilma tenha apenas cerca de 9% de aprovação depois de eleita há menos de um ano com 54 milhões de votos é um sinal eloquente do divisor em curso.

Para um conservadorismo derrotado quatro vezes consecutivas na disputa à Presidência da República, a hegemonia massacrante na luta ideológica equivale a um recadastramento histórico.

Ainda que fracasse –ou recue—no intento golpista nos próximos dias, um sucesso tão esférico nesse plano deixa-o, permanentemente, a meio caminho andado do bote final.

Esse é o problema de fundo cuja superação convoca o desassombro e a convergência progressista.

Se hesitar, o cadafalso repelido hoje repetir-se-á amanhã e depois, até o desfecho cobiçado pelas elites.

À medida que a política econômica adotada no segundo mandato da Presidenta Dilma sanciona o diagnóstico e legitima, ainda que de forma mitigada, a terapêutica, ela reforça essa recorrência.

É como se apontasse uma arma contra o próprio peito.

O julgamento das ditas pedaladas no TCU, na semana passada,  evidenciou essa dificuldade de se defender do algoz, sem romper o círculo de giz que ele traçou no chão.

Por que o governo não foi explicar, em rede nacional, o que a dita 'pedalada' representava de fato?

Ou seja, que a Caixa quitou o Bolsa Família em dia, sendo ressarcida em seguida pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Esse, o copo d’água a partir do qual o golpismo sustentou a tempestade durante dias e noites seguidos, até os 19 minutos da apoteose do senhor Augusto Nardes –ele próprio uma tocha em combustão na fogueira ética que representa.

Por que o governo não escancarou o golpismo intrínseco à ‘escandalização’ de uma operação contábil corriqueira? E na qual o governo é superavitário:  entre 2012/14, o saldo do Bolsa Família na CEF rendeu juros de R$ 89,5 mi e gastos de R$ 13,6 mi pelos dias deficitários.

Ou seja, deixou um saldo líquido de R$ 76 milhões na ‘conta-corrente’ do programa que, em 757 dias úteis, até o final de 2014, só ficou negativo em 72 dias.

Em debate promovido pelo Instituto Lula, na mesma semana em que o TCU se inscrevia na Liga dos Golpistas e o governo retrucava de forma burocrática, aceitando as regras do ardil, o vice-presidente da Bolívia, Álvaro García Linera, fazia uma advertência oportuna.

‘Governo é metade realizações, metade ideia. Por muito que fizer, um governo que não trava a luta das ideias, sempre figurará aos olhos da sociedade com quem fez muito pouco’.

O governo da Presidenta Dilma não é, infelizmente, uma nota dissonante nesse padrão.

Na verdade, a negligência com a luta das ideias foi a tônica nos últimos 12 anos de avanços notáveis no plano social que, todavia, não se traduziram em engajamento político correspondente de seus beneficiários.

O economista Márcio Pochmann que pioneiramente enxergou essa assimetria voltou a lembra-la na semana passada,
em debate em Porto Alegre, promovido pelo Fórum 21.

‘Cerca de 22 milhões de trabalhadores ascenderam socialmente, desde 2003,’ lembrou o economista que dirige a Fundação Perseu Abramo,  ‘mas não houve mudança na taxa de sindicalização no país: de cada dez destes trabalhadores, só dois se filiaram a algum sindicato. O mesmo aconteceu com os estudantes beneficiados pelos programas do governo federal e com os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida’,  espeta Pochmann.

Os dois grandes instrumentos de dominação conservadora em qualquer tempo é a estrutura repressiva do Estado e a ideologia.

Marilena Chauí, que abrilhanta aulas públicas na contracorrente da rendição ideológica dos últimos anos, ensina que ‘a ideologia é o processo pelo qual as ideias da classe dominante se tornam ideias de todas as classes sociais (...) esse fenômeno’, prossegue Marilena,  ‘de manutenção (adoção) das ideias dominantes mesmo quando se está lutando contra a classe dominante é o aspecto fundamental daquilo que Gramsci denomina de hegemonia, ou o poder espiritual da classe dominante’.

Por isso ele dizia –sublinha a professora-- que, se num determinado momento, os trabalhadores de um país precisam lutar usando a bandeira do nacionalismo, a primeira coisa a fazer é redefinir toda a ideia de nação (...) e elaborar uma ideia do nacional que seja idêntica à de popular.

‘Precisam, portanto, contrapor, à ideia dominante de nação, uma outra, popular, que negue a primeira’, sintetiza Chauí.

Se quiser resistir à resiliência golpista, a Presidenta Dilma  – com apoio das forças progressistas--  terá que falar à Nação. Agora e com frequência crescente. E se desfazer em alguma medida, do redil de ideias e conceitos que faz seu governo agir – à beira do abismo-- como protagonista passivo, e mesmo ativo, de um enredo que não é o seu. E que o impele ao buraco do qual precisa se afastar.

A ver
 
por: Saul Leblon
 
 
 

Prefeito é linchado e queimado vivo


alx_1444604037538_original (1)

Grupo 1 grande 566×100
O prefeito de uma cidade da Guatemala foi linchado e queimado vivo neste domingo por um grupo de moradores enfurecidos que o acusavam de ser o responsável por um ataque a tiros que deixou duas adolescentes mortas. Basílio Leja, prefeito do município de Concepción, no departamento guatemalteco de Sololá, estava em sua casa quando uma multidão de manifestantes enfurecidos cercou a residência. A casa teve suas portas arrombadas e o prefeito foi arrastado para a rua, onde apanhou muito e posteriormente foi queimado enquanto ainda estava vivo. Carros que estavam na rua também foram queimados.

mtnoticias.net

Essa foi do Twiteer Ailton Medeiros

"Henrique Alves ficou conhecido no RN como o deputado Copa do mundo. Agripino Maia como o senador "Às de Copa". Haja bola."

11 de outubro de 2015

Cunha: "Vou arrastar muita gente junto comigo “

CunaAecio310815a

Cunha não digeriu, até agora, o discurso de seu hoje ex-aliado no PSDB, o senador Aécio Neves (MG) e a expectativa, antes da possível queda nos próximos dias, é quem ele levará junto, na descida, após avisar aos navegantes: “Não vou cair sozinho”.

Homem é encontrado morto por vários tiros na zona rural de Antônio Martins/RN

Kélio Francisco de Oliveira Silva, de 25 anos, era residente no Sítio Boa Vista na zona rural de João Dias/RN, foi encontrado morto por volta das 06h00 deste domingo(11) em uma estrada carroçável no sítio Lagoa, zona rural do município de Antônio Martins/RN.


De acordo com informações Kélio tinha várias marcas de tiro pelo corpo, uma equipe do ITEP/RN compareceu ao local e fez a remoção do corpo para sede do órgão para exames de necropsia. 



A Polícia ainda não tem informações sobre o motivo nem os autores do crime, os vizinhos apenas relataram que ouviram vários disparos de arma de fogo por volta das 02h00 da madrugada.


A vítima tinha passagens pela Polícia por

Comunicamos que estamos em manutenção

  Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !