25 de abril de 2015

Municípios tem até 30 de junho para preencher plano de ação social

  • ação social

     
     
    Os gestores da assistência social têm até o dia 30 de junho para preencher o Plano de Ação 2015 do Sistema Único de Assistência Social (Suas). As prefeituras precisam fazer o plano anual para receberem os financiamentos do governo federal. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (23), no Diário Oficial da União (DOU).
    Para dar agilidade ao envio das informações, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) criou o aplicativo “Plano de Ação”. Os valores e metas para usos dos recursos federais (transferências regulares e automáticas, na modalidade fundo a fundo e do financiamento federal da Assistência Social) deverão ser lançados na ferramenta. O plano, bem como os outros sistemas da Rede Suas, pode ser acessado no link http://aplicacoes.mds.gov.br/saa-web.

    Propostas de terceirização e de redução da maioridade penal é ciriticada pela CNBB

     
     
           CNBB critica propostas de terceirização e de redução da maioridade penal
    A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se posicionou contra os projetos de terceirização e redução da maioridade penal. Em nota divulgado nesta sexta-feira (24), a principal entidade católica do país, fez críticas às iniciativas em pauta no Congresso Nacional no encerramento da 53ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida (SP). Segundo a nota, a entidade avaliou "com apreensão" a realidade brasileira, "marcada pela profunda e prolongada crise que ameaça as conquistas, a partir da Constituição Cidadã de 1988, e coloca em risco a ordem democrática do país". Ainda no documento, a CNBB diz que “a lei que permite a terceirização do trabalho, em tramitação no Congresso Nacional, não pode, em hipótese alguma, restringir os direitos dos trabalhadores. É inadmissível que a preservação dos direitos sociais venha a ser sacrificada para justificar a superação da crise”, pontua. Em relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC 171/1993), que propõe redução da maioridade penal para 16 anos, a CNBB afirma que é um “equívoco que precisa ser desfeito”. Segundo a instituição, a redução da maioridade penal não é solução para a violência no país. “Investir em educação de qualidade e em políticas públicas para a juventude e para a família é meio eficaz para preservar os adolescentes da delinquência e da violência”, aponta.

    24 de abril de 2015

    Município de Luís Gomes deve pagar salários de servidores, sob pena de bloqueio de verbas

     



    Decisão monocrática do desembargador Vivaldo Pinheiro manteve a condenação sobre o Município de Luís Gomes para que efetive o pagamento dos salários dos seus servidores efetivos e comissionados referentes ao mês de março de 2015, sob pena de sofrer bloqueio de suas verbas públicas, além de ser imputada multa pessoal sobre o prefeito municipal e sem prejuízo de outras medidas cabíveis, tudo isso na hipótese de descumprimento.
    A sentença, dada pela Vara Única da Comarca de Luís Gomes, fixou prazo para o município promover a quitação dos salários, a partir do julgamento da Ação Civil Pública nº 000830-45.2012.8.20.0120, movida pelo Ministério Público Estadual. O Juízo do primeiro grau determinou o pagamento dos salários do mês de março de de 2015 até o dia 22 de abril de 2015, para os servidores efetivos, e até 30 de abril de 2015 para os servidores comissionados e contratados.
     
     
    Robson Pires

    Volume de chuva na região de ontem para hoje


    Água Nova 13 mm;
    Pau dos Ferros 09 mm;
    Luís Gomes  04 mm;
    Dr. Severiano 50 mm;
    Encanto 15  mm;
    Major Sales 13 mm;
    Paraná 10 mm;
    Rafael Fernandes 10 mm;
    José da Penha 03 mm;
    Francisco Dantas 23 mm;
    Portalegre 40 mm;
    São Francisco do Oeste 10 mm;
    Venha Ver 05 mm;
    Patu 18 mm;
    Almino Afonso 20 mm
    Lucrécia 13 mm;
    Olho D'água dos Borges 10 mm;
    Umarizal 05 mm;
    Antônio Martins 18 mm;
    Marcelino Vieira 08 mm e  
    Martins 15  mm.


    Fonte: Nosso Paraná/7º BPM

    Câmara dos deputados vota contra o trabalhador

     
    Ao todo, 230 deputados votaram favoráveis à emenda e 203 contra. A proposta foi apresentada pelo relator do projeto, o deputado federal Arthur Maia (SD-BA). O PT apresentou um proposta que contrariava essa emenda, mas ela não foi apreciada.

    Receita amplia isenção de IPI a veículo de taxistas e de pessoas com deficiência

    Os taxistas e as pessoas com deficiência terão mais prazo para pedir a isenção de impostos na compra de veículos. A Receita Federal ampliou, de 180 para 270 dias, a validade da autorização de aquisição de veículo sem o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

    A extensão do prazo consta de instrução normativa editada na quarta-feira (22). A Receita, no entanto, só explicou a mudança na noite de ontem (23).
    De acordo com o Fisco, a ampliação foi necessária para dar mais tranquilidade aos taxistas e às pessoas com deficiência. Depois de conseguir a isenção do IPI, esses contribuintes tinham dificuldade de pedir aos governos estaduais a isenção do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a compra de veículos.
    A autorização para isentar o IPI, tributo federal, é um documento necessário para requerer a isenção do ICMS, imposto de responsabilidade dos estados e do Distrito Federal. No entanto, segundo a Receita, como o trâmite dos pedidos às unidades da Federação muitas vezes ultrapassava 180 dias, o documento de isenção do IPI caducava.
    Para evitar o transtorno, que obrigava o contribuinte a reiniciar o processo na Receita Federal, o Fisco decidiu aumentar em 90 dias a validade da isenção do IPI nesses casos.
    *Colaborou Wellton Máximo

    23 de abril de 2015

    CAERN de Pau dos Ferros informa a população que o abasteciemnto de Água será em rodízio


    Viemos através deste informar que o abastecimento de água na cidade de Pau dos Ferros/RN passará a funcionar em formato de rodízio, e ocorrerá da seguinte maneira: cada setor será abastecido durante 03(três) dias seguidos e passará 06(seis) dias sem abastecimento. A medida visa melhorar o atendimento à população, já que, por problemas decorrentes de vazamentos na adutora do Alto Oeste, a estratégia anteriormente adotada tornou-se insuficiente. Depois que a nossa barragem atingiu o seu volume morto, Pau dos Ferros/RN passou a dispor somente da água advinda da barragem de Santa Cruz, em Apodi, a qual nos fornece apenas 1/3 do volume de água necessário para abastecer todo o nosso município(NP).



    Os setores na cidade estão divididos da seguinte forma:



    SETOR 01 – BAIRROS:  Riacho do Meio, Carvão, São Vicente, São Judas Tadeu, Frei Damião, Paraíso, Assema, Alto do Açude, Alagoinha e Olívio de Souza;



    SETOR 02 – BAIRROS: Centro, Beira Rio, São Geraldo, João XXIII, Manoel Domingos, Bela Vista, São Benedito, Cohab e Nova Pau dos Ferros;


    SETOR 03 – BAIRROS: Princesinha do Oeste, Chico Cajá, Nações Unidas, João Catingueira, Arizona, Zeca Pedro, Manoel Deodato e Aluízio Diógenes.


    Confira o calendário de abastecimento para os meses de abril e maio:



    ABRIL:



    SETOR 01:  20, 21, 22, 29 e 30.



    SETOR 02:  23, 24 e 25.



    SETOR 03:  26, 27, 28.



    MAIO:



    SETOR 01:   01,02,03;  10,11,12; 19,20,21;  28,29 e 30.



    SETOR 02:  04, 05,06; 13, 14,15; 22, 23 e 24.



    SETOR 03: 07,08,09; 16,17,18; 25, 26 e 27.


    Pedimos a compreensão de todos.



    Pau dos Ferros/RN, 20 de abril de 2015.



    Agradece a gerência. 




    Esmeraldo Alves do Nascimento 
     
     
     
    Do nossoparana

    Vacina contra o HPV está disponível nos postos de saúde da capital

     
    A campanha contra o Papilomavírus Humano (HPV) 2015 visa à imunização contra o HPV, de meninas, na faixa etária 9 a 11 anos. Já as meninas com idades entre 11 e 13 anos, que ainda não foram vacinadas, podem receber as doses este ano.

    Ministro da Educação garante que todos os contratos do Fies serão renovados

    A uma semana para o fim do prazo de renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, garantiu hoje (23) que todos os documentos serão renovados e informou que a pasta vai prorrogar o prazo de 30 de abril se for necessário.

    “Estamos vendo que todo dia aumenta o número de pessoas que renovaram seus contratos e aumenta também o número de pessoas que firmam novos contratos. Está, por enquanto, viável a data de 30 de abril para encerrar, mas se houver qualquer problema maior, não teremos problema em ampliar o prazo porque nossa prioridade é o estudante. Não queremos que ele tenha nenhum tipo de sofrimento ou problema com isso”, disse o ministro.
    De acordo com o Ministério da Educação (MEC), até ontem (23), o Fies renovou 84% dos 1,9 milhão de contratos vigentes. Foram firmados 242 mil novos contratos e 296 mil alunos ainda não regularizaram a situação.
     
    Sobre dificuldades relatadas por estudantes que não conseguiram renovar o contrato por problemas no sistema do MEC, Ribeiro ressaltou que a pasta está trabalhando para assegurar que ele funcione.
    “Esse problema às vezes é físico, é do sistema, tem muita demanda. Pedimos que [o aluno] não fique tentando insistentemente o tempo todo, que dê uma pausa entre uma tentativa e outra porque, se sobrecarrega [o sistema], pode haver problemas. Não tem que se preocupar. Se isso chegar a um ponto de, poucos dias antes de encerrado o prazo do dia 30, dar problemas, nós prorrogaremos [o prazo]”, disse ele, que participou do programa Bom Dia, Ministro, produzido pela EBC Serviços em parceria com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República.
     
    Agência Brasil

    22 de abril de 2015

    CCJ aprova admissibilidade da proposta que reduz número de ministérios

    Imagem:
     

             
     
    Com 65 deputados presentes na reunião de hoje (22), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, aprovou por 34 votos a 31 a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 299/13) que reduz o número de ministérios de 39 para 20.
    O texto de autoria do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que tramita há dois anos, acirrou polêmicas e adiamentos nos últimos dias, mas um acordo firmado pelos líderes na última semana garantiu que a matéria fosse concluída na comissão.
    A PEC será analisada por uma comissão especial e depois seguirá para o Plenário da Casa. Durante a votação, oposição e base aliada se dividiram e o governo ganhou reforço para tentar resistir à mudança constitucional. O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), que normalmente está do lado oposto, defendeu a prerrogativa de qualquer governo definir o número de ministérios. Segundo ele, esta é uma necessidade e decisão que precisam ser consideradas dentro de um contexto do país.
    “Fizemos um estudo e se extinguir seis secretarias e mais alguns ministérios como o do Turismo do nosso Henrique Eduardo Alves [peemedebista que foi presidente da Câmara], para chegar a 20 ministérios, se economizaria, do valor empenhado em 2014, dos gastos, 0,5% deste total”, afirmou.
    Alessandro Molon (PT-RJ) disse que a proposta reflete a disputa política e em várias ações semelhantes, mas originadas em Assembleias Legislativas ou Câmara de Vereadores, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a medida inconstitucional. “Queremos fazer economia? Vamos fazer com os números dessa Casa: cortar verba de gabinete. Mas fazer economia com uma emenda que claramente vai cair no Supremo? A PEC viola a iniciativa reservada do chefe do Executivo e viola a separação dos Poderes e isso já foi decidido pelo STF”, criticou.
    Representando a liderança do governo na Câmara, o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), reiterou as críticas ao texto e fez uma alerta à CCJ que é a comissão responsável pela decisão sobre constitucionalidade de matérias. “O debate, nos termos que se deu, passou ao lado do mérito constitucional da matéria. Passou a um caráter político. Aqui está a primeira linha de defesa da Constituição Federal e esta comissão deve medir sua consequência sobre o voto que vai proferir,” alertou.
    O relator da matéria, André Moura (PSC-SE), afirmou que o projeto não afronta qualquer vedações constitucionais. “Não estamos tratando um projeto que determina que são 20 ministérios. Ele está limitando. Se é inconstitucional porque limitarmos, através da Lei de Responsabilidade Fiscal, os municípios ao limite para folha de pagamento?,” questionou.
    Moura ainda defendeu que o texto foi construído durante o governo anterior e pode ser aprovado apenas na próxima gestão. “O que precisamos entender e zelar é pela responsabilidade e condição de dar exemplo de cortar na própria carne. A proposta não deixa qualquer pendência administrativa eis que ministérios e secretarias podem ser incorporados e portanto a matéria não é inconstitucional,” ponderou.
    PMDB e PSDB votaram a favor do projeto. O vice-líder do DEM, o deputado José Carlos Aleluia (BA), também manifestou o voto do partido pela constitucionalidade apesar de algumas posições contrárias dentro da legenda.
    “O partido, no mérito, está unido porque entende que a sociedade não suporta mais tirar dinheiro do bolso e da bolsa para dar emprego aos aliados da presidente,” disse. O bloco da Minoria e o Solidariedade também foram favoráveis à limitação dos ministérios.
     
    EBC

    Seis dicas para sair do sufoco

     
    Uma vez inadimplente, é difícil recuperar o seu crédito. Para ser mais exato, no caso do consumidor brasileiro, demora-se cerca de dois anos para deixar de ter o nome sujo. Segundo pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil)e do portal Meu Bolso Feliz, além de demorar para conseguir limpar o nome, o inadimplente normalmente tem suas dívidas distribuídas em quase quatro empresas diferentes - a maioria adquirida por meio do cartão de crédito e de lojas, formando um débito total junto às empresas credoras que ultrapassa R$21 mil.
    Ainda segundo a pesquisa, as dívidas dos brasileiros, embutidas as multas e as taxas cobradas pelo atraso chegam a um valor final até 70% maior do que o inicial. Avaliando este cenário, é importante entender quais os motivos que levaram a entrar na dívida e, mais do que isso, procurar a melhor maneira de quitá-la.
    Quase metade dos consumidores entre inadimplentes e ex-inadimplentes ouvidos na pesquisa afirmam que a falta de planejamento no orçamento pessoal é a principal razão para não pagar as contas.

    O passo a passo para acabar com a dívida
    Um grande problema enfrentado pelos entrevistados na hora de quitar sua dívida é encontrar a melhor maneira de eliminar a pendência. "Esta é a hora de renegociar o que deve e, talvez, buscar um empréstimo para pagar as contas", explica José Vignoli, educador financeiro do SPC Brasil. Ele dá dicas para quem quer saber o passo a passo para sair dessa situação:

    Passo 1 - Identifique o tamanho da dívida
    Calcule exatamente o quanto deve. Se não souber ao certo, procure os credores para descobrir. Lembre-se que o valor deve considerar o montante emprestado mais os juros embutidos. Se necessário, peça ajuda para fazer esse cálculo. Faça isso com todas as suas dívidas.
    Passo 2 - Veja quanto pode pagar por mês
    Inclua no cálculo suas despesas fixas, o empréstimo e os juros a serem pagos. Dessa forma, você planeja o pagamento de todas suas contas e descobre o valor e o número de parcelas que pode pagar, já tendo uma proposta fechada para negociação. Se tiver uma poupança, esta é a hora de utilizar o dinheiro guardado para ajudá-lo a sair das dívidas.
    O valor que tem disponível por mês é menor do que sua dívida? A solução então é renegociar o valor das parcelas.

    Passo 3: Negociar com os credores
    Segundo a pesquisa, na hora de pagar as dívidas, 41% dos entrevistados alegam que a maior dificuldade enfrentada é o valor proposto na negociação, considerado acima de suas possibilidades. 21% alegam que o valor da dívida está muito acima de seus ganhos e enquanto e há os que desejam negociar, mas não sabem como fazer (19%). A negociação com o credor é umas das mais importantes atitudes para resolver a situação.
    Neste momento é importante ser sincero, deixando clara a real situação financeira e o quanto de fato pode pagar. Lembre-se que o credor tem tanto interesse em receber a dívida quanto você tem em quitá-la. Assim, com uma conversa franca, pode ser mais fácil chegar num valor e em um número de parcelas que seja bons para ambos.

    Passo 4 - Avalie as propostas que pode fazer à empresa credora ou ao banco
    Uma boa opção é propor a mudança no tipo de financiamento que você está usando. Neste último caso, você pode obter um empréstimo mais barato, como, por exemplo, o crédito consignado (média de 2% de juros ao mês), para saldar a dívida existente em situações de juros elevados. Você continuará endividado, mas a dívida com juros menor crescerá de forma mais amena.

    Passo 5 - Fuja das armadilhas
    Lembre-se que quem empresta dinheiro também cobra juros. Por isso, evite os financiamentos com as maiores taxas como utilizar cartão de crédito e o cheque especial. Outro ponto importante é não cair na tentação de buscar empresas que prometem limpar seu nome sem quitar a dívida. Essas ofertas, normalmente, oferecem serviços desnecessários e, muitas vezes, que acabam não funcionando.
    Passo 6 - Tenha foco
    Durante esse processo de quitação de dívida, você precisa praticar o autocontrole, cortar gastos supérfluos e deixar de adquirir novas dívidas, sempre evitando o uso do cartão de crédito. Para isso, prepare uma lista com tudo que costuma fazer e avalie sua rotina. Comer fora menos vezes por semana, evitar comprar roupas e falar menos ao telefone, reduzindo a conta, são boas opções para economizar dinheiro.

     

    21 de abril de 2015

    Com a velocidade de 603 km/h Trem Japonês bate recorde mundial

     


    Trem japonês atinge velocidade de 603 km/h e bate recorde mundial
     
    Um protótipo do futuro trem japonês de levitação magnética atingiu nesta terça-feira (21) a velocidade recorde de 603 km/h, de acordo com informações da Central Japan Railways. A velocidade se manteve por 10,8 segundos quando o trem atravessava um túnel e se trata de um recorde mundial. O teste foi realizado nesta manhã, em uma linha de 42,8 km em Yamanashi, no centro do Japão, onde o "maglev" é desenvolvido há anos, e tinha pessoas a bordo. No teste, o trem superou seu próprio recorde, de 590 km/h, percorrendo mais de 10 km por minuto ou 170 metros por segundo, conforme publicado por O Globo. O objetivo do teste era comprovar a estabilidade deste meio de transporte, inclusive a uma velocidade muito superior à prevista para o serviço comercial. A Central Japan Railways constrói atualmente uma nova linha vinculada, que deve entrar em funcionamento em 2027, entre Tóquio e Nagoya, no centro do país, circulando a 500 km/h para cobrir uma distância de 286 quilômetros em 40 minutos.

    Os dois times eliminados do Paulistão Corinthians e São Paulo se enfrentam amanhã pela Libertadores

    Cinco motivos para não perder o Majestoso desta quarta-feira
    Tanto o São Paulo como o Corinthians vão entrar em campo com muitos motivos para vencer. Eliminado do Paulistão pelo Santos, o São Paulo vai tentar garantir uma vaga na próxima fase da Libertadores para tentar conter uma crise que se arrasta desde a saída do técnico Muricy Ramalho. Já o Corinthians tenta eliminar um dos seus maiores rivais na Libertadores e deixar para trás a eliminação traumática diante do Verdão no Estadual.

    Feriado de Tiradentes

    Governo Federal reconhece situação de emergência em 156 municípios do RN

     

    A seca que castiga a região nordeste foi intensificada expressivamente nos últimos cinco meses. O governo federal reconheceu o colapso no abastecimento hídrico que causou perdas significativas no setor do agronegócio entre novembro de 2014 e março deste ano.
    A anormalidade causada pela seca e pela estiagem foi reconhecida pelo Executivo por meio de uma publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 20 de abril. Ao todo, 153 Municípios do Rio Grande do Norte atingidos pelos desastres naturais foram citados pelo governo na publicação de hoje.
    Política em Foco

    A dez dias do fim do prazo, mais da metade dos contribuintes não declarou IR

     
    A dez dias do fim do prazo de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), mais da metade dos contribuintes ainda não acertou as contas com o Fisco. Até as 17h de hoje (20), 13.361.041 declarações foram encaminhadas à Receita Federal. O número representa 48,6% do total de 27,5 milhões de declarações que a Receita espera receber até 30 de abril, último dia de entrega. Nos últimos três dias, cerca de 1,1 milhão de contribuintes enviaram o documento

    20 de abril de 2015

    Banco do Brasil abrirá concurso para escriturário

    BOA_BANCO-DO-BRASIL_FACHADA.jpeg



    O Banco do Brasil deve abrir mais um concurso em 2015 para o cargo de Escriturário, que exige o nível médio de escolaridade. A expectativa é que a lotação deste concurso seja para os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e parte dos estados do Amazonas e Santa Catarina.
    O salário inicial de Escriturário é de R$ 2.227,26, para uma jornada de 30 horas semanais. Além do salário, os servidores do Banco do Brasil contam com acréscimo de participação nos lucros ou resultados, vale-transporte, auxílio creche, ajuda alimentação refeição, auxílio a filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica e previdência privada, assim como possibilidade de crescimento e desenvolvimento profissional.
     
    Robson Pires
     

    O ABC vence o América e leva o título da Copa do RN

         
    O ABC venceu o América por 2 a 0 na noite de hoje (19), na Arena das Dunas, em jogo válido pela 6ª rodada da Copa Rio Grande do Norte. Com a vitória no clássico-rei, o alvinegro conquistou o título do segundo turno de forma antecipada. Os gols da partida foram marcados por Kayke e Wellington Bruno, aos 27, e 40 minutos do 2° tempo.

    Com o resultado, o ABC se isolou na liderança com 18 pontos, e garantiu o título da Copa RN. Já o América permanece na 3° colocação, com apenas 8 pontos.
    No próximo domingo (26), as duas equipes jogam pela última rodada da Copa Rio Grande do Norte apenas para cumprir tabela. O América enfrenta o Alecrim, na Arena das Dunas. Já o ABC duela contra o Globo, no estádio Barretão. As duas partidas acontecem às 16h.

    informações de nominuto.com

    19 de abril de 2015

    Vasco vence o Flamengo e a final com o Botafogo

    sub-20 contra o Botafogo.

    Ampliar
    Vasco venceu o Flamengo na noite desse  domingo no Maracanã por  1x0. O time de São Januário vai disputar a  final com o Botafogo no próximo domingo

    ZÉ GERALDO: “MORO NÃO PODE MANDAR NO PAÍS. ELE ESTÁ PRODUZINDO O CAOS A MANDO DA GLOBO”

     


    O  deputado Zé Geraldo PT-PA afirmou (em discurso na última quarta-feira 15) que:

    “ou reagimos contra este poder paralelo que vem trabalhando fortemente para desestabilizar nossa democracia, orquestrado pela Rede Globo – que lembremos, já apoiou a ditadura-, por parte de setores do Judiciário e pelos partidos derrotados na última eleição, ou o País pode chegar ao caos institucional”.

    O deputado se referiu também ao juiz Sérgio Moro, dizendo que um juiz de primeira instância não pode mandar no país.

    “Ainda mais sabendo que este mando está firmado sobre uma coalizão informal que empurra o país a um abismo sem fim”, disse.

    “Sob a desculpa de investigar atos de corrupção, uma operação sem fim vem causando prejuízos enormes ao país, quebrando empresas, produzindo um exército de desempregados e desfalcando dia a dia um dos nossos maiores patrimônio, a Petrobras”, completou.

    De acordo com Zé Geraldo, quem cometeu qualquer tipo de mal feito, tem de ser punido, nos rigores da lei. O que não se pode tolerar, avaliou, “é uma instrumentalização com finalidade de partidarizar um problema que todos sabemos sistêmico. E, deste modo, deve ser combatido com profundidade, não com as nuvens de fumaça tão conhecidas dos períodos sombrios que fizeram parte de nosso passado recente”.

    Ainda, discursou o deputado, por conta de posicionamentos infelizes, “talvez fruto da vaidade ou coisa pior”, se fragiliza a democracia.

    “Se fizermos hoje um balanço chegaremos seguramente a um prejuízo maior do que o que foi desviado da estatal desde o período que a legislação fora afrouxada para permitir a corrupção, fruto justamente de trapalhadas de um judiciário atabalhoado”, ponderou.


    http://www.plantaobrasil.com.br


    Para o deputado, a Petrobras e o Brasil já perderam mais dinheiro com o escândalo “promovido pela mídia, alimentada pelos desmandos do Senhor Moro do que com os bilionários desfalques dos seus ex-diretores e de toda a operação de lavagem de dinheiro comanda pelo senhor Youssef; o que é uma evidente demonstração que judiciário/Globo devem rever seus modos de atuação, sem ferir obviamente o direito de informação e os trâmites legais. Que, contraditoriamente, é o que vemos em larga escala nesse Processo”.

    Na avaliação do deputado Zé Geraldo, o juiz Sérgio Moro deve sim investigar, é seu dever. No entanto, a investigação deve ser feita dentro da lei e sem abusos. “O senhor Moro não está acima da Lei. Não pode prender e manter presas pessoas por tempo indeterminado somente para conseguir delações”, disse.

    Ele questionou a prisão do ex-tesoureiro do PT, João Vaccari. “O que há de novo na investigação que justifique a prisão arbitrária e sem razão do tesoureiro Vaccari?”, questionou.

    Para o deputado, se o ato de prender sem as devidas provas sob o argumento frágil da “prisão preventiva” não for repudiado com veemência por todos nós, o direito de todos estará em zona de risco. Numa Democracia não se pode fazer prisões políticas!

    Lewis Hamilton chega em primeiro no GP do Bahrein e Felipe Massa em 10º

     





    Um cenário estonteante para uma corrida repleta de ultrapassagens. Em plena noite do Bahrein, a Fórmula 1 protagonizou mais um belo espetáculo no iluminado e suntuoso circuito encravado no meio do deserto de Sakhir. Líder do campeonato e atual campeão mundial, Lewis Hamilton lançou mão de talento e frieza para espantar o “fantasma” Ferrari e vencer a primeira corrida noturna do ano, válida pela 4ª etapa da temporada 2015 da Fórmula 1. Quem não teve o mesmo sucesso foi seu companheiro Nico Rosberg. Depois de precisar passar Sebastian Vettel, da Ferrari, por três vezes na pista, o alemão caminhava para completar a dobradinha da Mercedes, quando a duas voltas do fim foi surpreendido por Kimi Raikkonen, que apostou em uma tática diferente na escolha dos pneus e assegurou seu primeiro pódio no ano. Vettel, por sua vez, saiu da briga pelo pódio ao precisar fazer um pit stop extra em razão de um problema na asa dianteira e acabou em 5º, atrás de Valtteri Bottas, companheiro de Felipe Massa na Williams.
    Lewis Hamilton GP Bahrein (Foto: Mark Thompson / GETTY IMAGES)Lewis Hamilton vence GP do Bahrein (Foto: Mark Thompson / Getty Images)

    Por falar em Felipe Massa, não foi um bom domingo para os brasileiros. O veterano da Williams teve problemas antes mesmo da corrida começar. Seu carro ficou parado na volta de apresentação, o obrigando a largar dos boxes, em último. Com dificuldades para se livrar do pelotão, Massa, ao menos, cruzou em décimo, salvando um ponto. Já Felipe Nasr adotou uma estratégia de três paradas nos boxes contra duas da maioria dos pilotos e terminou em 12º com sua Sauber, fora da zona de pontuação. Ele ficou logo atrás de Fernando Alonso, que por muito pouco não marcou os primeiros pontos da McLaren nesta nova parceria com os motores Honda.
    Lewis Hamilton, Kimi Raikkonen e Nico Rosberg no pódio do GP do Bahrein (Foto: Reuters)Lewis Hamilton celebra vitória diante de Kimi Raikkonen e Nico Rosberg no pódio do GP do Bahrein (Foto: Reuters)

    RESULTADO
    Resultado final do GP do Bahrein (Foto: GloboEsporte.com)
    G1

    Rio Grande do Norte quebra a barreira dos 2GW eólicos

     
    O Estado do Rio Grande do Norte ultrapassou, na última quinta-feira, a marca de 2 GW de potência eólica instalada em seu território. O feito se deu com a entrada em operação comercial de 18 unidades geradoras, somando 29.160 MW do parque eólico Morro dos Ventos II, de propriedade da empresa CPFL Renováveis S/A, instalados no município de João Câmara, região do Mato Grande.
    Com isso, o RN chega a uma potência instalada de  2.020,157 MW. São1.133 turbinas eólicas distribuídas por  75 usinas em todo o Estado. O relevante fato ocorre a menos de 1 ano da quebra da barreira de 1 GW, que se deu em maio de 2014 e apenas três anos após o Brasil ter atingido a mesma marca, em 2012.
     
     
    "O Rio Grande do Norte é o primeiro estado a ultrapassar a barreira dos 2GW eólicos, o que nos coloca em uma posição ímpar. Além disso, temos  a maior matriz eólica estadual do Brasil", diz o diretor de energia eólica do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), Milton Pinto, reforçando  que atualmente 80% da energia consumida no Estado vem de fontes eólicas. 
    O valor de 2,02 GW produzidos no RN supera vários países europeus como Grécia,Bélgica e Noruega, se equiparando aproximadamente a Irlanda e Áustria. Sozinho, o RN supera também o montante de potência instalada de todos os países da América do Sul juntos, com exceção do Brasil.  Atualmente, a capacidade eólica nacional instalada é de  5.841 MW, de acordo com dados da Aneel.
    Para o presidente do CERNE e do Sindicato das Empresas do Setor Energético do RN (SEERN), Jean-Paul Prates,  a quebra desse recorde é resultado do longo trabalho que vem sendo feito há quase uma década e que comprova o imenso potencial do Estado. 
    "Quando aceitei o desafio de desenvolver a energia eólica para o RN, sabia que havia uma riqueza gigantesca a ser explorada. Foi um trabalho em várias frentes, envolvendo várias pessoas. O resultado é esse: em menos de um ano quebramos dois recordes: o do primeiro gigawatt e agora o segundo. Agora mesmo, o RN volta a  aparecer em primeiro lugar em projetos habilitados para o leilão de 27 de abril. Esse é um processo sem volta. Havendo contínuo apoio governamental, estou certo que o destino do RN é manter-se na liderança nacional em energia eólica por muitos anos", afirmou Prates.

     

    Vasco e Flamengo se enfrentam nesse domingo na busca da vaga para final

    • o
      Clássico entre Flamengo e Vasco promete mais uma dose de emoção no Maracanã  
    O confronto entre  Vasco e Flamengo, domingo, às 16h, no Maracanã, vale mais do que a vaga na final do Campeonato Carioca. Eternos rivais, os times entram em campo sob a sombra do propagado "campeonato à parte" e com o sonho do título de R$ 3,5 milhões. Além dos conhecidos detalhes, as polêmicas dos últimos encontros aumentaram a rivalidade e transformaram o duelo em uma espécie de divisor de águas nos bastidores.
    A importância do jogo para a sequência da temporada é propagada na Gávea e em São Januário. Apesar de o Estadual não contar com o apreço de outrora, eliminar o rival e buscar o título tem impacto fundamental na maioria dos anos. Além de acompanhar a decisão de longe por duas semanas, o perdedor terá de "juntar os cacos" para a estreia no Campeonato Brasileiro.
    Em caso de passar pelo rival e conquistar o título, o Flamengo dividirá a premiação de R$ 3,5 milhões entre jogadores e funcionários. Além da vantagem do empate para chegar à final, o Rubro-negro defende uma invencibilidade de 11 jogos contra o Cruzmaltino.

    "Esse clássico sempre foi o mais tenso. Tudo o que aconteceu durante a semana deve dar uma puxada no freio. A minha preocupação está em evitar erros desnecessários. Flamengo e Vasco dá aquele frio na barriga... Você sempre quer ganhar. É uma coisa que parte de dentro. Todo mundo, quando tem Estadual, diz que não vale nada. Mas a pior coisa nesse caso é perder o Carioca", afirmou o técnico Vanderlei Luxemburgo.
    Para o Vasco e o presidente Eurico Miranda, a classificação sobre o Flamengo e um possível título não chegarão em melhor hora. O clube volta de um 2014 na Série B do Campeonato Brasileiro e o dirigente retornou à presidência. Ser campeão logo na primeira competição dará autoestima a ambos.

    No caso do cartola, o Flamengo e Vasco de domingo será mais um capítulo pessoal do que considera o "campeonato à parte". Tal disputa, porém, não tem sido favorável até o momento. Em 2015, três partidas foram disputadas e em nenhuma o time de São Januário saiu vencedor. Foram duas derrotas e um empate.

    Vale ressaltar, no entanto, que apesar de considerar o clássico desta forma, Eurico anda mais comedido quando se trata de Flamengo. Em outros tempos, chegou até mesmo a anunciar que litros de chope estavam comprados para comemorar o título em cima do rival. Este ano, todavia, não foram vistas provocações na fase decisiva.

    Miranda também sabe que o aporte de R$ 3,5 milhões ao campeão cairá como uma luva ao Cruzmaltino, que recentemente acertou um patrocínio com a Viton 44, mas ainda não tem definida a situação de renovação contratual com a Caixa Econômica Federal.

    Por fim, o próprio torcedor vascaíno enxerga como um divisor de águas a vitória sobre o Rubro-Negro, já que está engasgado com o incômodo jejum de três anos.
    "Vamos conversar bastante. Só estamos preocupados em jogar futebol. O que interessa é a vitória. Temos um adversário de qualidade pela frente e que respeitamos. Mas nós podemos vencer", encerrou o técnico Doriva.

    Mega-sena sai para apostador de Minas

    Uma aposta da cidade de Diamantina (MG) acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite deste sábado (18) e levou sozinha o prêmio de R$ 32.909.935,88. A Caixa Econômica Federal sorteou os números do concurso 1696 em Marília (SP).
    Veja as dezenas: 01 - 12 - 17 - 31 - 37 - 46.
    A quina teve 135 apostas ganhadoras e o prêmio para cada uma delas é de R$ 27.832,74. A quadra teve 9.824 apostas ganhadoras, cada uma delas com direito a R$ 546,39

    Comunicamos que estamos em manutenção

      Estamos melhorando a roupagem do Blog !  Em breve estaremos de volta . Agradecemos   compreensão !